Mensagens de ANU e KIKI do monolito transformadas no tema de Noé e o aviso do Dilúvio

Extrações cabalísticas importantes

Monolito da Bolívia em quatro idiomas
Hebraico, árabe, chines e russo.
Dia 17.12.2020.
Andes, Samaipata, Bolivia

Muitas mensagens paralelas surgem do contexto inicial da mensagem do monolito da Bolívia
(quem ainda não viu a interpretação, link abaixo)

Samaipata, Bolívia andina

Tudo se baseando na identidade do casal divino ANU-KI, no monolito escritos como
ANUA-KIKI (ou QIQI, porque temos as letras hebraicas K-11 e Q-19. K, Kaph, por vezes, assume som de R, e no monolito, QIQI se escreveu com Q).

O nome ANU sumeriano tem 3 letras (caracteres), exatamente como o ABA hebraico-aramaico, porém, o autor do monolito desejou converter o Nome ANU para ANUA, para espelhá-lo com IHVH, o Senhor do Tetragrama, de forma proposital, intencional.

E em vez de KI, a Mãe Terra, chamou-a KIKI, seja para expressar um apelo carinhoso e íntimo (como entre o esposo e a esposa), seja também para ilustrar o Tetragrama, nome divino, sob quatro letras.

As relações com Noé e o tema do Dilúvio são evidentes, pelo próprio contexto da mensagem total, falando em KIKI como amada morada, e pedindo que ela cuide dos Pequenos Filhos (do Pai), recebendo poder para isso. Cruzando os dados com o Apocalipse 12, a Mulher coroada com 12 estrelas é a Terra (o Zodíaco é o cinturão de doze constelações que sempre coroou o planeta Gaia).

Somando os nomes do casal ANUA-QIQI, temos
ANUA + QIQI = 58 + 220 = 278, o valor exato de KRUBIM!

Os mesmos pares de Querubins guardando a entrada do Éden, a morada original, e cobrindo a arca da Aliança, e ornando o interior do Templo de Salomão.

Querubim, o andrógino original, Adão e Eva em uma só carne e alma…

Este capítulo fala da fuga da Mulher (Gaia) para o deserto-refúgio (morada) onde ela protegerá os filhos eleitos do Pai ABA-ANU, numa releitura da arca de Noé para nosso tempo.
E onde entra Noé?

Leia também  O Caminho do Zodíaco - Capricórnio

Primeiro, o nome ANUA foi modificado não só para ter as quatro letras sagradas do mistério do nome de Deus (em diversos idiomas).
Ele também foi modificado para ser comparado com o nome de Noé, pois:

ANUA soma 58, e Noé NCh soma 58!

Noé é o grande patriarca da raça humana moderna, e suas migrações da Arca encalhada, na Turquia, Monte Ararat, para a região da Mesopotâmia, nos primórdios, deu origem ao núcleo da primeira civilização, a Suméria.

O monolito apareceu em Samaipata, Bolívia, no planalto andino.
E Samaipata significa DESCANSO NAS ALTURAS.
A mensagem realmente parece confirmar um aviso de retirada e refúgio preparado.

Cabalisticamente falando, o Nome Noé (NCh) soma 58, que soma 13, o arcano da transformação da matéria, e se relaciona diretamente com os fins cíclicos da humanidade, morte e renascimento de Gaia sob alinhamentos e ciclos cósmicos.
O nome NCh vem do Verbo NCh, com amplos significados que expandem a mensagem embutida nesta alegoria do dilúvio:

NCh: assentar-se, estabelecer-se (em algum lugar), descansar.
Repousar.
Por, colocar (alguma coisa) (como monolitos?)

E invertendo o nome Noé (NCh) para ChN, temos o termo GRAÇA.
Santana, a Santa Ana, Chaná, Graça, que apareceu no monolito complementar da Espanha (formando barra dupla).

Nas tradições judaicas nao bíblicas, sabemos que o nome da esposa de Noé era Naama, que significa “dotada de beleza”.

N Ch – 58
N Hw M H – 165

O valor 278 da soma de ANUA-QIQI dá 8 (278, 17, 8)

Os oito da Arca de Noé simbolizam a estrela da Salvação de oito raios, símbolo que já existia na antiga Suméria com esse significado e se espalhou por todas as culturas posteriores.

Como a Estrela da Salvação de Belém!

Leia também  Os quatro cavaleiros do Apocalipse se estabelecem

Note que os dois nomes, Noé e Naamá, começam com a letra N, chamada NUN, que significava PEIXE nos ideogramas hebraicos originais (cabalísticos).
Peixe e peixe, os dois peixes, signo doze, Netuno, androginia, a chama violeta.
A chave da Arca de Noé e suas metades macho-fêmea.

Aqui o PODER acontece. Porque o Poder é o estado andrógino recobrado, restaurado.
Basta ler o arcano 14 e entender essa chave.

Tudo se encaixando…

O que também se encaixa com a referência BARRA DUPLA na quarta feira, a segunda frase do monolito.
Mas a sentença quarta feira também pode ser traduzida como dia quatro, ou ainda, quatro dias.

O monolito foi descoberto no dia 17 (soma 8, e 17 é A estrela, no Taro)
E quatro dias depois, apareceu seu complemento na Espanha, Tribaldos, com uma mensagem em Klingon (Star Treck) falando sobre a
“Vitória da Graça Bendita concedida pela Cruz às doze tribos” (interpretado)
(Apocalipse 7)

E o dia 21.12.2020 foi o dia da Nova Estrela de Belém, Jupiter e Saturno somados no céu, sinal que só se viu assim no tempo do nascimento de Cristo (7 aC) e da revolução da Igreja Católica pelas mãos de São Francisco de Assis (1226).

Estamos a espera da nova revolução cristã, que transcende todas as mesquinharias cometidas pelas igrejas cristãs, católicas e protestantes, na causa da verdadeira Igreja, aquela que ascende na luz da consciência real da Verdade de Cristo.

O que explica este monolito de Tribaldos, e outros, aparecendo junto de igrejas, em colinas…

A nova arca de Noé é a sinalização de todos os monolitos verdadeiros.

JP em 29.12.2020

Comentários
Compartilhar