A tradução e interpretação da mensagem em hebraico do monolito da Bolívia

Monolito misterioso aparece na Bolívia

Com escritura hebraica e árabe nele. Pelo menos, nas duas faces do objeto reveladas nas fotos.

Ele parece ter um metal mais escuro que os outros, lembrando o tom do chumbo.

Santa Cruz, Samaipata
A 40 KM DE SAMAIPATA, um estranho monolito com escritas hebraicas e árabes aparece.
Foi encontrado no dia 17.12.2020.

Rua de Samaipata

Samaipata é uma cidade boliviana, na província de Florida, Departamento de Santa Cruz.
Fica na altitude de 1.650 metros e localiza-se próximo aos Andes.

Mais uma vez, um monolito aparece numa região de sítios arqueológicos importantes, como noutras vezes, o que parece estranho de se observar em uma conduta de marketing humano, se fosse o caso.

Deviam “os tais artistas ou publicitários” colocar isso em Shopping Center e não em ruínas antigas.
Essa é outra relação interessante dos monolitos com os deuses astronautas das antigas culturas por eles visitadas (e hoje, revisitadas)

Forte de Samaipata

Seu nome deve-se ao antigo centro cerimonial Noto vem Fuerte, declarado em 1998 como patrimônio da humanidade pelo Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

Dizem que algum de seus fortes foram construídos para deter os guaranis, localizando-se no extremo do Tawantinsuyo. Algumas destas fortificações podem ter sido construídas do século XV pelos incas, como o Forte de Samaipata.

Coordenadas : 18 ° 10’46 ” S 63 ° 52’32 ” W

“Samaipata” significa “Descanso nas alturas”
Guarde essa informação para quando chegar na tradução da mensagem. Ela faz parte do sentido ali declarado e por essa razão, a região de Samaipata não foi escolhida a esmo. Mas propositalmente!

Aliás, já pubiquei aqui sobre o Evangelho da Serpente Emplumada, de autoria de Judas Iscariotes, isso mesmo, que voltou no tempo para entregar um evangelho dramático a um jornalista argentino na época da II Guerra, e dizer que ele nunca foi um traidor, apenas cumpriu o seu papel (os verdadeiros traidores de Cristo foram os judeus de seu tempo, tanto que o nome Judas significa JUDEU, daí o seu papel.

O interessante é que, nesse manuscrito, Judas fala dos Andes como uma nova terra, simbolicamente, e uma nova arca de Noé se elevando acima de seus picos… isso se relaciona com parte da mensagem do monolito.

O Monolito

Como se observa nas imagens, e de acordo com o relatório da localidade de Samaipata onde aparece o monólito, o grupo GIRVAC mudou-se para o local para verificar o achado.

Nesta face, a escrita em árabe


Nos detalhes que se vê do monólito se observa escrituras em diferentes idiomas.

Pelo menos dois idiomas reconhecemos: hebraico e árabe.

A face oculta do monolito da Bolívia se revela!

Recebemos a pouco outra fotografia do belo monolito da Bolívia dos amigos da página, e desta vez, com outra face revelada, contendo, ao que parece, idioma chinês.
Me corrijam se estiver errado, porque chinês não é minha especialidade.

Quem souber chinês aí, e se habilitar, pode nos mandar a tradução.
Apesar de que eu creio que tanto a face em chinês como em árabe devem conter a mesma mensagem que do hebraico. Duas culturas semitas e uma oriental.. muito curiosa essa combinação na mesma peça, e não é um monolito triangular, as fotos nos permitem ver melhor. Mas sim, retangular.
Um belo objeto, diferente de todos os demais.

Agora podem fazer paralelos com o filme 2001, uma Odisséia no Espaço… ou melhor, com a correção de 20 anos a frente… 2021, uma Odisseia (real) no espaço!
Porque desta vez, os monolitos não são de Hollywood!

Com toda certeza, esse monolito é o mais enigmático de todos até o presente momento.
Um dos nossos amigos que nos enviou essas imagens, e que acompanha nosso trabalho, diz que estará lá para ver o monolito.
Como o monolito tem quatro faces, pode haver um quarto idioma ali presente.
Quem tiver acesso, pode nos enviar.

Mas ao amigo que vai até a região, faça ótimas fotos e análises para a gente!
Ficamos esperando!

Se o problema era a letra torta, parece que esse problema foi resolvido aqui…

Que mensagem?
Provavelmente ambas as escritas (isso se não houver uma terceira) estão divulgando a mesma mensagem.
Hebraico nos leva aos judeus e o Judaismo, e o árabe, ao Islã.

As maiores religiões da Terra, ao lado do Cristianismo.

As três grandes religiões do mundo, como as três faces do monolito reunidas, com mensagens (talvez a mesma) em diferentes idiomas, anunciando eventos que servirão para direcionar todas as crenças da Terra para uma única Luz, Presença, Retorno e acontecimentos que tocarão a todas as pessoas, independente do que creem ou não?

Porém, o monolito tem uma quarta face que pode conter um quarto idioma.

Mensagens espirituais de abrangência global?
Ligadas a 21.12.2020 e o grande evento unindo todas as crenças numa mesma fé?

Até porque, pelo que se constatou até agora, a mensagem em chinês é praticamente a mesma da mensagem hebraica, pelo menos nas simulações muito imprecisas dos tradutores digitais.
Acredito que todos os idiomas falam uma mesma mensagem.

A propósito, a mensagem não contém nenhuma publicidade de marca, de artista, de empresa, de nada deste mundo. É uma mensagem de amor de Deus enviada à Terra e seus filhos amados…

A mensagem

Prólogo
Antes de mais nada, devo dizer que uma coisa é traduzir palavras de um idioma qualquer, e outra coisa é interpretar essas palavras. Percebi que as palavras do monolito tem alguns “erros intencionais”, o que nos leva não somente a uma tradução e interpretação, mas também a uma decodificação.

Porque algumas palavras podem não fazer sentido, se isoladas, mas quando reunidas, o sentido aparece.
Da mesma forma, faço quando leio crops circles, extraindo mensagens combinando uns e outros entre si dentro de um padrão de conjunto.

A face do monolito com a mensagem em hebraico

Outra coisa: textos com uma mesma tradução podem ter interpretações diferentes. O que faz com que outros intérpretes dessa mensagem, além de mim, possam discordar em alguns pontos.
Esse é um trabalho pessoal baseado, portanto, na minha experiência e conhecimento com símbolos, com hebraico, textos bíblicos, enigmas e mistérios.

Muitos tradutores podem se ater somente na questão gramatical das palavras e perder o conteúdo simbólico de algumas expressões pela ausência deste conhecimento que me assiste e certa habilidade com códigos.
Estudo códigos e crops circles há mais de 20 anos, e talvez eu tenha sido conduzido pela Providência para estes momentos de importância, debruçado agora que estou diante desse tesouro!

Por sorte, alguém teve a lembrança de nos dar uma foto tão boa como essa, que deu para ler bem.
Os céticos não poderão alegar agora que as letras estão tortas.
Porque estão absurdamente alinhadas e precisas.

Concluindo, foi na visão de conjunto que a soma das partes isoladas fez sentido para mim.

Leia também  O Caminho que conduz a Deus

Primeira linha

Como todos devem saber, o hebraico, como as outras línguas semitas (o árabe inclusive) são lidos da direita para a esquerda.

Uma coisa que notei aqui, uma expressão harmônica no conjunto a ser destacada:
São sete linhas, sete frases, sete sentenças em perfeito alinhamento e precisão das letras.

Sete, o número-chave do Apocalipse, cujo argumento maior é totalidade. Sete na Bíblia significa totalidade. Uma indicação que se refere ao atual fenômeno dos monolitos, sua fama cobre todo o planeta.

ובכן תשתקי אדמות

VBKN TShTQI ADMUT (14 letras)

Calem-se Humanos!

ou

“Calem-se, Nações!”

As duas primeiras palavras assumem o valor da expressão
Calem a Boca! Ou um enfático CALEM-SE!

ADAMUT se relaciona com a palavra ADM, que significa terra, barro, argila vermelha, inclusive dando nome à cor vermelha no hebraico. Por extensão, ADM = Adão se tornou o nome do primeiro homem criado do pó da terra. Gênesis 2.

ADAMUT é termo plural. A princípio, se refere ao plural de terras, territórios, nações.
Mas, por extensão, pode ser aplicado sem engano para os humanos, filhos de Adão (se bem que, no hebraico, o termo AIShIM seja mais usado para designar homens, pessoas.

A expressão ADAMUT não existe para designar diretamente humanos, mas sim, terras, nações.
Os monolitos estão aparecendo em todas as nações do mundo, e todas as nações do mundo debochando deles. O “Calem a Boca” parece uma advertência a tanto deboche desqualificado.

A mensagem começa com uma expressão de repreensão, talvez por causa do deboche em larga escala aplicado ao fenômeno dos monolitos. E a segunda frase justifica a primeira!

Agora, vejam essa passagem de Zacarias 2: 13
” Cale-se, toda a carne, diante do Senhor; porque ele se levantou da sua santa morada”

Ela faz muito sentido ao restante da mensagem, porque tanto Deus como a sua Morada são mencionadas.
Cale-se toda carne, isto é, todo ser humano, porque o momento é solene.

סכר כפול יום רביעי

SKR KFUL IOM RBIHwI (15 letras)

“Barra dupla na quarta-feira”

SKR significa barra,

aquilo que represa, contém, limita, e o termo também. significa barragem, represa no hebraico.
KFUL significa algo duplo.
Barra dupla nesta quarta feira (IOM RBIHwI), ou quarto dia (refere-se a quarta feira).
Ora, o monolito apareceu na Bolívia na quarta feira, dia 16, encontrado no dia seguinte, 17.
Mas o próprio “monolito” declara ter sido posto ali na quarta-feira, e com barra dupla.

Isso se relaciona à sua estrutura, que deve ter vindo diferenciada por causa da queixa dos céticos e debochadores sobre arrebites e partes mal feitas.

Como não temos ainda estudos mais acurados desse monolito, não teremos certeza sobre que barra dupla ele se refere. Talvez chapas duplas de metal, com as letras do texto num perfeito acabamento final.

Barra dupla também pode se referir de algum modo à nova estrutura deste monolito, que é bem grande e retangular, duas barras maiores, diferente em relação ao padrão triangular dos monolitos tradicionais.

Aquele “Calem-se” inicial continua nessa sentença, que justifica tudo isso.

ברכות נוהדוד קיקי

BKRUT NUHDUD KIKI (15 letras)

“Saudações, amada morada KIKI”

BKRUT é um termo plural, saudações, felicitações.
Alguém aqui cumprimenta a sua “Amada Morada”, por Ele chamada KIKI.

Nesta terceira frase, existem alguns códigos inclusos.

Porque, primeiro, não consegui uma tradução direta para a segunda palavra, NUHDVD, e ela só aparece se a palavra for desmembrada em duas: NUH – DVD

NUH significa oásis, morada, refúgio.
(Lembram-se do significado da região boliviana onde o monolito foi colocado? “Samaipata” significa “Descanso nas alturas” Descanso, morada como sentido de refúgio).

O termo NUH é paralelo a NUcH, que é o nome Noé. E DVD é o nome DAVI, que significa “o amado” (no hebraico). Um duplo paralelo se propõe aqui. Barra dupla no monolito, dois nomes relevantes no Velho Testamento.

O rei David e o patriarca Noé.

Não temos o famoso Salmo 23 de Davi, onde ele menciona as verdejantes pastagens do Senhor e seu divino oásis de refúgio? O conceito TERRA como Morada, refúgio, muito amada por ELE (Deus) se expressa nessa mensagem. Uma mensagem direta do amor de Deus pela Terra, chamada duas vezes na mensagem de KIKI.
E o porque disso?

Ninhursag-Ki (Terra), a amada KIKI de ANU

O nome KIKI existe no hebraico moderno, é um apelido carinhoso do nome feminino KIZZY.
Isso porque o nome KI é sumeriano, e ele é o nome da deusa Terra.
A morada de Deus, do Espírito.

A esposa do Pai ANU, nome donde deriva-se ANUNNAKI, os que desceram do céu.
Porque ANU significa o céu, e Ki, a Terra.

Aliás, na Cabala, essa morada, essa Mãe, Virgem Natura, Gaia mãe dos deuses, é chamada de “Shekinah”, a Morada! A Morada amada e tão sagrada para ANU, o Pai celeste em sumeriano, que aparece na próxima sentença.”

Amada Ki, Kiki, Gaia, Terra, Natureza, Amada do Pai celeste e tão violentada pela humanidade! Esse casal, Céu e Terra, em personificação divina, existe em várias culturas do mundo antigo, por exemplo, na Grécia antiga, Urano era o deus do céu, e Gaia, a deusa da Terra, os pais de todos os seres.

A tradução de DVD para tio existe, mas não compartilha sentido algum nesta frase e na próxima onde reaparece. Tanto que Kiki é uma entidade feminina, não poderia ser tio. Aqui, percebemos uma codificação que só faz sentido para “amado” ou amada, numa espécie de comunicação entre o Pai e a Terra, a morada, Ki.
Nem tio e nem Davi fazem qualquer sentido no contexto, e quem interpretar literalmente, não compreenderá a mensagem.

Mesmo assim, o termo “DVD” é do gênero masculino. Isso se presta ao jogo de palavras, e ao termo amado que Kiki, a Terra, também manifesta ao céu. Mensagens cruzadas de amor cósmico e divino… enigmas nem sempre sao óbvios e literais… a própria Bíblia é prova disso.!

פרס פו ט אנוא

PRS PU Th ANUA (10 letras)

“Um prêmio aqui no céu” (ANU)
ou
“Um trabalho aqui no céu” (ANU)

A palavra PRS ou FRS (P=F) admite tanto o sentido de prêmio ou recompensa como de trabalho ou profissão.
Também se relaciona a fenda, algo que se abre. E reunindo o sentido do resto da frase, fenda no céu?
Aqui, uma fenda no céu!
Isso pode ser uma interpretação paralela de portais cósmicos associados aos monolitos.

Nesta quarta sentença, há uma palavra separada de uma letra: PU Th.
PU é um advérbio, com termos paralelos PA e PH, e significa “aqui”, “para cá”.
PH também tem um valor de “entrada” (fenda no céu, portal)

Leia também  A Aliança secreta entre Valiant Thor e Jesus Cristo

Ora, o termo ANU é céu, no final da expressão, e também o nome do esposo de Ki (ou KIKI, carinhosamente).
Porque na palavra inserida, ANUA, não há uma tradução correta.
A letra Alef é muda, não tem som de expressão, apenas a vogal indicada pela acentuação massorética do hebraico.
Assim, ANUA pode ser lido facilmente como ANU, sendo o Alef final, uma letra muda.

E a certeza de que a referência a ANU existe aqui, o grande pai dos deuses da antiga Suméria, aparece no contexto da frase seguinte.
Ah sim, a letra isolada? Th? Tem valor numérico, 9, porque é a nona letra do alfabeto hebraico.
Teth. E por que essa letra ali inserida?
Porque em todas as culturas antigas, incluindo a judaica-cabalística, o céu tem nove andares, nove dimensões, sefirote, eons… os nove galhos superiores da Árvore da Vida.

É para lá que o Pai ANU chama sua amada KIKI (por extensão, os filhos da Terra) e para o prêmio e novo trabalho que os aguardam lá, naquele lugar, o lugar de ANU, céu, acima das nove camadas (equivalente a Netuno na Árvore da Vida, o ápice de todo o céu).

ANUA (ANU) neste contexto, é nome, como KIKI (KI) representando também a Terra e o céu.
O céu mandando um recado para a Terra e seus filhos, como consta na próxima linha.

הילדים הקטנים של אבא

HILDIM HQThNIM ShL ABA (17 letras)

As pequeninas crianças do Pai”

Essa foi a frase mais fácil e direta de se ler. E ela compreende tudo o que se escreveu antes. O Pai, ANU, o céu, Deus, aqui é chamado de ABA, no conceito hebraico-aramaico usado pelo próprio Cristo.
ABA-PAI!

As pequeninas crianças do Pai são os seus filhos exilados, seus filhos amados, extensão da própria Mãe KIKI, e isso é um conceito muito importante nessa parte da análise. Somos, a humanidade, parte vital da Terra, somos em parte A PRÓPRIA TERRA. Somos vida desdobrada dela, e quando ABA-ANU, o Pai, se dirige a KIKI de forma tão carinhosa, está se dirigindo diretamente a nós, sua querida criação humana.

Aqueles mesmos 144 mil do Apocalipse são referidos como as primícias da colheita da Terra.
Gaia, a Mãe Terra, a Mulher que foge para o deserto, e que providencia refugio aos filhos de Deus antes de subirem ao céu (ao Tabernáculo) como declaram os capítulos 14 e 15 do Apocalipse, são parte de um mesmo contexto.

Veja que, no Apocalipse 12, a Mulher que gerou a Criança sagrada foge do dragão vermelho (as forças do sistema personificadas). E o dragão não ataca violentamente a Terra, a natureza e todas as suas criaturas, bem como aos seres humanos, filhos da Terra, de todas as formas?

Quem providencia o refúgio para a Mulher, Gaia, coroada de doze estrelas, KIKI?
O próprio ABA-ANU. Essa Mulher é a grande família reunida, as pequeninas crianças muito estimadas de Deus, por quem Cristo foi enviado a este mundo.

Quando Ele se dirige a sua Amada Esposa, a Terra-Gaia, se dirige a nós também. A humanidade é essa esposa de Deus.

As sentenças seguintes confirmam isso e terminam com uma mensagem fortalecedora!

של דוד קיקי איתך

ShL DVD KIKI AITK (13 letras)

“Da amada KIKI contigo”

O nome KIKI retorna, associado ao nome DAVID que, no contexto, é usado não conforme a pessoa do rei Davi (em parte, relação com a morada, pastos verdejantes, Salmo 23), mas sim, com relação ao significado deste nome: amado.

A amada Terra, KIKI, HUMANIDADE, está sempre com Deus, ABA-PAI, ANU, o Céu, que não se ausentou de nosso sofrimento, mas nos acompanha em cada passo até a libertação prometida.

E Ele decreta a sentença final para Ela, fechando a mensagem!

שיהיה כוחו

ShIHIH KUcHU (9 letras)

“Faça-se o seu poder!”

O termo ShIHIH parece-se com um tempo do verbo HIH, fazer, ser, existir.
O mesmo verbo usado no terceiro versículo do Gênesis 1: Faça-se a Luz! E a Luz se fez.

Aqui, a ordem de Faça-se o Seu Poder.
O poder dela KIKI, a Terra. A humanidade eleita, aqueles amados filhos e pequenas crianças do Pai.
KUCh (com U final, seu, dele) também é capacidade, habilidade, força, talento.

A Ordem vem dos céus, do Pai, e determina PODER aos seus filhos eleitos em Terra.
E estando todas estas coisas escritas neste monolito, então entendemos que o fenômeno dos monolitos realmente nos direciona para algo muito maior, que vem do céu para onde eles apontam, e que pode ter relação com o próximo sinal, a nova irradiação da Estrela de Belém, derramando o Poder dos céus sobre KIKI, a Terra e a sua gente, a sua casta, os seus filhos.

Que se levantarão e se reunirão naquela MORADA da Terra, secreta, segura, refúgio, como colo de Mãe Sagrada, por Deus aparelhada desde o início das dores.
Uma mensagem, afinal, em completa concordância com as profecias bíblicas e sentenças do Apocalipse.
Não vejo outra razão dela ter sido escrita em hebraico.

“Calem-se Humanos!”
ou
“”Calem-se, Nações!”

Barra dupla na quarta-feira”

“Saudações, amada morada KIKI”

“Um prêmio aqui no céu” (ANU)
ou
“Um trabalho aqui no céu” (ANU)

As pequeninas crianças do Pai”

“Da amada KIKI contigo”

“Faça-se o seu poder!”


Conclusão

Para mim, o conjunto fez um enorme sentido, comparando estas palavras com o propósito de sinalização dos monolitos junto do cenário atual de CAOS do mundo e advento de Cristo, encerrando um ciclo profético muito importante com a Escatologia tão nítida diante de todos.

Um chamado aos filhos da Terra, para que amem sua amada Mãe, para que aprendam a se fazerem uma só família novamente, para que subam aos céus depois de passarem pela purificação na Morada. Porque somos ainda pequeninas crianças um tanto perdidas, às vezes um tanto arrogantes (por isso, CALEM-SE, logo no início da mensagem).

Deus envia seus filhos aos Braços da Mãe, da Terra espiritual, aquela que o Apocalipse coroou com doze estrelas, vestiu de Sol e colocou a Lua aos pés, recebendo ordem de seguir ao refúgio livre dos ataques do Dragão assim que o seu Filho nascesse outra vez… e se esse Filho vai nascer nas energias de 21 de dezembro de 2020, tudo se justifica.
Principalmente esta mensagem e este monolito.

E olha como termina a Biblia, numa das últimas sentenças do Apocalipse:

“E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.”
Apocalipse 22:17

Deus e sua Igreja reunida. Espirito e esposa, Céu e Terra.
Aliança eterna de Amor infinito…

ADONAI!

Veja atualizações aqui:

JP em 18.12.2020

Comentários
Compartilhar