EspiritualidadeMistérios

A metade do tempo e o início das dores do mundo

Hoje, 14 de novembro de 2021, a profecia dos SETE ANOS após os 70 anos da NOVA ISRAEL (14 de maio de 1948 a 14 de maio de 2018) junto com a entrada de Urano, o astro das grandes mudanças, no signo do planeta TERRA em 14 de maio de 2018 (o mesmo dia em que a NOVA ISRAEL completou 70 anos) alcança a metade do tempo.

Ou seja, aquele período de sete anos de tribulação mundial prevista assim que a NOVA ISRAEL (que permanece firme na sua rejeição a Jesus Cristo por Messias) completa hoje 3.5 anos, a metade do tempo.

E SETE é um número muito significativo na Bíblia, uma coordenada importante e de peso no Apocalipse.

Sete Anjos, Sete Igrejas, Sete Mensagens, Sete selos do Livro do Destino do mundo, Sete Trombetas, Sete Cálices e tudo está consumado.

Jesus emitiu sete expressões na Cruz antes de entregar o Espírito.

E as referências ao código 144 aparecem nos capítulos 7, 14 e 21 o Apocalipse, ou seja, múltiplos de sete.

A metade do tempo entrando HOJE, 14 de novembro de 2021, prevê uma aceleração do processo de tribulação mundial, e já temos visto isso, com uma grande crise se alastrando no mundo por causa da pandemia, que entrou em cena pelas portas da China, em dezembro de 2019, muitos creditando a isso um ato de guerra biológica intencional…

Artigos relacionados

E agora, tudo está sofrendo colapso, economia, desemprego, carestia, crise de combustíveis, aumento das mudanças climáticas, e para piorar, novas ondas da pandemia já estourando no Hemisfério Norte, o que vai levar o Sistema a implementar a POLÍTICA DA OBRIGATORIEDADE DA VACINA EM TODOS OS PAÍSES.

O sistema vai culpar os não vacinados pelas novas ondas da pandemia, ignorando o fato de que muitos deles já pegaram a doença e desenvolveram imunidade natural contra ela.
Mas eles fingem desconhecer esse capítulo da Imunidade natural.

Isso já está sendo preparado e planejado há algum tempo.
Além de outras obrigatoriedades decorrentes em função desta.

O clima segue piorando, eventos cada vez mais intensos, violentos e demorados, além de outras catástrofes inesperadas, como vulcões e terremotos, panes no campo magnético, eventos solares, tudo em curva crescente.

Ou seja, já podemos considerar que o período de 3.5 anos finais vai mesmo apertar a tribulação prevista numa análise combinada entre Daniel 9 e Mateus 24.

Isso sinaliza claramente o início do arrebatamento ou colheita espiritual da humanidade, já que o joio e o trigo foram separados a essa altura pelos jardineiros enviados pelo Pai, no tempo designado.

A humanidade tem sido avisada por diversos sinais.
E até agora, vem debochando de tudo, colocando sua fé na ciência e na tecnologia, não em DEUS.

A Verdade será anunciada através dos fatos, e não de argumentos e especulações místicas e ufológicas que entopem as redes sociais com falsas esperanças.

Todos os ídolos de barro cairão dos altares onde são adorados, e se transformarão em pedaços, para desespero dos seus devotos, que ficarão confusos por não terem se preparado adequadamente para o momento que se aproxima.

Que comece a colheita!
Lembrando que o trigo vai para o celeiro e o joio para o fogo.

Tudo anuncia o regresso de Jesus Cristo para os seus.
E isso também é um fato, não uma crença.

Ele conhece os corações dos que lhe foram fiéis todo esse tempo de grande apostasia e desprezo ao seu sagrado Nome e Verdade.

Curiosamente, o símbolo da bandeira de Israel representa o Sexto Selo do Livro de sete selos do Apocalipse, aquele selo que, rompido, iniciaria o processo acima descrito.

JP em 14.11.2021

Comentários

Botão Voltar ao topo