Ressurreição

Do Latim RESSURRECTIO, “levantar-se de novo, levantar-se de entre os mortos”, de RE-, “de novo”, mais SURGERE, “erguer-se, levantar-se”.

Não acreditem nas doutrinas mortas e seus mortos falantes que dizem que Cristo não ressuscitou dos mortos, mas somente o seu “perispírito”(???), dizendo que seu corpo físico apodreceu na terra…

Não acreditem nas teorias conspiratórias que negam a existência de Jesus Cristo, dizendo que ele foi invenção da Igreja Católica… porque a Arqueologia já descobriu incontáveis provas da sua existência e de todos aqueles que o acompanharam em vida…

Não acreditem na posição da ciência moderna ou da filosofia materialista que declaram ser IMPOSSÍVEL voltar da morte e ressuscitar o corpo dado como morto…

Não acreditem em todas essas vozes somadas que pretendem, em comum acordo, fazer o mundo desacreditar do maior mistério e façanha da vida humana, que é o mistério da vida além da morte, não somente num outro plano de consciência, mas também neste plano físico. Desconfiem portanto dessa associação de vozes com uma única pretensão: remover do horizonte das esperanças humanas a possibilidade de se conquistar a imortalidade a partir deste corpo físico, interrompendo para sempre a roda dos renascimentos na maior escravidão existente: a escravidão à morte assim que se nasce outra vez.

Porque o homem pode ser senhor e dono de tudo nesta vida, só não será senhor e dono da sua própria vida, já que a morte sempre lhe espera no final de tudo, e o cemitério nivelando como sempre, reis e plebeus, humildes e arrogantes, pobres e ricos, brancos e negros…

As Escrituras, apesar de tantas deturpações e distorções do ensinamento ali exposto, são claras ao declarar que Jesus ressuscitou fisicamente.

Como podem então teorias e doutrinas mortas negarem tal fato, já que o espírito em plena posse de seu poder e consciência, pode realizar qualquer coisa na matéria física por ele subordinada, como curas milagrosas e a própria ressurreição da carne?

Teorias cegas que pretendem limitar o poder do espírito ou enquadrá-lo no limitado acervo de suas ignorâncias?

Jesus Cristo não só ressuscitou e ascendeu ao Pai como prometeu voltar um dia para estender essa mesma dádiva aos seus irmãos, por ordem do Pai, esses seus irmãos que vivessem debaixo dessa verdade, sem procurar adulterá-la ou modificá-la conforme suas crenças de origem satânica.

E se o mundo está morrendo lá fora, e se muita gente está morrendo sobre esse mundo, e se nenhuma daquelas falsas religiões e doutrinas, e se nenhuma ciência, tecnologia ou teorias conspiratórias que até agora vieram negando, deturpando ou tentando invalidar a Verdade de Cristo puderem lhe consolar ou lhe oferecer outra solução diante do quadro de morte global melhor que a solução proposta pela Verdade do Filho de Deus, então é hora de abandonar tudo isso, e atirar tudo isso para longe, abraçando com toda força tal Verdade, que declarou que, quando o mundo inteiro não visse outro horizonte diante de si além daquele coberto pela Morte, nesse exato momento, essa Verdade tão negada, tão desacreditada e tão deformada de sua Ressurreição, cobriria de vida nova todos aqueles corações que nunca lhe traíram … e resistiram todas as provas até o Fim.

E como nada é para sempre, e o FIM da humanidade está se aproximando, é hora de vigiar, porque se aproxima a o cumprimento deste propósito maior da Cruz, exatamente no tempo em que a humanidade estaria mais apavorada e confusa em relação às suas doutrinas falsas, suas religiões modernas, sua ciência e tecnologia e todas as suas teorias de confusão.

E como o Sol, nascendo em silêncio, a Verdade da Ressurreição seria finalmente recebida pelos que nunca deixaram de acreditar nisso, fazendo por merecer a imortalidade oferecida.
Porque só o amor merece viver para sempre nos universos da glória divina.
Quanto ao ego humano, que transgride todas as leis do Universo, este já recebe decreto de morte ao nascer.

Não acreditar na ressurreição física é o mesmo que não acreditar nas possibilidades infinitas do AMOR e do Poder do Espírito consciente na matéria.

E cada um caminhará em vida até onde chegarem suas crenças.
E se suas crenças só chegam até onde chegam os passos da morte… na morte é que eles terminarão.
Não na vida eterna.
Simplesmente porque não a merecem!

JP em 12.04.2020

Veja tambem

Comentários
Compartilhar