Novo crop circe parece apontar para perturbações solares a frente

Novo crop circle
Registrado hoje, 14 de Junho de 2020, em algum ponto de Wiltshire, UK.
Outra vez, o tema do disco solar de doze raios.

Belas imagens do crop circle de hoje, 14 de Junho de 2020, uma roda diante da outra!
E domingo é o Dia do Senhor, DOMINUS, dia do Sol.
Grande celebração da vida solar nestas imagens… com todos os seus muito significados, antigos e modernos.
Vamos a eles!

Rodas cósmicas

Mais um modelo de crop circle 12, como aquele que apareceu em Dorset, UK, em 31 de maio.

Este novo crop circle traz seus 12 setores no formato de pás, o que parece sugerir algum tipo de artefato tecnológico circular, evidentemente, UFOs. Mesmo que seu modelo não seja o DISCO, os UFOs se baseiam em turbinas centrais com mecanismos de coleta de energia cósmica (como a energia que recolhem do Sol).

Eles não precisam sair de suas bases ou planetas carregados com quantidades enormes de combustível em seus tanques, porque o combustível que eles empregam é a energia livre do Universo, e eles apenas precisam saber como recolher essa energia dos espaços saturados, energia das estrelas, éter, quinto elemento, VRIL, etc.

No slide, dois modelos de rodas com 12 pás.
Uma turbina de eixo e uma bomba d’água.

Aliás, a simbologia 12 é marcante numa outra roda conhecida. O céu, o Zodíaco, fazendo do Sol um carro que se move através das doze portas do céu (os 12 signos), isso conforme a simbologia antiga, e como os sábios do passado definiam a cosmologia do nosso Universo centralizado no Sol.
O Sol se torna então essa Roda cósmica de doze pás, gerando energia em seu movimento.

O que faz dele um modelo UFO gigante e natural.
Aliás, estamos nos aproximando do dia do Solstício, 21 de Junho, Solstício de Verão no Hemisfério Norte, onde o Sol ocupa seu alinhamento anual de máxima exposição de luz, calor e energia (o dia mais longo do ano, dia sagrado para todas as culturas antigas).

E nesse exato dia, teremos o eclipse anular… e algo está chamando a atenção para esse fato em termos de energia solar máxima…

Já é a segunda roda cósmica da temporada 2020, com sintonias ufológicas, o que pode significar manifestações, contactos, aparições em massa nos céus do mundo… coisa, aliás, que já está acontecendo.

Rosetas em Catedrais

Outro artefato muito encontrado no mundo antigo e que lembra bastante o novo modelo crop circle UK deste dia 14 de Junho é o existente no estilo gótico das Catedrais da Europa.

As chamadas Rosetas, seja como ornamentação das paredes externas e entradas, seja na composição de vitrais.
Dois exemplos, a roseta central de doze pétalas na entrada da Catedral de Leon, França, e a roseta vitral, também de doze pétalas, da face sul da Catedral de Notre Dame de Paris.

Existem rosetas de diferentes estruturas e números de pétalas, como oito ou dezesseis, mas a simbologia implícita a todas estas mandalas é a mesma: a ordem harmônica dos universos em equilíbrio.

As rosetas eram sinais de conexão do Templo com os universos espirituais, e por isso, as Catedrais eram construídas rigorosamente debaixo de simbologias e padrões que a convertiam num fractal do Universo, um mini-universo dentro do qual as pessoas poderiam se conectar com as dimensões superiores do espírito.

Modelo importado das pirâmides e templos do mundo pré-cristão com a mesma proposta!
Como o magnífico Templo de Salomão, uma espécie de portal para os Universos dos 72 gênios e 7 Arcanjos a serviço da Hierarquia Maior, o Senhor do Tetragrama.

Na Cabala, os céus estrelados eram fixados no oitavo andar da Árvore da Vida, e seus espíritos chamados de OPHANIM, ou Rodas, que giravam e iluminavam os mundos inferiores com seu movimento.

Essas rosetas também exprimem a simetria do mundo celestial, do ponto de vista espiritual, já que o Zodíaco, na concepção espiritual, é a morada dos espíritos planetários e estelares em organização ao redor do Sol central, Deus.

Este é o motivo de, por exemplo, Jesus ter nomeado doze apóstolos, se fazendo o Sol central de uma nova luz da Verdade que ele incumbiu aqueles doze missionários de espargir nas doze direções, como o modelo zodiacal.

Todos estes símbolos se entrelaçam numa única composição de cosmologia superior baseada no DOZE.

Porque, na concepção antiga, o Universo era impregnado de luz consciente e de espíritos vivos na criação e manutenção de tudo o que existe pelo poder do Som movente.

Mas a ciência moderna perdeu essa sabedoria, e hoje apenas teoriza com argumentação tridimensional.
Daí sua limitação beirando a cegueira.

A GLÓRIA DO SOL!

Extremos solares

O Sol tem estado com comportamento estranho, imprevisivel, tal como o comportamento do campo magnético da Terra.
E como o campo magnético solar é muito mais intenso, então alterações inesperadas no núcleo solar (centro da energia da Grande Roda Solar) podem chegar a nós na forma de explosões solares inesperadas, ou o oposto, enfraquecimentos do seu campo magnético causando enormes buracos negros.

Com a chegada do Eclipse solar (anular) de 21 de Junho e todos os alinhamentos planetários previstos no período, me parece que esta linda roda solar de 12 braços está a apontar que os mecanismos da roda solar vão acelerar de alguma forma nos próximos dias ou semanas.

Tudo indica e aponta para isso!

Explosões solares apontadas no novo crop circle?

Duas fortes explosões solares foram registradas pela NASA em 12 e 13 de Junho, os dois dias anteriores ao surgimento deste novo crop circle, estilo roda solar, conforme a geometria 12 usada e as conexões simbólicas da cultura antiga.

Pode ser que a mensagem crop circle queira revelar que novos eventos solares poderão ocorrer à medida que nos aproximamos do eclipse anular de 21 de Junho e dos outros alinhamentos planetários envolvidos, trazendo muita perturbação energética no sistema solar e na Terra.

Como a imagem de uma roda acelerando porque seu eixo central está recebendo mais energia que o normal…

O Eclipse solar de 21.06.2020, um alerta?

Anteriormente, no dia 11 de Junho, um crop circle na mesma Inglaterra mostrou um diagrama simples dos eclipses, na forma de alinhamentos alternados entre Terra, Lua e Sol, referência aos eclipses do mês de junho, lunar em 5 de junho, e solar adiante, em 21 de junho, que será anular e alinhado com o solstício de Junho, início do verão no Hemisfério Norte e Inverno no Hemisfério Sul.

Note que, no centro do primeiro crop circle, existe um SOL perfeitamente traçado nas plantas rebaixadas.
O mesmo SOL repetido neste novo crop circle, três dias depois.
E qual é a contagem do eixo do primeiro crop circle?
Dias 11, 12 e 13 de Junho.

Ora, o crop circle apareceu no dia 11, e nos dois dias seguintes, 12 e 13, tivemos essas fortes explosões solares registradas. Então, este crop circle previu isso, e associou aos eclipses como fonte acionadora da energia.

E agora, três dias depois, o mesmo tema se repete neste novo crop circle.

E como no ano passado, 2019, com todas aquelas ondas de energia caindo sobre a Terra, estes novos crops circles da temporada 2020 estão apontando a mesma coisa.

JP em 14.06.2020

Comentários
Compartilhar