Monolitos: a saga (2)

O primeiro monolito negro

Aparece em Utah, junto de uma encosta, na região de Bluff.
Pela foto, não dá pra ver bem se ele é triangular ou quadrado.

Monolito prateado, Austráia, 10.12.2020

Voltou para Utah, onde tudo começou, em 18.11.2020.
Registrado no dia 3 de dezembro.

A maioria dos monolitos são prateados ou espelhados.
Tivemos um dourado (amarelo) na Colômbia.

Monolito dourado Colômbia

E agora, um belíssimo espécime negro.
Se aparecer algum monolito vermelho, então saberemos que as quatro raças da Terra estão sendo assinaladas.
Prateados, dourados, negros, vermelhos (em cobre, por exemplo).

As quatro raças.
E as quatro cores elementais do calendário maia, as quatro direções! Mencionadas nos planos do arrebatamento ou grande colheita mundial.

E que tudo isso mesmo é preparação para a grande Colheita depois da Onda do final do ano.

E do realinhamento dos destinos da humanidade em 2021.
Cada novo monolito é uma peça a mais ajuntando maior sentido ao mistério todo…

O monolito da França

Este pode ser, na minha opinião, obra de artistas humanos querendo publicidade

Apareceu na tarde de 09.12.2020, no alto de uma colina descortinando a cidade de Tolouse.

Primeiro, porque este monolito não segue o estilo de todos os outros, como um padrão, na forma de prismas triangulares e com cerca de 3 metros de altura.

Quem fez este aqui, não honrou o padrão das mensagens, mas apenas quis fazer uma alusão clara ao filme 2001, uma Odisséia no espaço, ano 1968.
Outro detalhe: os monolitos misteriosos não possuem essa base quadrada enorme.

Isso parece coisa humana mesmo.
A quebra de todos os padrões e até do acabamento da peça denunciam isso.

O percurso programado dos Monolitos
Quando será no Brasil?

Na imagem, um belo crop circle que eu previ que apareceria no dia do nascimento helíaco de Sirius em 2018.

E ele revela o modelo da Terra oculta, totalmente integrada por sistemas de conexão de energia (via bases internas, subterrâneas, fora desta dimensão 3D).

Desde 1990, os pictos representam esse conceito de sistemas interligados.
Como os monolitos sugerem de uma forma muito simples: a Terra ligada ao céu.

Por estes dias, vou expor melhor os conceitos que vinculam os monolitos (os verdadeiros) aos crops circles (os verdadeiros). Porque nesse mundo, tudo está assumindo o contraste gritante e insuportável entre verdade e mentira, originalidade e fraude, bem e mal, matéria e espírito.
Joio e trigo.

Estes monolitos começaram a surgir nos USA, em novembro deste ano.
Um ou dois objetos (e só) foram implantados por artistas locais, que pensaram que a coisa iria parar ali.
Pensaram errado.

Porque os monolitos desceram para a América do Sul, e depois, saltaram o Atlântico, invadindo a Europa.
Chegaram esses dias na África, em Marrocos.
E ontem, 10.12.2020, chegaram na Austrália.

Falta chegarem na Ásia (e na Antártida, se considerarmos aquela imensidão um continente que realmente é).

Quanto às suas cores e formatos, predomina quase que absolutamente o formato de prisma triangular, enquanto
as cores predominantes são o prateado (branco). Mas tivemos monolitos dourados, e agora, um lindo monolito
negro.
Só falta o monolito vermelho (em cobre) para completar o círculo das quatro grandes raças distribuidas
nas quatro direções da Terra, conforme as coordenadas do Calendário maia em injunção com o sentido de grande
colheita (arrebatamento) do Apocalipse para os tempos do fim.

O Brasil?
Creio que ele será o último.
E talvez o mais especial.
E tenho um motivo para pensar assim.

A resposta vem do próprio paralelismo entre os dois fenômenos modernos, crops circles e monolitos, totalmente
vinculados.
Primeiro, porque crops circles aparecem em todo o mundo, aproximadamente nos mesmos países assinalados pelos
monolitos.

É como se os monolitos percorressem uma mesma trilha.
E segundo, porque geralmente o BRASIL é o país que fecha as temporadas crop circle todos os anos, entre
outubro e novembro.

Se a ideia for mantida, o Brasil será o último a receber os monolitos (os verdadeiros).
E fico imaginando que monolito será!
Porque os últimos… serão os primeiros!

Me impressiona muito encontrar pessoas achando mesmo que a televisão vai falar a verdade sobre os monolitos.

Nunca falaram a verdade sobre UFOs, sobre crops circles e sobre coisas que elevam a mente.
Porque são financiadas pelo sistema e seus patrocinadores.
Empresas, marcas, bancos e instituições que visam somente uma coisa o tempo todo: lucro.

E como estes assuntos não lhes dão lucro, eles apenas descartam.
E ridicularizam. Pegam um ou dois artistas oportunistas e generalizam toda a coisa.

Tecnologia tão avançada de um lado, e gente tão adormecida de outro, acreditando em tudo o que assiste na sua televisão.

Monolito da Polônia

Dia 09.12.2020
Cerca de 2.7 metros de altura, e o topo cortado, como os demais
(um padrão).
Apareceu em Kielce.
Kielce é uma cidade do centro-sul da Polônia.

Eles tiveram o cuidado de fixar o objeto com pedras na base.
Este modelo, prateado, traz um lindo design em suas faces brilhantes.
Um design trançado.

Cada monolito é único. E a Europa está praticamente coberta.
Só falta chegar na Ásia.
(O monolito que apareceu na Rússia, logo no começo, foi reconhecidamente obra de um grupo de artistas locais, então não conta).

Eles estão marchando numa linha imaginária que vai do Oeste para o Leste (sentido contrário ao da rotação da Terra. E isso também pode significar alguma coisa dentro do contexto geral do fenômeno.

Monolito da Finlandia

Apareceu em Savonlinna, leste da Finlândia, no dia 11.12 (ontem).
E tambem numa colina, conservando esse padrão.

Os moradores locais dizem que não têm ideia de como o pilar acabou em uma colina com vista para o icônico Castelo Olavinlinna da cidade.
Muitos monolitos têm aparecido junto de castelos, monumentos antigos e ruínas (sítios arqueológicos) configurando outro padrão.

Ainda assim, os moradores ficaram surpresos quando um misterioso monólito de metal apareceu de repente em uma encosta rochosa acima do Lago Saimaa na quinta-feira.
Mais uma vez, numa colina com movimentação, ninguém viu nada antes.
O objeto simplesmente apareceu lá.

E seguramente vai desaparecer misteriosamente, como as outras.
Se são obras de artistas, por que tem gente de prontidão para levar embora esses objetos?
Por que não deixam os objetos onde estão?
Altura de cerca de 2.7 metros.
E isso inclui novo padrão. Dos 3.0 metros originais, para 2.7 metros.

Savonlinna, a cerca de 75 km da fronteira com a Rússia, é mais conhecida por seu festival de ópera.
Logo deverão aparecer na Ásia.

JP em 11.12.2020

Inscrições e coordenadas no monolito da França
Uma obra humana?

Ele trouxe estas inscrições:
12 – 13/06 43°34’22,7″ N 1°22’46,3″ E

São as coordenadas de Toulouse, cidade ao sul da França onde o monolito apareceu, em 09.12.2020, no alto de uma colina. Mais precisamente, devem ser as coordenadas exatas do local onde o objeto foi colocado.

Um pouco óbvio demais. De qualquer forma, que seja um monolito autêntico (não humano), talvez apenas quis ressaltar que estas peças servem como marcadores de coordenadas (tal como serviam os antigos monolitos de pedra das culturas antigas).

Se o paralelo com o filme “2001, uma Odisséia no Espaço” for válido, então o contexto é:
Nós somos atualmente os primatas grunhindo e gritando diante daquele monolito, ou diante de qualquer fenômeno de ordem cósmica, extraterrestre, espiritual e enigmática que não conseguimos compreender.

Então, a humanidade apenas rosna, grunhe e debocha.
Pode ser uma crítica muito direta dos Aliens envolvidos com o projeto dos monolitos modernos, usando aquele filme como referência.

Por outro lado, os primeiros números do código me parecem datas, 12 e 13 de Junho.
Seria do ano que vem?
E pesquisando eventos em Toulouse, ficou fácil descobrir.

O anúncio de um festival musical naquela cidade exatamente entre estes dois dias, no ano que vem, 2021.
O que pode indicar que realmente este monolito é uma peça humana mesmo.
Uma promoção comercial que embarcou na onda dos monolitos autênticos.
E ele, o monolito de Toulouse, está totalmente fora dos padrões dos demais.

E seus códigos, bastante óbvios, típicos de humanos óbvios, que usaram o modelo do filme de Arthur Clarke aumentando ainda mais a sua obviedade.
Crops circles humanos também tem sido óbvios e facilmente distinguíveis dos autênticos venusianos.

Então, a crítica dos aliens não existe aqui, mas talvez um convite ao festival, reunindo primatas para fazerem muito barulho juntos diante dos palcos de metal e seus metaleiros.

Discernindo a mentira, nossa consciência se fortalece na direção da verdade. O exercício é sempre válido!

Uma imagem estranha

De uma COLUNA de sombras, na linha do horizonte, um cone de sombra se projeta para cima.
Em outra ocasião, um homem que viajava numa estrada de Idaho USA< em 30.11.2020, fotografou uma coluna de sombras no céu, como um monolito (formato)

E se você olhar para essa imagem, que veio de Campos Novos (Brasil), parece que vemos um mesmo tipo de objeto sombreado na terra, na linha do horizonte, e um estranho cone de sombra projetado para o céu.
Reparei que, paralelamente aos eventos “monolíticos” atuais da Terra, eventos parecidos no céu estão surgindo, como numa réplica de mensagem.

Tempos estranhos…

JP em 12.12.2020

O Monolito da Austrália e suas coordenadas criptografadas
Decifrando os códigos

Ainda continua sendo misteriosa a sua origem e autoria.

O primeiro conjunto de coordenadas marca a localização da Trump Tower, Nova York.
A Trump Tower é um arranha-céu localizado na cidade de Nova Iorque, Estados Unidos. Possui 202 metros de altura e 58 andares. Foi inaugurada em 1983 e é conhecida pelo seu enorme luxo. Foi fundado e construído pelo empresário Donald Trump.

Podem estar querendo anunciar eventos envolvendo o atual presidente dos USA em transição de governo nas últimas eleições onde sofreu derrota.
Talvez insinuando a fraude eleitoral norte-americana?
Isso deve interessar aos Aliens, já que muita coisa muda nos destinos do mundo quando mudanças acontecem na nação mais poderosa do planeta. Faz sentido.

As outras coordenadas apontam para locais aparentemente aleatórios, incluindo Managaha, uma ilha desabitada nas Ilhas Marianas do Norte, e a Esfinge no Egito.
A esfinge do Egito! Nunca é uma indicação aleatória.
E por tabela, o monolito nos leva às pirâmides.

Não expus esta semana, antes do monolito da Austrália aparecer, aquele estudo onde extrai as coordenadas das pirâmides do Egito, da pirâmide de Kefren (que se relaciona com a Esfinge) e as pirâmides mexicanas de Teotihuacan?
Isso pode ser uma conexão criada.

Coordenadas de todo o mundo, isto é, mostrando lugares onde estão os assinalados de Deus para a colheita próxima. Isso é certo e seguro.
Pesquisando, reparei que já tem muitas marcas, empresas e artistas fazendo monolitos.
Virou modinha, e isso vai dificultar um pouco a nossa pesquisa.
Mas não impedir.

Porque os elementos que nós temos, eles não tem!

Ps: há uma profecia em Isaías que fala que Deus colocaria um sinal no meio do Egito no final dos tempos, para reunir seu povo.
Tenho algumas coisas assombrosas para revelar ainda sobre isso.
Aguardem.

JP em 12.12.2020

Revisitando as coordenadas do monolito “humano” da Austrália

Muita gente que “conhece” de escrita alienígena julgou que estes números não estavam perfeitos para serem escrita alienígena (já viram ela?)
E também, aliens não usam parafusos em seus monolitos.
Então, são necessariamente humanos.

(Sobre isso, veja minha outra publicação, Monolitos são alienígenas ou humanos?)
Antes de mais nada, não obrigo ninguém a ler nada aqui. Se não acredita em nada disso, apenas não leia.

Então, vamos pontuar algumas coisas sobre as quatro coordenadas.
Eu convido a todos ao exercício de tentar considerar mais o conteúdo do que a aparência.
Muitas pessoas encontram grande dificuldade aqui.

A primeira coordenada nos leva a Trump Tower, nos USA. Uma referência direta aos USA (onde o fenômeno dos monolitos começou) e a Donald Trump, que está para entregar o cargo da presidência, o que vai mudar toda a história do planeta – e isso sempre interessou os Aliens, tanto que Valiant Thor, em 1957, escolheu o Pentágono norte-americano para visitar e tentar obter dos líderes da potência mundial alguns acordos que pudessem frear as ameaças de Guerra na época (Guerra fria).

A Trump Tower é um arranha-céu localizado na cidade de Nova Iorque, NY, USA.

Por outro lado, um ex-chefe da segurança espacial israelense fez uma estranha revelação recentemente:

“Os Objetos Voadores Não Identificados pediram para não publicar que estão aqui, a humanidade ainda não está pronta”, disse Haim Eshed, ex-chefe do diretório espacial do Ministério da Defesa de Israel, ao jornal israelense Yediot Aharonot.

Eshed acrescentou que o presidente Donald Trump estava ciente da existência dos extraterrestres e estava “prestes a revelar” informações, mas foi solicitado a não fazê-lo para evitar “histeria em massa”.

Isso explicaria a referência a Trump Tower.
Uma referência indireta a um assunto bastante direto envolvendo o presidente Trump e os extraterrestres.

A outra coordenada nos leva a algum ponto das Ilhas Marianas do Norte, Micronésia, não longe da Austrália (e na Austrália esse objeto apareceu), embora sejam ilhas associadas aos USA.
Por que colocariam essas coordenadas?

Algum grande evento, como um poderoso terremoto atingindo a região nos próximos dias de alinhamento?
Isso seria uma prova bastante concreta para a autenticidade do objeto “aparentemente humano”.
Vamos aguardar.

Outra coordenada é 25,35°S e 131,04°E
E isso cai na Austrália, na região central, no país onde apareceu este monolito (cidade de Adelaide).
No MONOLITO Uluru!

Uluru (também conhecido como Ayers Rock ou The Rock – “a rocha”) é um monólito situado no norte da área central da Austrália, no Parque Nacional de Uluru-Kata Tjuta perto da pequena cidade de Yulara, 400 km a sudoeste de Alice Springs – latitude 25°20’40.54″ S 131° 02’07.25″ E. É o segundo maior monólito do mundo (depois de Monte Augustus, também na Austrália). Tem mais de 318 m de altura e 8 km de circunferência, e se estende em 2,5 km de profundidade no solo. Foi descrito pelo explorador Ernst Giles em 1872 como “o seixo notável.”

Além de uma referência direta aos monolitos em seu contexto, e acredito que seja também uma referência às bases UFO, geralmente situadas em regiões do tipo, desérticas, afastadas, e com grandes pedras, rochas, plataformas naturais por MARCO de entrada.

E finalmente, a coordenada que nos levou a Grande Esfinge de Gizé, diante das Pirâmides.
Eu fiz associações geométricas e matemáticas, demonstrando a relação entre estes monolitos (prismas triangulares) e as pirâmides e as latitudes de Gizé e de Teotihuacan, com todas as associações derivadas.

Porém, há outro detalhe ainda mais interessante, e ele é bíblico, consta na profecia de Isaias.

“Naquele tempo o Senhor terá um altar no meio da terra do Egito, e uma coluna se erigirá ao Senhor, junto da sua fronteira.
E servirá de sinal e de testemunho ao Senhor dos Exércitos na terra do Egito, porque ao Senhor clamarão por causa dos opressores, e ele lhes enviará um salvador e um protetor, que os livrará.”
Isaías 19:19,20

Muitos consideram que essa COLUNA erigida no meio da Terra do Egito seja uma referência às antigas pirâmides.
Porém, de uma forma mais atualizada, em contraste com o fenômeno dos monolitos, a profecia declara que, NAQUELES DIAS, fim dos dias, uma coluna seria erguida no Egito como sina de que Deus salvaria o seu povo.

Bem, este fenômeno dos monolitos pode ser parte do cumprimento dessa profecia em nosso tempo.
E a outra parte?
Quando aparecer um novo monolito diante da Esfinge, saberemos então… e saberemos se este monolito da Austrália, com suas coordenadas, é humano mesmo.
Ou não.
A menos que sejam de humanos com dom de prever o futuro.

Eu vi uma harmonia muito inteligente nestas quatro coordenadas.
Referências a alienígenas (declarações ligadas a Trump), referências a monolitos, a bases UFO, a eventos naturais (terremotos) e ao grande sinal da Esfinge, vigiando a humanidade.
Apesar das aparências rústicas da capa do livro…

Só nos resta aguardar!

Monolito Uluru nas coordenadas do Monolito da Austrália

Uluru (também conhecido como Ayers Rock ou The Rock – “a rocha”) é um monólito situado no norte da área central da Austrália, no Parque Nacional de Uluru-Kata Tjuta perto da pequena cidade de Yulara, 400 km a sudoeste de Alice Springs – latitude 25°20’40.54″ S 131° 02’07.25″ E. É o segundo maior monólito do mundo (depois de Monte Augustus, também na Austrália). Tem mais de 318 m de altura e 8 km de circunferência, e se estende em 2,5 km de profundidade no solo. Foi descrito pelo explorador Ernst Giles em 1872 como “o seixo notável.”

Uluru é notável pela sua qualidade de coloração variável de iluminação diversa que ocorre em diferentes horas do dia e do ano, apresentando ao pôr-do-sol uma visão particularmente notável. É feito de arenito impregnado de minerais como feldspato (arenito de arcósio) o que causa a emissão de um brilho vermelho ao amanhecer e ao pôr-do-sol. A pedra obtém sua cor ferruginosa da oxidação.

É sagrada aos aborígenes e tem inúmeras fendas, cisternas (poços com água), cavernas rochosas e pinturas antigas. Ayers Rock era o nome dado a ela por colonos europeus, em homenagem ao primeiro-ministro da Austrália Meridional Henry Ayers.[1] Uluru é o nome aborígene, e desde a década de 1980 foi o nome oficialmente escolhido, embora muitas pessoas, especialmente os não-australianos, ainda chamem de Ayers Rock.

Uluru é adjacente a um assentamento aborígene e a cidade turística de Yulara (cerca de 3000 habitantes). Não está longe de Kata Tjuta (também chamada de Olgas). Foram construídas áreas de observação especiais com acesso pela estrada e amplo estacionamento para dar aos turistas as melhores condições de visão do local tanto ao amanhecer quanto no crepúsculo.
Wikipédia

Ou seja,
um monolito indicando outro.
E indicando uma base ufológica naquela região.
Como muitos outros monolitos devem estar indicando.
Só pesquisar, fácil fácil de deduzir isso.

Isso porque o monolito australiano é obra humana!
Imagine se fosse alienígena, hein?

Monolitos aliens ou humanos?

Alguns acham que monolitos alienígenas nao devem ter parafusos, rebites.
Que devem ter tecnologia desconhecida, devem emitir sinais de galáxias distantes.
Muitos estão DETERMINANDO como deve ser o fenômeno, para que acreditem.

Mas podemos estar sendo testados na nossa capacidade de avaliar conteúdos acima e além das aparências.
Mesmo que os objetos tenham uma aparência de obra humana, isso não é o mais importante.

Primeiro,
por que razão Aliens deveriam expor sua tecnologia ao mundo?
O que eles estão fazendo é uma sinalização, e o conteúdo dela é o que mais importa.
A mensagem que tudo isso comporta, ainda que, propositalmente, peguem chapas e as parafusem.
Isso é o menos importante.
Até porque são infiltrados na sociedade humana.
Eu pergunto:
Sendo infiltrados, vão andar de carro nas cidades ou de naves?
(***)

Segundo
E lembrando também que ninguém ainda filmou esses objetos sendo colocados em seus pontos designados.

O momento que a Terra vive, e o momento crucial no qual a Terra vai entrar ano que vem, justifica todo o mistério, todo o teste e toda a mensagem que este incrível e novo, e rápido fenômeno global quer revelar.
E talvez a mensagem principal esteja escapando aos céticos:
São peças aparentemente humanas porque os Aliens são aparentemente humanos entre nós.

E ele pode estar tão perto de você, mas você, julgando pela aparência, não o enxerga, acreditando que ele lhe virá em naves e será azul com a cabeça pontuda.

JP em 13.12.2020

Monolito branco da Inglaterra
Dia 13.12.2020

E muitos monolitos aparecendo por lá, o que reforça a minha teoria de vínculo continuado entre monolitos (legítimos) e crops circles (legítimos) que têm na Inglaterra a sua matriz há décadas.

Uma estrutura de aço incomum teria aparecido na Costa Jurássica, entre Lyme Regis e Charmouth.
É o segundo que aparece em praias da Bretanha.

Poderia ser este o quinto monólito misterioso a aparecer em famosos marcos britânicos?
Aparentemente, ao redor no monolito, não vemos traços, marcas, pegadas e rastros.

O caçador de fósseis de Lyme Regis Nigel Clarke postou a foto acima da estrutura, projetando-se da areia, nas redes sociais neste fim de semana.

Embora alguns questionem sua legitimidade, Clarke insiste que a foto é real e não foi adulterada.

Alguns questionaram se este poderia ser o quinto monólito de metal misterioso a aparecer em marcos britânicos nas últimas semanas.

Outros foram vistos em Dartmoor, na Ilha de Wight, em Glastonbury Tor e no centro do círculo de pedra das Merry Maidens em St Buryan, Cornwall.

Reparem como os monolitos insistem em aparecer ou em colinas, ou perto de ruínas antigas, sítios arqueológicos e agora, pela primeira vez, numa região de interesse da arqueologia pré-histórica.

Isso significa que NÃO SÃO ARTISTAS OPORTUNISTAS, mas inteligências padronizando uma mensagem clara: colinas, elevação, ascensão, resgate (a proposta das mensagens crop circle, preparando o mundo em 30 anos), e também, as referências do passado, aos “Deuses astronautas”.

A padronização destas imagens reforça tudo isso.
Esse monolito de aço é totalmente branco (o primeiro dessa cor), e parece mais volumoso que os demais.
Parece um pedaço de gelo se erguendo das areias.

Cada nova peça é única.
Me parece que eles estão preparando alguma surpresa nesse sentido, e algum objeto que vai fascinar todo mundo. E deixar os céticos sem explicação.

Só aguardar.

Monolito de St Albans, Inglatera

Alunos da escola primária investigam depois que um monólito misterioso aparece no playground.

Um fenômeno global cativante, que chamou a atenção de pessoas em todo o mundo, apareceu em uma escola primária em St Albans.

Os alunos da Escola Primária de Mandeville chegaram à escola na sexta-feira, 11 de dezembro, para encontrar um monólito em seu playground, parecido com os vistos em todo o mundo nas últimas semanas.

O dia começou com uma mensagem em vídeo da professora diretora Cathy Longhurst para todas as turmas, relacionando-a com outros avistamentos no mundo todo. As crianças foram convidadas a ficar longe da escultura misteriosa, e a polícia estaria presente para investigar.

Os PCSOs Bennett e Flanagan chegaram à escola às 10h, concluíram suas investigações forenses e tomaram depoimentos das crianças. Os alunos e funcionários têm muitas teorias sobre o que é e como chegou lá, mas nenhuma delas ainda está para ser provada.

A polícia de St. Albans relatou formalmente os acontecimentos estranhos e alertou o público sobre o monólito em suas páginas oficiais do Twitter e do Facebook.

Todas as crianças do 1o ao 6o ano escreveram sobre o evento em diferentes gêneros, dependendo de sua turma. Alunos curiosos do 6º ano, que estavam ansiosos para descobrir a origem da estrutura e informar o público em geral sobre a aparência do monólito, criaram o relatório abaixo:

Polícia investiga outra aparição estranha de monólito em uma escola em St Albans

A estrutura se assemelha a monólitos que têm aparecido em todo o mundo em lugares como Utah, Romaina, Polônia e na Ilha de Wight, para citar apenas alguns.

Kevin Byrne, gerente do local de Mandeville, disse: “Não pude acreditar no que vi quando cheguei à escola e vi o monólito esta manhã.

“Certamente não estava lá quando o diretor foi para casa por volta das 19h45 ontem à noite.”

A estrutura paralela plana e cinza, estimada em 2,2 m de altura e 30 cm de largura, foi descrita como “pesada, oca e metálica”. A polícia compareceu ao local aproximadamente às 9h55, quando o PCSO Bennett e o PCSO Flanagan coletaram amostras forenses e entrevistaram alunos na escola.

Vários alunos acreditam ter visto uma figura estranha ao redor dos edifícios. Um aluno do Y4 disse que viu um homem atrás dele e as crianças do terceiro ano relataram que viram uma mão e um pé saindo de trás.

Outras crianças relataram que observaram o monólito se movendo ligeiramente, mudando os ângulos, crescendo e encolhendo. Nada disso foi confirmado por evidências, no entanto.

Um aluno do 4º ano, que mora perto da escola, disse: “Eu ouvi um barulho do lado de fora por volta das 2h da manhã, mas depois disso não vi nem ouvi mais nada”.

Cathy Longhurst, diretora da Escola Primária Mandeville, disse: “Estou chocada com o surgimento repentino”.

Outros professores, como a professora do 6º ano, Sra. Claire Sargent, ficaram mais animados dizendo:
“Estou extremamente fascinada com isso!”


Que são “pessoas” envolvidas com isso, não temos dúvidas.
mas que pessoas? Da nossa sociedade ou de outras sociedades?
E o que pretendem implantando na Mente Coletiva a forma do monolito?
Qual a propaganda de mensagem que essa forma geométrica e suas inteligências desejam passar ao mundo?

Algumas crianças declararam ter visto o monolito se mover sozinho, mudar de ângulo.
Mas isso pode ser apenas fantasia infantil… ou não.

Cada novo elemento revela uma peça a mais do mistério.
E eu reparei uma coisa.
Antes, os monolitos estavam sendo colocados em lugares afastados das cidades, colinas, florestas.
Agora, estão se aproximando cada vez mais de locais públicos e áreas urbanas.
E ninguém ainda foi filmado ou registrado fazendo isso.

Seja lá quem for, é bastante hábil no seu trabalho.

Monolito da Hungria
e pirações conspiratórias da Federação Galáctica.

Budapeste, 12 ou 13 de Dezembro

Então apareceram os místicos locais e dominaram o pobre monolito, e puseram uma plaquinha de identificação que diz que o monolito é um presente da “Federação Galáctica” para as pessoas daquela região.

Está na moda agora a “Federação Galáctica” via canalizadores e místicos pleidianos, arcturianos e similares.

Eu, de minha parte
ESTOU FORA.
Não compartilho de fontes canalizadas.
Muita fantasia e pouquíssimo conhecimento legítimo se misturam nessas coisas, para fascínio de muitos.

E já fica o aviso, porque muita gente me manda textos canalizados.
Por favor, não! Descarto todos.

Meu trabalho é totalmente baseado em estudo, pesquisa e intuição.
Não em canalizações. Duvido de todas elas, até porque ainda não vi uma única sentença ou profecia de canalizadores se realizar na minha vida.

Meu trabalho é totalmente baseado em estudo, pesquisa e intuição.
Não em canalizações. Duvido de todas elas, até porque ainda não vi uma única sentença ou profecia de canalizadores se realizar na minha vida.
As mesmas canalizações da Federação Galáctica que garantiram que o Trump iria ganhar as eleições. E ele perdeu.
E eu mesmo disse antes das eleições que ele perderia.

Muitos se irritam, achando que eu sou da esquerda só pelo fato de mencionar a derrota de Trump nas eleições. Primeiro, não tenho o menor interesse por política, porque não confio em político nenhum.
Segundo, fatos são fatos, e se o Trump perdeu por fraude eleitoral ou apenas manifesta a síndrome do mau perdedor, isso não é a questão.
A questão é:
Se a tal Federação Galactica queria ele lá, por que não protegeu as eleições de supostas fraudes?
Tudo fantasia da cabeça das pessoas. Não fatos.
(***)

Quer a prova?
Pergunte a um CANALIZADOR se ele pode nos dizer COM ANTECEDÊNCIA quando e onde vai aparecer o próximo monolito ou mesmo crop circle? Claro, sem plantar o objeto de forma fraudulenta, só usando sua paranormalidade?
Rotular as coisas depois que aparecem, é moleza, não?

(***)

De minha parte, já previ com sucesso muitos crops circles e os interpretei a contento.
E não sou canalizador.

JP em 15.12.2020

O comércio dos monolitos

Em uma página qualquer da Internet…

O anúncio diz
“Autêntico Monolito da Ilha Wight como voce viu na TV e mídias sociais”
Tempo restante de seis dias para fechar negócio

Oferta atual: 20,100.00 Libras esterlinas
(Hoje, 20100 libras esterlinas valem 145.487,17 reais)
Como é oferta tipo leilão, a próxima entrada pede 20.200,00 libras.

Aceita todos os cartões.


Será que eu entendi direito? Vinte mil libras?

Well Well,
realmente as inteligências fora deste mundo terão que pensar em algo superior da próxima vez.
Fizeram a mesma coisa com crops circles, que se tornou negócio lucrativo para grupos humanos que se especializaram na arte e usam-na como propaganda cara para muitas empresas.
Os monolitos já caíram nas garras da cobiça humana.

É por essas e outras, muitas outras, que eu não vejo mais esperança para o gênero humano.

A geometria secreta do fenômeno mundial dos monolitos

Avaliando essa geometria, vemos que ela procede de uma codificação genial, não criada por humanos, mas com certeza copiada depois.

E essa codificação é que nos permite teorizar com maior segurança que estes monolitos (copiados depois por humanos ociosos) realmente procede de uma inteligência superior, identicamente ao que acontece com o fenômeno extraterrestre crop circle, com suas mensagens incriveis baseadas em geometria secreta, e depois, copiadas de maneira pobre e superficial por humanos tais.

Se o monolito (prisma triangular estrutural) tiver uma base triângulo equilátero (3 lados iguais, 60 graus de abertura angular) então 6 monolitos somados (conforme o modelo apresentado em rede mundial) irão compor uma pirâmide hexagonal (ou um obelisco hexagonal).

Se o triângulo de base tiver dois lados iguais e um diferente, com uma das aberturas angulares em 90° (ângulo reto) então quatro monolitos somados compõem um obelisco tradicional (estrutura quadrada).
Mas não acho que seja o caso.

Creio que os monolitos legítimos têm sido enviados na estrutura do triângulo equilátero de base.
O que nos leva diretamente à estrutura do cristal de quartzo, especialmente aqueles de ponta, que tem estrutura similar (composta) dos monolitos.

E se os monolitos considerados forem estes (Slide) que tem um corte superior formando uma ponta, então a soma de 6 peças formará uma pirâmide hexagonal na ponta da composição.

Uma sugestão para as tecnologias desconhecidas que empregam o cristal e outras substâncias cristalinas dentro do conceito da teleportação que envolve a mudança vibratória da matéria física, passando-a do sistema cúbico 3D para o sistema tetradimensional 4D?

Levitação, ascensão, teleportação, colinas, lugares elevados, como dedos apontando para o céu, para o chamado do céu… Um universo de conhecimentos infelizmente perdido por quem apenas olha mas não vê o que esses objetos estão tentando revelar ao mundo… com urgência, dada a incidência.

Ps: hoje, eu noite uma queda nas notícias dos monolitos.
De repente, os Aliens já notaram a exploração barata dos humanos em cima de tudo isso e estão bolando algo melhor e mais espetacular para adiante.

E bem mais difícil de ser copiado e comercializado.
Tipo, um monolito de uns 50 metros em praça pública, da noite para o dia.
E também, algum colosso no Egito.
Diante da Esfinge, de preferência.

Vamos lá, TOR!

JP em 16.12.2020

Comentários
Compartilhar