Artefatos mais antigos que as pirâmides são descobertos na Arábia Saudita

A Arábia Saudita é um país enorme e, até recentemente, viu poucas pesquisas arqueológicas em seus vastos desertos. No entanto, os especialistas acabam de encontrar mais de 100 estruturas de pedra misteriosas que são mais antigas que as pirâmides.

Os especialistas dizem que eles são alguns dos artefatos mais antigos do mundo antigo já encontrados.

As estruturas foram localizadas do espaço, com imagens de satélite reunidas por uma equipe de especialistas sauditas e arqueólogos internacionais. Eles usaram fotos de alta resolução e dados do Google Earth para encontrar as estruturas no Deserto de Nefud, no norte do país.

Para encontrar as estruturas, os pesquisadores mapearam a localização de características de massa de terra específicas onde suspeitaram que o homem antigo estaria (lagos, rios, pastagens e semelhantes) e as marcaram para estudo.

As próprias estruturas são desconhecidas. Mais de 104 foram encontrados atualmente.

Os especialistas acreditam que as pedras podem ter sido usadas como ‘pipas’ – grandes estruturas de pedra que canalizariam os animais em migração para caçadas em massa.

No entanto, muitos geoglifos de pedra também foram localizados, os quais são chamados pelos beduínos locais como “obras dos velhos”.

Os pesquisadores apelidaram essas estruturas de ‘mustatil’. Eles são retangulares, medem mais de 100 metros de comprimento e 100 metros de largura e são feitos de milhares de toneladas de pedra.

De acordo com pesquisadores citados pelo Holoceno , os artefatos podem ter vindo do período Neolítico da Arábia, quando os desertos eram mais pastagens entre dez e seis mil anos atrás.

É algo saído de Indiana Jones, com certeza.

Fonte

Comentários
Compartilhar