A antiguidade do fenômeno crop circle e a conexão venusiana

O que diz a ciência oficial e os registros do Wikipédia?

Os círculos nas plantações, também chamados de agroglifos, são formações de tamanho considerável criadas por meio do achatamento de uma cultura, como cereais, colza, cana e capim. Estas marcas em plantações normalmente são complexas e nem sempre apresentam forma circular. Apesar de muitos estudiosos alegarem causas naturais misteriosas ou origem alienígena como explicação para o fenômeno, o consenso científico é de que quase todos os casos são feitos pelo homem, com poucas exceções possivelmente formadas por fenômenos naturais ou meteorológicos.

O conceito de círculos nas plantações surgiu no final da década de 1970 por conta de hoaxes feitos por Doug Bower e Dave Chorley. Eles disseram que foram inspirados pelo caso de Tully, Queensland, Austrália, onde um fazendeiro encontrou um círculo achatado de juncos no pântano, depois de observar um OVNI, o que posteriormente foi explicado, que, na verdade, isso foi causado por um redemoinho.

Os círculos no Reino Unido, país onde é registrada a maioria dos casos, não estão distribuídos aleatoriamente por toda a paisagem e aparecem perto das estradas, em áreas de densidade populacional média ou alta, próximos a monumentos do patrimônio cultural, tais como Stonehenge ou Avebury, e sempre em áreas de fácil acesso. Vestígios arqueológicos podem causar marcas em campos com formas de círculos e quadrados, mas eles não aparecem durante a noite e estão sempre nos mesmos lugares todos os anos.

As formações geralmente são criadas durante a noite, embora existam alguns relatos de que surgiram durante o dia. Várias teorias têm sido propostas, desde fenômenos naturais e hoaxes feitos pelo homem até extraterrestres, o paranormal e até mesmo outros animais.Embora não se saiba por completo o processo de formação de todos os círculos em plantações, a explicação mais plausível, como já dito, é que todos, ou quase todos, sejam feitos por pessoas.
WIKIPÉDIA


As definições do Wikipédia, por estarem pautadas na ciência oficial, que nega e até ridiculariza abertamente a realidade da existência extraterrestre, não pode ser tomada aqui tomada a sério, apresentando explicações tão ridículas e sem noção para o fenômeno, que o único valor da consulta Wikipédia se limita mesmo à parte histórica do fenômeno, refutando totalmente a parte que pretende entendimento do mesmo.

Portanto, não podemos esperar muita coisa ou quase nada destes canais de informação, completamente limitados pela razão tridimensional das coisas.

Chilcomb Farm, Cheesefoot Head,23-5-1990, o primeiro picto 11-11, na data que somou 29 (11)

Sabemos que o ponto de partida das mensagens inteligentes começaram em 1990, na Inglaterra, quando, as formas tradicionais de círculos, quadrados, triângulos e até sistemas planetários anteriores, deram espaço a uma série de pictogramas com repetição de padrão, todos gravitando em torno do misterioso código 11-11, de maio a agosto de 1990.

A antiguidade do fenômeno

Alguns pesquisadores dos círculos nas plantações relacionam os círculos com antigos contos folclóricos para apoiar a afirmação de que eles não são produzidos artificialmente. Os folclores envolta do círculo são dependentes da cultura: elas aparecem principalmente em países ocidentais desenvolvidos e secularizados onde as pessoas são receptivas a novas crenças, como o Japão, mas elas não aparecem em todos os países, como os países muçulmanos.

Uma xilogravura inglesa do século XVII chamada de o “Demônio Ceifador” retrata o diabo com uma foice cortando com um desenho circular um campo de aveia. O panfleto contendo a imagem afirma que o agricultor, enojado com o salário que um lavrador estava exigindo para o seu trabalho, insistiu que ele preferia ter “o próprio diabo” para executar a tarefa. O pesquisador dos círculos, Jim Schnabel não considera ser este um precedente histórico para os círculos porque as hastes foram cortadas, não dobradas. A forma circular indicava ao agricultor que tinha sido causada pelo diabo.

Gravura de um jornal de 1678 sobre o “Demônio Ceifador

Na história alemã de 1948 Die Zwölf Schwäne (os doze cisnes), um agricultor encontrava em todas as manhãs um anel circular de grãos achatados em sua plantação. Após várias tentativas, seu filho viu doze princesas disfarçadas de cisnes, que tiraram seus disfarces e dançaram no campo. Os anéis produzidos por fungos podem ter inspirado tais contos.
WIKIPÉDIA

Novamente, para análise histórica, a Wikipédia serve melhor do que para a parte explicativa do fenômeno inegavelmente alienígena.

O Diabo ceifador é uma figura pagã que pode ser associada ao planeta Saturno, que na Astrologia se relaciona a colheitas e ao tempo cíclico. As mandalas crop circle estão abertamente associadas ao ciclo final da humanidade, que elas pretendem ao mundo então notificar com mensagens muito diretas e específicas.

E o fato de crops circles serem desenhados em plantações cultivadas pelo homem, sujeitas a semeadura e colheita conforme as estações do tempo, não é acidental, mas proposital para justamente reforçar esse sentido de colheita espiritual da humanidade no final anunciado do grande ciclo pelos ceifadores das estrelas, os mesmos que semearam a raça humana na Terra num passado já esquecido por ela…

A conexão venusiana

Referências a contatos extraterrestres com venusianos existem em praticamente toda a história oculta e secreta da Terra, aquela história para a qual a ciência moderna e a arqueoogia sempre fazem “vista grossa”, fingindo que não existe e que tudo não passou de alucinação dos povos do passado.

Mas venusianos são os primeiros autores dos crops circles em linha direta.
Veja a imagem abaixo.

Esboço de uma “nave espacial” criando círculo em uma plantação, enviado ao Ministério de Defesa do Reino Unido, em cerca de 1998.

Essa imagem teria sido enviada por algum grupo de estudos, de pesquisa crop circle, mostrando uma grande nave venusiana projetando crops circles numa colheita.

O símbolo em destaque, a cruz Ankh, é de origem venusiana e é análogo do hieróglifo astrológico do mesmo planeta.

Valiant Thor

Em termos de contato reconhecido porém acobertado pelo governo norte-americano nos tempos do presidente Dwight D. Eisenhower também nos direciona ao planeta Vênus, em sua liderança manifestada: Capitão Valiant Thor.

Valiant Thor esteve no Pentágono, em contato direto com as autoridades norte-americanas, entre 16 de março de 1957 e 16 de março de 1960, datas por ele mesmo definidas, segundo o próprio, por causa do signo de Peixes e da conexão da data com a Virgem Maria…

Interessante notar que, em 1957, tivemos crop circles simples nos USA, e outro somente em 1960.

O primeiro em 24 de outubro de 1957, South Lee, Massachussets, USA.
O segundo em 06 de novembro de 1957, Dante, Tenessee, USA.
E finalmente, outro em 1960.
Carrolton, Texas, USA, 1960

A tabela abaixo mostra as estatísticas de formações crop circle no último século até os nossos dias, com a grande maioria de incidência na Inglaterra.

Percebemos claramente a existência de curvas.

Nas primeiras décadas do século 20 (1900-2000), a curva se acentua justamente a partir das décadas de 1950 e 1960, época da presença de Valiant Thor nos USA.
E explode na década de 1970, para sofrer uma drástica redução na década de 1980, mantendo números baixos mas estáveis até meados de 1987 e 1988, quando voltou a subir.
Em 1989, atinge um número formidável de 152 objetos, para entrar em 1990 com 286 objetos, crescendo muito desde então.

O ápice acontece ao longo da década de 1990 e na entrada do novo século, entre 2000 e 2001, quando então o número de objetos começa a decair, sensivelmente, até uma queda mais brusca verificada nos últimos anos até o presente momento.

Essa tabela inclui todas as formações, até as humanas.

Mas formações humanas são completa minoria nestas estatísticas, especialmente de 1990 em diante, ao contrário do que a maioria pensa!

Site https://www.cropcirclecenter.com/

Conclusão
Venusianos sempre estiveram na Terra a partir do momento em que colonizaram a Terra num passado perdido e negado pela Arqueologia oficial, em histórias verídicas que se cruzam com relatos bíblicos e tradições da cultura indígena das Américas antes de Colombo.

Incluindo também as origens tibetanas, orientais, celtas, arianas, anglo-saxônicas, africanas, egípcias, hindus, enfim, todas as descendências de Noé, o remanescente da Era anterior a nossa.

Os crops circles sempre existiram, mas deram um salto de aparições justamente nos anos que marcaram a descida de Valiant Thor na Terra, a hierarquia de Vênus em cargo atual de liderança.
E isso deve ser considerado de forma muito cuidadosa.

Porque, no seu livro, o amigo de Valiant Thor, Frank Stranges, expressa que venusianos estariam intimamente relacioandos aos últimos eventos da Terra, bem como ações de resgate (Arrebatamento bíblico).

Por que Inglaterra?
Talvez esteja lá a base ufológica onde Valiant Thor se instalou, entre tantas outras bases venusianas espalhadas pelo mundo inteiro, e isso desde aquelas décadas mencionadas, de ascensão da curva crop circle, monitorando o fenômeno em todo o mundo.

Uma base nas proximidades de Stonehenge, e não distante da costa sul britânica, locais onde muitos eventos ufológicos acontecem e sempre aconteceram…

Em breve, toda a verdade dos fatos será esclarecida.
Estamos no entanto contemplando alguns fatos de antemão!

JP em 31.07.2020

Comentários
Compartilhar