Templates by BIGtheme NET

Reflexões 8

Qual a razão dos maus prosperarem e dos bons sofrerem?

Três argumentos

Primeiro, porque os bons nem sempre são tão bons assim, existe muita maldade camuflada em bondades aparentes. E também porque os maus nem sempre são tão maus assim. Pode haver muita bondade dentro de pessoas que consideramos más, porque nossos julgamentos ainda são muito de aparências. Somente Deus vê o conjunto de uma alma e de uma mente, e sonda as intenções dos corações, podendo qualificar o que é bondade e maldade na vida de cada um.

E quem é bom, pode se tornar mau a qualquer momento, se a vida lhe contraria o bem-estar e as facilidades. E quem é mau, pode se tornar bom a qualquer momento, se as contrariedades da vida lhe ensinarem as lições desejadas e o remédio das provações manifestarem a cura de sua alma.
Nada é mais imprevisível do que o coração humano, e por isso, com sabedoria, disse Cristo: Não julgueis para não serdes julgados pela mesma medida de juízo que fazem dos semelhantes!

Segundo, na maioria das vezes, todo bem e todo mau que alguém recebe na vida é fruto de ações passadas, que chegam como resultados no tempo. Nós não temos nem consciência e nem memória para sondar todas estas coisas do passado e as causas que lá foram plantadas por cada pessoa, de modo que não temos elementos para julgar se alguém merece ou não tal benefício ou tal sofrimento que a vida está lhe dando. Até porque nem sempre o mal é coisa ruim, muitas vezes ele vem como o remédio necessário para uma alma mergulhada no egoísmo e no orgulho, remédio esse que somente Deus pode ministrar, e seria imprudente de nossa parte tentar retirá-lo da experiência de alguém, com a melhor das intenções. Sofrer não é o problema em foco. A causa deste sofrimento é o real problema a ser focalizado nestes processos todos.

Terceiro, o patriarca Job fez a mesma pergunta a Deus:
Porque sofre o justo e goza o ímpio?
Ao que Deus lhe recomendou humildade, porque o coração humano não tem sabedoria e entendimento para conhecer as profundidades da Justiça Divina.
Deus sabe o que faz e o homem não sabe o que diz.

Mas, para acalmar todos os corações que esperam na Justiça Divina diante de tanta maldade crescente neste mundo, eu apenas diria:

Pense nos três estágios de um fruto numa árvore.
O fruto está verde, o fruto está maduro, e o fruto está podre.
Se o fruto está verde, o agricultor ainda não pode colhê-lo da árvore.
Se o fruto está maduro, o agricultor o colhe, mas e quando o fruto está podre?
Ele mesmo despencará da árvore, pela sua própria podridão.

Assim funciona na escola da vida.
Deus é um jardineiro amoroso e um agricultor zeloso.
Os frutos verdes passarão por todo tipo de provação até que amadureçam. Deus jamais os tira da provação antes disso acontecer.
Mas o que acontece ao fruto podre?
Ele despencou da árvore da vida por si mesmo, nenhuma mão o atirou ao chão.
A pergunta é: por que o agricultor não colheu este fruto quando estava maduro, e deixou ele lá, para apodrecer e cair?

Isso responde o mistério do porquê existir o bem e o mal, e do porquê Deus tolerar o mal enquanto espera que o bem suporte tudo.
Um fruto verde é toda bondade e toda maldade que existe no coração humano, e que está se manifestando conforme o tempo passa.
Se o bem amadureceu, Deus irá colhê-lo com suas mãos da árvore da vida.
Mas se o mal amadureceu, Deus nada fará, porque o próprio tempo encarregará de atirar ao chão aquele fruto que, por si mesmo, apodreceu na árvore da vida…
Portanto, devemos deixar a Deus toda colheita.
Porque poderosas e sábias são suas Mãos para julgar.

Só pode colher (ou não) quem plantou toda vida daquela Árvore, e quem pesou todo fruto daquela vida…

 

Crônicas da Terra quadrada

Não é a Terra que está dentro do quadrado, mas as percepções humanas. A Terra nunca esteve presa a nada, ela está em perfeita sintonia com a Música das Esferas. Porém, a consciência humana é que se encerrou dentro do quadrado, e passou a ver esse quadrado em tudo. O problema não está na paisagem, mas na miopia da alma… o quadrado limitador está na mente, não no Universo, que sempre foi o que foi e continuará sendo.

Quem saiu do lugar, portanto, não foi o Universo, mas a alma humana… que continuará caída no quadrado limitador dos sentidos enquanto não perceber que o defeito está nos seus olhos, não na paisagem que eles têm diante de si.

Não existem aliens limitadores e ilusões holográficas… o que existe é o EGO HUMANO preso na própria ignorância.

 

JP em 26.03.2019

 

O que o tempo tem a nos dizer?

Na verdade, não existe e nunca existiu tempo, o que existe é uma sucessão de eventos que a Natureza programa para ocorrer dentro de ciclos fechados com eterna repetição, e então, os nossos sentidos, captando essa sucessão de eventos, diante da espera que isso demanda, fazem a nossa mente inventar a ilusão de tempo entre todos os começos e fins que ela passa a medir diante de si, até que tudo se repita novamente, independente da nossa vontade…

Mas na verdade, o que existe entre os eventos que passam e entre todos os começos e fins que vivenciamos, não é tempo, e sim, um propósito inteligente de construção que acontece por trás das cortinas do tempo, na eternidade, grau a grau, tijolo por tijolo, construção essa que se chama Consciência, o que justifica o Universo como escola, o o Amor como professor, os eventos como lições, a alma como aprendiz e o tempo… apenas como algo sempre tentando lhe dizer o mesmo, a cada nova repetição, que você ainda não aprendeu todas as lições da vida… porque, se tivesse aprendido, não teria mais que esperar pela tal felicidade eterna que não morre mais e nem passa com o tempo, ainda lhe enganando os sentidos com ilusões passageiras não compreendidas e superadas.

“A distinção entre passado, presente e futuro é apenas uma ilusão teimosamente persistente”
(Albert Einstein)

“O tempo é uma ilusão produzida pelos nossos estados de consciência à medida em que caminhamos através da duração eterna”
(Isaac Newton)

“O tempo dura bastante para quem sabe aproveitá-lo”
(Leonardo da Vinci)

“O tempo é uma sombra projetada pelos cinco sentidos que desaparece quando a luz da consciência penetra na mente, que passa a perceber uma única realidade chamada Eternidade”.
JP

 

 

O novo deus do mundo

No passado, as boas doutrinas ensinavam ao homem apenas uma verdade: que o caminho espiritual tinha por objetivo nos transformar em Instrumentos da Vontade do Pai, tanto na Terra como no céu ao nos esvaziar de todo Eu e seus desejos, conforme a oração ensinada por Cristo:
“Faça-se a Sua Vontade, assim na Terra como no céu”.

Entretanto, na era moderna, o Espírito da Mentira se infiltrou em todas as religiões, e criou sistemas filosóficos new age, ensinando aos homens que Deus está lá para ser instrumento de realização de todas as nossas vontades pessoais…

Uma coisa nunca muda: desde o passado até o tempo atual, a grande maioria só pensa em prazer e comodismo, e o ego moderno tratou de modificar a essência das religiões para sair lucrando.

Sacrifício?
Aquela estrada solitária, apertada e difícil que conduz à salvação real?
Essa, ninguém quer.

A Verdade de Deus pode mudar?
Jamais. A Verdade de Deus é eterna e imutável.

Os egos humanos é que precisam mudar para poderem receber a Verdade de Deus e se libertarem de suas próprias mentiras e ilusões.

Até aquelas suas belas filosofias que vem em nome de um deus modificado por eles mesmos conforme as suas conveniências… fazendo o contrário do proposto pela doutrina eterna, ou seja, as pessoas não mudam em função da Verdade transformadora, antes, elas estão mudando a verdade em falsas filosofias para satisfazerem seus egos.

A cartada final do espírito da mentira é transformar esse Ego humano num tipo de deus pessoal a quem as pessoas rendem culto, satisfazendo-o em tempo integral… deturpando o sentido de todas as verdades doutrinárias conforme os seus desejos, estes que querem prazer e não sacrifício; comodidade e não mais dificuldade; prosperidade material e não mais renúncia.

E o antigo inimigo do homem, o Príncipe deste mundo, continua enganando a grande maioria dos povos com suas mentiras renovadas nos tempos modernos… sempre dando um jeito de transformar o ego humano no único deus que as pessoas seguem e cultuam em suas vidas.
O novo deus do mundo!

“Mas aquele que quiser vir depois de mim, que NEGUE A SI MESMO, carregue a sua cruz (sacrifício) e me siga!
(Jesus Cristo)

 

JP em 27.03.2019

 

Excalibur

O que significa a espada cravada na rocha?
Significa o poder espiritual do homem fossilizado nos instintos corporais que o submetem e o controlam.

O que significa retirar a espada da rocha?
Significa ter a força de vontade capaz de vencer os instintos da matéria e acionar novamente esse poder espiritual adormecido.

O que significa você conseguir tirar a espada da rocha e outros não, usando o divino poder dentro de você que irá transformar toda a sua vida?
Significa PREDESTINAÇÃO.
E o que significa PREDESTINAÇÃO?
Merecimento.
O que encerra o segredo de Excalibur com a seguinte conclusão: é preciso fazer por merecer o divino poder!
Nem sempre querer é poder.
Sem merecer, o querer nada poderá fazer.
E o poder continuará dormindo na rocha dos instintos que vão continuar controlando sua alma e sua vida.

 

 

Muitas vezes, é no mundo dos sonhos que encontramos as soluções simples e os caminhos seguros para todos os labirintos desta nossa vida material. Porque todas as coisas que nossa mente racional amarra neste mundo, a nossa mente espiritual tentará desamarrar na resposta das nossas preces chegando em nossos sonhos!

 

JP em 29.03.2019

 

Todo o Universo é a presença do Eterno Feminino, da raiz ao fruto, Universo-Escola que concebe todos os propósitos do Absoluto donde emanou, o Pai de tudo o que existe. Pai e Mãe trabalham, assim, no alfa e ômega de todas as coisas, cujo centro de seu Amor está no Filho, pelo Filho e para o Filho… assim como é na Terra, é no céu.

 

 

Apenas um sonho de Atlântida que ainda vive nas memórias subconscientes do atlante que existe dentro de cada um… incluindo lembranças do Dilúvio Universal nos mesmos sonhos…

 

 

Se a parte que comanda o corpo é a cabeça, e a parte que sustenta a vida é o coração, eu diria que as mãos são a parte mais bela da nossa constituição física, símbolo do verbo Servir, quando a inteligência da cabeça e a vida do coração se unem para que estas mãos, então, criem todo o seu melhor para o mundo!

 

 

Os Filhos de Deus são fruto da Palavra divina, não da carne.
Por isso que a verdade revelada por Jesus Cristo é única.
O real caminho, verdade e vida.

Consulte Mateus 5: 27-32, Mateus 12: 31-33, Mateus 19: 3-15, Mateus 22: 23-32, Mateus 24: 37-49, Gênesis 6 e a queda dos anjos na união sexual com mulheres humanas, João 6 e a ressurreição, Lucas 20: 27-40, Tobias 6:16-22 e as regras do casamento,
João 1: 12-13

JP em 30.03.2019

 

Einstein e a chave da telepatia

Na verdade, Einstein acreditava em habilidades telepáticas e certa vez ele disse:

“Fecho essas exposições, que se tornaram bastante longas, relativas à interpretação da teoria quântica com a reprodução de uma breve conversa que tive com um importante físico teórico. Estou inclinado a acreditar em telepatia”.

O Emaranhamento quântico era e é um efeito telepático a distância entre duas partículas gêmeas, e na escala dos gêmeos, sabemos que eles geralmente possuem estas mesmas conexões telepáticas, o que nos leva a deduzir que, quanto mais similarmente duas entidades conscientes pensem e vibrem no tecido do espaço-tempo, maior será o efeito telepático decorrente entre elas, no mesmo argumento do Emaranhamento Quântico, ainda sem explicação da ciência oficial, mas plenamente compreensível como um fenômeno de similaridade psíquica e harmônica transcendendo os limites do próprio espaço-tempo, num fenômeno que se assemelha bastante ao princípio da ressonância harmônica funcionando dentro de um Universo regido desde suas bases pela cosmologia das Super Cordas…

E ele mesmo disse que, nas suas ideias mais simplificadas de um Universo, a regência de tudo era por regras matemáticas e notas musicais… declaração bastante pitagórica por sinal!

(***)

O Gato está subindo ou descendo?

JP em 31.03.2019
Onde está o talento e a inteligência deste mundo moderno, que reage com ceticismo de frases feitas diante de uma onda de fenômenos desconhecidos e mistérios antigamente anunciados, ancorando agora do céu na Terra?

Os nossos melhores amigos são aqueles que nossos olhos não vêem, de modo que todas as suas boas ações em nossa vida são realizadas no anonimato.

E tudo aquilo que chamamos de sorte na nossa vida, na verdade são os arranjos destes nossos melhores amigos ocultos, estes que nunca dormem, e que sussurram bons conselhos em nossos ouvidos todo o tempo, e que depois nós tomaremos como pensamentos que vieram de nós mesmos…

Mas justamente por serem nossos melhores amigos é que eles nunca se ofendem desse nosso estado de ignorância de sua presença em nossas vidas. Contudo, feliz daquela alma que desperta e passa a andar de forma consciente com todos os seus melhores amigos que se fazem revelados e amados em relação recíproca de amizade perfeita, a melhor amizade que pode haver!

Na verdade, eles velarão sobre a nossa ignorância até este glorioso dia do nosso despertar!

 

 

Durante um êxtase que durou alguns segundos, minha mente escapou da percepção material e mergulhou em todas as dimensões paralelas do Universo situadas no Aqui e no Agora, contemplando a existência infinita que sempre esteve lá, se movendo ao redor da minha liberdade restrita … em muralhas de Eternidade preservada diante do meu lapso temporal de consciência!

 

 

A verdadeira beleza nunca olha para si mesma.

 

JP em 02.04.2019

 

 

A Imortalidade acontece quando as raízes da tua árvore da vida estiverem plantadas no mesmo campo de vibrações das raízes da Árvore Cósmica, porque é de onde vem toda a vida na Terra, Sol, Lua, estrelas dançando, vibrando, cantando no Espaço infinito. … e nesse dia, você tornará a comer dos frutos da Árvore da Vida que estão no Éden, o paraíso perdido que foi encontrado quando ouvires novamente a Lira dos deuses, e sentirá que eles têm um gosto de Música das Esferas na tua alma…

 

 

A Imortalidade acontece quando as raízes da tua árvore da vida estiverem plantadas no mesmo campo de vibrações das raízes da Árvore Cósmica, porque é de onde vem toda a vida na Terra, Sol, Lua, estrelas dançando, vibrando, cantando no Espaço infinito. … e nesse dia, você tornará a comer dos frutos da Árvore da Vida que estão no Éden, o paraíso perdido que foi encontrado quando ouvires novamente a Lira dos deuses, e sentirá que eles têm um gosto de Música das Esferas na tua alma…

 

 

“A diferença entre subir uma montanha e andar em círculos na vida é que, ao subir a montanha, o céu vai ficando cada vez mais perto dos nossos olhos, consolando a nossa alma cansada, enquanto que o caminhar em círculos apenas repete os mesmos passos errados não corrigidos na vida, sem novos céus, estrelas e acontecimentos transformadores a brilharem em dias de manhãs iguais indicando que os seus pés não estão subindo na vida e nem as suas asas estão voando para um novo Destino assinado por Deus!

JP em 03.04.2019

 

 

Deus cria o homem a sua imagem e semelhança, e o homem deve recriar-se a imagem e semelhança de Deus, fazendo o caminho consciente de retorno ao Amor que o criou, Amor que a criatura redescobre pelo seu Criador!

 

JP em 04.04.2019

 

 

A Magia da Verdadeira Música

MÚsica, a primeira arte das Musas, e dela deriva-se todas as demais artes, porque ela fala aos sentidos sua poesia e verso, ela é cor e forma na vibração da Geometria Universal sobre as telas do Espaço-Tempo, ela é pintura e escultura, ela é dança e harmonia ao inundar a matéria com sua energia ondulante… ela é equilíbrio e cura ao nivelar estados desajustados do corpo e da mente, trazendo a tônica da sua beleza ao sistema invadido por seus tons…

Enfim, Música é tudo isso e muito mais do que podemos definir, ela é a construtora adjutora da inteligência humana, ela ajuda a despertar potenciais cerebrais adormecidos, ela é Efeito Mozart, Efeito Beethoven, Efeito Chopin, Efeito Vivaldi, Efeito Bach, Efeito Wagner, enfim, Efeito transformação cerebral plena, através de uma lenta reconstrução dos neurônios acostumados a suas descargas de energia harmônica que, entrando pelos ouvidos, alcançam o coração enlevado e penetram diretamente na alma embebida no seu fluxo imenso… como rios que procedem do Oceano Eterno dos Sons criadores… porque no Princípio era o Verbo, e o Verbo não falou, Ele CANTOU quando criou tudo o que há, e se CANTOU, é porque havia MÚSICA cantando junto…

E mais do que conversar entre partes do cérebro, a Música dos mestres da Arte Maior conversa com todas as partes do seu Espírito encarnado, pelo simples fato de que a Música divina nunca foi deste mundo, e se compositores a escutam, é porque ela já flui PRONTA E INTEIRA nas dimensões do Ouvido aberto ao Universo da Música das Esferas… mas eu não falo de barulho ou pseudo-música, porém, mas da Música que escutamos aqui na Terra e que é uma ressonância do tipo de Música que flui nas alturas, nas dimensões ocultas e nas realidades invisíveis e intangíveis aos sentidos, mas plenamente audíveis aos ouvidos conectados diretamente ao coração, fonte de toda emoção pura e divina que ainda vive em nossos fragmentos sentimentais que identifica aquela Música vibrando ao redor e dentro, muito dentro …

Veja a pesquisa:

https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2019/04/05/musica-provoca-conversa-entre-areas-do-cerebro-entenda-como-e-a-relacao-entre-ritmo-harmonia-e-sensacoes.ghtml

 

 

A Religião da Consciência

Ter ciência não é o mesmo que ter consciência.
Exemplo?
Uma pessoa que fuma tem ciência dos males do fumo, mas não tem consciência, porque se tivesse, abandonaria de vez o vício.
Ter consciência implica em mudança de hábito.
Ter ciência é apenas ter uma informação, nada mais.
A consciência é a ciência das coisas incorporada à nossa vida com o objetivo de transformá-la para melhor.
Ter consciência é viver em função da ciência das coisas.
Mas ter apenas a ciência ou a informação das coisas não garante que tal ou qual pessoa vá regrar sua vida conforme essa informação.
Enfim, saber discernir entre o Bem e o Mal, vivendo a vida conforme esse discernimento, trabalhando para incorporar às ações tudo o que é bom, ao mesmo tempo em que rejeita tudo o que é mal, isso é, resumidamente, a religião da consciência.
Ter em mãos as verdades fundamentais da vida não é o maior desafio.
O desafio real é se auto-transformar guiado por todas elas.

JP em 05.04.2019

 

 

Não há criatura mais mágica e mais mística na Terra do que o Cavalo Marinho… é muito provável que ele seja oriundo de outros mares, de outros mundos…

 

 

Nos campos de trigo, cavalos alados desenham mensagens para o mundo tecnológico, com a boa magia antiga praticamente extinta. Só os corações puros que conservam essa boa magia em nosso tempo poderão reconhecer sua nova expressão nos mesmos campos do passado, onde os deuses das estrelas eram venerados… porque é para eles que essa Boa Magia está se repetindo em uma nova versão.

 

 

Monte num cervo branco, rasgue o véu da Lua, acorde no meio de uma noite estrelada e conheça os templos perdidos da Magia, quando o som de uma flauta pura rasgar o silêncio… e o chamado de uma sacerdotisa guardiã penetrar nos teus sonhos…

 

Conhecer os segredos da Magia implica na arte da introspecção e do segredo. Você nunca verá um mago legítimo propagando seus mistérios, seus arcanos. Porque metade da Magia opera no segredo. E a outra metade, no recolhimento. O que o mundo pode ver das mãos do mago é sua obra realizada, nunca os seus métodos. Podemos ver os frutos de sua árvore, mas a sua raiz será sempre invisível aos olhos do mundo.

O Livro da Alta Magia está escrito nas páginas de uma mente iluminada, que conservou a memória dos arcanos da antiguidade, anunciados por Anjos na fundação do Universo.
E essas páginas estão escritas em cada célula, cada nervo, cada DNA pulsando a nossa ancestralidade divina, ainda que em tempos de sufocante modernidade e dispersante tecnologia.

 

JP em 06.04.2019

Comentários