“Navio gigante de gelo” é encontrado na Antártida por usuário do Google Earth

Um usuário do Google Earth descobriu algo parecido a um “navio de gelo de 120 metros” em um iceberg a cerca de 160 quilômetros da costa da Antártida. A enorme estrutura de gelo foi coletada no programa do Google de imagens do globo terrestre ao sul da Nova Zelândia, informa o jornal britânico “Daily Mail”. Ela de fato tem uma grande semelhança com um navio de cruzeiro, com uma linha de janelas e várias chaminés.

As imagens foram compartilhadas pela primeira vez durante um vídeo do usuário do YouTube MrMBB333, que se denomina “Guardião da Terra”.

“Nos últimos 10 anos, familiarizei-me muito com nosso planeta, sua mecânica e como ele reage a muitos aspectos diferentes do clima espacial e a muitas outras coisas também”, afirma MrMBB333 em seu site. “Eu monitoro tudo, desde o fundo do mar até o cosmos e tudo mais.”

O trecho do vídeo que aborda o “navio” mostra inicialmente um grande pedaço de gelo elevando-se acima da paisagem branca. No entanto, quando a visualização muda para 3D, de repente o bloco lembra muito um navio. “Você olha para baixo e parece o contorno de um navio”, diz MrMBB333. “Isso tem 400 pés [120 metros] de comprimento, seja o que for, parece um navio. Um navio de gelo, se você quiser chamá-lo, um iate de 400 pés que fica lá na costa da Antártida.”

Propósito específico 

No início do vídeo, o usuário também chama atenção para outra mancha de gelo que, segundo ele, mostra evidências de paredes, portas e local para estacionar veículos. “Parece um iceberg aleatório, mas uma parte parece ter sido construída para um propósito específico, parece um portal e as características simétricas parecem ter sido criadas”, diz ele, apontando para pontos onde ele diz que há um ângulo exato de 90 graus.

“Não parece aleatório, mas como se tivesse um propósito”, acrescenta. Em 10 de agosto, o vídeo já havia sido visto por mais de 118 mil pessoas e gerou um debate sobre qual poderia ser a fonte nos comentários postados. “Lembre-se de que eu já disse que Hitler tinha uma base subterrânea na Antártida lidando com um certo grupo de seres extraterrestres, os seres loiros de olhos azuis, embora existam alguns outros que se parecem com eles, ou estiveram aqui. [O objeto tem] amostras de DNA para transformar humanos híbridos em uma nova raça ”, disse Galaxy Malachi.

Outros argumentaram que mais pesquisas precisam ser feitas na Antártida, continente que pode conter segredos sobre civilizações antigas. “Muito mais atenção é necessária para esse continente. Nem sempre foi congelado”, escreveu o usuário Stable Stoic. Alguns espectadores ficaram simplesmente maravilhados com o que estavam vendo.

Outros, por seu lado, ficaram menos impressionados com o que observaram. “WOW… vocês com certeza têm imaginação”, argumentou o usuário Atta Boy.

Fonte

Comentários
Compartilhar