Templates by BIGtheme NET

O Caminho do Zodíaco – Sagitário

O DESBRAVADOR DOS CÉUS

Agora, após as severas provas de Escorpião, que aprendeu a exercer o controle, não mais o controle sobre os outros, como lhe é costumeiro, e sim o controle sobre si mesmo, através do qual desceu ás cavernas do Inconsciente na busca do Grande Tesouro e riqueza espiritual dos deuses, que é a fagulha crística de vida eterna encerrada na “cauda do Escorpião” (cóccix simbólico), aprendendo a levar as raízes da Árvore da Vida até as fontes das águas subterrâneas e puras que lhe dão vigor, ao invés de expô-las às águas imundas que lhe matam lentamente…

Sim, agora o Espírito foi blindado pelas SETE INICIAÇÕES de fogo, ou sete graus de poder daquela serpente KUNDALINI, submetida a firme e forte vontade do discípulo, monge e asceta em suas práticas rigorosas, em sua disciplina severa, em seu controle da respiração e firme ciclo de orações, em seu retiro ao deserto, em seu afastamento das coisas mundanas, enfim, ao seu mergulho em si mesmo para fazer morrer a velha natureza na cruz, brotando aí a criança interior, o novo homem e o renascido das cinzas, como a Fênix… todos estes, valores de escorpião, preparando os caminhos para o glorioso CENTAURO…

A cabeça da Medusa foi cortada, e dela saltou o formoso PÉGASO, e todos os instrumentos do guerreiro celestial foram adquiridos nas zonas quentes do deserto, metais foram forjados, chumbo deitou ouro e pedras comuns se tornaram diamantes. A virtude foi aquilatada, a vontade foi lapidada, e todos os bloqueios do CANAL espiritual reunidos no EGO e seu somatório de ilusões, pereceram sob a força do poderoso Escorpião, e enfim, abriu caminho para que a alma se tornasse BODHISATTWA, alma diamante, canal propício e Instrumento nas Mãos Daquele que é mais alto que a alma, este que é o Espírito, o Self, o Ser superior, e que investe poderes e missões ao novo Iniciado levantado da Terra, nas forjas vulcânicas do signo anterior, que fez muitos caírem, fracos e impotentes diante de suas exigentes condições… o prazer ainda é a força que fala mais alto na carne dos fracos e na mente dos indecisos… então, é necessário que escorpião realize o FILTRO, a peneira, e como Esfinge devoradora, dê passagem somente aos que encarnarem seu enigma vivo:

“QUAL É O ANIMAL QUE, NA INFÂNCIA, ANDA SOBRE QUATRO PATAS, NA IDADE MADURA SOBRE DUAS, E NA IDADE AVANÇADA, SOBRE TRÊS?”

E a resposta de Édipo foi: O HOMEM!

Que, na infância, engatinha, e na idade madura, anda sobre as próprias pernas, mas na velhice usa uma bengala para se apoiar… e lá ao fundo, vemos o EREMITA (ARCANO 9) caminhando serenamente com o seu bastão de Iniciado e sua lâmpada de sabedoria acesa…
Mas a resposta ainda não é essa, ao menos, não está completa.

A resposta seria: A ALMA HUMANA que, na infância de sua evolução, era um animal quadrúpede, e depois, na escala das encarnações humanas, se tornou um animal racional bípede mas que, no futuro de sua Iniciação, quando encarnar o poder divino, andará com o bastão dos Magos, que é o símbolo de sua coluna vertebral transfigurada em poder! E será como um de nós, os deuses…!
Porque se fará mais um Imortal na Grande Família dos Iniciados do Universo!

Sagitário é o mais emblemático dos signos nesse sentido.
Porque ele reúne o animal de quatro patas (cavalo) o homem, e o bastão ou flecha de poder, que acrescentam um membro a mais ao conjunto!

Sagitário é a colheita espiritual real daquela Árvore inicial cuja semente começou em Áries, e agora, na terceira oitava do FOGO, o fogo instintivo de Áries se fez fogo de alma e vontade consciente em Leão para se tornar o Fogo Espiritual de um poder imenso que nasce no Ser que, como a flecha, passa a desejar o Infinito por Lar, e o Idealismo é o arco que a impele em sua jornada eterna…

A Escola da INICIAÇÃO foi concluída, e essa Escola deixou de existir nesse mundo de falsas religiões e caminhos de mentira… essa Escola ainda existe nos mundos superiores, e quem está desperto e ativo no plano astral/mental, poderá cursá-la. Aliás, os sagitarianos tem um dom particular para a prática das projeções astrais, só precisam aprender a se concentrar, já que a mente jupiteriana é sempre ampla, extensa e nem sempre consegue o foco necessário, dado o enorme leque das suas aspirações.

Sagitário representa o INICIADO E A INICIAÇÃO COMPLETADA, após a vitória da duríssima etapa de Escorpião que a precede.

Sagitário é a própria RESSURREIÇÃO após a Morte Interna, o segundo nascimento bíblico, e isso podemos constatar no VELOCINO DE OURO que o Centauro carrega em seus braços, aquela misteriosa pele dourada de Carneiro que dava poder de ressuscitação segundo os mitos gregos.

Carneiro-RAM é o signo de Áries em sua segunda volta, porque se faz 12+1 = 13. Religiões, crenças, costumes, tudo isso é teoria morta enquanto não se faça prática, enquanto não verta ouro na consciência e vida imortal no corpo. Esse é o alvo, e o próprio Jesus Cristo codificou nos Evangelhos uma Iniciação perfeita e precisa (João evangelista codificou toda ela em seus cinco livros, como Moisés), tanto que, lá no alto da Nuvem, entronizado, vemos o deus Júpiter (Zeus grego) na aparência de Jesus Cristo, administrando o raio e temperando com ele a flecha do Centauro, ao lado da Águia do Verbo…

Esse ser, além de representar o próprio JESUS CRISTO ao encontro do Iniciado na senda secreta da Cruz, representa o Ser Interno, o Espírito emancipado, a Mônada EU SOU, quando a alma vence as provas, desperta a consciência, encontra o grande tesouro e o eleva até a altura da copa da árvore, nos frutos da mente, completando o processo.

O Ser humano é um trio básico: corpo – alma – espírito.
São três os signos de fogo do Zodíaco, nesta ordem:
Áries – Leão – Sagitário.

O fogo de Áries vibra nos instintos corporais, e precisa subir para o nível da alma, na régia vontade de Leão, quando a auto-consciência brota da chama inicial da vida, para que, depois, essa auto-consciência se eleve aos níveis do Mais Alto que nós, o Espírito, a terceira chama, esta representada por Sagitário, assumindo então as feições e as vibrações de CONSCIÊNCIA CÓSMICA.

Tomar a religião como teoria vai até um limite que, se não transformado em prática, começa a retroceder do ponto em que se converte em uma coleção de crenças mortas que não promovem mudanças reais na alma e no corpo, quais as determinadas e mesmo exigidas pelas Sete Iniciações.

Sagitário fornece a coragem de uma alma emancipada que começa finalmente a enxergar e a se libertar de sistemas doutrinários equivocados, imprecisos, superficiais, empedrados de crenças e leis que ferem a Doutrina de Luz em pontos vitais…e entram em juízo de condenação direta perante a Lei Maior, e é essa LEI MAIOR que a mente sagitariana capta com mais facilidade que as outras mentes, ele tem acesso á religião de uma forma intuitiva e natural ao seu signo, e por isso, não raro, este signo produz grandes juízes e juristas, e pessoas que lidam com o pátrio poder, seja na política, seja na Igreja.

Eles aprendem a ganhar as asas da Águia (animal-símbolo) para voar mais alto e ver mais além… por isso, são pessoas dotadas de entusiasmo e otimismo contagiante, e a estrela de Júpiter sempre lhes prometerá sucesso e proteção superior, se assumirem com retidão e fidelidade o seu compromisso com a Lei, da qual os céus lhe fazem guardiões em Terra.

O Centauro se fez vitorioso sobre a Rocha, ou seja, ele edificou sobre a Pedra viva, e não sobre a areia, conforme as ilustrações do signo de escorpião e as citações do Evangelho. Porém, repare, sua natureza ainda é METADE ANIMAL…e isso ainda o impede de voar plenamente e se transfigurar na Águia que, ao lado de Júpiter, representa o idealismo puro de uma mente livre e sem amarras.

Mesmo assim, em Sagitário nasce a filosofia pura, nasce a religião em essência, nasce o ardor pelo mistério e pela busca, nasce a fome pela sabedoria e a sede pelo conhecimento… isso é marca registrada em muitos sagitarianos que, quando não podem consumar isso em experiência espiritual e metafísica, convertem em necessidade de viajar, de corpo e de alma, e rodar o mundo, seja num carro, num barco, numa bicicleta ou nos pensamentos. São grandes viajantes e pensadores!
O importante é estar na estrada, é manter o movimento e o deslocamento que cruze fronteiras e expanda a consciência!

Tem uma sabedoria natural, uma intuição aguda sobre as leis e as verdades fundamentais, e uma concepção nunca modesta ou econômica sobre o Universo que os cerca… eles têm apenas que tomar cuidado com a tendência aos excessos e exageros, naturais nos jupiterianos, aquela velha história de não tentar aumentar o tamanho do peixe que pescaram…

Esse idealismo, esse ENTUSIASMO (Entheos, palavra que significa DEUS DENTRO) e essa disposição incansável à exploração, a busca do novo, vem desse espírito que, na etapa de Sagitário, se levanta na Alma com o firme propósito de reedificar o templo. É a terceira chama do Zodíaco. Sua energia ígnea se opõe ao elemento ar e ao signo de GÊMEOS porque representa a Mente numa oitava acima da Inteligência prática: é a Inteligência espiritual, abstrata e intuitiva, que o habilita em ciências mais profundas, mais inclinadas para a filosofia, a religião, a metafísica e coisas dessa linha.

A flecha é o próprio espírito de Sagitário desejando esse vôo infinito, e o arco que o impele é a natural inteligência e visão ampla que o Espírito lhe proporciona. Aquele eremita ao fundo lhe representa, em sua longa jornada, agora que ele traz o bastão da força e a lâmpada da consciência, pelos deuses outorgada, presente de suas vitórias justas (sobre si mesmo). Atrás dele, um detalhe discreto de duas árvores formando um X com seus caules cruzados… o segredo do Fogo só está no começo de suas propriedades e finalidades…

Todos nós precisamos aprender a capturar um pouco a natureza sagitariana, mesmo que não sejamos deste signo, dentro desses dotes da casa 9, para que possamos nos libertar dos falsos guias e suas teorias mortas e meramente especulativas, e começar a nos comportar como águias do pensamento e do espírito, cujas almas voam diretamente até a presença do Sol-Deus, para que possamos vivenciar a religião viva, sem crenças emprestadas de terceiros: a religião da PRESENÇA.

Eu diria que isso é URGENTE em nosso tempo.

Note que a chama que arde na alma do Sagitariano não vem dele mesmo, mas de sua natureza superior, o Espírito, que a Iniciação finalmente liberou. Na imagem, é o Espírito que incendeia a flecha dos ardentes ideais desse nobre filho do Zodíaco, o Signo Nove, o Iniciado e a Iniciação.

O Iniciado tem o controle das forças da natureza, e podemos ver os Anjos Elementais das plantas ao redor, como que guardando o conhecimento e os segredos dos deuses… podemos ver os elementais do ar cercando as nuvens do trono de Zeus, podemos inclusive notar as humanas faces na pedra central… podemos ver a natureza em coro se revelando aos seus olhos, e tudo aquilo que era oculto antes, agora se apresenta como sempre foi: real!

Até o majestoso Unicórnio aparece, dócil, diante do Mestre, a apontar a entrada da MISTERIOSA PORTA… para onde ela leva?
O símbolo de Sagitário aparece na entrada, junto com a CRUZ TEMPLÁRIA e o lema:
“PARA SUBIR, É PRECISO DESCER”!

Sim, o Centauro deseja subir, subir e subir, mas ele é advertido: antes, deverá descer para superar definitivamente a natureza animal que ainda jaz em si (a metade inferior equina, cavalo). Por isso, a alma ganhou instrumentos, armas e poderes, não ainda para subir, mas primeiro para descer e vencer a si mesma num outro nível ainda mais profundo, mais enterrado na existência, do que aquele nível avaliado em Escorpião, e tal descida começará em CAPRICÓRNIO, signo seguinte, e para ela, o centauro se prepara, estudando tudo o que precisa ser estudado, viajando para todas as partes que precisa viajar, enfim, abastecendo sua mente, sua alma, seus sentidos e sua bagagem de conhecimentos de tudo o que possa suprí-lo na longa e perigosa descida ao reino oculto, preparando a sua bagagem adequadamente, porque a jornada é longa e arriscada… para que, depois da descida e das provas finais vencidas, ele também se torne um habitante permanente de AGARTHA, a Terra dos Imortais que existe no mundo paralelo ao nosso, ou mais um cavaleiro da Cristandade, conforme o signo templário indica.

Aqui, ele não viaja mais sozinho, já que todo INICIADO tem o privilégio de receber sua ALMA GÊMEA REAL, e não aquela que costumamos tomar por alma gêmea, mesmo não sendo, mas que assim julgamos apenas por causa de simpatias profundas, afeições e laços românticos… está escrito no Livro da Lei:
“Nenhuma alma encarnada terá direito a sua alma gêmea antes de se auto-realizar”.

Desde a queda do Éden, todos nós perdemos dois grandes privilégios: nossos poderes espirituais da comunhão com Deus, que nos tornava imortais e iluminados, e a companhia da ALMA GÊMEA em escala do amor infinito, que nos concedia felicidade inesgotável!

Poderemos sim, ter almas companheiras afins na vida, mas não a alma gêmea real, aquela que, do teu lado, move as forças do Universo porque casam em frequência e vibração nos sete planos do Cosmos. Se a pessoa do teu lado que tu consideras alma gêmea lhe fosse, obrigatoriamente ambos teriam que possuir o poder que eu descrevi. É claro que a Lei Divina jamais dará ao nosso ego cheio de desejo, maldade, luxúria e cobiça o maior prêmio do Universo, a alma gêmea e o poder que, de sua companhia, é decorrente, porque juntos formam a Unidade da Trindade do Ser.

O Unicórnio guarda a entrada da porta, da caverna, a mesma porta e caverna pela qual desceu Hércules, desceu Orfeu, desceu Quetzalcoatl, desceu Dante, desceu Jesus Cristo… e desceu todo aquele chamado ao grande mistério, ao grande Arcano, a grande morte que, em Escorpião, realizou um ensaio interno, para que se habilite à posterior ressurreição, lá, nas moradas dos IMORTAIS CHAMADA AGARTHI… um mundo tão puro, tão perfeito e tão evoluído que as mentes comuns e modernas não podem suportar ouvir falar sem lhe atribuir o lendário, o mitológico, o irreal e o surreal, e o fantasioso, já que em suas mentes não há mais ressonância alguma com aquelas verdades e seres fantásticos onde habitam…

O Unicórnio não deixará entrar o impuro e o indigno, somente diante do Mestre ele se curva e cede a passagem. Os manuscritos nas mãos das ninfas e fadas da floresta acrescentam outros elementos à CHAVE DE ENTRADA, que é uma só, em sua modalidade QUATERNÁRIA: A CRUZ, AS QUATRO LETRAS DO NOME DE DEUS, OS QUATRO ELEMENTOS, etc… chave essa que o Iniciado recebeu em mãos. Chave essa que jamais poderia transferir a ninguém, porque ela é mérito de seus triunfos e esforços pessoais, não pode ser comprada ou vendida, não pode ser ensinada em sistemas de crenças e em instituições religiosas mortas da superfície do mundo adormecido, enfim, é chave que a carne conquista no sacrifício e a mente, na vitória de todos os seus limites testados e defeitos eliminados…

Falo de passos de uma religião real no sentido de RELIGAR O CORPO COM A ALMA, E A ALMA COM O ESPÍRITO, E O ESPÍRITO COM DEUS-UNIVERSO. Diante de tal grandeza de ensinamento, é que o sábio se recolherá e meditará, e com certeza em seu coração abandonará todas as sombras de crenças que o distraíam para se entregar total e plenamente a CRISTO, QUE É O SENHOR DO MUNDO E O GRANDE REGENTE DAS INICIAÇÕES.

Se Jesus Cristo não der o seu aval, todos nós rodaremos em teorias e crenças sem efeito algum até o dia da nossa morte. Afinal, o preço da Cruz foi o mais alto, e ele implica nisso.

Implica no fato de que O PAI E SENHOR DEUS ENTREGOU TODAS AS ALMAS PARA JESUS CRISTO CUSTODIAR, GUIAR E REDIMIR NESSA TERRA pelas estradas da Iniciação, estradas de sacrifício, apertadas e difíceis, formuladas pelo mistério da Cruz.

Sim, há dois mil anos, Jesus reabriu a Igreja celestial, e as Igrejas em Terra não passam de cascas que, infelizmente, não escaparam da corrupção (previsível) imposta pelo tempo, nas mãos de falsos mestres e guias… aliás, como todas as outras religiões.
Porém, a Igreja Celestial é outra coisa, é a Igreja ou Templo da Estrela de Belém (casa do Pão), que recebe os Iniciados na senda crística desde a Cruz, quando o Mestre reabriu a porta da Iniciação que, antes dele, tinha sido fechada pela Lei maior diante dos crimes do mundo.

É para lá que as águias sagitarianas voam e se encontram, no festival dos Imortais que agora bebem e sorvem da Luz divina, e disso fazem seu pasto de religião viva… e quanta diferença do nosso mundo, larvas que ainda somos rastejando na Terra em busca de migalhas comprometidas… que o orgulho não nos deixe cegos aqui, para que possamos reconhecer nossa miséria interior e nossa necessidade do resgate pela Mão de Cristo…

Na imagem, o raio e o trovão simbolizam o VERBO DO ESPÍRITO, que é o poder supremo que desperta na garganta dos Iniciados, o seu principal instrumento ou aparelho de que precisa na próxima etapa, a mais difícil de todas, Capricórnio, onde terá que enfrentar o maior obstáculo de todos, e aquele que costuma fazer a maioria desistir, dada a sua força: O TEMPO!

Sim, esta é a prova final nas moradas de Saturno, e dela já podemos ter uma prévia aqui na superfície e na vida comum… quantos nobres ideais e desejos puros o TEMPO não derrubou em nosso coração, dissolvendo-o com a sua marcha?

(Capricórnio guarda o mistério das moradas ocultas de Deus, Deus ao contrário, Saturno-Satan, o Grande Testador, a Sombra de Deus na matéria, mistério que não pode ser revelado sem ferir o dogma e o bom senso.

Mas é esta a jornada de descida ao mundo interno, às zonas interiores do nosso próprio planeta, zonas invisíveis nesta dimensão, onde se fixam as raízes da Grande Árvore Sefirótica de nove andares, e onde CADA ANJO E CADA HIERARQUIA CELESTE está conectada, por uma conexão evolucionária e mesmo kármica, na eterna necessidade de cumprir obra, missão e função planetária.

Essa descida implicará, para o Iniciado, no resgate de suas próprias origens, mistérios, graus, títulos, honrarias, atributos, sim, tudo aquilo que se perdeu na queda primordial, tudo aquilo que lhe pertencia quando ele era um GLORIOSO ANJO DO CÉU EM MISSÃO DIANTE DO PAI DE TODOS OS SERES!

Glorioso é o caminho que começa em Sagitário, a terceira oitava do fogo, aquela que fecha o circuito da alma encarnada no último quadrante do Zodíaco para elevá-lo às maiores alturas, em Aquário e Peixes, já tocando as praias do Deus Infinito, Eterno e Absoluto, mas precisando vencer antes a prova mais difícil de todas, em Capricórnio, o signo da força maior, isso quando se souber vencer o TEMPO.

Pena que muitos ainda prefiram ir atrás dos seus ídolos menores e deuses pequenos mesmo diante de um Sol de revelação de tamanho fulgor e eloquência… mas o livre-arbítrio será sempre sagrado, ainda que dentro do Inferno, se é que tu me entendes… porém, agora não é mais tempo de plantar, e sim, somente de colher, colher tudo o que a Iniciação cristã plantou ao longo de 2000 anos, e por isso, 2018 está às portas com a Profecia da Figueira de Israel e os 70 anos, quando as mãos santas de Jesus Cristo separarão o joio do trigo, finalmente…

O mais triste em tudo é que poucos estão sorvendo essa sabedoria e ciência crística dos Evangelhos, porque muitos cuidam de seguir outros ídolos e ideologias, e cuidam de julgar que a Verdade cristã precisa de reparos, de correções e reinvenções, sendo que ela nos foi dada absolutamente pura, perfeita, completa e pronta para ser utilizada, e ali mesmo, naquelas profundidades maiores que transcendem a crença, ali, atrás dos muros da letra morta, naqueles domínios em que o Espírito Santo se habilitou a inspirar todo buscador sincero nestes dois mil anos, está a Doutrina das Doutrinas, diante da qual tudo o que existe hoje e foi escrito em sistema de pensamento moderno e vanguardista não passa de poeira suja…porque é letra viva de um mistério que, se incorporado a tua vida, te dará imortalidade, e se incorporado a tua alma, te dará consciência real, e se incorporado a tua mente, te dará sabedoria…

Mas o Senhor foi rejeitado, o Senhor foi transpassado e até hoje é crucificado pelos interesses da carne e pela mesquinharia das mentes que já não podem ver a raridade da pedra porque seus olhos não brilham mais em sintonia diamantina… e por que elevo hoje o tom para falar do Nome de Cristo?

Primeiro, porque o Ser de Jesus Cristo tem muita relação, bastante direta, com o Signo de Sagitário e o Anjo de Júpiter (o Sexto Anjo do Apocalipse). E segundo, porque a colheita do Mestre se aproxima, quando os seus filhos legítimos serão apresentados às suas maiores verdades para eles preparadas naquele grande dia. E terceiro, porque a pessoa, a obra e o ensinamento de Jesus Cristo é a síntese de todos os mistérios, é o caminho mais excelente que existe, é a luz mais brilhante que já brilhou na Terra e no céu, e mesmo assim, se faz o mais esquecido, o mais zombado, o mais vilipendiado dos nomes…

Repito: Jesus Cristo abriu o caminho da Iniciação na Terra desde a cruz, e para todo aquele discípulo que seguir fielmente as linhas de sua Doutrina, e para todo aquele que vem seguindo já há dois mil anos, desde os primeiros apóstolos e mártires, sim, para todos eles, a Igreja Celeste estará de portas abertas, operando o Segundo Nascimento preconizado sob o poder do seu nome e sangue. E o seu Nome simbólico será “Filadélfia”, Amor Fraternal. E o Nome do Senhor ali invocado, IAO, Eu sou o Alfa e o Ômega.

Mistério do Amor que nos liga diretamente ao coração do Senhor.

Estude-se o capítulo 15 de João e a parábola da Videira para se entender como funciona essa Iniciação crística que confere o segundo nascimento ligado inteiramente à energia e palavra do Intermediador Universal, Jesus Cristo, e nenhum outro. Estude e reflita em todo o Evangelho de João, porque nele se encontra A DOUTRINA CRÍSTICA EM SUA SÍNTESE PURA E PERFEITA! Ele é o apóstolo gnóstico por excelência, herdeiro da ciência hermética, pitagórica e platônica!

Mas se a centáurea flecha arder na direção da verdade, sua busca eterna não falhará, e os filhos da Iniciação cristã não poderão ser enganados neste mundo onde as trevas de uma falsa sabedoria se levantam como paredes de um cemitério, repleto de sepulcros cheios de ossos e vazios de vida, porque os oráculos da morte e dos mortos falaram mais alto aos ouvidos dessa geração perdida, geração que não entendeu aquela advertência “DEIXA QUE OS MORTOS ENTERREM SEUS MORTOS E ME SIGA!”

Sabedoria dos séculos, falei o que tinha que falar!

Não queira menos que o Infinito, nobre filho da chama, já que ele é tua morada ancestral, e não te contentes nunca com sombras, já que a VERDADE é tua herança eterna por direito, só precisarás aprender a subir até ela, a começar por dentro, dentro de tua mente desperta!

Voe, Sagitário! Galope, Centauro!

Corra como o vento e alcance as estrelas na palma de tua mão, arda como a chama inconsumível, dispare todas as flechas do teu pensamento inquiridor na direção do Sol da Verdade, e quando elas cruzarem as labaredas do Coração de Deus, então tu abraçarás o Amor em essência, e tu sentirás, tu arderás, e tu saberás das coisas que falo, e viajarás comigo no galope do vento e nas costas das ondas vibrando eternamente nas praias em que todos nós nos reencontraremos perante o Senhor de todo o Amor, exaltado neste precioso Signo de renascimento, porque Nove é sua casa… sêde portanto sábio e silencioso em sua gradual retirada deste mundo de mentiras e fantoches, de sombras e corações petrificados, e resguarda-te no teu silêncio e na tua espera, porque elas não serão em vão.

Apenas te peço: aprende a voar, aprende a seguir as trilhas que os teus olhos enxergam, ao invés de tatear cegamente as trilhas dos cegos.

E somente lá, nas alturas, saberás que todo sacrifício imenso que te trouxe até aqui terá valido imensamente a pena, cada gota de sangue derramado!

E no segredo do teu recolhimento, serás levado comigo ao Ninho das Águias, onde maiores vôos nos esperam, muito acima do reino destes mortos que se contentaram em enterrar seus mortos ao invés de seguir-te, Mestre, Filho do Deus Vivo, confirmando a profecia do Daimon de Eliphas Levi e dando as costas ao Deus Vivo e ao eterno e sacrossanto emblema da Cruz, matriz dos Universos…

Por tudo isso, não haverão de ser chamados para a Vida eterna porque simplesmente não a merecem. E sigo repetindo o que Jesus anunciou:

Quem quiser vir após de mim, que negue a si mesmo, que carregue a sua cruz e me siga!
Essa é a Via, o Caminho, a Verdade e a Vida.
Porque Ele e somente Ele, Jesus Cristo, se fez o Intercessor Universal entre Deus e a Humanidade, e sua Sagrada Mãe, a co-redentora ao seu lado. Não importa o que as Igrejas, os padres, os pastores e os papas fizeram com sua Lei, ela não perdeu seu valor, apesar de todos os seus maus representantes, ainda que muitos bons representantes hajam e tenham havido também. Joio e Trigo e a colheita chega.

Nada mais a dizer no momento. Apenas deixo subir o som de um suspiro triste, cada vez que vejo um mundo mais violento e no escuro porque assim preferiu, porque assim escolheu plantar para assim colher…mesmo com tanta luz e amor celestial a sua disposição!

Porque foi escrito que do Verbo de Deus é que o homem renasceria como Filho de Deus, e nem da carne, e nem do sangue e nem mesmo da vontade humana e seus instintos. Se o Nome de Deus não te encontrar em vida, nada poderá te salvar da morte eterna…

Faço deste magnífico signo um espaço para uma mensagem final, não de despedida, mas de preparação para as coisas maiores que virão, e já estão às portas.
Portanto, sagitarianos e não-sagitarianos, voem, voem para a Luz do Sol, e encontrem a redenção no silencioso segredo da Cruz, feito daquele Amor que te levará e te moverá à Verdade, o mesmo Amor que move o Sol, como as estrelas.

QUE O CRISTO ESTEJA COM TODOS NÓS!
MARANATA!

Comentários