Uma Esfera repleta de misteriosos símbolos é descoberta

Esfera Mágica, coberta com desenhos esotéricos, símbolos desconhecidos e misteriosos, cujo significado e finalidade, a humanidade, possivelmente, nunca descubra.

Segundo o arqueólogo Armand L. Delatte, a esfera mostra a representação do deus Helios, com dois animais, Um leão e um dragão-lagarto, sentados aos seus pés (para Delatte, apesar de não parecerem, seriam cães). A divindade segura um chicote na mão direita, e um longo cetro, com três pequenas tochas, na esquerda (poderiam ser símbolos da dicotomia sexual).

Do lado direito do desenho do deus, estão símbolos geométricos, com algumas escritas, que lembram os aros olímpicos, acima de um tridente, apontando para baixo, e sob o que parecem ser os ícones de medição de algum tipo, talvez de algum esporte.

Girando a esfera, seguindo para a direita das figuras, vemos novamente a figura de animais, todos cercados de escrituras, desenhos geométricos, pontos e traçados que poderiam ser representações de estrelas e suas posições.

É sugerido que o desenho da serpente enrolada e, principalmente do leão, teriam alguma referência aos signos do zodíaco e às constelações. Na parte superior da esfera, estão os símbolos que mais se assemelham a marcações (astrológicas) astronômicas.

Diversos símbolos alquímicos, desconhecidos, estão dispostos na esfera. Um triângulo circunscrito, dentro de um círculo com inscrições não decifradas, estão abaixo do objeto.

É defendida por alguns acadêmicos, que a esfera funcionava como um talismã para influenciar, magicamente, no resultado das competições esportivas. Uma espécie de bruxaria para vencer campeonatos .

Feita de mármore, com aproximadamente 30 cm de diâmetro (11,8 polegadas), com decoração em alto relevo – Datada do século III ou II a.C. – Período da anexação romana da Grécia – Encontrada (1866) em escavações arqueológicas, nos arredores do Teatro de Dionísio, localizado na encosta sul da Acrópole de Atenas.

Leia também  As mentiras do Sistema

Museu da Acrópole de Atenas.
Estudo feito por: Renan Antunes
*********************

Provavelmente uma rara representação antiga do Zodíaco num formato esférico e não circular plano, com seus deuses, potências, signos, símbolos e influências cósmicas sobre os homens.

A magia destes objetos está no fato de que eles se tornavam não somente objetos de arte representativa, mas também, objetos mágicos de invocação daqueles mesmos deuses, potências e influências sob signos e símbolos mágicos.

JP em 16.12.2020

Comentários
Compartilhar