Risco de nova pandemia? Novo vírus da gripe com ‘potencial pandêmico’ é encontrado na China

Parece ser capaz de infectar pessoas, embora os porcos sejam os hospedeiros, dizem os especialistas.

TOPO

Por BBC

29/06/2020


Cientistas descobriram evidências de infecção recente em pessoas que trabalhavam na indústria suína na China — Foto: Getty Images.BBC

Cientistas descobriram evidências de infecção recente em pessoas que trabalhavam na indústria suína na China — Foto: Getty Images.BBC

Uma nova cepa do vírus da gripe com potencial de causar uma pandemia foi identificada na China, segundo um novo estudo.

Essa linhagem surgiu recentemente e tem os porcos como hospedeiros, mas pode infectar seres humanos, dizem os autores da pesquisa

Os cientistas estão preocupados com o fato de que ela poderia sofrer uma mutação ainda maior e se espalhar facilmente de pessoa para pessoa e desencadear assim um surto global.

Eles dizem que a cepa tem “todas as características” de ser altamente adaptável para infectar seres humanos e precisa ser monitorada de perto.

Como se trata de uma nova linhagem do vírus influenza, que causa a gripe, as pessoas podem ter pouca ou nenhuma imunidade a ela.

Ameaça pandêmica

Uma nova cepa do influenza está entre as principais ameaças que os especialistas estão monitorando, mesmo enquanto o mundo ainda tenta acabar com a atual pandemia do novo coronavírus.

A última gripe pandêmica que o mundo enfrentou, o surto de gripe suína de 2009 que começou no México, foi menos mortal do que se temia inicialmente, principalmente porque muitas pessoas mais velhas tinham alguma imunidade a ela, provavelmente por causa de sua semelhança com outros vírus da gripe que circulavam anos antes.

O vírus da gripe suína, chamado A/H1N1pdm09, agora é combatido pela vacina contra a gripe que é aplicada anualmente para garantir que as pessoas estejam protegidas.

A nova cepa de gripe identificada na China é semelhante à da gripe suína de 2009, mas com algumas mudanças.

Até o momento, não representou uma grande ameaça, mas o professor Kin-Chow Chang e colegas que o estudam dizem que devemos ficar de olho nele.

Qual é o perigo?

O vírus, que os pesquisadores chamam de G4 EA H1N1, pode crescer e se multiplicar nas células que revestem as vias aéreas humanas.

O vírus H1N1, que causou uma pandemia de gripe — Foto: Reprodução

O vírus H1N1, que causou uma pandemia de gripe — Foto: Reprodução

Eles descobriram evidências de infecção recente em pessoas que trabalhavam em matadouros e na indústria suína na China.

As vacinas contra a gripe atuais não parecem proteger contra isso, embora possam ser adaptadas para isso, se necessário.

Kin-Chow Chang, que trabalha na Universidade de Nottingham, no Reino Unido, disse à BBC: “No momento estamos distraídos com o coronavírus e com razão. Mas não devemos perder de vista novos vírus potencialmente perigosos”.

Embora esse novo vírus não seja um problema imediato, ele diz: “Não devemos ignorá-lo”.

Os cientistas escrevem na revista “Proceedings”, da Academia Nacional de Ciências britânica, que medidas para controlar o vírus em porcos e monitorar de perto as populações trabalhadoras devem ser rapidamente implementadas.

O professor James Wood, chefe do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade de Cambridge, disse que o trabalho “vem como um lembrete salutar” de que estamos constantemente sob o risco do surgimento de patógenos e que animais de criação, com os quais os seres humanos têm maior contato do que com a vida selvagem, podem ser uma fonte de vírus pandêmicos.
BBC

*************************************

Mais um vírus com potencial de Pandemia… e as teorias da conspiração começam a cair por terra.
China em mais uma guerra biológica?
Claro que não. A China é o país com maior população no mundo, e combinado a isso, o fato de usarem uma alimentação pouco “ortodoxa”, entrando em um contato maior com animais por causa desse estilo alimentar, cria-se aí um cenário perfeito para o desenvolvimento de novos tipos de virus, além de mutações de vírus anteriores, como o coronavírus.
Outro detalhe é que a China é um dos países mais poluídos do mundo.
Todas essas condições parecem criar viveiros para esses tipos de pragas e virus.
O ambiente em total desequilíbrio, poluído, impuro, com muita população concentrada… desencadeando da parte da Natureza os mecanismos naturais para controle populacional (já que a humanidade mesmo não se importa com isso, e a curva populacional segue crescendo, bilhões de pessoas sobre o planeta).
É claro que a Natureza tem que reagir?
Tudo o que fere o equilíbrio sofrerá reação da natureza, sabemos disso.

Não precisa nenhum laboratório criar aquilo que a natureza pode criar facilmente…

O Quarto Cavaleiro do Apocalipse, aquele que traz a peste, era da cor amarela, e na analogia com as raças e suas “cores” tradicionais, estava escrito que a peste (pandemia) sairia do núcleo da raça amarela.
E outro virus já está sendo gerado naquele país.
Lembram da profecia do menino astrólogo da Índia?
Por causa do Karma da humanidade por causa dos animais sendo mortos de forma inescrupulosa e da natureza sendo destruida? A China não liga muito para esse ativismo animal e nem se lembra mais das lições de Buda sobre o Karma. E traz na pele a cor do cavalo amarelo da peste.
O mundo já está numa curva involutiva da vida.
A involução já abraça todos os sistemas.
Agora é questão de tempo para muitos deixarem de rir das profecias.

Uma coisa é certa: a curva da humanidade dentro do tempo parece mostrar um karma global progressivo.
Não teremos do Destino o que queremos, mas tão somente o que merecemos… porque, no final, todas as doenças de fora, do corpo, são meros reflexos e efeitos as doenças de dentro, da mente, da alma…

JP em 30.05.2020

Veja também:

Comentários
Compartilhar