Reflexões 36

O que há de tão certo nesse belo vilarejo numa colina do Tibet?

Casas parecidas, quase idênticas em tamanho, sem nenhuma ocupando o espaço da outra, sem nenhuma construindo andares que a tornem mais alta que as outras, para não tirar a paisagem das outras casas. Casas de um colorido variado, todas voltadas para a mesma direção do Sol, e nenhuma delas procurando se destacar das outras, se elevar acima das outras, expandir seus espaços contra as outras.

Todos se contentam com o tamanho de suas moradas, ninguém quer casas maiores ou mais bonitas que as outras casas. Todos estão satisfeitos, e não há disputas de espaço… o espaço acomoda a todos de forma harmoniosa e pacífica.

Acho que você entendeu a minha mensagem… será que algum dia, seres humanos das grandes cidades, e todas as suas ricas mansões, e seus edifícios competindo em luxo e altura para atrair moradores, e tanto contraste com favelas e miséria urbana, poderão algum dia viver assim como vivem esses tibetanos, em toda essa simplicidade e ausência de luxo e esnobismo em suas moradas, todas voltadas para um mesmo Sol no alto daquela colina chamada Harmonia onde todas as casas modestas estão irmanadas para contemplar uma mesma paisagem?

Animais selvagens pelas ruas das cidades vazias

Temos visto que, nestes tempos de Pandemia, com o toque de recolher obrigatório) em muitas cidades do mundo, os animais selvagens começaram a aparecer nas cidades desertas e vaguear pelas ruas vazias, talvez em busca de comida ou por simples curiosidade em explorar novos territórios, antes, ocupados pelo bicho-homem.

E tudo isso significa que os animais selvagens NÃO GOSTAM da companhia humana, e se afastam de pessoas, sempre que podem, porque animais sentem as coisas, e não sentem que humanos sejam de confiança.

Bem, não podemos culpá-los, a partir do momento em que nem os próprios humanos andam se suportando de uns tempos para cá, e a quarentena tem aumentado os índices de violência doméstica e até de divórcios, com as pessoas sendo obrigadas a passar mais tempo de convívio e brigando mais, muito mais, em função disso.

Talvez os animais domésticos, como os cães, melhor suportem os humanos por piedade. Porque animais domésticos têm a mesma sensibilidade dos animais selvagens no sentido de captar toda essa violência latente dos humanos ferozes, que os tornam assustadores até mesmo para as feras mais selvagens da natureza.

O fato inegável é que parece mesmo que toda a natureza lá fora está em festa sem nós, dando um triste recado para a humanidade:

Não precisamos de humanos para continuar!

E não precisam mesmo.
A Pandemia está revelando as tristes verdades de uma sociedade esnobe e que a natureza pode descartar quando bem queira.
E me parece que ela já começou a fazer isso.

JP em 29.04.2020

Arco-Iris, portal da Luz

Vendo essa imagem, parece ficar claro por que os antigos chamavam o Arco-Íris de portal da luz ou ponte entre os mundos… eles diziam que a luz muda de frequência quando passa de um plano para outro, da mesma forma que o raio de luz se refrata quando atravessa meios ópticos diferentes… há um grande sentido de analogia nessa sentença.

Se a nossa consciência é a nossa luz interior, e se essa luz mudar de ângulo de refração dentro das muitas camadas da mente, nossa consciência investirá de novas percepções, capazes de captar novas dimensões…

Se apenas as flores se levantarem pela manhã para louvar mais um nascer do Sol enquanto todo o resto da humanidade dorme mergulhada nos seus sonhos de matéria, já terá valido a pena todo o sacrifício do Sol para estar ali, se levantando mais um dia para garantir a luz, o calor e a vida a toda vida que existe, até mesmo para toda aquela vida que dorme profundamente perante a sua divina Majestade…

“Se quiser por a prova o caráter de um homem, lhe dê poder”
Abraham Lincoln


Todo mundo nasce com EGO

Mas quando esse ego é empoderado sobre o mundo, é que ele mostra melhor suas garras.Não significa que as pessoas comuns não tenham ego. Elas têm. Todos têm.

Mas o poder de destruição dos seus egos é bem menor porque eles não tem o mesmo poder de alcance daqueles egos que foram empoderados sobre o mundo.
E a contradição maior é que os egos do povo comum, sem qualquer poder, é que deram poder para os egos que sobem aos tronos e começam a sacrificá-los ou decepcioná-los, quando a expectativa era exatamente o oposto disso.

Melhor confiar em Deus… que não tem EGO para ficar deslumbrado consigo Mesmo diante do Poder Absoluto que lhe assiste.Poder sem senso de humildade, igualdade e justiça é tirania na certa!

E pensar que os seres mais altos e poderosos do Universo são os mais humildes!

Que o Anjo Miguel ilumine todos esses loucos no poder mundial…

JP em 30.04.2020

A visão mística dos homens sagrados da antiguidade

Como não sentir o Sagrado na pulsação deste céu?
Como não respirar felicidade diante destes ares luminosos?
Como não inspirar o coração com a Beleza Infinita quando a Fonte é uma abundante cascata de estrelas?
Como não beber toda essa luz, como não sonhar dentro de toda essa Imensidão, como não viajar diante deste espetáculo sideral com tantas estradas levando ao Infinito?
Como não acender na mente uma chama de devoção, e no peito um louvor de Gratidão perante a Presença Viva e Consciente do Universo Inteligente além dos olhos e das imagens?
E quem precisa de um Templo maior e melhor do que este Templo para adorar o Criador em seu próprio Templo, criado por suas próprias Mãos?

O monumento é a Câmara neolítica Lanyon Quoit, na velha Cornualha, Inglaterra.
O monumento parece um grande Altar sobre o qual ardem as estrelas, chamas sagradas da Divina Presença numa liturgia sem palavras, mas plena de luzes que falam ao coração as Verdades do Ser Maior.

Acima, Vênus é o ponto brilhante, e um pouco acima, Andrômeda, cercada por um oceano de estrelas, galáxias e mundos distantes, e em cada um destes mundos, do outro lado do oceano estrelado, devem existir seres como nós, que reverenciam o Sagrado não com religiões, mas com a devoção a todo este céu silencioso de luz eterna em movimento que faz toda vida fluir, e toda consciência agradecer o Criador de tudo isso!
Neste templo eu me curvo e agradeço o Criador de tudo isso!
Festival do Amor Cósmico!

É GOOOOOOL da Terra!

A Terra se posiciona para dar o chute, a Escuridão é o goleiro que tenta defender a bola do Sol, evitando que ela entre no portal de um novo dia, mas a Terra chuta, e é GOL!
Gol da Terra em mais um novo dia.
Um chute indefensável para a escuridão!
E o Sol cruza mais uma vez o portal de uma nova manhã!

(Artes digitais criativas)!

Tudo começou nos números…

E do Zero original ao UM da primeira matriz, ao dois da primeira duplicação construtora, ao três do primeiro sistema em equilíbrio, ao quatro da primeira forma condensada, ao cinco da primeira mente consciente na forma, ao seis da primeira forma preparada para receber a descida do Espírito em plenitude, ao sete que completou o número das forças do sistema, ao oito que abençoou tudo, ao nove que reconheceu a si mesmo, espírito na forma, e ao dez que zerou tudo outra vez…
Tudo começa, tudo termina, tudo recomeça nos números!

JP em 01.05.2020

Qual a diferença entre Amor e Adoração?

Enquanto o amor está consciente das qualidades e dos defeitos do ser amado (e todo amor é consciente), a adoração se faz cega aos defeitos, projetando na pessoa “adorada” apenas as qualidades que, em grande parte, não existem na pessoa, mas apenas na expectativa que fazemos dela, transformando-a numa espécie de ídolo.

E em vez de amar, estaremos praticando idolatria, transferindo ao ídolo um ideal de perfeição que nós queremos que ele tenha, mas não tem, porque essa perfeição que tentamos ver nele não passa de uma soma das expectativas de coisas boas que queremos que esse “alguém” realize por nós…

Muitos falsos líderes políticos e religiosos nascem dessa fraqueza humana que eles sabem explorar muito bem, a fraqueza que nos torna capazes de transferir a ídolos humanos a realização de nossas esperanças, aquelas que nós mesmos não podemos ou não conseguimos realizar.

E para impedir que houvesse idolatria no mundo, é que o Anjo diz a João (no Apocalipse):
“Não adores a mim, porque sou servo, como tu. Adora somente a Deus!”
Porque Deus é Pai, e não um ídolo.
Um Pai que nos ama, e não está lá apenas para resolver os nossos problemas, como se costuma esperar de ídolos…

A fé precisa de inteligência para não se converter em crença ignorante… afinal, Deus nos deu inteligência para que pudéssemos tomar parte de sua Criação, de forma consciente, sem ter que apelar para o poder divino todo tempo, para cada migalha de problema que aparece.

A inteligência é o mais elevado poder que Deus deu ao homem, que o capacita a mudar para melhor as circunstâncias de sua vida e destino.

Muitas de nossas misérias acontecem quando não usamos a inteligência criadora que o Pai nos dá, preferindo confiar na inteligência de mentes alheias, nem sempre bem-intencionadas.

O pensamento não está dentro de você, mas pelo contrário, você é que está dentro do seu pensamento e até viaja nele, se souber como enviá-lo ao Universo consciente, nas asas da Telepatia.

Sabendo que o Universo Consciente sempre responde aos nossos pensamentos, ainda que não saibamos ainda ouvir suas respostas no fundo de nossa mente.

O pensamento é o DNA da alma!

JP em 02.05.2020

Vida e Universos paralelos

Se todo o Universo criado projeta, por resultante final, a VIDA como o mais raro de todos os fenômenos cósmicos em manifestação – e para conter vida inteligente é que o Universo foi Criado por um Criador – naturalmente que a VIDA é um fenômeno multidimensional e atemporal.
A vida contém todos os tempos e dimensões, e não o contrário.
E a vida é a maior prova da existência de Deus, que é espirito criador, inteligente e… vivo.
E nós mesmos somos um em muitos, e muitos em um!
Somos mente, somos alma, somos espírito, somos emoção, somos amor, somos consciência, somos criação, somos pensamento, energia, inteligência… somos vida!

JP em 06.05.2020

Toda Evolução sem espiritualização se torna um caminho fechado que implode sobre si mesmo na curva gêmea mas descendente chamada Involução.
O desenvolvimento tecnológico, cultural e científico da era moderna não estão mais considerando o propósito espiritual em suas posturas cada vez mais materialistas e ateístas, e por esta simples razão, não conseguirão deter a curva contrária da involução claramente direcionada para a Extinção.
A Extinção é o fim irremediável de uma civilização apartada do espiritual.

JP em 11.05.2020


A tarefa mais difícil em uma viagem astral ou percepção extra-dimensional é convencer o seu cérebro que ele não está mais no mundo físico, e que ele deve reinterpretar todas as novas coordenadas a sua volta sem tentar compará-las com as medidas do plano tridimensional… é como você estar diante de um precipício e tentar convencer o seu corpo físico denso de que ele pode saltar e sair voando… isso porque, quando dormimos, nosso cérebro ainda continua interpretando tudo como corpo físico e realidade tridimensional ao redor, e ainda que possa voar nos sonhos, ele resiste à ideia… só com muito treino e auto-sugestão romperemos esse condicionamento limitador que a vida física tridimensional nos impõe desde o berço até a sepultura…

JP em 16.05.2020

Os carros de fogo do céu

Os carros de fogo do céu sempre estiveram no lugar de sempre,
mas os olhos modernos não podem mais vê-los…

Na Bíblia, e em outras escrituras antigas, os carros de fogo do céu são mencionados, invariavelmente, guiados por deuses, e eles circulam toda a Terra, visitando os mundos distantes por estranhas estradas acima das nuvens, estradas que se abrem em vórtices que furam o espaço e o tempo de nossas vistas…

E só porque não podemos vê-los ou ouví-los, isso não significa que lá eles não estejam.
Estão no mesmo lugar de sempre.
Nossos olhos e ouvidos é que deixaram de estar com eles…

Seu brilho é de ouro e prata, seu som é o som das abelhas e dos pássaros batendo as asas,
sua música é como uma trombeta soando e subindo para os agudos,
e seus rastros são cores diferentes no céu, são nuvens moduladas, são estranhos reflexos e transparências.
Suas trilhas no céu deixam marcas, luzes e impressões etéricas que não podem ser explicadas convencionalmente ou convenientemente.

Anjos de corpo físico viajam nestes carros (porque Anjos incorpóreos transcenderam toda máquina) para cumprir as ordens dos Maiores do Universo.
Muitos destes Anjos têm vindo a este mundo e deixado mensagens impressas nos campos de cultivo, o que completa 30 anos neste turbulento ano de 2020, ano de julgamento, ano de colheita.
E até agora, os campos ainda continuam em silêncio… e se entrarem em silêncio definitivo, é porque o ciclo de mensagens terminou.

E o Maior do Universo hoje diz:
Chegou o tempo da Minha Colheita.
Chegou o tempo do Meu Shabat Sagrado.
Que os Espíritos dos quatro ventos subam em seus cavalos e suas carruagens, e colham toda a Terra, até que ela possa entrar em repouso.
Porque o que colhe a boa semente e o bom fruto, extermina também a erva daninha e a árvore que não presta.

Isto diz Adonai, o Senhor de toda a Terra, aquele que passeia em estradas de fogo e luz sobre sua Merkabah…

Memórias…

Uma pedra solitária contempla as estradas do Cosmos, e no silêncio de suas memórias, reverencia o berço, a fonte, a origem de todas as coisas, pedras, seres, mundos e estrelas… trazidas no rastro de uma paixão divina incendiada pela primeira palavra emitida no pulsar do Coração do Criador…

Do círculo de pedras, Avebury site, UK

JP em 20.05.2020

Comentários
Compartilhar