Reflexões 32

A Luz não faz sombra.

Se a Luz não faz sombra, a iluminação é uma questão de cultivar a luz dentro de nós.
E o que é a Luz dentro de nós?
É o corpo? É a mente? É o desejo?
Nenhum deles. Nem o corpo, nem a mente, nem o desejo,
estes que cultivam justamente a SOMBRA em nós, cujo nome é Ilusão.

O que é a Luz em nós?
E onde ela se abriga?
Se não está no corpo, se não está na mente, se não está no desejo,
onde está a Luz em nós?

A Luz é realmente o elemento quântico em nós, a partir de sua própria definição “corpúsculos ondulantes dotados de energia quântica, isto é, pacotes de energia detectados no efeito fotoelétrico. Assim sendo, a luz é energia em nós, a consciência é energia em nós, a mente é energia em nós, que oscila (vibra) e brilha!
E se a luz não tem sombra, é porque nela inexiste o elemento denso, o elemento ilusório, o bloqueio, a oposição ou o contrário. A luz é como a Verdade. Ela é o que é.
Eu sou o que sou!

(Para meditar e encontrar a resposta fora da razão intelectual).

JP em 30.01.2020

Morrer no EGO para renascer no EU SOU

A Terra, nosso planeta, realmente está em um processo acelerado de transformação, e não podemos negar que cada novo fenômeno detectado seja um sintoma dessa transformação.


Todas as profecias antigas convergem para este momento já encarado como real pela ciência moderna.Não há dúvidas, mas como todo processo de transformação exige uma dissolução antes de uma reconstrução, precisamos nos alinhar com a parte positiva do processo, a dissolução da parte negativa em nossa natureza (ego humano) para a cristalização da parte positiva da nossa mesma natureza ainda embrionária, sementes de espírito.

Com certeza, inseridos na Terra dentro do seu processo, seremos ajudados, da mesma forma que sementes são ajudadas em seu germinar e desenvolvimento num solo preparado de clima favorável.

Se somos Deus miniaturizado, e se nosso corpo físico é um sistema de matéria e energia que responde às mesmas leis da Criação, é evidente que passamos pelo mesmo processo de transformação, que exige que a dissolução do impuro e do denso aconteça antes no sistema, para que ele mesmo se dirija na auto-reconstrução em termos de bases novas e sutis, renovadas, purificadas, aperfeiçoadas.


A famosa lei do Arcano 13 (morte) que se torna nova forma (1+3 = 4).O interno só existe, acontece e se desenvolve em função do Externo.
E poderemos dizer, aqui, vice-versa?A semente veio da árvore.
Mas não veio a árvore da semente?


Então a resposta é sim.Porque somos sementes caídas da Árvore Cósmica da Vida para germinar e se desenvolver no solo preparado do mundo em que vivemos.
Dependentes do Sol Absoluto para tudo.


Que o nosso interno seja, portanto, o melhor reflexo do Externo, para que as duas pontas do círculo se encontrem e, finalmente, possamos dizer EU SOU (Um com o TODO).Basta lembrar que as estrelas mais brilhantes do Universo já foram poeira cósmica um dia, poeira essa que veio de estrelas que precisaram morrer para que as atuais e brilhantes estrelas do Universo chegassem até nós com sua luz, que também irá morrer um dia, para que outras novas luzes brilhem!O que importa não é o jogo da matéria e energia nos ciclos … e sim, a luz que está sendo aperfeiçoada dentro de todo o processo. Matéria e energia não tem eternidade em si mesmas, porque são objetos cíclicos e no final das contas, ilusórios em sua realidade temporária. O que permanece é a essência de consciência sendo aprimorada nesse jogo cósmico, rumo ao EU SOU em níveis cada vez maiores de Comunhão com o TODO.

JP em 04.02.2020

A capacidade da compreensão integrada

Símbolo de exemplo
A imagem abaixo relacionada a Merkabah, que reúne ao mesmo tempo os fundamentos da geometria sagrada, os segredos da Criação divina em Seis dias (conhecido por Cubo de Metatron) e os modelos de UFOs do espaço desconhecido, chamados na Bíblia de Carro de Deus ou dos deuses…)

E compreenderá porque um mesmo símbolo, como a Merkabah, pode repartir sua verdade entre várias correntes diferentes de conceitos que não se conflituam, pelo contrário, se harmonizam numa concepção maior de entendimento!
Ele irá satisfazer a verdade bíblica, a verdade extraterrestre e a verdade do conhecimento cosmológico ao mesmo tempo!

Este é o dom maior da inteligência chamado Capacidade de compreensão integrada!
Porque hoje em dia, o mais comum é que cada mente isole apenas uma fração do entendimento de muitos elementos e nele fixe sua lógica e análise parcializada, tendendo assim a uma visão centralizada e, pior, fanática e unilateral do assunto.

Mas a inteligência do futuro será tão ampla e elástica quanto a sua consciência nutrida pela capacidade da compreensão integrada, que sabe ver num símbolo todos os seus múltiplos significados sem lançar conflito entre eles, muito pelo contrário, somando-os na concepção final da Verdade revelada, que não pode ser captada da forma unilateral e fragmentada, como é o mais comum no estágio ainda rudimentar da mentalidade humana moderna incapaz de solucionar as questões da Vida a partir do TODO original em direção ás suas partes.

Ainda estamos na fase que procura pelo caminho inverso, ou seja, analisando as partes para tentar chegar no Todo… o que sinaliza que nossa mente ainda é muito limitada na análise das coisas que começaram a partir do TODO até chegar no individual e isolado, o que nos coloca em eterna guerra intelectual contra posturas diferentes e até opostas da nossa. Mas quando a consciência conseguir finalmente contemplar o Todo na unidade, essa limitação humana terminará. E a religião do futuro será a adoração da Verdade em tempo integral e em toda parte!

JP em 05.01.2020

O Pão da Luz

A Chave de Hermes, codificada no seu Caduceu, propiciando a expansão das faculdades e percepções mentais, faz com que a consciência seja nutrida na aquisição de uma informação objetiva e direta do Universo real. É como se a chave de Hermes fosse capaz de condensar na mente humana a luz astral cósmica que reflete a consciência do próprio Universo nas dimensões superiores! Sabe aquela história de se alimentar de luz? Mas aqui não falo da luz física solar, e sim, de uma luz astral saturada de informação e conhecimento, luz que circula nas dimensões superiores, e que, nutrindo a mente do discípulo durante suas práticas, é capaz de gerar consciência viva nele, rumo à Iluminação, que transcende o intelectualismo e a busca subjetiva de informação, que é terceirizada e altamente especulativa nos tempos modernos.

Então, a Iluminação seria esse fenômeno, ou seja, você transformar a sua mente de tal forma que ela seja capaz de atrair e absorver a luz astral que preenche todo o Universo e contém informação de tudo. Ora, a luz é uma onda, e toda onda eletromagnética contém informação, daí o paralelo ser absolutamente factível para a nossa mente e sentidos superiores, que foram habilitados para atrair e interpretar essa forma de onda eletromagnética de dimensões superiores, que os antigos chamavam de Luz Astral.
Disse o Diabo a Jesus:
Se tens fome, transforma estas pedras em pão!
Ao que respondeu Jesus:
Nem só de pão viverá o homem, mas de toda Palavra que sai da boca de Deus…
(***)
O segredo desta sentença?
O Pão do Sábio vem da meditação, e ele cai literalmente das estrelas, cuja luz é saturada de conhecimento divino e vibrações da Palavra Primordial que a tudo criou, cria e continua criando.

JP em 06.02.2020

É Joio ou é Trigo

Amigos

Um ex-amiga aqui reclamou porque me dirigi a este povo alienado do carnaval como povinho… dizendo que somos Amor, temos que ser UM com todos etc etc..

Vai me desculpar, mas eu nunca haverei de ser UM com este povo vivendo no delírio da loucura do ego, das drogas, bebidas e promiscuidade. Se ela quiser ser UM no amor com todos eles, está mais do que liberada. Mas não é o meu caso.

Eu sempre desconfio que pessoas assim, que falam que tudo é Amor e Luz, cheias de uma mansidão e bondade que não me convencem… e que discursam que nós temos que amar e ser um com todos os seres… mas elas mesmas não se entendem nem com seus vizinhos. Sabe? Tipo de gente que quer apenas fazer papel de bonzinho na Internet, mas que na vida real, tem suas ruindades que não publica no facebook.

Mas meu estilo é este mesmo. E se o Apocalipse é o tempo de colher o trigo, porque mesmo que eu haveria de querer me tornar UM com o joio, que foi separado por Deus do trigo?

Ela é livre para ser UM com quem ela quiser.
Mas de minha parte, hoje eu compreendo por que os profetas disseram que a Terra só começaria a ser purificada depois que 2/3 dessa humanidade dominada pelo ego materialista e degenerado fosse retirada do cenário… Deus é que faz as regras, nós apenas obedecemos…e vivemos tempos de escolha: quem é trigo será separado de quem e joio.. gostando nós ou não!

Um falso amor é o que essas pessoas iluminadas do facebook pregam… queria ser um mosquito para ver o dia-a-dia desse tipo de gente com as pessoas do seu redor… se são tão infinitas em amor ou bondade como querem fazer aparecer no facebook.
Vou fingir que eu acredito…
O Amor que eu prego e eu busco é, antes de tudo, um amor sincero e consciente e não um amor de pose e auto-promoção do ego. O meu trabalho aqui não é discurso, mas fruto de um amor que eu manifesto na partilha do dom que Deus me deu: o conhecimento.

Se fosse para entrar aqui e ficar falando o quanto eu sou bom e amoroso e que vivo em Unidade com todos os seres a minha volta… só no discurso, eu nem estaria aqui.
Obrigado a todos os que me reconhecem e aceitam como eu sou.
Mas nesta vida, cada um dá o que tem.
E quem nada tem, apenas discursa.
E isso, para mim, não é amor.
É ego místico querendo chamar a atenção.
Tanto é que eu sou anônimo.
Apenas partilho o que me é dado.

Obrigado a todos.

Tudo tem um limite

Muita gente por aí pregando que temos que ser UM com todos os seres, amar gregos e troianos, anjos e demônios, santos e loucos, porque, no final das contas, tudo é UM, todos voltarão para o UM do mesmo modo (há controvérsias aqui!!) e todo aquele papo metafísico que funciona na teoria mas não funciona na prática. Ok

Então, se essas pessoas do Amor-Luz impossível conseguirem, por exemplo, meditar em suas casas do lado daquela batucada bem barulhenta que os vizinhos e moradores do bairro organizaram, sem precisar fugir para as colinas ou os retiros na natureza, onde há paz e silêncio, ponto para ela!

Porque eu mesmo não consigo.
De minha parte, sou absolutamente sincero em dizer que barulho e meditação não combinam.

Mas se essas pessoas do Amor-Luz impossível já estão nessa fase, e que, além do discurso, conseguem ser UM na prática (eu disse na prática, não na teoria) com toda aquela parcela de humanidade que realmente incomoda e muito o sossego de qualquer um com seus hábitos barulhentos e perturbadores, por favor, me dá a receita.

Na teoria, muita gente finge ser uma coisa que, na prática, não é.

Tudo tem um limite

Muita gente por aí pregando que temos que ser UM com todos os seres, amar gregos e troianos, anjos e demônios, santos e loucos, porque, no final das contas, tudo é UM, todos voltarão para o UM do mesmo modo (há controvérsias aqui!!) e todo aquele papo metafísico que funciona na teoria mas não funciona na prática. Ok

Então, se essas pessoas do Amor-Luz impossível conseguirem, por exemplo, meditar em suas casas do lado daquela batucada bem barulhenta que os vizinhos e moradores do bairro organizaram, sem precisar fugir para as colinas ou os retiros na natureza, onde há paz e silêncio, ponto para ela!

Porque eu mesmo não consigo.
De minha parte, sou absolutamente sincero em dizer que barulho e meditação não combinam.

Mas se essas pessoas do Amor-Luz impossível já estão nessa fase, e que, além do discurso, conseguem ser UM na prática (eu disse na prática, não na teoria) com toda aquela parcela de humanidade que realmente incomoda e muito o sossego de qualquer um com seus hábitos barulhentos e perturbadores, por favor, me dá a receita.

Na teoria, muita gente finge ser uma coisa que, na prática, não é.

A propósito, alguns me perguntaram como é que o cachorrinho consegue ficar tão Zen com todo esse barulho debaixo de suas orelhas…
Deve ser porque ele é surdo.

Conclusão: em certas situações da vida, eu bem que gostaria de ser surdo.
Não há ZEN que aguente!

Obs: Na prática, precisamos realmente nos separar desse tipo de gente que, agora, nos destruiria. Lembre-se que todo discípulo um dia precisou se despedir do mundo e se refugiar no deserto pra se auto-conhecer. Ele não poderia fazer isso no meio do cenário do povo apartado de Deus, por mais que exercesse compreensão.
O próprio Jesus precisou antes se separar do povo que, depois, pretendeu salvar.
Entendo os que discordam, mas espero que compreendam que eu quis levantar um ponto prático da disciplina e não uma questão metafísica. Nada me impede de compreender e perdoar esse povo a distância dele, e não prisioneiro no meio dele.

No caso do barulho, chega a ser um problema de saúde. Plantas que crescem perto de fontes ruidosas, crescem doentes e até morrem, diferente de plantas que crescem em ambientes calmos. Com os seres humanos não é diferente. É uma questão de saber selecionar espaços e ambientes. É uma questão de saúde, de incorporar isso aos bons hábitos da vida em tudo, até porque as grandes cidades sofrem de poluição sonora, o que é a causa de muitas doenças nervosas. Não quis levantar uma questão metafísica, repito, mas sim um problema prático da vida moderna, e como superá-lo com inteligencia.

OM

A terapia do deserto

Se a boa planta não for separada a tempo das ervas daninhas, as ervas daninhas a matarão.
De novo, a questão do joio e do trigo.
Se o trigo não for retirado da presença do joio, o joio, como praga, sufocará o trigo e o matará.

Na prática, precisamos realmente nos separar daquele tipo de gente mundana e de convivência totalmente incompatível com a nossa que, agora, nos destruiria.
Lembre-se que todo discípulo um dia precisou se despedir do mundo e se refugiar no deserto pra se auto-conhecer. Ele não poderia fazer isso no meio do cenário do povo apartado de Deus, por mais que exercesse compreensão.
Foi assim com Moisés, que fugiu de ser morto pelos egípcios, e com Elias, que fugiu de ser morto pelos servos de Baal, e com o próprio Jesus, que se refugiou no deserto antes de se anunciar como Messias.

Porque se Jesus se anunciasse Messias em Israel antes de estar pronto e realizar os milagres que demonstrassem isso, os mesmos judeus que ele quis salvar o apedrejariam por blasfêmia.

Entendo os que discordam de tais questões humanitárias, mas espero que compreendam que eu quis levantar um ponto prático da disciplina e não uma questão metafísica. Nada me impede de compreender e perdoar esse povo a distância dele, e não prisioneiro no meio dele.

No caso do barulho, chega a ser um problema de saúde. Plantas que crescem perto de fontes ruidosas, crescem doentes e até morrem, diferente de plantas que crescem em ambientes calmos. Com os seres humanos não é diferente. É uma questão de saber selecionar espaços e ambientes. É uma questão de saúde, de incorporar isso aos bons hábitos da vida em tudo, até porque as grandes cidades sofrem de poluição sonora, o que é a causa de muitas doenças nervosas. Não quis levantar uma questão metafísica, repito, mas sim um problema prático da vida moderna, e como superá-lo com inteligencia.

E sem fanatismos ou posturas hipócritas que funcionam na teoria mas não na prática.

O mundo lá fora pode esperar mais um pouco até que possamos aprender a ser verdadeiros conosco mesmos… e o deserto é o melhor lugar para isso.
Só a voz do vento e de Deus no pensamento….

O Coração do Infinito atravessa tudo com o seu pulso harmônico…

A Luz que comanda as estrelas, comanda cada célula no tecido da Vida…

O Som do Silêncio cruza todas as camadas da existência, corpo e pensamento…

A Harmonia Cósmica desliza suavemente por todas as estações de sua Beleza…

A Sinfonia das Esferas rolando pelos espaços vazios de matéria mas plenos de mente…

O Baile das Galáxias rodando seu vestido branco na Aurora da Verdade…

A Voz que criou tudo isso pode e deve ser capturada por nós, quando sentimos aquele pulso do Coração infinito em nosso coração, e quando aquela Luz das estrelas distantes ilumina a nossa escuridão, e quando o Som de um silêncio profundo rompe o nosso sono com o seu chamado, e quando descobrimos que somos parte daquela Beleza, dom da Harmonia cósmica, sentindo a Sinfonia das Esferas tocando no peito e rodando junto com as Galáxias no eterno Amanhecer da Verdade… tudo isso e muito mais nos dirá aquela Voz que criou tudo quando permitirmos que Ela fale novamente ao nosso coração, que não está mais cego e nem surdo diante da Grandeza das coisas.

E o mais incrível?

Essa Grandeza só nos será percebida quando nos fizermos pequenos e vazios diante Dela.
Não antes disso.

Porque ela é grande como o mar que nivela os grandes vales, ela é ampla como a luz preenchendo a escuridão, ela é imensa como a atmosfera cobrindo a curva da Terra… enfim, Ela é o TODO que ama preencher os espaços que se fizeram vazios e receptivos ao seu poder.

A Grandeza do Amor querendo nos esvaziar de tudo o que não seja Amor ou não tenha saído do Amor em nosso ser por inteiro, fazendo deste ato sagrado a Religião em estado Puro, chamada Comunhão com tudo o que vive, pulsa… e ama!

Bendito seja o Ser renascido no Ventre do Som do Amor.

OM!

JP em 09.02.2020

A Geometria Sagrada na Arquitetura antiga

Palmanova é um belo exemplo de uma fortaleza em forma de estrela de nove pontas, que fica no nordeste da Itália.
Desde os tempos das pirâmides, era costume dos engenheiros construírem não somente templos, mas cidades inteiras dentro de padrões geométricos harmônicos que produziam vibrações alinhadas com o Universo harmônico.

Esses templos e cidades construídos conforme essas linhas geométricas perfeitas, segundo a ciência dos antigos, garantiam uma qualidade de vida e energia positiva para os seus habitantes.

Agora, olhe para o mundo moderno, e suas cidades crescendo numa velocidade surpreendente, à medida que a população cresce sem freios. Construções pré-fabricadas não preocupadas com a saúde física e mental das pessoas, empresas interessadas apenas no lucro, e o resultado são construções comerciais em espaços urbanos cada vez mais desarmônicos, repletos de problemas de infra-estrutura, e que acabam se tornando agentes indiretos do stress, da ansiedade e da famosa poluição visual que tanto danifica a mente que precisa de beleza e harmonia ao redor para vibrar o mesmo dentro de si.

A antiga arquitetura trabalhava essa relação de conectividade harmônica entre os espaços externos e a população, e mais ainda, a conectividade entre as estruturas geométricas e as vibrações que não ouvimos do Cosmos sobre nossas cabeças.
Deus geometriza!
E veja quanta beleza na Natureza saída de suas Mãos!

E se o mundo está feio e quase destruído pelas mãos humanas, isso apenas demonstra a triste realidade de sua fealdade interior projetada para fora.
Porque a ganância é feia mesmo!
Deus geometriza…
E o homem anarquiza!

JP em 12.02.2020

A iluminação da alma só acontece depois das montanhas superadas da vida… porque somente os teus esforços em nome da ascensão é que preparam os teus olhos para a suprema visão do Universo aberto em Luz consciente… e quando teus olhos tocarem essa Luz, eles não serão mais os mesmos quando você descer a montanha e tentar contar a todos os outros que ainda dormem na planície, todos aqueles que dirão que você está louco quando disse que viu a Face de Deus naquela Luz… e somente neste dia você entenderá que é inútil tentar dizer a eles sobre aquela Face… melhor será apenas relatar o seu caminho de subida… nada mais do que isso.

E que cada um faça de sua vida a sua montanha, porque Deus é uma Luz que começa a brilhar por dentro, e não por fora da vida de cada um…

JP em 13.02.2020

JP em 16.02.2020

Realmente, a loucura anunciada pelos profetas na Era de Babel, confusão… porque estão invertendo, pervertendo e subvertendo tudo, porque não mais a sabedoria, porém a loucura do adormecimento se tornou o guia dos “sábios” deste mundo e deste tempo.
Porque a ciência se multiplicaria e a especulação cobriria um mundo com mais dúvidas do que respostas, mas enquanto isso, foi dito aos verdadeiros sábios que descansassem em seu próprio silêncio que contempla com paciência o fim do Império da Mentira para o início da Era da Verdade revelada aos que estivessem prontos para ela.

Porque a Verdade que liberta nunca conduziu rebanhos, antes, ela preferiu a solidão dos desertos ou a companhia das estrelas nas altas montanhas, lugares que nos aproximam de Deus quando a mente silencia e o arrastão dos rebanhos controlados pelas mentiras do Sistema não mais nos afetam.
Tudo porque a verdade que liberta é seletiva, enquanto a mentira é altamente popular e manipuladora.

JP em 17.02.2020

Haviam três monges inseparáveis.

Um se chamava corpo.
Outro se chamava mente.
E o terceiro se chamava coração.

Mas eles nunca se entendiam, sempre discutindo, sempre discordando em todas as coisas.

E numa de suas caminhadas, lhes apareceu o Venerável Buda, e lhes disse:
Quando vocês três conseguirem concordar numa única coisa que seja, nesse dia,
vocês dirão para qualquer montanha: Mova-se!

E ela se moverá.

A Terra é uma ilha caótica cercada das águas da bondade divina por todos os lados.
Mas infelizmente a bondade divina não é automática. Ela precisa de merecimento para invadir corações e começar a sua limpeza por dentro.
Porque a salvação ou a perdição da alma humana são opções que ela primeiramente encontrará dentro de si, antes de encontrar do lado de fora.

JP em 18.02.2020

Comentários
Compartilhar