CiênciaMistérios

Recentes imagens de telescópio do objeto P 7X (abril 2021)

As últimas imagens são do dia 14 de abril, obtidas em Sarasota, Flórida USA.

Estamos a ver o objeto P 7X um pouco mais afastado do ponto de vista da Terra.

Nestas imagens, a longa cauda não foi detectada (talvez por causa do ângulo de observação do objeto), porém, as projeções de energia e massa do objeto se movendo na direção do Sol (as clássicas “asas” do disco solar sumeriano) são observadas.

Características de uma estrela anã superdensa, visível (ainda) apenas por telescópios com sensores de infravermelho.

E se o objeto já foi captado por telescópio nesta época do ano, significa que ele já saiu da zona de ocultação solar.

Por outro lado, coincidentemente… (ou não), a SOHO da NASA fez imagens do mesmo objeto, um dia antes, 13 de abril, desta vez, captando sua longa cauda.

O objeto parece localizado na mesma posição em relação ao Sol conforme a imagem do telescópio obtida um dia depois.

Aumentaram muito as imagens da SOHO onde o objeto foi capturado nestes últimos meses em relação ao mesmo período dos anos anteriores, o que significa realmente que o objeto P 7X está cada vez mais perto do Sol.

Astrônomos, no entanto, ainda não chegaram a uma conclusão definitiva sobre sua atual posição, e as opiniões divergem. Alguns acham que ele já entrou na órbita de Marte, mas outros acham que ele ainda se aproxima da órbita de Júpiter.

Essas discrepâncias se devem ao fato de que os astrônomos envolvidos com o seu estudo ainda não têm uma definição total das características físicas e orbitais do objeto P 7X.

Só o tempo dirá.
Mas as circunstâncias plametárias parecem confirmar que ele realmente se aproxima…

JP em 16.04.2021

Comentários
Compartilhar

Botão Voltar ao topo