Por que a Inglaterra é o epicentro mundial dos crops circles?

Muitos fazem essa mesma pergunta!

De repente, crops circles são um modesto plágio da arte abundante encontrada naqueles misticos campos ingleses.
Veja a imagem acima

O sol, perto do meio dia, se alinhando com uma rosácea (vitral) de uma modesta capela em Bournemouth, projetando no verde gramado uma mandala que é toda ela um crop circle.

Existem muitos sítios encantados na Terra, mas eu creio que a Inglaterra, com suas vastas campinas verdes, suas amplas culturas de trigo e toda a magia dos reinos de Camelot e Avalon que ainda vibram naqueles campos, e ainda sussurram naquelas pedras, e ainda cantam naqueles templos, gerou a combinação perfeita para que os extraterrestres escolhessem a Inglaterra por epicentro do fenômeno no mundo.

Lembrando que o monumento de Stonehenge, em Wiltshire, costuma ser o cenário de muitos crops circles e outros tantos avistamentos, monumento esse cercado de magia e mistério desde os poderosos druidas…

E, vendo do alto, Stonehenge é um STONE CIRCLE… outra sugestiva conexão!
Círculo de pedras, chamado a DANÇA DOS GIGANTES… atribuído a magia de Merlin, um ícone cultural da Inglaterra desde o ciclo das sagas medievais, cavaleiros e dragões, cálices e reinos encantados.

Merlin, que estabeleceu a Távola Redonda em analogia perfeita ao círculo dos apóstolos que elegeram seu rei perfeito para edificar um reino perfeito, a poderosa Camelot!

Todas essas coisas estão presentes nas conexões com os mistérios crop circle em seu solo escolhido!

Misto de magia e tecnologia, crops circles são mandalas de poder, geometria que exala vida porque em vida são desenhados, a vida das plantas nas verdes campinas do reino de Merlin… é preciso ser mais do que cientista, mais do que ufólogo e mais do que pesquisador ou mero curioso de passagem para se decifrar totalmente e plenamente os crops circles. É preciso ter um pouco de magia no coração, e por isso, não me espanta ver tanta gente cética diante dessa oitava maravilha do mundo, os crops circles… porque na era moderna, o excesso de tecnologia está matando a magia em muitos corações.

E se quisessem expor tecnologia, os Aliens desenhariam complexas máquinas nos campos… porém antes, preferem desenhar flores, seres vivos, mandalas, faces, estrelas e tudo o que a geometria sagrada pode desenhar!

Mensagens tecnológicas nunca foram o alvo deles, e sim, mensagens de sabedoria antiga renovadas em nosso tempo, capazes de despertar a magia no coração como requisito para o renascer da consciência perdida do homem moderno.

A consciência de suas origens verdadeiras que pertencem ao domínio do espírito e das estrelas!

Além de tudo isso, existem relatos de intensa casuística ufológica na região sul, em certo portal situado no Mar do Norte (precisamente no canal da Mancha, que liga o mar do Norte ao Oceano Atlântico) banhando aquelas costas inglesas… um setor no mar comparado ao Triângulo das Bermudas em termos de mistérios ufológicos sem explicação até os nossos dias.

E pelo fato daquela nação se chamar REINO UNIDO (UK), e ficar no extremo oeste da Europa, ponte continental para as Américas… podemos estar diante de uma mensagem subliminar, do tipo:

“Nós viemos de um Reino Unido, e pretendemos unir as nações na nova fé que renasce na memória do passado de nossa parte, os mensageiros que voltaram para colher todo o conhecimento que nós plantamos no passado em toda a humanidade, uma colheita espiritual onde os frutos que desejamos são a consciência desperta nas sementes…”

Afinal, cada detalhe é crucial para se desvendar o maior fenômeno ufológico de contato aberto do planeta na atualidade…

JP em 10.07.2020

Atualização

(Imagem, crop circle de 21.06.2001, Inglaterra)

Crops circles e pirâmides

Notem a relação:
O Egito foi o país do mundo antigo que abrigou as pirâmides mais poderosas da Terra, construídas na região que hoje nós identificamos como sendo o chakra cardiaco do planeta.

A partir dali, uma rede de pirâmides menores foi construída em todo o planeta, criando uma espécie de grade de vibração a partir da captação da energia telúrica por todas elas, convertendo tudo isso em sinalização na quarta dimensão da Terra, e criando um verdadeiro radar de comunicação permanente com as estrelas.

É uma outra forma de compreender uma Internet alienígena criada no passado para manter a Terra, importante para eles, dentro de uma sinalização permanente, através da grade vibratória criada pelas pirâmides posicionadas em pontos estratégicos da Terra, a partir do antigo Egito.

Repare nos crops circles.

Elegeram um novo ponto estratégico, a Inglaterra, e até o monumento de Stonehenge, sul da Inglaterra, Wilthire, pode ser considerado uma referência deles. Circular, ele também lembra uma mandala crop circle, usado na antiguidade para criar conexões de energia com as estrelas.

Pois bem, o moderno plano dos crops circles imita o antigo plano da pirâmides do Egito.

Um centro de referência, um chakra planetário importante no sul da Inglaterra, e crops circles aparecendo no mundo inteiro, repetindo OS MESMOS SÍMBOLOS, inclusive no nosso Brasil.

Pode ser que o chakra cardiaco central da Terra tenha se movido do Egito, região de Gizé (Cairo) para o Sul da Inglaterra, o que explicaria a pergunta de muitos:
Por que a Inglaterra é o epicentro mundial dos crops circles?

Olhando a posição da Inglaterra no mapa-mundi, ela me parece bastante estratégica, praticamente localizada no centro do mundo moderno, bem situada no sentido de monitorar um trabalho em rede de difusão de mensagens crop circle.

E creio, mais ainda, que o líder venusiano de todo esse trabalho (assinado nos campos como Senhor T) deve assistir naquela base, na base situada na região do Sul da Inglaterra com as costas do litoral, uma região de portais, com muita atividade ufológica, o que facilitaria todo esse trabalho.

Assim, todos os crops circles pretender compor anualmente uma grade de conexão alienígena, de uma forma sutil, que circula no planeta de forma segura e intocável, porque o mundo moderno e a ciência oficial não acreditam neles!

Essa é a proteção perfeita para que eles continuem compondo sua Internet cósmica e sua telepatia em rede com as mentes sintonizadas em Egrégora com suas mensagens.

Assim, temos feito um bom trabalho debaixo das barbas do Sistema, tolo Sistema que pensa estar no controle das coisas, e que julga poder cancelar a nossa fé nesse evangelho divino só por causa de suas críticas negativas e cheias de deboche, ceticismo e ironia arrogante.

Por outro lado, pirâmides também se relacionam com bases ufológicas na Terra.
Existe uma verdadeira rede de bases ufológicas venusianas em conexão subterrânea, e certamente uma delas é a base central, da qual partem comandos para todas as demais, a matriz em relação ás filiais.

Já ouvimos muitas histórias sobre o mundo subterrâneo e a rede de túneis em todo o planeta, conectando-os de uma forma inteligente. Esses túneis fazem parte de várias construções, ligados a muitos templos e monumentos antigos, como que pretendendo revelar a real existência de um reino paralelo e organizado bem debaixo de nossos pés e mais antigo que a própria civilização. E enquanto todas as civilizações humanas desapareceram na superfície, debaixo dos ciclos e seus finais cataclísmicos, essa civilização oculta chamada Agarthi continuou reinando, intocada, no plano oculto da Terra, numa dimensão não tridimensional, mas paralela, sutil, dotada de grande tecnologia.

Outras histórias confidenciais dos governos falam em bases na Antártida e entradas ao mundo oculto por acessos no Polo Norte. Temos então que conectar o tema BASES UFOLÓGICAS no mundo inteiro com o fenômeno crop circle, a partir de uma base central, localizada na Inglaterra, que monitora todas as atividades no planeta como um todo, dentro desse projeto de mensagens com início, meio e fim.

Mais perto do fim que se possa imaginar!

JP 01.08.2020

Comentários
Compartilhar