O Enigmático Conde de Saint Germain

A busca pela imortalidade física é almejada pelo homem há muito tempo. Mas e se acaso alguém já tenha alcançado essa façanha? A histórica figura do Conde de Saint-Germain é uma das mais enigmáticas que até hoje já existiu.

St-Germain - To no Cosmos

Sua origem continua desconhecida, alguns registros datam o seu nascimento no fim dos anos de 1600, também sendo citado em datas anteriores e posteriores, como por exemplo sendo citado em um aparecimento nos anos 70 do século passado, e sempre aparentando ter cerca de 45 anos de idade.

Não se sabe alguns detalhes desse misterioso homem, mas de acordo com o Wikipedia, as primeiras aparições registradas do Conde de Saint Germain deram-se em 1743, em Londres, e em 1745, em Edimburgo, onde ele foi aparentemente preso, acusado de espionagem.

conde_saint_germain - To no Cosmos

Um homem de múltiplos talentos.

O famoso aristocrata e romancista inglês, Horace Walpole, conheceu o Conde em Londres em 1745, e o descreveu: “Ele canta, toca o violino maravilhosamente, compõe, mas é louco e falta-lhe sensibilidade”.

Reaparecendo em Versalhes, no ano de 1758, o Conde de Saint Germain se dizia ourives e lapidador, bem como trabalhava com tingimentos de tecidos que nunca desbotavam, por terem uma fórmula secreta. Hospedou-se em Chambord, sob a proteção do rei Luís XV, de quem havia angariado a confiança, e também de sua amante, Madame de Pompadour. Nessa época, distribuiu diamantes como presentes, entre a corte, e ganhou a reputação de ter séculos de idade.

Sua habilidades se destacavam de forma impressionante, como a capacidade de falar 12 idiomas, ser um exímio pintor, tocar violino de forma surpreendente, sempre estabelecia um laboratório em qualquer lugar que ia alegando ser para trabalhos de alquimia, parecia ser um homem de muita riqueza mesmo não tendo uma conta bancária (muitos alegavam que era a sua técnica de transmutar metais em ouro, porém o espetáculo nunca foi visto por terceiros).

O Conde de Saint Germain, também dizia ter a habilidade de fundir vários diamantes pequenos os transformando em um maior, além de fazer pérolas crescerem.

Alquimia - To no CosmosRosa-cruz, Maçonaria, Sociedade dos Irmãos Asiáticos, Os Cavaleiros da Luz, Illuminati e a Ordem dos Cavaleiros Templários, seriam algumas das seitas que o Conde teria tomado parte, segundo o site Cool Interesting Stuff.

Oficialmente, O Conde de Saint Germain morreu em 1784, mas… em 1785 ele foi visto na Alemanha junto com Franz Anton Mesmer, o pioneiro da hipnose. Documentos maçons mostram que também em 1785, Saint-Germain foi um representante para uma convenção.

 

Em 1789, após tomar Bastille na Revolução Francesa, Comtesse d’Adhémar disse que havia tido uma conversa com o Conde. “Eu vi Saint-Germain novamente, sempre me deixa perplexa. Eu o vi quando a rainha Antoinette foi assassinada, no dia após a morte do Duque d’Enghien em 1815, e na noite anterior a morte do Duque de Berry”. 

A última vez que ela o viu foi em 1820, sempre aparentando ter cerca de 45 anos.

“Um homem que sabe sobre tudo e nunca morre”, disse o escritor e filósofo Voltaire.

Saint Germain Imagem - To no Cosmos

No ponto de vista esotérico, Saint Germain é o representante do 7º Raio, da Chama Violeta. Mestre Ascensionado da Grande Fraternidade Branca, Saint Germain é encarregado de conduzir a Sétima Raça e a todos os seres encarnados hoje no Planeta Terra, rumo à uma Nova Era, de paz, harmonia e união.

O Conde de Saint Germain teria sido a sua última encarnação, após uma sucessão de outras vidas contribuindo para o progresso da humanidade.

Comentários
Compartilhar