O Ano do Julgamento

O Ano do Julgamento

Os grandes acontecimentos são sempre precedidos de anúncios ou sinais pra fixar a atenção do homem na importância do fato que vai realizar-se, a fim de despertar os que dormem.

MENE
TEKEL
PHARES

Deus contou o tempo da civilização, e o encerrou.
A civilização foi pesada na Balança, e achada em falta.
Portanto, ela foi dividida e entregue aos seus inimigos.

A mensagem de Daniel 5, em escala global, significa que os poderes da civilização, em todas as suas instituições, não estão mais a serviço de Deus ou da Justiça Divina, como já foi um dia, mas tão somente a serviço dos seus próprios interesses… o que significa ação de Julgamento imediata e sem apelação.

Na loucura dos tempos modernos, cada um está tratando de lançar juízo sobre si mesmo.
É a consciência de cada ser vivo, ainda ligada ao Espiritual na dimensão do Inconsciente, que começou a exercer julgamento.
E o grande temor que paira sobre o mundo inteiro já é um eco desse julgamento inconsciente que as pessoas nem imaginam realizar naquelas dimensões onde sua consciência nunca se desligou da Verdade e Justiça Divina, ainda que seus caminhos na vida consciente e esfera material da existência estejam totalmente equivocados.
Cada ser humano está dividido em duas naturezas.
E ambas lutam dentro de sua alma para assumir as escolhas definitivas diante do Grande Juízo Exterior, já manifestado.

É esse Juízo Exterior que atua em nosso Inconsciente Coletivo sem qualquer defesa de nossa parte.
Está acima, muito acima do nosso poder pessoal.

JP em 05.04.2020

Comentários
Compartilhar