Novo documentário explica como os humanos podem fazer contato com Extraterrestres

Quando o mundo soube de um fato que os ovniólogos/ufólogos sabem há décadas, que os OVNIs visitam a Terra há muitos anos, de repente a pergunta sobre OVNIs passou de “Os OVNIs são reais?” para “quem os tripula?”

Agora, o público tem uma escolha: ou continuamos a ouvir a mídia e o governo para nos informar sobre o assunto ou começamos a ouvir os ovniólogos/ufólogos que falam com precisão sobre isso há décadas. Qual deles escolhemos terá um enorme impacto sobre onde isso irá.

Obviamente, essa narrativa vinha das mesmas organizações que mentiram ao público sobre OVNIs por décadas e, agora que estavam admitindo essa realidade, e que também pretendem controlar a narrativa que a acompanha.

A Dra. Carol Rosin foi a primeira gerente corporativa da Fairchild Industries e porta-voz de Wernher Von Braun nos últimos anos de sua vida. Ela fundou o Instituto de Segurança e Cooperação no Espaço Exterior em Washington DC e testemunhou perante o Congresso em muitas ocasiões sobre armas espaciais. Em testemunho com o Dr. Steven Greer, Rosin afirma que, nos últimos anos de sua vida, Wernher von Braun estava tentando alertar a humanidade sobre uma narrativa emergente de que alienígenas eram uma ameaça para a humanidade.

O Dr. Wernher von Braun era um oficial da SS de alto escalão que chefiou o programa de foguetes nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Ele foi trazido para os EUA através da Operação Paperclip, onde os EUA apreenderam cientistas nazistas para trabalhar para eles depois da guerra. Durante o testemunho, a Dra. Carol Rosin declarou o seguinte sobre o que Von Braun disse a ela:

O inimigo, a princípio, ele disse, o inimigo contra quem vamos construir um sistema de armas espaciais. . . Primeiro, os russos serão considerados inimigos. . . então terroristas seriam identificados e isso logo se seguiria. . . então nós estávamos indo para identificar loucos do terceiro mundo, agora os chamamos de nações preocupantes. . . . O próximo inimigo serão asteroides. . . [e] contra asteroides, vamos construir armas espaciais.

E o mais engraçado de todos, era contra o que ele chamava de alienígenas, ou extraterrestres, que seria a carta final. E, repetidamente, durante os quatro anos em que eu o conheci e estava dando seus discursos por ele, ele trazia a última carta.

“E lembre-se Carol, a última carta é a carta alienígena. Teremos que construir armas espaciais contra alienígenas” ,e tudo isso, disse ele, é uma mentira. (fonte)

Segundo Rosin, Von Braun sabia que era do interesse das agências de inteligência mentir ao público sobre alienígenas, a fim de promover uma agenda de armas espaciais. E agora, aqui em 2020, esta é precisamente a agenda que estamos vendo acontecer enquanto os OVNIs são divulgados ao público.

Foi por isso que afirmei no início deste artigo que quem decidimos ouvir quando se trata da história do ET que está surgindo é muito importante. Deixá-la para aqueles que apresentam uma narrativa de ameaça pode nos levar a fins destrutivos, ao passo que ouvir aqueles com uma mensagem diferente, comprovadamente correta ao longo dos anos, pode nos levar à paz.

O ponto principal é que, até o momento, os governos humanos têm sido o rosto de como os humanos se comunicam e se envolvem com os ETs. Seria hora das pessoas assumirem essa tarefa sozinhas? E enviar uma mensagem diferente para os ETs?

Conheça o novo filme do Dr. Steven Greer, Close Encounters of the Fifth Kind (Contatos Imediatos do Quinto Grau). O filme não apenas discute com clareza exatamente como é essa narrativa de ameaças e como está sendo usada para manter a humanidade no escuro sobre o que realmente está acontecendo com os ETs, mas também explora como os humanos podem fazer contato com eles.

O primeiro aspecto do que este filme abordará realmente dará aos espectadores uma compreensão muito melhor de como navegar pelas narrativas de divulgação de ETs em andamento, à medida que elas são provenientes do governo. Isso ajudará os telespectadores a descobrir um senso de discernimento dentro de si e a começar a ver muitas narrativas vindas de vozes e instituições populares que podem estar consciente ou inconscientemente espalhando uma narrativa de falsa ameaça.

O próximo aspecto deste filme é onde procuramos soluções a partir de um ponto de consciência. Informações espalhadas pelo mundo para despertar as pessoas para a realidade dos ETs são uma coisa, mas afetar a consciência global e criar unidade é outra coisa. E este filme apresenta um plano para que isso aconteça.

Pessoalmente, pratico contato com ETs há cerca de 11 anos, e o conteúdo compartilhado neste filme se alinha às experiências que tive e aos métodos que usei. Nunca tive uma experiência de contato “ruim” ou “ameaçadora” e, portanto, não ressoo com a narrativa geral vinda do governo sobre isso.

Eu realmente acredito que as pessoas deveriam assistir a este filme para que cidadãos comuns possam ser o rosto de contatos extraterrestres em nome da humanidade – não governos. Agora é a hora, não no próximo ano ou no ano seguinte, agora. Especialmente com todos nós presos, que melhor hora do que sair à noite e optar por se conectar?

Ative a legenda para assistir ao vídeo abaixo:

Fonte

Comentários
Compartilhar