Anomalia meteorológica ou um UFO captado pelos radares Windy e Google Weather?

Radar meteorológico do México registra anomalia – 1 de setembro de 2020

O evento ocorreu em 1º de setembro sobre o México, quando radares meteorológicos detectaram uma enorme anomalia em forma de rosca. Pelo menos isso se reflete em um vídeo que foi viralizado no Twitter, onde é mostrado o registro supostamente obtido para aquele dia pelo site Windy.com, empresa tcheca que oferece serviços interativos de previsão do tempo em todo o mundo.

youtuber Nacho do canal Hidden Truth, que especula que pode ter sido um enorme OVNI camuflado para não ser visto, mas pôde ser detectado pelas ferramentas de satélite meteorológico, disse:

Às 8h30, e durante uma hora, surge um objeto que muda de morfologia, forma e movimentos. Não sei o que diabos é, mas não parece um erro.

No entanto, como o site Windy apaga os registros a cada 12 horas e até agora não foi possível obter o arquivo de 1º de setembro, “não se pode descartar a possibilidade de ser sido algo falso”, acrescenta.

Veja no vídeo

Com toda certeza, um UFO que por breves instantes saiu de sua ocultação e foi detectado pelo radar meteorológico.
Tem forma de UFO, tem até projeções de campo de energia de UFO.

Note que a visualização das energias do UFO foi registrada nas mesmas cores usadas na leitura do radar para identificação de massas climáticas com diferentes velocidades de ventos, nas colorações entre o amarelo, verde e azulado.

Anomalia coisa nenhuma.
Foi um inesperado visitante captado diante de radares, um visitante que desativou por breves instantes o seu campo de invisibilidade.

A questão é: ele fez isso de propósito ou foi acidente?

JP em 05.09.2020

Atualização

2020, o ano em que o mundo ficou “anômalo”

Lembram-se das anomalias captadas em radares meteorológicos do mundo inteiro?

Começou em primeiro de setembro, no México, com uma incrível anomalia que lembrava até o design de um disco voador,e depois, prosseguiram, aparecendo em programas de monitoramento climático, como o Ventusky e o Windy, na forma de grandes discos parecendo olhos, com cores dispostas em tal arranjo simétrico que não poderiam ser consideradas padrões de sinalização do clima e seus movimentos aleatórios.

Apareceram na Austrália, Canadá, Filipinas e Índia.
E de novo, ontem, apareceu uma anomalia sobre a Índia, registrada pelo Ventusky, em forma de retângulos, com coloração avermelhada.

Que tipo de sinais estranhos são estes interferindo nos radares meteorológicos espalhados pelo mundo?
Sinais alienígenas?

JP em 20.09.2020


Comentários
Compartilhar