A visão de um crop circle – a Criança do Sol

Hoje, em 04 de novembro de 2020

Eu estava numa grande cidade, e numa praça central, no seu amplo jardim
em pleno gramado, eu vi um enorme crop circle ali projetado.

Ele constava de um grande Sol tom avermelhado, e junto dele
uma criança recém-nascida, um menino,
o Sol e a Criança associados na imagem.
Como em uma unidade de energia, Sol nascendo, evento cósmico gerando a “Criança”.

Eu pesquisava a figura, e era real, cheguei a ver a grama deitada, e parte do solo avermelhado do local compondo desenho, e pequenas chamas nas bordas do grande Sol ali representado, com a Criança dentro dele.

Imediatamente, me veio a associação com a profecia do Apocalipse 12, cuja materialização astronômica perfeita já aconteceu em 2017, tarde de 23 de setembro.

E houve um crop circle em 2017 mostrando um aparente “eclipse” solar, mas poucos reparam a real ilustração deste objeto: não é somente a imagem da Lua se interpondo à imagem do Sol, mas também a imagem de um terceiro objeto que se interpõe sobre a Lua. Porque um eclipse solar não tem essa representação.
E que terceiro objeto será esse?

Estamos próximos de um grande eclipse e sinais notáveis no céu, em dezembro.
Pode ser que muitos destes crops circles, que sempre anunciaram estes sinais, estejam perto de terem suas confirmações visíveis no céu de todo o mundo.

Então, além do contexto astronômico, creio que esta visão que eu tive hoje representa uma gestação de incríveis forças a partir daquele mês de dezembro e da muito rara reunião de objetos na constelação de Sagitário e Capricórnio, junto do Trono de Hunab Ku maia, o Deus Central, o Olho da Galáxia Via-Láctea.

Leia também  As coisas acontecem quando você NÃO as espera

Não sei se a minha visão de hoje resultará em novos crops circles reais nos próximos dias.
Relatei aqui sonhos onde e foi dito que novos crops circles viriam, e eles vieram mesmo, nos agroglifos brasileiros e no geoglifo da Croácia (meus relatos foram antes destas novas aparições).

Pode ser que apareça alguma nova formação nos próximos dias, mas pode ser que seja apenas uma visão simbólica reforçando os argumentos de dezembro para a nova Onda de energia, ou segunda onda do calendário maia, que não terá somente impactos catastróficos.

Mas pelo que vi, poderá se tornar uma usina de força espiritual para muitas almas em processo de despertar e renascimento interno neste mundo dominado pelas trevas e pela angústia…

Vamos aguardar!

JP em 04.11.2020

Comentários
Compartilhar