A Geometria do Espaço-Tempo – modelos de transposição dimensional no novo crop circle

Inglaterra 07.07.2020

Lembrando a postagem e imagem de ontem, 6 de julho, onde eu disse que hoje algum objeto apareceria.
E apareceu mesmo.
Contato! Graças a Deus

Amanhã, dia 07.07.2020 Sol-Sirius

Uma data emblemática dentro do fenômeno crop circle, por se tratar do alinhamento anual Sol-Sirius no céu, cerca de 20 dias antes do nascimento helíaco de Sirius, isto é, quando a estrela mais brilhante sai da área de ocultação solar e nasce, como a estrela da manhã, voltando a brilhar no céu, entre os dias 25 e 26 de julho, que também são datas emblemáticas geralmente assinaladas por maravilhosos crops circles com mensagens subjacentes ao astro Sirius, o que também configura uma assinatura especial dos alienígenas envolvidos com este “projeto” chamado O Novo Evangelho da Verdade nos campos de cultivo da Terra.

Sirius era considerada a Estrela-Mãe por diversos povos, em especial, egípcios e os Dogons da África.
Estes diziam que os primeiros instrutores da humanidade, os Nommos, vieram de um planeta da Estrela companheira de Sirius, ou Sirius B (que é um sistema tríplice estelar).
A mesma relação de contexto existe na definição secreta da Estrela de Belém, do hebraico, Bit-Lechem, que significa a CASA DO PÃO. Pão, na Bíblia, tem o sentido de alimento da alma, que dá vida e consciência.

O papel da Luz como nutrição espiritual. A Luz trazida pelos seres divinos de um passado perdido no tempo, no espaço e na visão rígida, cética e materialista da ciência moderna.

Vênus, que é um planeta, mas foi comparado com Sirius por sua semelhança com estrela brilhante nascendo em momentos especiais nas manhãs de Sol, outro símbolo do núncio da Verdade de Deus, está exatamente dentro dos “chifres” da constelação de Touro, num arranjo astronômico singular a envolver, assim, os dois astros significadores da Luz divina e do conhecimento de Deus trazido ao mundo pelos seus antigos mensageiros.

Cubo crop circle de 2010, Inglaterra. Os pontinhos na Imagem? Pessoas…

Qual a relação com Sirius?
Adiante, saberemos.

Dito isto, prossigamos

Imagens com estilo cúbico 3D já apareceram várias vezes, e até melhores do que essa, como a inesquecível imagem de
2010, com um cubo 3D estilo cubo mágico, e a impressionante textura de suas faces.

Cubo crop circle de 2010, Inglaterra. Os pontinhos na Imagem? Pessoas…

Outro fantástico cubo de 2010, com linhas de construção atravessando a matriz central da forma, como se vibrações atravessassem a matéria para produzir algum efeito. Essa ideia é repetida em muitos deles, isto é, crops circles do estilo cubo 3D, representando logicamente a matéria tridimensional sendo alterada, de alguma forma.

É um padrão de mensagem que se tem em conta nesse grupo de imagens.

Esse cubo mais simples é de 2009, porém, nota-se o jogo de luz na sua forma, claro e escuro no modelo exposto.

Outro modelo fantástico, de 2012.
A mensagem do crop circle foi inserida nos pequenos triângulos alternando posições nas bordas, com o mesmo contexto de transposição dimensional da matéria 3D, que a matemática, em seu sistema cartesiano de posição, representa pelo cubo em três eixos.

Esse modelo é de 2007. E de forma ainda mais detalhada, mostra um sistema material cúbico dentro de um anel (mandala) com 36 niveis interceptados de 13 em 13 linhas (arcano 13, transformação da matéria, morte, passagem ou passagem de um estado material para outro).

Sabemos, nos estudos da geometria avançada, que todas essas formações crops circles, bem como as outras, saem de uma matriz geométrica muito conhecida dos antigos cabalistas e estudiosos do universo-forma:
O CUBO DE METATRON

E ele apareceu surpreendentemente num crop circle inglês de 2016.

Pelos estudos da Geometria avançada, fundamental para a arquitetura dos antigos, dos Templos, das pirâmides e de todas as edificações que buscavam pela relação intrínseca entre a matéria e o poder da forma, sabemos que o Cubo de Metatron é um desenvolvimento do hexágono, que por conseguinte representa o número secreto e sagrado da Criação:
Seis.
Porque a primeira figura geométrica que se obtém do circulo, centro e raio traçado pelo compasso e esquadro é o Hexagrama. E o desenvolvimento dele é o Cubo de Metatron. E o desenvolvimento dele são todas as formas geométricas, e os cinco sólidos perfeitos.

Os cinco sólidos perfeitos se tornam seis, se acrescentarmos a esfera, e se alinham com o simbolismo dos Seis dias da Criação do Gênesis pelo Verbo de Deus (Elohim).

Crops circles são expressão pura da geometria sagrada, um dos idiomas universais falados entre todos os seres conscientes e avançados. Por isso, são mensagens alienígenas usadas como comunicação entre outros mundos também. Afinal, donde veio todo o conhecimento humano em suas raízes mais antigas?
Das estrelas, dos irmãos maiores da humanidade dos quais nem mais nos recordamos.

Um desdobramento muito importante do Cubo de Metatron é a representação geométrica da Merkabah, ou Carro sagrado dos deuses. Que também apareceu num crop circle (entre outros) em 2017.

UFOS, tecnologia UFO, modelos dimensionais e a própria geometria da Criação, todos representados por formas saídas do mesmo símbolo-mãe, o Hexagrama.

Modelos de transposição dimensional

Não me estendendo demais (até porque escrevi em antigas postagens tudo isso), estes modelos de transposição dimensional a partir de composições cúbicas ou hexaédricas (o cubo tem seis faces quadradas, é um dos sólidos perfeitos chamado Hexaedro) representam mecanismos de viagens pelo espaço-tempo transformando a natureza cúbica da matéria nas NAVES. Essa é a grande chave da tecnologia UFO para romper distâncias astronômicas e, por exemplo, irem daqui até Sirius através de Stargates ou mesmo SUN Gates (portais no Sol).

Muitas naves são vistas todo o tempo perto do Sol, algumas entrando e saindo.
E vários CUBOS UFO já foram capturados por satélites e programas da NASA.

CUBO registrado pela SOHO-NASA

Resumindo, o Hexagrama representa as três dimensões de ESPAÇO entrelaçadas com as três dimensões de TEMPO, ou seja,
Altura, Largura e Comprimento,
Passado, Presente, Futuro

E da mesma forma que a matéria é tão ilusória quanto o tempo no sentido de distorcível, modificável, bem, a tecnologia UFO das Merkabas conhece as chaves de modificação das coordenadas dimensionais, do plano tridimensional para o plano tetradimensional ou Hiperespaço quadridimensional.

E fazendo essa transposição, elas, as naves, se desmaterializam mas sem se fragmentar.
O teletransporte não é um efeito de desfragmentação da matéria, mas sim, de mudança de coordenadas espaciais, saltando do XYZ 3D para o XYZT 4D!

Entende a razão por esse crop circle aparecer no dia do alinhamento Sol-Sirius em 07.07.2020?
Por que a rota Sirius-sol (e Terra) é conhecida há milhares de anos, egípcios, dogons, aborígenes, índios, maias, Israel (Estrela de Belém) raro o povo que não celebrou os seus “deuses” oriundos da grande estrela azulada e mais brilhante de todas, a estrela de Ísis e Toth, luz e fonte do conhecimento.
A Estrela-Mãe.

Voltemos ao cubo de ontem:

Você vê três cubos em perspectiva 3D dentro do campo de “energia” que está rotacionando com seus braços.
São seis braços em forma de bumerangues, rotacionando e realizando a transposição cúbica da matéria, do plano 3D para o plano 4D ou Hiperespaço, onde os saltos em Stargates, Sungates e Buracos de Minhoca (Wormholes) se tornam possíveis.

E a viagem a Sirius, um pulinho literal, mesmo estando ela distante anos-luz de nós.

Os três cubos em perspectiva foram desenhados por meio de losangos alterando as cores (claro e escuro)
Doze losangos totais, sendo 4 escuros e 8 claros.
E nas bordas, 6 arcos em forma de bumerangue.
Conte os números: 4-6-8, e isso soma 18, que é 9-9 dos padrões de crops circles ant

Esse crop circle, inclusive, pode estar retratando o modelo de um UFO realizando tais operações de energia e mudança de coordenadas dimensionais da matéria, o que entra no campo do fenômeno da teleportação.

Lembre-se, a verdadeira ciência da teleportação não precisa destruir a matéria aqui e reconstruí-la ali. Esse conceito está equivocado. Ela precisa apenas mudar as coordenadas dimensionais da matéria XYZ ao acrescentar T e transformar a vibração básica do corpo, UFO ou objeto em vibrações não mais cúbicas.
E sim, tetraédricas.

Porque este é o sólido perfeito que rege as leis dimensionais do Hiperespaço.

E você sabia que dentro do Cubo existem dois tetraedros iguais e opostos, entrelaçados?

Este é o COMEÇO para se aprender todos estes segredos.
Apenas o começo…

O código 9-9 aparece sutilmente no modelo cúbico das viagens dimensionais – contato

Quem está me acompanhando aqui há algum tempo vai se lembrar perfeitamente de que eu mencionei a identificação de
um padrão de repetição nos crops circles 2020, e que começaram no crop circle do Alien de 2019, e esse padrão era
numérico, 9-9.

Pois bem, de maneira sutil, esse padrão foi repetido aqui, no crop circle do Cubo dentro do vórtice-6.

E para decifrá-lo devidamente, temos que usar os argumentos da Cabala, em especial, da chamada Árvore da Vida, ou
Árvore Sefirótica, que era a forma dos antigos definirem a estrutura do Universo, em seus três setores
fundamentais:

1. Os nove andares superiores, ou nove céus, relacionados com as órbitas planetárias definidas pelos planetas em
redor da Terra (sistema geocêntrico, como usa a Astrologia): os galhos da Árvore cósmica.

2. Terra, plano físico, terceira dimensão, nível intermediário: onde a Árvore cósmica toca o chão.

3. Os nove andares inferiores, ou nove círculos dantescos, a contraparte densa e inferior dos nove céus: as raízes
da Árvore cósmica.

Essa era a estrutura do Universo, conforme a cosmologia antiga, isto é, 9-9.
E a Terra e a nossa existência no meio destes dois planos, superior e inferior, sendo que todas as energias de cima
estão conectadas com as energias de baixo, e todas atravessam a Árvore por inteiro, como uma seiva circulante de
vibração propagada de sistema em sistema, do macro ao microcosmo e vice-versa.

Onde vemos o padrão 9-9 neste novo crop circle?
Primeiro, temos que perceber que este desenho de três cubos admite duas perspectivas básicas diferentes (eu coloquei em vermeho e azul no slide).
Cada pessoa enxerga primeiro uma perspectiva, antes de enxergar a outra, na primeira visão.
Ou vê os três cubos pelo traçado em azul, ou os vê pelo traçado em vermelho.
Isso já cria um padrão 3-3 (cubos), ou 33, número altamente significativo na Cabala e Numerologia dos arquétipos.

Mas se contarmos o total de losangos em cada grupo de três círculos, são 9 losangos.
Nove para o azul, e nove para o vermelho, que parece criar também um duplo movimento na perspectiva, de subida e descida da imagem. Ou, como o vórtice externo sugere, movimento de rotação horário e anti-horário.

E é aqui que entra a conexão com a Árvore da Vida e a postagem de ontem:

A Geometria do Espaço-Tempo – modelos de transposição dimensional no novo crop circle!

Porque ontem, 7-7, foi alinhamento Sol-Sirius, como já havia mencionado, um dia antes.
E o dia 7-7 faz um espelho simbólico comparado com 9-9 (simetria numeral).
E mais, a data 7.7.2020 somou 18 = 9+9.
Eles pensam em todos os detalhes.

Falei ontem sobre viagens a Sirius através de Stargates do Sol ou Wormholes que UFOs criam ou mesmo acessam na entrada e saída das estrelas, ligadas no Universo e comprimindo distâncias astronômicas via Hiperespaço.

O vórtice de seis braços (parecem bumerangues) é a entrada destes portais. Todo portal tem um vórtice característico e eles se formam pelo diferencial de energia entre as duas dimensões paralelas que se tocam: o portal e o vórtex são o ponto de contato de duas dimensões paralelas.
Um modelo similar de vórtex-6 apareceu em 2016, como consta no Slide.

Exatamente como furacões e ciclones (vórtices de ar) se formam em diferenciais de temperatura.

E para fechar esse tema, por que SEIS braços?
Porque, na mesma Árvore da Vida, Sefirótica, SEIS é o número de posição do SOL, por onde os UFOS entram e saem em direção à Sirius e à outras estrelas do infinito em suas tecnologias capacitadas ao movimento hiperdinâmico na quarta dimensão. Fenômenos de teletransporte também acessam as mesmas leis de movimento hiperdinâmico e mudança de vibração da matéria em suas coordenadas dimensionais.

Particularmente, uma mensagem fantástica para mim, que repetiu o padrão 9-9 de uma forma velada, que poucos viram: eu só vi isso hoje.
E agora compartilho com todos.
CONTATO!

As estradas da Hipesfera no novo crop circle

O amigo Lucas Berri, nesse novo trabalho, trouxe uma sugestão interessante:
a combinação do mais recente crop circle, os cubos dentro do vórtice 6, com a Hisperesfera, ou a geometria de uma esfera comum 3D aplicada aos conceitos do Hiperespaço, onde tempo e espaço se distorcem criando portas para realidades paralelas.

Teoricamente, o centro da Hiperesfera, na geometria da Relatividade espaço-tempo de distorção, marca a presença de um buraco negro, capaz de criar uma ruptura dimensional. Teoricamente, também sabemos que cada estrela e até planeta comporta em seus núcleos massivos um buraco negro em equilíbrio, que se torna portal de acesso para outros mundos e sistemas estelares distantes, diante da tecnologia avançada dos UFO-nautas!

Como estudamos nos modelos e slides anteriores, o crop circle mostra a transposição da matéria 3D (representada pelos cubos internos em perspectiva) através de um vórtice-portal, que teoricamente fala de pontos de contato entre dimensões paralelas, gerando então esses campos de energia de transposição, onde a matéria que passa não é destruída e reconstruída no teletransporte, como muitos imaginam, mas apenas reconfigurada em suas coordenadas dimensionais por meio de matrizes vibratórias de modificação.

Pois bem, falamos que, no dia 7-7, um novo crop circle surgiria, porque geralmente nessa época do ano, quando Sol e Sirius se alinham em conjunção no céu, modelos crop circle aparecem para celebrar o evento.
Sirianos dando um alô para nós?

A outra questão: se a Estrela Sirius e seus planetas habitados estão a 8,611 anos-luz de distância da Terra (uma distância inimaginável), o contato com a Terra só poderia acontecer por meio de alta tecnologia capaz de conquistar o hiperespaço, e os famosos buracos de minhoca, ou wormholes, atalhos no espaço 3D.

Coisa que este crop circle ilustrou, como muitos já o fizeram no passado. E continuam ainda fazendo.
Por que um vórtex 6? Porque o Sol, na Árvore da Cabala, é numerado com a ordem seis (6) e mais, ostenta a posição central de toda a Árvore, chamado por isso de Tipheret, a Beleza ou Harmonia cósmica, centralizando e equilibrando tudo.

Olhe melhor para a Árvore.
A parte superior (9) e a parte inferior (9), ou 9-9 dimensões interceptadas, do macro ao microcosmo e vice-versa.
Consegue ver a representação exata de um Wormhole com seus dois setores, ligando pontos extremos do Universo?
Consegue entender que a sabedoria antiga, usando seus próprios símbolos, já falava de uma Física avançada que explica não somente a existência de outros mundos, Aliens e tecnologias dos deuses, mas principalmente, a existência de dimensões paralelas, mundos e seres totalmente desconhecidos e incompreensíveis para nós?
Vivendo e se movendo naquelas muitas moradas do Pai?

Agradecimento a Lucas Berri pelo grande insight!
(JP em 09.07.2020)

Ps: ano passado eu escrevi sobre tudo isso, analisando outros crops circles de modelo e dinâmica tetraédrica .
Quem quiser se aprofundar, pode ler aqui:

JP em 07.07.2020

Comentários
Compartilhar