Templates by BIGtheme NET

Reflexões 16

 

As conquistas da alma se assemelham ao vôo rasante de uma águia.
Suas asas bem abertas são sua ousadia, seus olhos fixos são sua concentração, e suas garras erguidas são todas as forças reunidas da sua vontade em ação:
persistência, determinação, paciência, coragem, fé.
Até porque, se a águia não consegue agarrar a presa no primeiro assalto, conseguirá no próximo.
Desistir significa fechar as asas.
E fechar as asas, para qualquer águia, significa morrer.
Os desistentes na vida podem até continuar vivendo, mas perdem sua alma. Porque somente a nossa alma que pode dar asas.
A alma que nunca desiste de voar atrás dos seus objetivos.
Mas quem perde a alma, vive dias sem propósito.
E a queda começa quando a alma desiste de voar, recolhendo as asas…

 

 

Shamballa é um lugar? Sim, um lugar real.
Mas é somente um lugar?
Não, é também um estado de alma, um nível elevado de consciência.
Qual a relação entre nível elevado de consciência e lugar elevado do Universo?
A mesma relação que existe entre a chave e a porta que ela abre.
Shamballa, Éden, paraíso, existem além de portas muito bem fechadas e ocultas.
Somente estados de alma e de consciência elevada compatíveis funcionam como chaves que podem abrir todos estes portais de reinos sagrados.
Inútil bater na porta se a chave ainda não está contigo.

 

JP em 28.05.2019

 

 

O ANJO DA TERRA

Esta noite, o Anjo da Terra veio a mim, com lágrimas nos olhos, e me disse: “Rodei o mundo e mergulhei numa imensidão de trevas… rolei por um mar de comidas e bebidas, risos e festas, e alma alguma encontrei na vigília do coração do Senhor…

Eu sou o Anjo da Terra, tenho velado pelos homens desde o início dos tempos, e nestes dias de humanidade, não tenho encontrado em casa alguma e em coração nenhum as dádivas do sacrifício exigidas por meu Senhor, mas tão somente as taças da diversão e da luxúria, as mesas da gula e da intemperança, e os altares da alma poluídos com ofertas da carne no Santuário…

Subi aos céus de mãos vazias e me apresentei ao Senhor Cristo… e Ele me pediu pela colheita de meus trabalhos, mas Eu nada pude lhe oferecer… chorando diante dele… e o Senhor Cristo disse a mim: Anjo da Terra, não achaste ao menos uma espiga madura? Ao menos uma alma pura velando diante da minha Cruz? Ao menos um devoto ao meu coração ligado por amor e não por interesse, e que despertou no meu Querer de agora e sempre?

E o Senhor me indagou: Anjo da Morada, qual a causa de tanta festa e riso lá embaixo, e por que se escuta daqui do Alto o brinde em tantas taças… se a Terra está morrendo? …agora que se aproxima o Grande Juízo?
E o Anjo lhe disse: não sei responder, Meu Senhor…

Anjo da Terra – disse o Senhor – encontraste alguém disposto, no meio desse mar de gozo e escuridão, a renunciar a tudo e suportar o peso da Cruz do mundo comigo? Pois retorna e traga a mim Aquele que há de completar a Minha Obra, sobre quem meus olhos já repousam e meu coração já espera… para que eu Não tenha que descer outra vez e novamente ser crucificado por este povo que me celebra nos lábios mas me esquece em seu coração… este mesmo povo de antes, que me ilustra com religiões mas me renega com seus atos! O Santuário da Terra está cheio de prazeres da carne e vazio de sacrifícios da alma… por isso, a escuridão, e não a luz, será a sua colheita até o fim!”

Mas, por ele, o meu Escolhido, eu voltarei a dizer ao Pai:
ESTÁ CONSUMADO!”

E a Luz voltará a Iluminar o Santuário diante do Cordeiro outra vez ofertado em doação de Amor!

*********************************************

EM BUSCA DA LUA… mas será preciso atravessar os Portais do Tempo e do céu com as chaves da Alta Magia… e estas chaves estão no número 11!

“Pelo número 11 (1+1=2) vós atravessareis os sagrados Portais. No número 11, vós começareis a sentir o brilho da liberdade. As vibrações do número 11 são lunares (femininas)”
FELIZ HORA 11 PARA TODOS!

***********************************************

O REALINHAMENTO

Águas calmas e noturnas no pensamento translúcido que enxerga além de mim mesmo e atrás de todas as densidades existenciais me levam a navegar em estradas de estrelas que bebem das mesmas águas em suas noites de fuga do Sol…

Brindo nas taças da mente contemplativa da verdadeira religião em licores de estrelas que saciam a minha alma sedenta… e que ninguém ouse chamar tamanha estesia de fanatismo, pois provará que, daquela fonte, nunca provou…

Bebo com elas a alegria de estar vivo e poder tomar parte da mesma jornada que elas.. .seguindo todas as luzes na direção do Infinito que não pode deter meu coração que deseja apenas alcançar.. .a fonte daquelas águas chamada Amor…águas que nossos corações sempre desejaram beber… mas não souberam em que fonte procurar… porque não é deste mundo… é fonte celeste, bem guardada, certamente, por estrelas…

O meu compromisso com o despertar da consciência, antes de ser com os humanos, é com as estrelas… porque….
qual melhor professor e guia da luz do que elas?

No coração dos muitos sóis brilhantes a arder no espaço infinito está o segredo da centelha de amor, a mesma que, se em nosso coração não entrar em ressonância com aqueles sóis e seus corações de fogo, jamais conhecerá a presença da luz em seu santuário…
E lá nas profundezas do Universo negro, um ponto de luz me revelou aos ouvidos: buscador, investigue o motivo de a Sabedoria ter Nome de Mulher em teu mundo denso e triste… e porque à Mulher é concedido DAR A LUZ A TODA CONSCIÊNCIA QUE VEM A ESTE SEU MUNDO!

“Você cria seu próprio universo enquanto pensa, e faz esse Universo caminhar no Infinito quando decide!”

O Escultor das Rochas

Desde que me entendo por gente, meus cenários exteriores são como ondas de ressaca avançando contra os rochedos da praia da vida, e só o mestre tempo pode nos ensinar a nos tornar rochedos em vez de areia, que as mesmas ondas espalham e desfazem com o tempo.

Mas quem sabe vencer a prova do tempo, verá que tudo passa, e que o Propósito Maior moveu todas as ondas nas praias da nossa vida justamente para nos transformar de areia em rochedo…

Os fracos são como areia, sempre fugindo dos problemas, mas os fortes são como rochedos que os encaram de frente….
e os vencem!

Nem o mar e as ondas do tempo e das circunstâncias podem derrubá-los, sentinelas da Eternidade, pelo simples fato de compreenderem que o Universo ao redor sempre vai marchar no passo da necessidade da mudança de cada um, em cada tempo e lugar de sua existência… e essa será a escola de quem sabe ascender com consciência nas ondas da Evolução do Universo Inteligente.

Ele aprendeu a receber tudo o que chega das ondas do Destino como didática de aprendizado e fonte de auto-conhecimento, sabendo que NADA É POR ACASO, antes de procurar rotular tudo como bom ou mau conforme os sentidos limitados do seu ego, escravo que é do falso julgamento dos sentidos, que define todo prazer como bom e toda dor como má.

Não há um conceito mais superficialmente falso do que este!

JP em 04.06.2019

UNIVERSOS EM MIM

Uma vez ouvi uma frase que me tocou:
“O SER ESPIRITUAL INTERNO É O VENTRE DE ONDE EMERGIU TODO O UNIVERSO. CUMPRE BUSCÁ-LO SEM PRESSA, AMÁ-LO SEM RESERVAS, QUERÊ-LO SEM DESEJO, CONHECE-LO SEM MEDO, até que se possa SÊ-LO SEM LIMITES!”

EU, que pensei em pensar no Universo, tentando saber se o Universo pensa em mim e sabe que eu existo… me surpreendi no dia em que um ponto de fuga qualquer na rota de um Espírito viajante encontrou seu porto num destes tantos pensamentos meus e ali lançou sua âncora, e desde este dia então, esse Bom Espírito passou a me guiar em minhas próprias reflexões… E ele mesmo me assegurou que só conseguiu me encontrar porque eu estava sempre disparando feixes de pensamentos na direção das estrelas, como quem procura uma resposta em qualquer espelho refletindo imagens…
E no dia em que abri meus olhos, contemplei aquele Universo e descobri que todo aquele Universo estava dentro de mim, pensando em mim todo o tempo… me procurando sem que eu soubesse…e que aquele Espírito viajante que encontrou ponto de fuga no meu coração… era eu mesmo em níveis superiores e elevadas dimensões daquele universo não mais perdido dentro de mim… e não mais procurando o que ele procurou por toda a eternidade… bastou que eu pensasse nele com mais profundidade e paciência… e no exercício diário da meditação, que é a reflexão do Ser que está dentro, eis que este Ser me encontrou. Nos tornamos os melhores amigos e, agora seguimos viagens juntos… e selamos pacto de nunca mais abandonarmos um ao outro até a meta DEUS ser alcançada!
E até esse dia, nossa estrela sempre nos sorrirá!

************************************************
CONSCIÊNCIA NÃO VEM DA PELE.
CONSCIÊNCIA VEM DA ALMA.
PELE É APARÊNCIA.
ALMA É ESSÊNCIA.
JULGAR PELA APARÊNCIA É SEPARAR.
VIVER PELA ESSÊNCIA É REUNIR.
SEPARAR É PROJETAR ILUSÕES.
REUNIR É BUSCAR A VERDADE.
A COR DA ALMA É A COR DA LUZ.
E A LUZ É A REUNIÃO DE TODAS AS CORES.
E SEU DIA DURA PARA SEMPRE.
AFINAL, O JARDIM MAIS BONITO NÃO É AQUELE QUE TRAZ FLORES DE TODAS AS CORES SOB O MESMO SOL QUE AS ILUMINA?
QUE TAL COMEMORAR TODOS OS DIAS O DIA DO JARDIM?
**************************************

A VERDADEIRA PAZ

Olhe para o mundo. Será que o mundo merece a Paz mundial, se nunca soube viver em paz nas pequenas coisas?
Para que o mundo quer paz?
Paz para honrar o Criador e servir o semelhante ou paz para continuar vivendo o seu materialismo e vida extraviada sem ser perturbado?
Será que o Sagrado Pai vai dar a Paz que o mundo quer?
Será que é esse tipo de Paz que o Sagrado Pai deseja?
A Paz para viver a vida sem Ordem e sem Deus?
Será que essa Paz que o mundo clama é a verdadeira Paz?
Vai refletindo aí… e se o Sagrado Pai negá-la ao mundo, ao menos saberemos porque Ele a negou… Nem mesmo DEUS pode dar paz ao mundo quando cada indivíduo ainda está em guerra consigo mesmo, vivendo o conflito existencial do EGO que resiste em morrer…. o Todo é sempre o somatório das partes.
Que falsa paz é essa que a humanidade exige?
Paz para continuar sua vida egoísta e materialista?
Paz para continuar a viver somente para si mesmo e seus interesses?
Paz para viver a vida na curtição enquanto o resto do mundo padece, e você finge que não vê?
A Guerra Mundial é o triste reflexo de cada ser humano na guerra do Ego em toda parte… sendo assim… só haverá Paz Mundial quando o coração do homem estiver em paz consigo mesmo e com o semelhante.
Será vão pedir pela paz no mundo se a alma humana está em guerra.
Porque será uma falsa paz clamada por corações que ainda não sabem o que é a paz verdadeira, porque praticam guerra uns contra os outros todo o tempo!
Deus não dará Paz ao mundo para que o mundo continue no materialismo e na corrupção.
A Paz é a consequência de uma humanidade vivendo em Verdade, Justiça e Fraternidade.
Sem tudo isso, a Guerra será inevitável.
E Nem mesmo Deus poderá impedí-la.
Porque o homem moderno não sabe nem dar paz aos outros e nem viver em paz consigo mesmo.
Como poderia exigí-la de Deus?
Se voce reza pela paz no mundo, mude a sua forma de orar.
Comece rezando sinceramente para que haja paz em sua alma, paz em sua casa, paz com sua família, paz com seus vizinhos e colegas de trabalho, paz nos lugares que você está… a paz que voce pede é a paz que voce deve dar… aí sim, poderemos alastrar entre os corações a verdadeira Paz mundial e a Terra finalmente alcançará o Paraíso Perdido.

**********************************
O VELHO E DIABÓLICO EGOCENTRISMO DA HUMANIDADE…
parece nunca mudar.Lá nos primórdios, na Idade Média e sua Era Medieval, a Igreja e os “pensadores” por ela limitados declararam que a Terra era o centro do universo, e o homem terreno, o centro da Criação.

A briga foi dura, Copérnico, Galileu, Kepler, até que o braço de ferro foi vencido e o Sol ocupou o trono central da Criação – ao menos em nosso sistema solar.
Então, a ciência moderna costuma usar muito esse argumento do velho geocentrismo dos astrólogos e primeiros pensadores regulados pela Igreja para atirar pedras contra o pensamento medieval… mas ela mesma zomba e ridiculariza a Realidade Extraterrestre, tentando bloquear todas as provas (e são muitas) de sua existência, atuando de forma medonhamente HIPÓCRITA com essa postura, porque acaba repetindo o mesmo dogma da Idade Média, que centraliza o homem na Criação.O Ateísmo é, todo ele, essa centralização do homem no Universo! E não é a ciência moderna, ateísta confessa?
O Universo não precisa de Deus, criou-se a si mesmo!
Mediram o tamanho da ignorância contida nessa afirmação?
E medievais… e primitivos… e ignorantes… eram os antigos?Aí chegam umas correntes novas do pensamento falando em um DOMO ao redor do nosso planeta, baseados em poucos conhecimentos científicos e bastante imaginação nas interpretações das Escrituras, além de controversas teorias conspiratórias.Pois bem, mas tenho outra prova que demonstra que o Egocentrismo da humanidade nada mudou. Estamos vivendo a era dos sinais cósmicos profetizada por muitos gênios e homens de Deus na antiguidade, se cumprindo com matemática precisão, sinais da presença extraterrestre se aproximando, sinais de dimensões interagindo no espaço aberto e inteligências espirituais se manifestando energeticamente, sinais das esferas invisíveis do espírito tocando as esferas visíveis da matéria ao redor do planeta.Mas então, muita gente atribui todo esse imenso círculo de atividade espiritual e extraterrestre no imenso e desconhecido universo, trazendo transformações ao planeta oscilando sobre a linha divisória do ciclo terminado e seus novos inquilinos chegando no tempo profetizado, sim, muita gente atribui tudo, tudo isso a HAARP E BLUE BEAM, que são produções da tecnologia humana moderna… e que mais blefam do que realizam seus prodígios previstos…E então, repararam? O homem continua achando que tudo vem dele, tudo é dele, tudo é para ele e pode ser explicado por artefatos do homem e de sua tecnologia… ele continua achando que a Terra é chata, que está no centro de tudo e que tudo gravita ao redor dele…O Velho e diabólico Egocentrismo continua vivo e passa muito bem, obrigado, apenas muda de roupa a cada nova estação.Que pena…lamentável… bons tempos em que humildes gênios escreviam novas páginas do universo revelado aos seus humildes olhos…

Que pena que esse egocentrismo típico de uma geração prepotente, e que implode sobre a própria arrogância, julgue que todo o Universo sinalizando a aproximação do Divino e do Sagrado a seu tempo seja por ele reduzido ao estreito espaço de sua faixa quase cega de consciência… que mal percebe que ele continua a fazer o universo girar ao redor do seu umbigo de conceitos!

*******************************************
PENSAMENTO DE LEONARDO DA VINCI
para tentar controlar o nível básico da arrogância humana:”Enquanto espigas magras e sem grãos se elevam altivas ao Sol na plantação, as espigas gordas e cheias de grãos se curvam em reverência humilde à terra que as gerou!”

Citação de um dos maiores gênios da humanidade e apaixonado pela Presença Divina em tudo o que sua mente genial captava e sorvia!
Tão grande e tão humilde ao mesmo tempo, se fez vazio de si para reter em sua alma desnuda toda a magnificência da Luz reveladora!Todo gênio é assim, um amante de Deus na Natureza e no Universo porque reconhece Nele, e não em si mesmo, a Inteligência que a tudo criou e dispôs em perfeição, e ele, o gênio, em estado de humilde e receptivo canal mental, contempla e capta com a devida e modesta reverência.Disse o Senhor:
Eis que elevarei os humildes e precipitarei os arrogantes!Todo gênio é uma alma elevada por Deus na sua condição de modéstia e humildade ao reconhecer em Deus e não em si o mérito da beleza descoberta ou lei revelada.Seu melhor mérito é o talento em reconhecer a Assinatura da Divina Perfeição em tudo que o cerca a partir da consciência interna que possui disso, o que levou Newton a dizer:
Considero que, se o conhecimento é um grande oceano infinito, eu colhi somente alguns grãos de areia desse conhecimento em suas praias…É exatamente esse espírito de humildade perante o Criador o que falta para a ciência moderna… e quando ela for precipitada ao abismo lá do seu alto pináculo de soberba ateísta, não diga que não foi avisada pelos mensageiros da ciência verdadeira e da arte pura que lhe precedeu, todos estes gênios criadores, ungidos Filhos de Deus enviados do céu para iluminar a humanidade.
**********************************************

NÃO ADIANTA A FONTE LIMPA SE O CANO É SUJO…
(Algumas reflexões sobre as Religiões e a Religião)

A consciência mediana da humanidade ainda está naquele nível baixo de acomodação ás linhas religiosas que implicam em crenças cegas e em devoção a valores ainda não experimentados na prática. A doutrina do futuro será apenas e tão somente o contato direto e a experiência plena com a VERDADE, sem mais a necessidade de intermediários e “atravessadores”, que além de encarecer o produto, o desfiguram de acordo com suas segundas e terceiras intenções. O grande mal da humanidade crente é essa dependência não exatamente de religiões, mas de atravessadores, de intermediários, de padres, papas, pastores, gurus e toda sorte de canal sujo e nada confiável. Porque a água da fonte pode ser limpa, mas a partir do momento em que a água limpa da fonte passa por um cano sujo, ela sairá suja do outro lado e não será boa de beber… a Verdade é a água da Fonte Divina, mas canos sujos tem-nas servido à humanidade há séculos… quando começaram a institucionalizar o ofício do Ensino Espiritual.

Aliás, o toque da Terceira trombeta faz a estrela ardente cair nas águas das fontes e rios, que se tornaram amargas e contaminadas e mataram os homens. Não haveria uma relação aqui, entre outras, com essa contaminação das religiões comparadas a água? João não batizava com água em seus ensinamentos? A água pura do Jordão…a humanidade está sendo doutrinada com esgotos podres… nesse sentido.

Batismo, Imersão. Novo nascimento etc. Espírito Santo, a fonte da água viva. A simbologia é profunda.

Se eu creio na existência de um DEUS que está em tudo e tudo nos dá, a vida, a alma, o alimento e a proteção de um dia bom, pra mim, estranho seria não adorá-lo, sabendo do que Ele representa (tudo) em minha vida. Isso nem é religião. É tentar viver a vida com consciência da ORIGEM das coisas e procurar devolver o fluxo com apenas a ação da GRATIDÃO e OBEDIÊNCIA. E tudo acaba dando certo na vida e depois dela. Agora, adorar a um deus, um santo ou a qualquer entidade por causa de interesses materiais ou pessoais, aí já não é gratidão, é ego vestindo misticismo. Esse comportamento não pode ser usado como régua para definir o verdadeiro espírito religioso.

E se Deus nos parece severo e impositor em algumas passagens bíblicas, vejamos, qual pai e qual mãe não ameaça ou ao menos intimida o filho quando ele faz coisas erradas? Acaso viver o espiritual seria viver sem regras? Qual pai ou qual mãe não pune seus filhos quando cometem erros graves? A religião ou doutrina tentam estabelecer critérios de vida e moral para a humanidade, e definir leis de causa e efeito em todos os atos. Ter consciência destas coisas, na minha idéia, é o mesmo que adorar a Deus no sentido de obedecê-lo e ser-lhe grato pelas dádivas anunciadas e acessíveis. Mas há um novo movimento que pretende fazer do homem seu próprio deus, para que ele crie suas próprias regras ou mesmo viva alheio a regras, e por isso se inclina a destruir todas as religiões que limitem seu ego nesse sentido.

E quando o medo for substituído pela consciência, esse amor por Deus será automático. Mas temos que compreender a forma de pensar dos povos antigos. Entre adorar e amar com consciência há uma larga diferença. Os povos antigos eram muito inclinados a toda essa forma de crer e de sentir a Deus com adoração e culto. Creio que muitos de nós já estamos maduros para trocar a adoração imposta pelo amor consciente de obediência e gratidão. Acredito que o estilo divino da ameaça se aplicava ao nível daqueles povos bárbaros, sem lei e sem limites do passado registrado na Biblia.

Não acho que haverá extinção de religiões, mas mudança de religiões, porque muitos tomarão ETs como novos deuses para serem adorados e seguidos. Se a mudança não acontecer dentro, o mesmo impulso apenas se vestirá com outra roupagem cultural. Em vez de lei de imposição, temos que resgatar a consciência das coisas, que nos torna obedientes e gratos à Lei Maior de forma automática e espontânea, sem a necessidade de mandamentos e ameaças (creio que isso seja um mal necessário devido o status da humanidade atual). E nesse dia então compreenderemos Deus e a fonte de todas as religiões.

O ateu, o plebeu, o judeu, o simeteu e o zebedeu, todos vão morrer.
E se os ateus estiverem certos, besteira lutar por crer ou não crer em coisa que seja. Não estarão todos no mesmo lugar depois da morte?
Sempre gostei muito desse ditado: no cemitério existem várias pessoas que se achavam insubstituíveis. Besteira ficar se sentindo melhor porque cre ou não cre em algo. Melhor é aquele que faz o mundo melhor. O resto é pura pose. Porque esta vida que passou pelo mundo e o tornou melhor, certamente, será a vida que permanecerá. E o milagre da ressurreição crística estará lá, no dia e hora do chamado, para resgatá-la e tomá-la por seus merecimentos e valor!

No meu modesto entender, Religião é apenas ser bom e fazer o bem. Realmente, quem entendeu diferente vai se assustar quando a simplicidade da coisa toda for apresentada, muito acima de deuses, Ufos, padres, pastores, lendas e fantasias da mente sonhadora.
A Lei de Causa e Efeito explicará tudo.
Até lá, essa é a minha verdade pessoal, minha religião e Deus a me bastar. O grande mal das religiões é ficar só na teoria. No discurso. Acho que esse mal está em tudo. As pessoas falam muito e fazem pouco. E por cima, ficam brigando entre si para ver qual o discurso religioso mais “verdadeiro”.

Todo mundo questiona isso, por que os ETs não fazem nada pela humanidade… mas pouca gente questiona outra coisa:
Será que a humanidade merece?
Por isso, acho eu, os poucos que MERECIAM ser salvos do NAZISMO, foram ajudados. Os poucos que MERECIAM ser salvos da peste negra, foram ajudados.
Porque POUCOS são os que merecem no meio desse cardume que se vendeu ao sistema porque quis. E não foi por falta de aviso, nem de Jesus, nem dos ETs.

Se a humanidade evoluir e deixar de ser sanguinária e egocêntrica, materialista acima de tudo, fazendo do dinheiro o seu deus real, então subiremos uma nota e nos elevaremos para o nível da amizade com Deus, sem a necessidade da ameaça. Porque haverá confiança mútua e fidelidade de nossa parte. A religião é como um espelho, ela se apresenta de acordo com a face que olha nele.

Religiões caem em descrédito por se tornarem manipuladoras no sentido de enriquecer poucos a custa da manipulação ideológica de muitos.
Um exemplo: qual marido ou qual esposa gostaria de saber que seu parceiro nunca lhe amou, e só se casou consigo por dinheiro? Não é exatamente o sentimento que Deus deve estar sentindo agora em relação a essa humanidade que mercantiliza o Seu Nome e põe preço ao Seu Amor?

Muita coisa seria esclarecida se a gente deixasse de misturar as coisas e achasse que Deus tem qualquer coisa a ver com esses abutres que vendem o Seu Nome para aqueles que pensam que podem comprá-lo, se fazendo então, todos eles, farinha do mesmo saco, tanto os que compram como os que vendem o que é Sagrado e nunca esteve a venda … não foi o próprio Jesus que expulsou os mercadores do Templo com chicotadas no lombo? Ele mesmo nos ensinou sobre tal discernimento.

*************************************************

 

Quem navega a própria vida, quem sabe se colocar acima da correnteza das paixões, este viaja seguro sobre o mar da existência, nunca perdendo de vista a estrela guia de seus maiores sonhos, atrás das névoas da dúvida e das tempestades do desespero.

Mas quem se deixa levar pela corrente das paixões, este nunca navegará coisa alguma, porque sua vida será uma sucessão de sorte e azar episódicos, sobre os quais sua mão não tem controle algum para atrair… ou evitar.

É preciso compreender a razão de estarmos aqui, no meio desse mar chamado vida. Caso contrário, a morte sempre será aquele porto final, escuro e solitário, onde nosso barco atraca, já carcomido pelas paixões… isso se não afundar antes, perdido numa dessas tormentas do destino… porque o acaso só nos dá aquilo tudo o que merecemos.

Nisso ele não é nada casual, mas bastante pontual.

Porque é do mar devolver nas praias do tempo tudo aquilo o que atiramos nele, desde a juventude já esquecida.
Mas o mar nunca esquece.

JP em 11.06.2019
************************************************

A Nova Religião

A nova religião do futuro, como predisse Einstein, será cósmica e impessoal, ou trans-pessoal.

E nosso instrumento para exercer essa nova religião não será mais a Biblia, a Torá, o Alcorão, ou qualquer outra coisa escrita, senão que a Lei cósmica e a Verdade divina escrita diretamente na nossa mente e no nosso coração, sem a necessidade de agentes intermediários e o risco de alteração do conteúdo original da fonte!

Porque enquanto as regras do Universo estiverem escritas fora de nós, sempre seremos vítimas do esquecimento.

E esquecer é o primeiro passo para transgredir aquelas regras. E sofrer depois as consequências…

Adão e Eva caíram na armadilha da serpente por uma questão de desobediência apoiada no esquecimento.

Mas o olho que enxerga por si mesmo deixa de precisar de guias.

A religião do futuro será o contato direto com a Verdade, naquele ponto de ruptura entre o externo e o interno, quando a sensação de separação entre objeto e observador desaparece, ficando apenas um ato contínuo dentro da cena cósmica, sem fronteiras entre espaço e tempo na dinâmica da consciência desperta.

Nada mais simples e nada mais eficiente, aliás…

O valor de todo guia é limitado e definido até o ponto em que se aprenda a voar sozinho.

JP em 11.06.2019
**************************************************

Love and the Pilgrim 1896-7 Sir Edward Coley Burne-Jones

 

O que o tempo não cansa de plantar… o amor não cansa de colher…

O que o tempo não cansa de destruir… o amor não cansa de reconstruir…

O que o tempo não cansa em apagar… o amor não cansa em conservar…

O que o tempo não cansa de contar nos dias de sua jornada…
o amor não cansa de superar, na eternidade de sua presença…

O que o tempo não cansa de desintegrar… o amor não cansa de renovar…

Porque, enquanto o tempo apenas passa, o amor nunca sai do seu lugar.

Porque onde mora o amor, o tempo não pode morar, já que o Tempo mora em tudo o que passa, enquanto o Amor é a própria Eternidade!

E tudo aquilo que é Eterno não pode abrigar em sua morada tudo aquilo que já passou e nem existe mais.

Então, se o tempo brincar com seus sentimentos, tirando de suas mãos tudo aquilo que ele lhe deu um dia, lembre-se, o que é seu, o tempo não tira, porque o que é seu, de verdade, de coração, pertence ao Amor, e não ao tempo.

O que pertence ao tempo é tudo o que o tempo leva, e se levou, é porque não lhe pertencia.

Porque o tempo nada tem, senão que somente pegadas na areia das praias da Eternidade… o Amor!

E o pouco que tem, aquelas pegadas, daqui a pouco não terá mais, quando as Ondas do Amor invadirem as praias da nossa vida.

JP em 12.06.2019

**********************************************

 

O Lótus das águas da Lua é a pérola de toda alma que sabe fazer da introspecção a sua fonte de crescimento interior, como a flor que bebe das águas puras de cada meditação onde e quando puder encontrar o Divino dentro de si, tal como suas raízes encontram a umidade nas profundezas intocadas do ser virginal, iluminadas pelo luar celestial da intuição que invade as suas janelas mentais abertas a toda radiação visível e invisível impregnadas do Sagrado na atmosfera do seu recolhimento.

Assim, nesse mergulho constante nos oceanos de sua interioridade, o peregrino dos mundos de dentro encontrará a sua pérola perdida, porque nunca se cansou de mergulhar e procurar em si o que nunca esteve fora de si, e com aquela pérola lunar da substância concentrada de sua própria alma, ele comprará a entrada aos portões dos renascidos, e se reunirá a um exército de crianças eternas com as pérolas brancas em suas mãos limpas…

Porque o homem que encontra o Reino das Alturas é como aquele mercador que vende tudo o que tem para possuir a mais rara das pérolas, a pérola da própria identidade interior, guardada numa concha hermeticamente fechada que só pode ser aberta pelo auto-conhecimento.

Auto-conhecimento: eis a pérola!

Iluminação cósmica: eis o diamante!

Com a pérola nas mãos, você tem o auto-conhecimento, podendo passar para o diamante da consciência iluminada do universo.

Pedras raras num tempo em que o homem aprendeu a criar jóias sintéticas… artificiais… falsas, creditando erradamente à tecnologia o instrumento de sua salvação, evolução e progresso.

 

JP em 13.06.2019

******************************************************

O que é mais difícil?

1. Mudar o mundo a partir da mudança de consciência que fazes em ti mesmo?
ou

2. Resistir com a força de um rochedo ao mundo inteiro que se faz contrário aos teus valores de consciência, permanecendo firme em tuas convicções enquanto toda uma civilização caminha na direção contrária?

Como você pode mudar o mundo se permite que o mundo mude você?
Como você pode mudar o mundo se, permitindo que o mundo mude você, não muda conforme a necessidade de mudança do mundo?
Para mudar o mundo, você precisa primeiro mudar a si mesmo.
Mas para mudar a si mesmo, tem que ser forte o bastante para impedir que o mundo mude você e o transforme num ser comum, arrastado como gado pela hipnose coletiva do Sistema.
Assim, a conclusão óbvia desta proposição é:
Para mudar o mundo, voce tem que mudar a si mesmo.
Mas para mudar a si mesmo, terá que começar a luta no esforço de impedir que o mundo mude voce.
Seria isso!
Seria essa a completa abrangência da afirmação de CRISTO:
EU VENCI O MUNDO!

REFLEXÕES SOBRE O TEMPO

O tempo é como os rios.

A atemporalidade é como o mar.

Muitos rios para um só mar.

Cada rio tem sua velocidade própria, e flui da sua maneira particular.

Não existem dois rios iguais perante o mar.

A medida que o rio desacelera e cai no mar, cessa a sua atividade.

Mas o mar se evapora, e chove, e os rios nascem novamente…

O mar traga todos os rios, a atemporalidade traga todos os tempos/ciclos, para devolvê-los outra vez no mundo de terra firme.

O Mar é a eternidade… os rios são ciclos fechados de tempo em seus sistemas…

Os rios circulam, o mar permanece.

O tempo flui, como o rio, a eternidade permanece, como o mar.

“A água que você toca nos rios é a última daquela que se foi e a primeira daquela que vem. Assim é o tempo presente.”

Leonardo da Vinci

Ainda não li melhor definição do que esta.

O amanhã sempre nos dá a chance de consertar o hoje.

O que voce não conseguiu realizar hoje, tente amanhã.

Amanhã voce estará mais experiente em função do erro cometido hoje.

Viajamos no futuro todos os dias ao acordar, na Máquina do Sol.

No máximo, o que a gente pode fazer é ver o passado registrado, compreender as causas erradas postas em ação no presente, mudá-las e aí, sim, mudar o futuro. Não podemos mudar o passado no passado, só podemos mudar o passado no ato presente. Nem o passado e nem o futuro são acionáveis neste aspecto. Daí a teoria do eterno presente. Só existe o presente, o eterno atemporal, passado e futuro são ilusões de ótica da consciência.

 

 

DO SER AO NÃO-SER
DA ETERNA QUESTÃO
QUE ALGUÉM NOS FEZ CRER
EM PURA RAZÃO
SE ENCONTRA O QUERER
DE SER MAIS QUE O SER
AQUELE QUE O SER
TAMPOUCO O NÃO-SER
NÃO PODEM DETER
NO PEITO FEBRIL
DO AUDAZ CORAÇÃO
QUE OUSOU VER ALÉM
O QUE NINGUÉM VIU
E QUIS SER ALGUÉM
QUE NUNCA EXISTIU…

 

 

Os deuses nos ensinam para nos observar…
Os deuses nos observam para nos ajudar…
Os deuses nos ajudam para nos transformar…
E se os deuses nos transformam em deuses, á sua imagem e semelhança, é porque eles, os deuses, já foram um dia como nós, humanos em busca, e por outros deuses anteriores foram igualmente ensinados, observados, ajudados e transformados.
Porque essa é a corrente estabelecida pelos Filhos da Luz, ensinada também por Cristo:
“O que receberam de graça, devem dar de graça…”
(O ensinamento).
E o círculo dourado da consciência cósmica, não tendo começo e nem fim, deve girar pela eternidade, cobrindo todas as necessidades de perfeição do Infinito.
É a mesma relação mestre-aluno.
Os alunos de hoje serão os mestres de amanhã para os novos alunos que chegam… e saibam, o Universo nunca deixará de trazer novos alunos com o coração sedento de luz aos pés dos mestres… que também já foram alunos um dia…

*********************************************

 

 

A árvore do Buda é o Conhecimento que mata a ignorância.
As raízes da árvore do Buda são a perseverança.
As folhas da árvore do Buda são as práticas.
As flores da árvore do Buda são as virtudes.
O aroma das flores da árvore do Buda é a compaixão.
Os frutos da árvore do Buda são a Iluminação.
Para que o Buda possa cobrir o mundo, como uma árvore cheia de dádivas, plantada na Terra e alcançando o ponto mais alto do céu, o Nirvana!

 

JP em 15.06.2019

********************************************

 

Voce não pode resolver um problema no mesmo estado de espírito em que o criou.

Einstein

A conclusão imediata da sentença proposta por Einstein seria, então, a de que o PROBLEMA FOI JUSTAMENTE CRIADO POR UM ESTADO DE ESPÍRITO EQUIVOCADO! E para se corrigí-lo, será bobagem atacar a consequência do erro, ou o problema… a única forma de se consertar o problema é então corrigindo a CAUSA DELE… que é justamente o estado de espírito equivocado. Isso implica em mudança. Mude o interno, e o externo mudará ou, nos dizeres da Física, altere a ação, que a reação será alterada!

É por isso que os seres humanos nunca encontram soluções reais para os problemas da Terra e da sociedade, porque atacam o problema ou o efeito dos erros, e não a causa dos erros… maquiam os problemas ou mudam-nos de lugar, mas eles continuam lá, e só aumentam de tamanho.

A verdade é que vivemos numa sociedade tremendamente hipócrita, que aprendeu a jogar a sujeira para debaixo do tapete enquanto foge da própria culpa e responsabilidade de cada uma de suas ações.
Não adianta buscar culpados para os nossos problemas e para os problemas do mundo. O sábio busca sua parcela de culpa, olhando sempre para dentro, e quando ele efetua a mudança interior, tudo ao redor será modificado.

Mas em uma cultura onde o ORGULHO E O EGOCENTRISMO são deuses absolutos, fica mesmo mais fácil apontar o dedo contra Deus e o mundo, menos contra si mesmo. O velho Anjo caído ainda controla muitas mentes com a mais perigosa das armadilhas, a armadilha do espelho quebrado do falso amor próprio.
Moral da História?

Abismo chama abismo… tu me entendes!

**********************************

NAS DURAS PROVAS DESTA VIDA…nós nunca estamos sozinhos.

Bem, você já deve ter ouvido isso muitas vezes, e sob as mais variadas definições.

Apenas quero fazer uma ilustração:

Imagine uma turma de alunos realizando um difícil exame.
Silêncio absoluto na sala, sob o olhar vigilante do Professor, para que ninguém COLE durante a prova.

O fato é que tal comparação não diz tudo.

Na verdade, ela é muito fraca para ilustrar a realidade do que acontece nas duras provas dessa vida… pelo simples fato de que podemos sim COLAR e receber COLA … e sabe de quem?

Dos Anjos, e dos bons espíritos que sempre nos cercam, principalmente em momentos difíceis e decisivos.

Eles sussurram sua cola naquela voz que você ouviu dizer se chamar INTUIÇÃO.

Tenha certeza disso.

E também esteja certo de que o Grande Mestre DEUS fingirá que não viu um ou outro Anjo te passando aquela COLA FUNDAMENTAL nas duras provas desta nossa vida…

Nunca estamos sozinhos. Nunca. São nos momentos difíceis da vida que mais estaremos acompanhados. Mas faz parte da prova também essa sensação de abandono, porque até o Filho de Deus reclamou a Presença de seu Pai na cruz… é a suprema prova da fé!

E com fé, ouviremos as dicas dos Anjos e venceremos…

 

 

A SUTIL BELEZA DO NADA…

Mandalas budistas de areia.

A Criação Cósmica é retratada nestas lindas e efêmeras mandalas de areia colorida, arte budista, arte tibetana, que representa a beleza efêmera da Natureza, tão efêmera quanto a areia, que o vento dos ciclos leva e desfaz…

A Beleza do Nada é o que conta… como assim?

Não é somente Bela a Criação que passa… Bela é, acima de tudo, a Inteligência criadora que fica… porque as mandalas são lindas e passam… mas os monges que as constróem, com infinita paciência, são a inteligência que fica. A inteligência do Criador que eles representam com esse belo trabalho.

Olhe a volta… estamos cercados de belezas passageiras… mas onde está a verdadeira beleza da Vida?

Está no Amor, que é a essência da Inteligência Universal… o Amor que sustenta tudo o que foi criado de belo e abundante a nossa volta e que passará, enquanto o Amor permanece!

Ele é verdadeira beleza da Vida!
Ter olhos para enxergar as belezas da Criação não é difícil… o mais difícil nessa vida é ter a percepção da trilha do Amor verdadeiro em cada estrada da Criação e da Vida que vivemos.
E nesse aspecto é que a humanidade está cada vez mais cega.

Nem todos conseguem contemplar a insuperável beleza do Amor e de sua energia ativa em tudo, até nos momentos de dores e desgraças… mas na sua composição artística, é preciso haver o cinza, o escuro, o terra e o preto… para que a linda flor da mais rara cor desponte no amanhecer após cada noite longa e tempestade cruel… e a Física já sabe que o CAOS é o berço de lindos Cosmos estelares no Universo sem fim.

E alguns perguntam aos monges:
por que tanto trabalho em compor estas lindas mandalas de areia, se elas serão desmanchadas depois?
E eles respondem: elas podem até ser desmanchadas diante dos nossos olhos, mas a arte que nos guiou permanecerá em nosso coração.
E então, não terá sido tudo em vão!

JP em 05.07.2019

*************************************

Comentários