Templates by BIGtheme NET

O Dragão Digital

O Dragão digital

A Internet é o labirinto do Minotauro. Só quem tem o fio de Ariadne chamado consciência do discernimento da Verdade entra aqui e encontra a saída sem ser devorado pela loucura da desinformação, após resgatar o que veio buscar nesse pandemônio social e cultural produzido justamente pelo livre acesso a informação e a liberdade de expressão para qualquer um, sem nenhum critério, filtro, limite, controle e seleção.
Sabedoria e loucura andando em caminhos iguais, sem que a maioria já possa distinguir uma coisa da outra.
Se a Sabedoria está para um, a Loucura está para um milhão em proporção nesse labirinto escuro e perigoso.

Aviso aos que buscam o despertar da consciência.

Muito em breve, cedo ou tarde, mais cedo (espero) do que tarde, esse universo deverá ser descartado.
Porque não só o adormecimento mas, pior, a manipulação mental coletiva está alcançando níveis astronômicos nessas estâncias da Internet, em todas as suas esferas vigiadas por inúmeros olheiros, todos aplicados em fazer leituras das mentes de todos os tipos e níveis, para melhor controlá-las.
E enquanto a humanidade segue distraída e cativa por essa Hidra hipnótica de mil cabeças, o mundo corre mais depressa para a dissolução. E o objetivo a Hidra é manter todos adormecidos com a próxima novidade do dia.

Meu tempo por aqui também está terminando.

Eu entrei no labirinto da loucura faz alguns anos para tentar resgatar algum conhecimento e sabedoria afundando no mar da contradição virtual, no oceano da confusão digital, e seus antagonismos infinitos, e suas guerras políticas e ideológicas sem fim, sempre polarizando as massas em dois lados: o lado que odeia o outro lado.
Algo que já não posso suportar por mais tempo.

Muitos procuram pelo dragão destruidor do Apocalipse no Comunismo, na China, em Nibiru e em qualquer outra coisa, sem perceber que esse dragão está bem diante dos seus olhos, foi numerado como 666, digitalizado como WWW e sistematizado como Instrumento de informação globalizada, em Rede Mental Compartilhada, que é tudo o que Ele precisa.

Dragão com muitos olhos, dragão cibernético multifacético, que contém um pedaço de cada mente, de cada integrante, de cada usuário pensante, e se move entre as nações, invisível e devorador, comendo almas no cativeiro de uma eterna hipnose coletiva cuja função é impedir a saída da alma de um estado de loucura programada capaz de destruir a vigília da consciência na direção da porta de saída, quando o Caos chegar.

As pessoas ficam imaginando e conspirando inimigos imaginários nos céus, na China, em qualquer parte, mas não percebem o grande, o invencível inimigo real diante delas, que elas mesmas alimentam quando, todos os dias, no seu ritual sagrado diário, ligam seus aparelhos pela manhã na avidez de entrar, mais uma vez, nesse labirinto da loucura de infradimensões digitais, tentando encontrar aqui informações para nortear os seus dias.

Mas tudo o que encontrarão são trilhas em círculos, e a sensação de que se está sempre voltando ao mesmo ponto de partida chamado Incerteza. Triste daquele que depende de tudo isso para ter rumos na sua vida.

Se a Verdade que liberta sequer foi escrita em um livro pelos seres mais sábios que pisaram neste mundo, senão que somente declarada de lábios santos a ouvidos puros e preparados, menos ainda ela viria ao mundo na forma “digitalizada”.
Resta saber, e que isso baste, que esse Dragão digital tem o poder para aprisionar a sua alma num estado de ruptura tamanha com a Fonte espiritual sagrada que, quando soar o toque de partir, sua alma esteja tão aderida a tudo isso que ela não conseguirá romper os tentáculos que lhe prendem no seio do Dragão.
Isso porque sequer conseguirá ouvir o som do chamado da fuga de Babilônia NET…

Fim do mundo na NET

Todo mundo procurando notícias atualizadas sobre o fim do mundo na Internet para quando chegar a confirmação, não saberem o que fazer e para onde ir.
Qual o sentido disso tudo, então?

Certificar-se diariamente de um FIM em marcha, sem realizar qualquer trabalho de preparação para este fim em marcha?

Cantar como a cigarra à sombra de uma palmeira que está tombando sob a ventania, em seus últimos momentos, ou trabalhar como a formiga com os recursos entregues por todos aqueles mesmos sábios que diagnosticaram o fim da raça humana para a época exata em que estamos?

O ser humano é pura contradição.

Vai esperar o Astro de Fogo passar raspando sobre a Terra para começar a acreditar num Cristo que, um dia, morreu na Cruz para poder assumir na atualidade a autoridade de resgate de uma raça que só vem negando o seu Nome e sua Verdade em cada ação e pensamento vividos na sombra e não na luz.

Vai esperar pelo caos subindo até as paredes da sua casa para finalmente suplicar socorro a Deus, e não mais aos homens e sua ciência, dinheiro e, tecnologia e promessas de política?

Será tarde demais, amigo.
Porque lembrar que existe um Deus nas alturas somente quando dói a barriga não e um ato de amor, e sim, um ato de cobiça covarde.

Realmente, Deus não existirá nesse momento para você.
Como nunca existiu até agora, a julgar pela sua vida ainda vivida sem essa lembrança de Deus, porque seu ego tem sido grande demais para lhe permitir algum espaço no seu coração.

JP em 01.04.2020

Comentários