Templates by BIGtheme NET

Deixem que os Mortos enterrem seus Mortos

Dia dos mortos… mas quem cultua o dia dos mortos não acredita em Deus…
Quem chora por seus entes queridos sobre sepulturas não coloca na prática as leis fundamentais da vida além da vida…
Quem cultua cadáveres na eternidade de cemitérios não demonstra fé na vida eterna…Quem se apega a memória das pessoas que já se foram e sofre de saudade crônica não acredita de fato na lei da reencarnação…
Por tudo isso e muito mais está escrito:

E outro de seus discípulos lhe disse: Senhor, permite-me que primeiramente vá sepultar meu pai.
Jesus, porém, disse-lhe: Segue-me, e deixa os mortos sepultar os seus mortos.
Mateus 8:21,22

Então, quero dizer o seguinte:
O verdadeiro espiritualista não cultua dia dos mortos em cemitérios a cada 2 de Novembro…. o verdadeiro espiritualista tem os seus entes queridos no coração, não em sepulturas. O verdadeiro espiritualista carrega a lembrança da alma que se foi mas voltará um dia, e não a memória triste dos ritos fúnebres, que se tornam outro golpe do comércio para faturar em mais um feriado…

O verdadeiro espiritualista apenas acredita no que Cristo disse:
EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA.

E acredita que a morte não encerra a vida de ninguém, apenas a muda de lugar.
De repente, alguém chora por um parente falecido há alguns anos e que já é uma criança que nasceu há pouco tempo no seio de sua família, balbuciando as primeiras palavras, manifestando familiaridade com as pessoas do novo lar que é o antigo…

Eu falo duma coisa que eu mesmo pratico, porque tenho um parente querido que está enterrado há mais de 20 anos num cemitério qualquer, e eu nunca fui lá, nem no dia do seu enterro.

Nem sei em que túmulo ele se encontra.
Mas, por outro lado, por acreditar com toda fé na vida após a vida, sim, aprendi a reconhecer o seu retorno na minha mesma família, e ele já está com quase 4 anos…
São coisas que temos que por em prática.
Quem cultua a morte não acredita na prática na vida eterna.

Nada adianta falar de Deus e da fé na vida além da vida e ir chorar sobre sepulturas velhas que só guardam ossos e nada além de ossos…

Abrindo os olhos, reparamos que em poucos anos as almas queridas sempre retornam, e como parecerá perda de tempo continuar as peregrinações aos cemitérios com esta consciência no coração!

Os tibetanos e as culturas do Oriente tem uma compreensão muito maior e melhor sobre a morte do que os ocidentais materialistas.

A morte é um conceito equivocado que ganha força no materialismo, ou o apego ao mundo das formas e da matéria. O verdadeiro espiritualista sabe disso.

Ps: desculpe alguém se minhas palavras parecerem radicais ou ofensivas a alguma sensibilidade… mas é que o caminho espiritual é assim mesmo. Tem que ser radical. Caso contrário, a humanidade nos envenena com sistemáticas crenças e comportamentos equivocados, e nos acaba por tragar no vórtice dos seres condicionados como rebanho ao abate.

Aquela diferença entre a águia e a galinha…os olhos que viram a luz do Sol e as asas que rasparam o teto das estrelas nunca mais se comportam como galinhas outra vez…
E o melhor: a ressurreição dos escolhidos está para interromper a fatalidade dos cemitérios para sempre… se aproxima o sinal de Jonas. ANAGAMI. Cessa a Roda do Tempo para os Filhos de Deus que se fizeram imortais pelo Poder da Palavra revelada com a Verdade, o Caminho e a Vida.

O Sol dos Espíritos

Deixem que os mortos enterrem seus mortos, deixem que as doutrinas mortas desapareçam com o tempo, e que todas as mentiras se dissipem como fumaça com a chegada do Sol da Verdade… e, deixem que as mentes despreparadas para esta verdade que chega amadureçam se quiserem a seu tempo…

Mas me sigam os eleitos para o Dia da Ressurreição, almas que se fizeram merecedoras e prontas para a Vida Eterna e para todos os privilégios que a Eternidade propicia aos renascidos pela Palavra que os mortos e suas doutrinas mortas não puderam alcançar, porque sequer puderam ouvir em vida essa Palavra… e se não a ouviriam em vida, muito menos a ouvirão na morte. Grande erro das doutrinas mortas é o de supor que a morte de pessoas comuns seja por si só fator de transcendência espiritual sem um trabalho específico de profunda conversão em vida…

Porque eis que está sobre nós o Sol dos Espíritos, Aquele cujo Verbo esmagará a Roda do tempo para os Filhos da Palavra, e reduzirá a cinzas todas as doutrinas mortas e mentirosas que NÃO SAÍRAM DE SUA VERDADE… porque o Sol dos Espíritos nos levará para casa, e nada poderá deter as suas douradas asas cobrindo toda a Terra!

Lamento pelos cegos, lamento pelos surdos, lamento pelos céticos, lamento pelos ateus, lamento pelos materialistas, lamento pelos que não souberam ou não puderam AMAR, enfim, lamento por todos aqueles que preferiram viver de sombras, tendo tanta Luz a sua disposição…e por todos aqueles que preencheram suas mentes com tanta especulação teórica moderna, tendo o manancial revelado da Verdade diante de si por todo esse tempo.

Maranata!
JP em 09.02.2019

Comentários