Templates by BIGtheme NET

A conexão entre as Plêiades e o Éden no portão do céu

A Fonte… há um conceito estelar para a origem espiritual do homem neste nosso universo associado a fonte… as Plêiades são o grande mistério… muitos códigos antigos colocavam as Plêiades como o grande Portão da nossa Galáxia, o que levou muitos povos a colocá-las como referência em seus calendários de acordo com os ciclos de posicionamento das Plêiades no céu, universalmente conhecidas como AS ESTRELAS DO CENTRO, ou simplesmente, Centro, Umbigo do céu.

A constelação das Plêiades

 

Apesar de a vida e a alma dos seres estar presente em todas as estrelas e sistemas (o conceito Grande Alma, Super Alma ou Grande Alento que se divide em todas as vidas), há essa prevalência deste grupo de estrelas em relação as outras nos traços da origem espiritual e até física do homem.

Para os que curtem as teorias sobre os Pleidianos, um prato cheio esse mistério todo plenamente verificado na Bíblia.

Plêiades, pintura Elihu Vedder

 

Há incríveis conexões bíblicas com o nome das Plêiades.
Ali, a constelação é chamada de LAÇO, Laço que segura as ditas estrelas no céu, e curiosamente, o nome hebraico que a retrata (MHwDNUT) é replicado num lugar impensado: o ÉDEN!

E as Plêiades tem conotação também de FONTE, além de centro e umbigo do céu.

E não havia um grande RIO no centro do Paraíso (Éden) se quebrando em quatro braços? Pois é, o núcleo de energia das Plêiades, sabidamente, está na Estrela Alcyone.

 

E você sabia que Alcyone é um sistema de QUATRO ESTRELAS?

 

Olha só o formato real do coração das Plêiades, olha só a configuração quaternária de ALCYONE, em forma da letra L. Sim, Alcyone, a principal estrela do grupo das Plêiades, é na verdade um sistema quádruplo de estrelas, e tem a forma de L.


Muitos são os crops circles que enviam mensagens no formato L.
Como uma chave… a chave do Éden? Neste modelo, vemos o sistema em forma de L se conectar com um círculo e cruz, um dos antigos símbolos do Planeta Terra!!

Pictograma UK 20-07-1992

 

Agora, por que os antigos chamaram essa pálida constelação do céu de centro, e por que a Bíblia a toma como FONTE DAS ÁGUAS QUE REGAM O PARAÍSO ou a Terra edênica dos primórdios…. quem resolverá o enigma da origem da humanidade em seu berço?

O fato é que das Plêiades parte uma poderosa energia espiritual que foi usada no passado da Terra pelos nossos criadores para edificar um sistema muito avançado de biologia e mente coletivas na Quarta Dimensão chamado de ÉDEN… A queda do Éden foi o ingresso na consciência e vida separadas… o ego nos isolou de tudo isso. O ego tornou o homem cego, prepotente, arrogante, julgando que tudo poderia e tudo seria contando somente com suas ideias e energias pessoais.

O primeiro crop circle (década de 1980) na Inglaterra aparentando a constelação das Plêiades na sua formação

 

A rebelião de Lúcifer e seus sequazes tem neste argumento a sua maior solução. A natureza nos mostra o tempo todo o seu comportamento de VIDA MÚLTIPLA, INTEGRADA NUMA ÚNICA FORMA DE VIDA… mas o ego negou a primeira das religiões, que é a Religião da Grande Mãe (a Mãe Natureza é o reflexo visível de Deus invisível) e se tornou criatura decadente, alma banida, exilada da glória e felicidade dos primórdios.

Quebrou os laços com o Éden, repeliu todas as formas de amor puro e casto, caiu de boca na carnalidade animalesca, desenvolveu violência, ódio e medo, se isolou na torre de marfim, perdeu a visão panorâmica das estrelas lá na varanda da Eternidade chamada ÉDEN ou Quarta Dimensão.

A Vida integrada, a Consciência unificada, era o STATUS DE EXISTÊNCIA dos seres humanos no antigo Éden. Essa era a única religião a ser professada: viver em estado de amor e comunhão com todas as coisas, e disso o homem obtinha sua luz, sua consciência, sua vida. Era um imortal gozando da força da Coletividade que estava nele, e ele, nela…

Algo que a Geometria Sagrada sempre propôs nas suas linhas e mistérios… a Integração cósmica de toda vida consciente interligada, por exemplo, na famosa geometria sagrada da FLOR DA VIDA….

 

Voltar a ouvir o laço musical das estrelas das Plêiades, em seus quatro tons fundamentais, como quatro rios fluindo sem cessar de um rio central… é o começo da jornada…

Nas Plêiades reside o Grande Mistério de Deus… em Sirius está o Grande Templo das nações espirituais da nossa galáxia e o Q.G. extraterrestre de todo este nosso sistema de estrelas… e em Órion, está o Tribunal da Lei Divina, onde os mais altos juízes deste universo se reúnem para estabelecer Ordem em tudo.

 

As origens da misteriosa conexão entre as Plêiades e a humanidade, que foi descrita nas linhas secretas do Gênesis e nas páginas do Éden, porém, estas linhas ainda continuam veladas diante dos teólogos e especialistas em geral… as chaves dos portões do céu foram dadas aos nossos ancestrais! Bem como a forma de se preservar todo o laço…
JP em 10.05.2019

Comentários