UFOs, vórtices, portais – portais no Pólo Sul?

Uma das teorias ligadas a portais garante que este tipo de “objeto” pode sim acontecer em zonas de magnetismo neutro. Sabendo que o campo magnético terrestre atravessa, de norte a sul, toda a superfície planetária a lhe cobrir como um véu (dipolo) de módulo constante, e que esse fluxo magnético mergulha justamente no pólo sul, na forma de um turbilhão onde o vetor magnético mergulha em direção do centro da Terra, desaparecendo da malha da superfície, então sim, faz muito sentido que ali existam “portais naturais”.

Aliás, um dos sintomas típicos de bússolas em zonas de portal é justamente a alteração das leituras, diante de magnetismos que começam a desaparecer ou se comportarem de forma drasticamente alterada.

Uma curiosa relação aparece na Biblia, relacionada rio Jordão (que flui de Norte a Sul, praticamente na mesma direção de fluxo do campo magnético).
Ora, famosa é a passagem de Josué e do exército avançando contra os muros de Jericó, e que, fazendo trombetas soarem por sete dias, somadas aos gritos do povo, derrubaram as grandes muralhas daquela cidade, claro, apresentando aí a teoria da ressonância capaz de desintegrar qualquer coisa, se aplicar a frequência que lhe é equivalente.

De qualquer modo, antes desse prodígio, Josué e o exército passaram a pé enxuto o rio Jordão, porque, pelo poder misterioso da Arca da Aliança, as águas do rio se abriram (parecido ao evento do Mar Vermelho com Moisés), e eles cruzaram o rio a pés enxutos. Se o rio representa o campo magnético fluindo de Norte a Sul, e se essa passagem do povo para as fronteiras de Canaã, a Terra Prometida (que representa uma dimensão paralela), ora, foi preciso, por meio de alguma tecnologia, romper o campo magnético local para criar uma espécie de Portal.

Algo parecido com o que se verifica na Antártida.

E se um Portal nos leva a uma dimensão paralela, então pode estar realmente certa aquela teoria que assegura que existem bases alienígenas secretas por baixo daquela vastidão de gelo… aliás, o filme Superman pega essa idéia ao colocar nas geleiras a base extraterrestre do Filho de Jor El.

Sobre os relógios, o que deveria acontecer, de acordo com a Relatividade, é que os ponteiros começassem a girar mais lentamente até pararem.
O paradoxo do espaço e do tempo em zonas de portal saltando ao Hiperespaço, onde todas as coordenadas da Física vigente deixam de existir.

Uma relação interessante entre Portal (Ufos) e redemoinho/vórtice aparece algumas vezes na Bíblia, e destaco três delas: a Merkabah de Ezequiel, a subida do profeta Elias nos carros de fogo, e a aparição do “Senhor” a Job.
EM II Reis, capítulo 2, acontece o evento de Elias que, ao lado de Eliseu, seu sucessor, antes de ser tomado aos céus por Carros de fogo dentro de redemoinhos, eles abriram o rio Jordão e passaram a pé enxuto sobre seu leito (a relação com o Campo Magnético da Terra).

No versículo 11 está escrito que Elias subiu ao céu num redemoinho.
Já nas passagens de Job, no capítulo 38 v1, está escrito que o Senhor se manifesta a Job num redemoinho.

E é claro, a visão do profeta Ezequiel e a Merkabah sobre o rio Cobar, quando também o termo “redemoinho” (vórtice) é usado para representar a manifestação do Trono voador do Senhor, o qual, na concepção ufológica, mostra claramente que UFOs abrem portais e transitam entre as dimensões através deles.

No hebraico, a palavra usada para Redemoinho é
SHwRH, que vale 335 e soma 11 (sempre 11, que no Taro se chama
“A Força”)

JP em 01.05.2020

Comentários
Compartilhar