Passagem misteriosa é descoberta na Pirâmide da Lua em Teotihuacan

Teotihuacan é uma das maiores cidades pré-hispânicas estabelecidas no centro do México. Cavernas e túneis foram encontrados anteriormente sob dois edifícios importantes: o Sol e as pirâmides de Quetzalcóatl, provavelmente dedicadas a cerimônias religiosas sobre o submundo, a fertilidade e a criação da humanidade. 

O objetivo principal deste estudo foi fornecer evidências concretas sobre a existência de uma cavidade abaixo da Pirâmide da Lua, a segunda maior estrutura do local. Para tanto, foram aplicados os levantamentos ERT e ANT, técnicas geofísicas não invasivas que permitiram a identificação de um vazio sob a Pirâmide da Lua e alguns túneis de acesso.

Os especialistas acreditam que a cavidade misteriosa era destinada a funerais e rituais de morte, quase que como uma passagem “para o outro mundo”. O trabalho contou com arqueólogos do INAH e geógrafos da Universidade Autônoma Nacional do México.

O impacto histórico dessa descoberta abre a discussão sobre o significado simbólico dessa pirâmide e as origens do planejamento urbano no local.

Fonte

Comentários
Compartilhar