EspiritualidadeMistérios

Os mistérios do Corpo Astral

Ele é apenas um entre os vários veículos de energia que vestem nosso espírito puro, saído nu das Fontes primárias da Criação.

Ele é uma réplica do corpo físico ou, melhor dizendo, o corpo fisico é uma réplica dele. Ele está muito além do simplificado “perespírito” da doutrina espírita, até porque a Ciência Hermética antiga, coerentemente com os conceitos egípcios e hindus, fala em sete veículos de energia do Espírito puro, e o corpo físico é o mais denso de todos eles.

O corpo astral também se alimenta com um tipo de energia vital própria.

Uma alma desperta do outro lado, mesmo que não tenha corpo físico vivo, pode continuar um estilo de VIDA consciente no plano astral (o que não acontece com os mortos comuns que, por não terem trabalhado os poderes dos sete veículos através das ciências herméticas e suas disciplinas, ficam apenas vestidos com trapos astrais em seu estado de adormecimento no Limbo, até soar o dia do Julgamento quando então os Juizes do Karma decidirão os caminhos da sua nova encarnação).

Outro erro comum é dizer que essas almas adormecidas é que escolhem seu destino antes de encarnarem.
Isso não se comprova à luz da verdade, embora tenha se tornado crença (equivocada) muito difundida.

Os egípcios chamavam o corpo físico de KHAT, e o corpo vital ou corpo etérico, contraparte do físico, de KA, seu fundo de energia.

O corpo astral é o BA, que se nutre através do KA, e o KA é o elemento intermediário entre ambos, e mesmo depois da morte, os seres iniciados e despertos continuam vivendo nas moradas astrais usando o seu BA, e que também deve ser alimentado com energias vitais de diversas fontes.

Artigos relacionados

Quem sai em corpo astral e se depara com outra alma na mesma condição, perceberá que o corpo astral tem a mesma energia viva que um corpo físico, e tem tato, solidez própria, densidade própria, calor e alma respirando vida nele.

SAHU era o corpo espiritual para os egípcios, e para vestí-lo, a alma peregrina e iniciada nos mistérios precisa unir seu KA e seu BA, para saltar no nível acima de energia do corpo espiritual.

Representação do BA flutuando sobre a múmia (Khat)

A vivacidade consciente de todos estes veículos superiores da alma era fundamental para se aplicar o segredo da ressurreição física, conforme a tradição das múmias do Egito cujos vestígios de sabedoria se encontram claramente inseridos na condução dos evangelhos em relação às temáticas da ressurreição de Cristo e dos seus escolhidos no dia do Arrebatamento.

Para que o corpo físico ressuscite, ele precisa de todas aquelas vestimentas ocupadas com o poder-Luz da Fonte, que é o espírito.

E assim, temos uma só alma manifestando vida consciente em vários planos do Universo através de todos estes veículos integrados pelo mesmo fio de energia e conexão psíquica.

A sofisticada ciência espiritual dos egípcios é tão profunda quanto a dos hindus, e as verdadeiras doutrinas espirituais da atualidade conservaram estes mistérios a salvo da grande diluição e generalização que o Espiritismo lhes aplicou, reduzindo muito o corpo de doutrina e, pior, distorcendo muita coisa.

Deus Khepra, símbolo do Sol da manhã e da ressurreição

Mas os guardiões da Doutrina Pura estão vigilantes diante das entidades das sombras em sua missão de cobrir de lama o ouro da Verdade. Afinal, eles são os viajantes do Cosmos em seus corpos astrais vivos e conscientes, se alimentando de toda luz e toda energia viva que brota no Sol e na Terra, vivendo preciosamente entre os dois mundos.

Em outras palavras… Anjos.
Com diversos graus de maestria e nível de ascensão na Escadaria celestial.

JP em 14.05.2022

Comentários

Botão Voltar ao topo