O Poder secreto do Ouro na teurgia dos israelitas

A tecnologia espiritual do ouro

YHWH Jeová não queria ouro para si mesmo.

Se Ele recorreu ao uso de ouro em alguns artefatos, como a Arca da Aliança ou o Templo de Salomão, não ra para Ele mesmo, mas para os seus sacerdotes.

Porque o ouro era o melhor metal captador de vibrações a ser usado para criar portais de conexão com o Espírito do Senhor em sua dimensão superior.

De que serve ouro para um Ser Imaterial?
Para nada!

Mas para os humanos encarnados, ele servia a esse propósito tecnológico e espiritual combinados, digamos assim. O ouro é um metal nobre, e desde a antiguidade, é celebrado por seus poderes espirituais.
Embora tenha caido hoje no puro materialismo.

Em muitas passagens, YHWH usava o simbolismo do ouro e da prata para se referir às almas humanas, que Ele purificaria no fogo como quem purifica aqueles metais para remover suas impurezas. A alma humana é o ouro para Deus, e suas impurezas, o ego.

O ouro também sempre foi empregado como símbolo do espírito, em todas as culturas antigas, devido a sua beleza incorruptível. As modernas teorias que falam em cobiça dos deuses por ouro são apenas uma projeção da cobiça humana naqueles seres ancestrais.

Vou escrever ainda alguns temas sobre isso, explicando porque o ouro era usado como forração do templo de Salomão e da Arca da Aliança.

Submetido a vibrações e frequências específicas, ele criava uma espécie de campo sônico capaz de reduzir a rigidez da terceira dimensão, onde então os sacerdotes entravam mais facilmente em contato com o Espírito de YHVH e seus Anjos.

A chave do ouro está em seu peso atômico elevado e calor especifico.
Seu núcleo pesado (número atômico 79) abaixo do mercúrio e do chumbo, associado à sua incorruptibilidade, o transformaram no metal captador de vibrações e criador de campos sônicos especiais capazes de dotar o ambiente (no caso, o Templo) de ressonância com as outras dimensões.

Há também as teorias sobre o ouro monoatômico.

Mas se YHWH era espírito, e determinava que estes artefatos fossem revestidos com ouro, isso não o torna um banqueiro, acionista ou minerador intergaláctico,
Porque era Espírito, e para o Espírito, nada disso se aproveita.

Contudo, era para os humanos que Ele entregou essas chaves.
Para criarem tecnologias que, combinadas a rituais teúrgicos (coros, vozes, instrumentos e invocações atuando dentro dos templos forrados com ouro) ajudavam a abrir portais dimensionais de contato com YHWH, quando os mesmos textos da Bíblia asseguram que YHWH preenchia todo o templo com o seu poder…

Essa é a principal chave secreta do ouro como CONDUTOR DE VIBRAÇÕES… as vibrações da palavra dentro do tempo forrado penetravam nos átomos do ouro, com núcleos de grande densidade e partículas vibrando intensamente, e estes núcleos do ouro, dentro de uma propriedade que só o ouro contém, se abriam para outras dimensões, transferindo assim aquelas vibrações, vozes, sons, orações… que então o Espírito “ouvia melhor”.

Não por Ele mesmo, mas para facilitar a vida dos humanos caídos na matéria densa e na surdez espiritual. Até porque os seres despertos, como Moisés e Jesus, entravam em contato com o Pai sem precisar de nenhum recurso. Eram tecnologias que serviam apenas no tempo da queda… quando a conexão com o Espírito foi interrompida pelo ego animal denso.

Porque o Senhor YHWH era invocado pelos sacerdotes diante da Arca da Aliança e dentro do Templo de Salomão, ambos forrados com ouro não para envaidecer um deus avarento, e sim, para criar campos sônicos e linhas de conexão com o Espírito de Deus… atalhos porque o ser humano estava (e ainda está) caído no adormecimento de suas faculdades espirituais originais.

Contudo, os humanos modernos, possuídos pela cobiça material do ouro, e completamente ignorantes a respeito da “tecnologia espiritual do ouro” é que projetam seus demônios internos nas realizações do Senhor da Torá, YHWH, deturpando com sua ignorância as poderosas chaves que aquele povo escolhido conhecida nos tempos em que andava em comunhão com o seu Senhor.

O uso do ouro era exclusivo para essa finalidade, e não para ornar casas ou templos dos reis, ou outras extravagâncias humanas que estimulassem a cobiça humana que já é enorme. Era uma finalidade sacerdotal, ritual. Nada a ver com esnobismo ou ostentação material.

É claro que para humanos desta espécie, a tecnologia espiritual do ouro foi ocultada, para não cair em mãos sujas e indignas disso.

Além do fato que o mesmo Senhor YHWH entregou naquele tempo as chaves da Alquimia secreta, que podia converter chumbo em ouro da melhor qualidade, o que tornava desnecessárias as supostas guerras e invasões em busca do nobre metal.

O valor das coisas esta conforme o nível moral de cada um. Para eles, o valor destas preciosidades não era ornamental ou ostentador, mas puramente ritualístico e teúrgico. Ouro, cristal e pedras preciosas, tinham um valor de culto, por causa da magia dos elementos que a teurgia dos sacerdotes conhecia e sabia como manipular a favor de seus contatos com o mundo espiritual.

Os incas usaram poderosamente o ouro nas mesmas finalidades secretas… e foram conhecidos como os povos que tinham acesso a quarta dimensão da Terra.

Para o ego, não existe tecnologia espiritual.
Porque ele só pensa no aspecto material de tudo isso e como pode explorar os demais em nome do poder.

É preciso saber mais… para compreender melhor.
Só o conhecimento combate a ignorância.

JP em 04.01.2021

Comentários
Compartilhar