O número dos 144 mil eleitos de Deus oculto nas medidas da Arca de Noé

A poderosa Cabala em ação!

Primeiro de tudo, as versões modernas da Arca de Noé, como consta no Slide, são conforme as ilustrações antigas que viam naquela Arca um barco (a ideia mais lógica, afinal, em se tratando de um Dilúvio).

Pois bem, mas pelas medidas expressas do Gênesis 6, tudo o que aquela comprida caixa de madeira betumada, em proporção 10:1, tinha de acréscimo era uma porta lateral e uma provável abertura no teto, além dos três niveis ou andares internos.

Todo o resto, proa, popa, casco curvado, tudo isso é interpretação artística ao longo dos séculos.
Aliás, como é comum de acontecer dentro da iconografia religiosa.

Dito isso, temos um cálculo que nos permite relacionar de forma direta a Arca de Noé com o grupo dos eleitos do Apocalipse, dentro do mesmo plano de resgate por Deus aplicado.

Primeiro, multiplique as medidas da Arca para obter seu volume:
300 x 50 x 30 = 450.000 côvados cúbicos.

Esse número registra o o valor do nome de Adão, 45 vezes 10.000.
Pode ser uma cifra secreta que determina o número de indivíduos daquela primeira civilização, quando ela fez história registrada e nos chega atualmente… as origens no vale da Mesopotâmia.

Pegue aquele valor e divida por três: porque três foram os filhos de Noé, os pais de todas as raças da Terra: Shem, Cam e Jafé, nomes do hebraico que significam:

Shem: o Nome
Ham: a energia
Jafé: o que abre
(A Energia do Nome que Abre? Estão falando do tetragramaton YHWH, o Nome que abre todas as portas do Universo)

Então, temos 450.000/3 = 150.000.

Agora, basta subtrair deste valor o período de história registrada desde a Suméria, o berço da civilização, o primeiro núcleo (talvez de cerca de 10.000 indivíduos) que se organizou após o Dilúvio.

E isso é cerca de 6.000 anos (o que já nos coloca no Sétimo Milênio da Civilização, aquele milênio que, segundo o Apocalipse, entraria no Shabat, Sétimo Dia, quando a Criação deve entrar em Pausa: o que se liga ao significado do nome Noé, Noah, repouso!

Ficando 150.000 – 6.000 = 144.000!

Essa é apenas uma amostra do infinito acervo de conhecimentos contidos dentro da Bíblia e decodificáveis a partir dos instrumentos da Cabala.

O que nos permite fazer a relação com a Arca de Noé, os 144 mil e os atuais planos de resgate diante do novo “dilúvio” que se aproxima.
Lembrando também que o nome do monte onde os 144 mil foram reunidos, Sion, significa Marco, Sinal, Coluna.
E a arca de Noé também encalhou no topo de um monte chamado Ararat, na atual Turquia.
O nome Ararate significa “alto” ou “solo sagrado”. A imagem de um plano superior, de um nível dimensional superior, um andar acima do Universo alcançado pela “tecnologia” da Arca de Noé.

ARRTh vale 410, o mesmo valor de Kadosh (QDUSh), o Nome de Deus repetido pelas quatro criaturas da Merkabah, dizendo SANTO SANTO SANTO é o Senhor YHWH… A Merkabah assim associada a Arca!

E que a Arca de Noé era tudo, menos um barco.
Era um grande travessão de madeira.
Se colocada em pé, ela era um grande monolito ou coluna de madeira.
Só para você estabelecer as devidas ligações…

A Bíblia é muito mais profunda e maravilhosa do que muitos possam imaginar.
Para compreender melhor é preciso saber mais, muito mais…

JP em 03.01.2021

Comentários
Compartilhar