EspiritualidadeMistérios

O jovem astrólogo indiano, que fez previsões sobre a atual pandemia, agora nos fala de um desastre em fevereiro de 2021

Abhigya Anand um popular garoto indiano previu que sob a influência de seis estrelas um desastre surpreendente poderia acontecer em fevereiro de 2021.

Além disso Anand anunciou no início do ano novo que havia criado um site oficial pessoal para postar mensagens para se livrar da censura da mídia social e mensagens falsas.

O indiano Anand, de 14 anos tornou-se popular online porque previu o início da epidemia no ano passado, além de prever com total acerto que a pandemia sofreria uma grande piora a partir de dezembro de 2020, com novas ondas.

Ele também previu que o mundo estaria em perigo de novembro de 2020 a novembro de 2021.

Ele disse que Júpiter entraria na constelação Capricórnio em novembro de 2020 e o desastre começará novamente. Em particular a rara conjunção entre Júpiter e Saturno em 21 de dezembro de 2020 afetará a Terra, desde guerras, epidemias a colapsos econômicos e pode haver problemas com a vacina em desenvolvimento.
(Na visão mística hindu dele, o jovem não fez associações entre este sinal e a Estrela de Belém, numa nova irradiação crística, de modo que sua previsão é incompleta, mas válida).

Uma cepa mutada apareceu pela primeira vez no Reino Unido. Esta nova cepa tem uma taxa de transmissão 70% maior do que a cepa anterior, e se espalhou para mais de 50 países e o vírus mutante passou a atacar adultos jovens e muitos adultos morreram no vírus. Em 12 de janeiro o número de pessoas diagnosticadas em todo o mundo era de 91,38 milhões o que equivale a 1 em cada 100 pessoas.

Tudo isso confirmou a previsão de Anand sobre a epidemia.
Além disso, crops circles que eu interpretei falaram nas mesmas mutações mortais do vírus.

Anand previu que em 10 de fevereiro de 2021 haverá uma “conexão de seis estrelas” ou seja o sol, Vênus, Mercúrio, Júpiter, Saturno e a Lua estarão conectados em uma linha reta assim como um gavião cristalizado. Isso significa que maiores forças das trevas impactarão a Terra e poderá haver desastres surpreendentes e a economia poderá até entrar em colapso, segundo ele.

(Não é mito que fevereiro é um mês de fama muito negativa nesse aspecto)

Mapa do dia 10 de fevereiro de 2021, ao meio dia (SP)

Trata-se de um tremendo acúmulo planetário na região de Capricórnio e Aquário, e pra piorar, lançando quadratura intensa contra Marte-Urano.
Essa foi a situação astrológica que levou o jovem indiano nas deduções que ele tira, e esses impactos podem ser não somente geológicos como sociais, políticos, etc.

Tensão cósmica violenta para fevereiro de 2021
O que você vê abaixo é uma disposição astrológica muito tensa, que se formará no dia 10 de fevereiro, por causa de um acúmulo planetário em linha (alinhamento), que estará em quadratura intensa com outros planetas.
Aliás, aquele jovem astrólogo indiano já observou como eu essa disposição, e não fez previsões muito boas.

Lembrando que, se em 10 de fevereiro, com a entrada da Lua nova no dia 11, se dá a culminação dos prognósticos, até lá a Onda Gravitacional gerada vai crescer de intensidade, e veremos todo tipo de impactos acontecendo, diariamente, geológicos, sociais, políticos.

Trata-se de um tremendo acúmulo planetário na região de Capricórnio e Aquário, e pra piorar, lançando quadratura intensa contra Marte-Urano.
Essa foi a situação astrológica que levou o jovem indiano nas deduções que ele tira, e esses impactos podem ser não somente geológicos como sociais, políticos, etc.

Realmente, nenhum astrólogo vê tal disposição como suave ou isenta de impactos muito fortes para o mundo.
Abaixo, o mapa do sistema solar no dia 10 de fevereiro, mostrando os seis astros em linha, numa forte quadratura com Marte-Urano (fora o objeto P 7X, sistema Nêmesis, que também está nesta fila indiana e o garoto deve desconhecer sua existência.

Anand disse que até Júpiter entrar na constelação de Aquário em novembro de 2021 a maioria dos desastres causados ​​por essas mudanças astronômicas desaparecerão gradualmente e a economia mundial começará a se recuperar (o que também não se encaixa com a linha do Apocalipse, porque a cultura do jovem é hindu, não cristã).

Uma maneira previsível é o uso da “astrologia védica”, também conhecida como “astrologia indiana” (astrologia jyotish), originada no antigo sistema indiano de astrologia e a astrologia ocidental é diferente. E Anand, de 14 anos, já é um mestre da astrologia védica.

Além de ser proficiente em “Astrologia Védica“ Anand também está familiarizado com Ayurveda (Ayurveda, refere-se à medicina tradicional indiana), Sânscrito e administração. Ele obteve o título de mestre em microbiologia herbária e está estudando para um doutorado em astrologia financeira então Anand é um verdadeiro prodigio.

Vídeos:

JP em 23.01.2021

Veja também:

Comentários
Compartilhar

Botão Voltar ao topo