Menino indiano que previu a pandemia prevê algo mais grave a frente

Abhigya Anand, um astrólogo indiano de 14 anos, previu a pandemia de coronavírus em agosto de 2019 e agora alertou para uma nova tragédia que poderia atingir o mundo em 2021 e projetou quando esse conflito global que gerou a Covid-19 terminaria. Guarde bem este nome.

Ele é o aluno mais jovem a concluir seus estudos sobre Vastu Shastra: uma doutrina antiga da cultura hindu que analisa como as leis da natureza influenciam as construções da humanidade. Ele também possui pós-graduação em Microbiologia Ayurvédica.

Este menino hindu lançou um vídeo em agosto de 2019, avisando que haveria uma doença que se espalharia pelo mundo. Agora ele compartilhou outro vídeo no YouTube, que já tem mais de 705 mil visualizações nesta rede social, onde apontou que 5 de setembro seria o momento em que o coronavírus terminaria. Além disso, ele disse que a imunidade é a única maneira de acabar com os surtos de contágio.

Anand também alertou sobre a importância de “parar de matar animais e prejudicar a mãe natureza” porque – como ele observou – isso afeta o Karma. De acordo com isso, ele projetou que uma nova tragédia começaria em 20 de dezembro, que começará em março do próximo ano.

Aulas de astrologia com 10 anos

O menino prodígio começou um aprendizado avançado desde muito jovem e, aos sete anos, estava visitando os templos na Índia e estudando uma das línguas mais antigas do mundo, o sânscrito. Aos 10 anos, ele se matriculou em aulas de astrologia depois de ver um pôster anunciando-as. Havia inicialmente algumas preocupações de que ele não teria o conhecimento necessário, dada a idade, mas não demorou muito para ele se destacar como o melhor de sua classe.

Inveja de colegas e professores

Como pode acontecer, seu conhecimento superior despertou inveja e suspeita de seus colegas mais velhos. Até os professores demonstraram desconforto, a ponto de impedirem que ele fizesse perguntas em sala de aula. Esse tratamento chegou ao ponto dele sofrer bullying, mas nada conseguiu impedir Anand, que se formou no Vastu Sastra, uma doutrina hindu sobre a influência das leis da arquitetura e da natureza.

Seu foco e talento, e presumivelmente uma grande dose de sorte, o fizeram prever esse “grave perigo para o mundo”, mas suas previsões sobre a pandemia continuaram. A previsão inicial de Anand mostrou-se correta com a pandemia do Covid-19, mas ele também disse em 29 de maio que o número de casos de coronavírus diminuiria gradualmente e sua previsão é de que até 5 de setembro de 2020 o vírus será completamente erradicado. Dadas as taxas atuais de infecção, isso parece extremamente otimista.

O surto “extremo” de dezembro

De acordo com Anand, porém, outro surto ocorrerá por volta de 20 de dezembro de 2020 e será mais extremo, com outros desastres vindo até março de 2021.

O jovem astrólogo explica que naqueles disa os planetas de Saturno e Júpiter estarão “completamente alinhados”. Os efeitos dessa conjunção, diz Anand, causarão “muitas doenças, destruição e possivelmente fome” entre a população, porque será muito difícil para os agricultores colherem seus produtos.

É importante notar que, na realidade, o movimento dos outros planetas no Sistema Solar não tem impacto na vida dos seres humanos no planeta Terra, a não ser uma força gravitacional muito suave, que seria completamente imperceptível para qualquer pessoa sem equipamentos avançados de medição.

Porém, o menino alerta:

Não restará nenhum ser humano vivo se as pessoas não agirem.

Segue o seu vídeo

**************************************************

A Astrologia é uma ciência de “Cosmologia quântica” que pode prever o futuro? Temos duas provas recentes disso.

Cosmologia quântica seria um desenvolvimento da Física Moderna, que ainda não conhece a conexão entre a Mecânica quântica e a Gravidade, ou Mecânica celeste. Cosmologia quântica seria um entendimento superlativo dessa conexão perdida, e que transforma o sistema solar num mini-átomo não mais regido pelo Princípio da Incerteza, porém, antes, pelo Princípio Determinístico, que transforma todos os movimentos e combinações de movimentos orbitais planetários em comandos específicos na forma de Matrizes Harmônicas ou vibrações tais capazes de modular os padrões quânticos conforme as combinações planetárias (que nunca se repetem na dinâmica do Espaço-Tempo) envolvendo o conceito de ciclos e repetições de energia, as quais, inseridas no Subconsciente coletivo (a prerrogativa de que o Universo é MENTE), produzem comportamentos e eventos, individuais e globais, os quais, nessa dinâmica, se tornam previsíveis, exatamente como os mecanismos de um relógio que, marcando as fases do dia ou do ano, podem prever mudanças de padrões (dia, noite, calor e frio, inverno, primavera, etc) antes destas fases chegarem. A chave final está em entender como a Malha cósmica integrando macro e microcosmo comporta um mesmo tecido MENTAL CONSCIENTE que sofre influências dessas duas mecânicas assim combinadas, gravitacional-planetária e quântica subatômica.

Previsões existem, e a Astrologia indiana sempre foi muito precisa.
Não bastam os astros escreverem o Livro do Destino nos céus, é preciso que hajam bons leitores das estrelas.
A Astrologia tem sido ridicularizada em função dos maus leitores e aproveitadores da fé alheia, oportunistas e exploradores comerciais.

Mas isso não invalida a sabedoria dos bons leitores dos astros.
E esse menino é um exemplo, e a própria Biblia nos adverte que, no final dos tempos, Deus abriria as visões de muitas pessoas com sentido profético mesmo. Muitos de nós, em diversas ocasiões, podemos estar tendo esses sonhos proféticos do amanhã sem nos dar conta.

Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel:
E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, Que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; E os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, Os vossos jovens terão visões, E os vossos velhos sonharão sonhos;
E também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e as minhas servas naqueles dias, e profetizarão;
E farei aparecer prodígios em cima, no céu; E sinais em baixo na terra, Sangue, fogo e vapor de fumo.”

Atos 2:16-19

Estamos vivendo esse tempo!

O fato é que realmente algo grande se aproxima, e as previsões do menino para o fim deste ano e começo do outro, envolvendo planetas e alinhamentos, coincidem com precisão com as previsões sobre o objeto P 7X, que se alinha atualmente com os planetas pelo menino mencionados.

“De acordo com Anand, porém, outro surto ocorrerá por volta de 20 de dezembro de 2020 e será mais extremo, com outros desastres vindo até março de 2021.”
Esse período de dezembro de 2020 até março de 2021 coincide com o tempo de entrada do objeto P 7X na parte mais interna do sistema solar, cruzando as órbitas da Terra, Mercúrio e Vênus rumo ao periélio solar, que será justamente em meados de março de 2021.

E em outra coisa concordo com ele: Karma.
Astrologia é a ciência que estuda a Lei da Causa e Efeito que é aplicada no Destino por meio de comandos emitidos pelos planetas em movimento. O próprio calendário maia é uma astrologia baseada nos ciclos e nos planetas, diferente do arranjo da Astrologia ocidental, mas com o mesmo entendimento do universo cíclico e das forças cósmicas articulando os destinos do mundo.

Aliás, tivemos notícia de um astrólogo uruguaio que previu a mesma coisa, uma pandemia em 2020, e ele previu isso antes do menino da Índia.

Dois astrólogos prevendo um mesmo evento com acerto demonstra a validade da Astrologia como ciência nas mãos de pessoas habilitadas e competentes, e não nas mãos dos exploradores.
Aliás, como tudo.
E enquanto isso, João Bidu, astrólogo brasileiro, previu que 2020 seria um ano “mais leve”…
Há astrólogos e astrólogos…

JP em 12.06.2020

Veja também:

Comentários
Compartilhar