CiênciaTerra

Kepler – NASA descobre planeta e cientistas dizem terem esperança de ser a “Segunda Terra”

Cientistas da NASA descobriram um exoplaneta do tamanho da Terra que é notavelmente semelhante ao nosso planeta.

A NASA diz que uma equipe de cientistas transatlânticos estava analisando antigas observações do telescópio espacial Kepler, agora aposentado, quando descobriram o planeta, Kepler-1649c, orbitando na zona habitável de sua estrela. Essa é uma área onde um planeta rochoso poderia suportar água líquida.

De todos os exoplanetas encontrados pelo telescópio Kepler, a NASA diz que este mundo distante – localizado a 300 anos-luz de nós – é mais semelhante à Terra em tamanho e temperatura estimada.

“Este mundo intrigante e distante nos dá uma esperança ainda maior de que uma segunda Terra esteja entre as estrelas, esperando para ser encontrada”, disse Thomas Zurbuchen, administrador associado da Diretoria de Missões Científicas da NASA em Washington, como nos conta o site.

A NASA diz que o mundo recém-revelado é apenas 1,06 vezes maior que a Terra e a temperatura do exoplaneta pode ser semelhante à do nosso planeta, devido à quantidade de luz estelar que recebe.

No entanto, ao contrário da Terra, a NASA diz que este exoplaneta orbita uma anã vermelha, um tipo de estrela que é conhecida por erupções estelares que podem tornar o ambiente de um planeta desafiador para qualquer vida em potencial.

Kepler-1649c orbita sua pequena estrela anã vermelha tão perto que um ano em Kepler-1649c é equivalente a apenas 19,5 dias terrestres.

Existem outros exoplanetas estimados como mais próximos da Terra em tamanho e temperatura, mas a NASA diz que não há outro exoplaneta que seja considerado mais próximo da Terra em ambos os valores que também se encontrem na zona habitável do seu sistema.

Comentários
Botão Voltar ao topo