Deus em manifestação ainda é a melhor prevenção!

(um relato pessoal)

Faz alguns anos, eu trabalhava numa certa repartição pública.
O edifício ficava ao lado de um terreno baldio repleto de mosquitos da dengue.
E a cada nova estação (final da primavera, começo de verão) a ameaça da doença se repetia.

Eu trabalhava com vários colegas naquele setor, e todos, apavorados por causa dos mosquitos, e o nosso espaço era no térreo, bem do lado do terreno baldio, e nossas salas ficavam entupidas de mosquitos da dengue.
Uma paranóia anual tomava conta de todo mundo, eu via gente se cobrindo de repelente, usando roupas compridas (mesmo no calor) tudo para fugir do mosquito.
E eu?
Não ligava para nada!
E na verdade, como era calor, a repartição tinha certa flexibilidade na questão dos vestuários, e permitia que os homens usassem bermuda no verão. E eu usava mesmo.

E, de fato, a maioria apavorada e acovardada pelo mosquito começou a pegar dengue, um atrás do outro.
E TODOS do meu setor pegaram a doença. Alguns em certo ano, e outros nos anos seguintes.
Menos eu.
Chegaram até a brincar, falando…”só falta você”, “vamos ver se esse ano você pega”… “você não é melhor do que ninguém” … uma hora vai pegar… (essas gentilezas de certos colegas de trabalho!!!)
Mas eu nunca pegava. E eu nunca peguei dengue.
E não foi por falta de picadas de mosquitos, porque haviam muitos mosquitos por lá, e fui mordido várias vezes (eu estava de bermuda, lembram?)
Pois é, eu nunca peguei dengue, para DESAPONTAMENTO dos meus colegas, que não se conformavam com isso, porque todos tinham contraído a doença. Parece incrível, mas é verdade, eu reparei que eles ficam TRISTES diante da minha situação.

Mas, nada que me espante no gênero humano atual.
Meu segredo?
Ah sim, eu não sou uma pessoa que prega uma coisa e faz outra.
Ontem, falamos de máscaras e Covid-19, certo?
Eu só uso porque sou obrigado por lei a usar.
Caso contrário, eu não usaria.

Pelo simples fato de não temer NADA em relação a essa doença.
Nada mesmo.
E dei o exemplo da dengue para ilustrar o poder real do pensamento positivo.
Porque, nos tempos da dengue, eu não estava nem ai para os mosquitos.
Eu via meus colegas, aflitos o tempo inteiro, passando repelente de hora em hora, uma paranóia se instalou ali
E eu senti como essa era a armadilha perfeita para a doença chegar até eles.

Consideremos que o PENSAMENTO é um tipo de onda eletromagnética.
E sendo, ele tem poder de atração, até mesmo em termos da Física (força eletromagnética).
Agora, calcule uma pessoa pensando o dia inteiro na possibilidade de contrair tal doença e vibrando MEDO todo o tempo?
Conclusão: pegará a doença em questão de tempo.
Por isso, não adianta você se proteger todo, passar álcool gel no corpo todo, usar máscaras sobre máscaras, e sair morrendo de medo nas ruas … o medo vai ser a sua armadilha. Não só para COVID 19, mas para tudo de ruim nessa vida.

Eu pratico o que ensino.
Eu costumo ter fé em DEUS, ainda que essa fé seja atualmente ridicularizada por muitas correntes do pensamento moderno. Mas eu não estou NEM AÍ para elas. Como não estava nem aí para os mosquitos, e não estou nem aí para o novo virus.
Se você tem fé no Criador, e sabe que ninguém morre nessa vida de véspera, e sabe que tudo já está escrito, e confia nisso, você acaba ajudando o Criador no sentido de uma proteção total na vida.

A mente humana, aliada ao poder do espírito e do conhecimento dos potenciais do pensamento, é capaz de fazer milagres. O grande problema é que, cercados de tecnologia que estamos, e educados cada vez mais no comportamento de máquina, estamos abandonando aos poucos a nossa auto-confiança, migrando cada vez mais para os recursos artificiais da máquina. Estamos abandonando o nosso próprio e fantástico cérebro para creditar mais valor e confiança na “infalibilidade” das máquinas.
E esse tem sido o nosso pecado capital.

A sabedoria e filosofia do Oriente sempre teve uma postura mais evoluída diante da MORTE que os ocidentais, e isso ajuda muito a manter uma postura serena diante da morte, o que significa um medo quase inexistente de morrer.
Esse medo da morte é a grande sombra que acompanha a muitos nessa vida.
Uma atitude mais positiva muda muita coisa.
Isso não quer dizer que você saia a cometer todas as extravagâncias, abusos e excessos, sem se preocupar com as consequências.
Não. Temos que cumprir a nossa parte, o corpo é um templo, e a Bíblia diz que esse templo NÃO NOS PERTENCE. Mas a Deus. E nos exorta a cuidar dele, mantendo-o limpo, saudável e apresentável diante do Criador.
E a Escritura acrescenta: iremos prestar contas de tudo o que fizemos com esse corpo depois da morte!

O que não podemos é evitar o destino.
Que cada um faça a sua parte, e confie que o Criador fará a parte Dele.
O que faz sentido, porque, se o Criador nos deu esse corpo, essa vida, e nos pediu para cuidarmos dela, da melhor forma que pudermos, é lógico pensar que Ele nos protegerá de tudo.

Mas esse pensamento está morrendo na era moderna.
As mídias praticantes de terrorismo mental NUNCA ABORDAM O LADO ESPIRITUAL nas questões de pandemia e todas as outras. E até debocham de tudo isso, quando podem, ALEGANDO CONFIANÇA ABSOLUTA NOS PODERES DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA.


Contudo, milagres, curas inexplicáveis e escapes incríveis da morte vão continuar acontecendo, desafiando toda a ciência e tecnologia existentes.
Isso porque MAIOR é DEUS, e Deus está em tudo, e de tudo sabe, e tudo pode.
Se o Criador gerou todo o Universo, não terá forças para dobrar um mosquito, ou desviar um vírus do nosso nariz?

Quer usar máscaras? Quer tomar banho de alcool gel?
Faça isso! Mas apenas saiba que, se você sair pela vida sem confiança na Providência Divina, sai sem a melhor parte, a parte que faz toda a diferença.

Foi por confiar nisso, sempre, desde o dia em que vim a este mundo, e não permitir jamais que as vozes do Sistema ateista, materialista e cínico que aí está modificassem a minha forma de sentir e compreender o DESTINO, que hoje eu estou aqui, partilhando tudo isso, com uma força e firmeza, e escapando de inúmeras situações de forma inexplicavel… que se eu contar, ninguém acreditaria.

O que eu prego, eu pratico.
E se pratico, é porque dá certo mesmo.
E as lições do passado, e todos os seus desafios, me ensinaram a ser mais forte, e ter ainda mais confiança em Deus do que nunca. Medo? Raramente tenho medo de morrer, até porque já foi bom viver nesse mundo, mas do jeito que as coisas andam, sempre me lembro de outra passagem bíblica, aquela que diz que os vivos iriam invejar os mortos… acho que já estamos nesse tempo … e isso também me deixa mais desapegado não da vida, mas do Sistema de vida desse mundo repleto de zumbis, manipulação e mentiras.
Já foi melhor viver aqui… mas agora, não vejo muito lucro não.

E isso me ajuda a me desapegar desse tipo de existência que os donos do mundo estão criando para os seus rebanhos, e tal desapego não da vida, mas da existência aqui em baixo, me ajuda a não ter medo algum de morrer.
E essa ausência de medo é o real preventivo para uma série de coisas.

Fé vem do termo FIDELIDADE.
Deus em manifestação começa acreditando que existe mesmo um Criador de todo o Universo, e se esse Criador é Onisciente, Ele saberá tudo, e terá ouvidos para tudo, e regulará desde a marcha das grandes galáxias do Universo como também a vida de seus filhos em qualquer um dos mundos onde Ele colocou filhos para viverem.

Deus em manifestação continua sabendo que Ele está também dentro de nós, e essa porção de Deus dentro de nós se comunica com o Universo, Deus ao redor, e se soubermos conectar uma a outra, encontraremos a chave suprema do poder.
E o maior argumento desse divino poder é que Ele é carregado de amor, e assim sendo, sempre vai trabalhar para o Melhor em nossas vidas, desde que saibamos cumprir a nossa parte no processo chamado Destino.

Eu não sei quanto a vocês, mas eu coloco 100% de certeza da existência desse poder consciente operando em tudo, chamado Providência, e minhas orações sempre dialogam com a Providência maior como quem dialoga com um amigo íntimo e pessoal, para quem eu não tenho segredos.

O Poder, a Sabedoria e o Amor e Deus ao meu redor, disponíveis ao meu coração, bastando que eu peça por isso, que eu confie nisso e, depois, seja grato a tudo isso!

Ter fé em Deus significa ser fiel ao Amor que você sabe que nunca lhe trairá ou desapontará.

Até agora, Deus não me desapontou… mas alguns humanos, sim, sempre me desapontam, bem como desapontam ao Pai,
como aqueles “colegas de trabalho” que, todos os anos, se reuniam em TORCIDA para que eu pegasse dengue.

E alguns até já foram para o túmulo … e não viram o seu sonho ser realizado.

Viver a vida com medo de morrer é como morrer todos os dias um pouco… é viver pela metade, é viver algemado à uma eterna sombra… é quase como não viver.

Caiam mil ao teu lado, e dez mil a tua direita, tu não serás atingido”
Salmo 91

KARNA
Esclarecimento importante

Uma leitora questiona (sobre as postagens anteriores):

Eu nunca tive medo de pegar dengue, mas peguei 4x, tive chikungunya uma vez, meu esposo sempre morreu de medo de pegar… mas nunca pegou!!!
Acredito sim na força do pensamento, mas em relação a doenças eu ainda acredito na imunidade da pessoa!!!

É um conjunto, não basta só pensamento positivo, ele tem que ser amparado por hábitos excelentes de saúde, alimentação etc. A imunidade é uma combinação entre pensamento positivo e atitudes salutares em relação ao corpo.

Já publiquei a respeito, verifica se seus atos habituais em relação a saúde estavam em perfeita coerência com sua atitude mental. As ações da vida devem refletir nossas ideias. Talvez voce tivesse algum mau habito que conspirou contra a saúde num aspecto global. Por exemplo, a pessoa prega pensamento positivo mas come mal, bebe álcool, fuma muito, dorme mal… não tem pensamento positivo que resolva! É um conjunto. Mas, se ainda assim, você pegou a doença mesmo diante desse conjunto, então voce precisava passar por isso para aprender alguma lição, que só você poderá descobrir qual seja.

Coisas de provação humana mesmo.
E o esposo, que morria de medo em pegar, mas nunca pegou?
De repente, ele não tinha que passar por isso.

Além de pensamento positivo e hábitos salutares, outro fator entra em ação, o que eu considero o mais efetivo, e que às vezes não explica bem a questão:
Por que algumas pessoas que se cuidam tanto e pensam positivo passam por coisas ruins,
e outras que não se cuidam e nem pensam positivo, estas não pegam nada? (pelo menos até onde a gente fica sabendo).

A resposta é o terceiro elemento: Karma, ou necessidade (ou não) de alguém passar por certas coisas, e outros, não!
Lições que ainda nos faltam aprender nessa vida, nessa misteriosa vida ligada a mecanismos do destino que nem sempre compreendemos… cumprindo o seu papel.

Porque nascemos iguais em aparência, mas cada um de nós tem uma bagagem de alma totalmente diferente das outras pessoas… e é por essa razão que não podemos estabelecer uma regra geral para todos, apenas tentar entender até que ponto podemos agir no sentido de cultivar um cenário positivo no nosso destino, e até que ponto nosso Karma irá tornar o processo único e particular para cada um de nós.

O que é certo é que, da nossa parte, devemos sempre cumprir as duas regras básicas, positividade emocional e bons hábitos de saúde.

E tentar ir aprendendo as lições que a vida nos envia, mesmo quando elas aparentemente são contraditórias… porque nunca são.
Ninguém passa pelo que não precisa mais passar.
Verdade seja dita!

JP em 12.10.2020

Comentários
Compartilhar