Atividade solar inesperada no novo crop circle?

Etchilhampton, Nr Devizes, Wiltshire, 17.07.2020 UK

Atividade solar no novo crop circle

Um modelo solar evidente, espécie de catavento de seis braços, girando no sentido anti-horário, que significa saída de vetor (do sistema que gira). Se fosse sentido horário, o vetor seria de entrada.
Não e o caso aqui.

Em publicações anteriores, o padrão SEIS (Hexagrama) quando associado a objetos do tipo, se vincula a simbologia solar, tal como o próprio símbolo astrológico antigo do Sol exprime:

Pelo fato de estar girando, até por causa dos muitos alinhamentos e grupos planetários deste período de julho de 2020, este novo crop circle pode estar falando de uma súbita atividade solar (o Sol anda muito calmo recentemente).

A imagem usada no crop circle simula um obturador de câmera, que se abre muito rapidamente para captar a luz ambiente em seus registros.

Enorme buraco coronal no Sol


Explosão solar e UFO captados pela SOHO


Mas no caso deste modelo crop circle, o sentido anti-horário do vórtice nos fala em luz que sai do “obturador solar” ao invés de entrar nele, uma clara referência à energia solar devido a explosões ou, provalmente, buracos coronais, que são aberturas no Sol que ocorrem devido a abruptas falhas do seu campo magnético.

Aliás, em 11 de julho, Cley Hill, Inglaterra, 6 dias antes deste crop circle, apareceu um modelo combinando um labirinto a um sistema solar com 6 órbitas (até Saturno) e uma das interpretações foi justamente que estes alinhamentos todos do período causariam dois eventos no Sol – representados por essas duas projeções emitidas pelo círculo central do labirinto.

São mensagens repetidas debaixo de novas simbologias relacionadas.

Explosões solares inesperadas, portanto, ou mesmo grandes buracos na superfície do Sol, enviand grande energia para a Terra, para afetar tudo, clima, magnetismo, geologia, violência, biologia, etc.

Na sabedoria da Astrologia antiga, o Sol era (continua sendo) o centro do sistema solar e de todas as influências que tocam a Terra e demais planetas. Colapsos de energia no Sol, por efeito, desestabilizam tudo.

A Árvore da Vida ma Cabala é a estrutura do zodíaco nos mesmos termos da Cosmologia antiga que centraliza o Sol como coração de tudo (luz, calor, energia essencial à Vida)
Seu número de ordem na Árvore é Seis: por isso é que crops circles do tipo são representações solares.
A sefirá ou AEON 6 do Sol se chama Tipheret, a Beleza, a Harmonia.

E nada pior que um Sol instável para os mundos inferiores!

Pepperbox Hill, Windwhistle Lane, nr West Grimstead, Wiltshire. 23.07.2019

Ano passado (2019), apareceu este modelo, e eu interpretei da mesma forma, por causa da relação com o símbolo seis num vórtice. E realmente fortes ventos solares aconteceram, logo em seguida, dias depois.

Com tantos alinhamentos planetários importantes no período, e com a aproximação intrusiva do objeto P 7X baixando para a órbita de Marte em breve, o Sol pode ter uma atividade súbita a qualquer momento.

Seria interessante começar a monitorar agora o Sol, porque o alerta foi dado.
E quem sabe, daqui a seis dias a contar de hoje (17 de julho) possa começar alguma coisa no astro-rei (seis, o número chave deste novo crop circle).

Astrologicamente falando, o Sol se exaltará daqui a seis dias (23 de julho), quando entra no signo de Leão, sua dignidade e trono Zodiacal.

Detalhe da perfeição do novo crop circle (se esses eventos aqui anunciados ocorrerem mesmo, como poderia ter esse crop circle sido feitos por humanos ociosos? Será que eles também são profetas)?

Dois disparos de energia solar

O crop circle mais recente, de hoje, 17 de julho, repete uma interpretação que eu fiz anteriormente, diante do crop circle labirinto de Cley Hill, 11 de Julho.
Nele, um labirinto que combina um modelo de sistema solar com seis órbitas (de Mercúrio a Saturno) e que contém alguns objetos dentro dele, planetas maiores Jupiter e Saturno, envolvidos nestes alinhamentos de julho) e colado no Sol central, um pequeno círculo, o segundo Sol, pequena companheira anã marrom, que está atualmente na órbita de Jupiter e descendo para dentro, se aproximando cada vez mais do cinturão de asteroides, o que explica tantos meteoros e asteroides voando nos céus de todo o mundo, incluindo o Brasil (o meteoro de Pernambuco, ontem, 16 de julho).
Esse objeto companheiro do Sol é tão poderoso em seu “empuxo gravitacional” que anda derrubando também muito lixo espacial em órbita de nossa Terra, pegando também satélites e o que mais estiver lá em cima.
A famosa chuva de enormes pedras do Apocalipse tem aqui o seu significado.
E conforme esse objeto se aproxime do periélio solar, no formato de um gigantesco cometa, tudo isso pode se tornar real.
No labirinto (enigma a ser decifrado) duas ejeções de energia solar acontecem diante de tais alinhamentos (essas duas faixas internas sendo projetadas para fora do Sol, uma maior e outra menor).

Curioso é que o labirinto tem seis níveis. Passaram seis dias e este novo crop circle, 17 de julho, aparece, mostrando um grande vórtice de energia no Sol. Isso conecta os dois crops circles num mesmo significado.

E o crop circle de hoje mostra um Sol vórtice anti-horário (sentido de projeção do plano) e semelhante ao desenho de um obturador de câmera, que se abre para a entrada da luz.
No caso, se o Sol se “abrir”, será para a saída de luz e muita energia chovendo na Terra.
Terremotos mais intensos também já começaram em ressonância com os alinhamentos.
Hoje a Terra tremeu em 7 graus em Papua, Nova Guiné.
Outros eventos podem já estar se formando a frente.
Prestar bastante atenção nestas duas ejeções solares adiante, em julho e-ou agosto.

“Vigiai e orai, porque eu virei a ti como um ladrão”…
E este ladrão tem nome:
Fim do Grande Ciclo planetário.
Porque só recomeça o que termina.

Vamos aguardar os próximos dias…

JP em 17.07.2020

Atualização
Tempestade solar a caminho da Terra!

E mais uma previsão crop circle se confirmando, publicadas aqui desde o dia 11 de julho de 2020

Essa pode não ser a tempestade solar do século, mas é forte o bastante para injetar ainda mais energia na Terra e desestabiizar todas as coisas, magnetismo, clima e o humor das pessoas.

Mas o principal, demonstra que crops circles são legítimos, vindos de inteligências extraterrestres que são capazes de prever eventos antes deles acontecerem, demonstrando um conhecimento superior do nosso sistema solar e de uma astronomia que inclui a noção de um sistema solar binário e de um agente invasor (o segundo Sol), responsável direto por tudo o que acontece atualmente na Terra e em progressão crescente… aliás, uma mensagem repetida que eles nos enviam há 30 anos, mas ninguém quer escutar…

JP em 21.07.2020

Comentários
Compartilhar