Arcano 1 – Os instrumentos de poder do MAGO

O Arcano 1 significa a vontade do MAGO exercendo operações conscientes no mundo físico conforme a sua vontade que encontrou na mente o seu maior veículo de manifestação.

A mente desenvolvida, treinada e sob o controle da vontade é o melhor instrumento de magia a serviço dessa classe especial de humanos, os magos.

Por outro lado, uma mente controlada por desejos, instintos e emoções baixas é a pior escravidão que existe quando a pessoa se torna incapaz de mudar circunstâncias porque não é capaz de mudar o próprio estado de prisão mental que lhe assiste.

Mas, todos os dias, aquelas mentes especiais dotadas de magia realizam operações mágicas de transformação nas suas vidas materiais ainda que não saibam e não percebam que fazem isso, e nem como fazem isso, mudando o curso natural ou normal da própria existência, curso esse que, sem a sua interferência, seguiria outra tendência completamente diferente na linha do tempo, conforme os ajustes naturais das circunstâncias sem que haja qualquer interferência consciente nas mesmas.

Essa é a diferença entre os magos e os humanos comuns.

Magos operam mudanças em sua esfera existencial por meio da vontade consciente.

Mas humanos comuns são direcionados pelas tendências do momento e configurados pelas circunstâncias acima e além do seu poder diminuto de vontade, uma vontade destreinada e fraca, de natureza vacilante e desistente diante das circunstâncias adversas.

Isso é Magia. É tomar parte das transformações a nossa volta por meio de uma vontade consciente se valendo dos instrumentos para tanto. A mente é o cálice de poder do mago. O bastão de poder é a sua vontade direcionada. A estrela ou pentagrama é o seu conhecimento ou ciência superior a lhe guiar nas estradas da vida. E a espada é a sua palavra cortante, abrindo caminho na matéria e na escuridão da ignorância.

Porém, nos tempos da tecnologia, os humanos comuns, as eternas vítimas das circunstâncias, acham que já sabem tudo, julgando que a tecnologia pode fazer tudo por eles.
Nem imaginam o quanto estão enganados…

A Magia não segue os caminhos de uma ciência que nega a essência da Criação, o Espírito consciente das coisas. A magia segue outra ciência, a ciência da Verdade.

E não a ciência de acomodação dos cinco sentidos limitados em estações de tridimensionalidade.

JP em 12.02.2021

Comentários
Compartilhar