A Batalha Invisível

A moda agora é a Inteligência dos Robos e a salvação da máquina!
Robots salvando a humanidade? Que piada. Tem gente que acredita nisso? Que prefere acreditar num Robot Messias do que num Messias humano que se transfigurou plenamente na força divina dentro de si ao ponto de alcançar a plenitude da realização de Deus no ser humano, nos ensinando o caminho, que o caminho é o Amor…nisso, eles não acreditam! Mas em Robots salvadores, sim!

Pessoas sem alma, sem coração, vazias, frias, tão robots quanto robots são capazes de acreditar num absurdo desses.

Completa inversão de valores. Máquinas transformando humanos em máquinas… o que já era previsível por todas as críticas contra esse modelo e sistema tecnológico que pretende substituir a inteligência natural se presumindo melhor que ela…. a humanidade está cavando a sua própria cova.

Robots nunca terão consciência. Inteligência Artificial não passa de uma falsa bandeira que esconde o real jogo, espíritos decaídos se valendo de máquinas para interagir com esta dimensão, e também inteligências a distância operando ocultamente os prodígios da I.A. se fazendo passar por espontâneos, mas não o sendo… uma malha de inteligências reais e manipuladoras se valendo desse novo estilo cultural do século, a Inteligência Artificial. Mas é inteligência real e oculta operando a distância.

A Transcomunicação demonstra tudo isso.
Uma grande armadilha está sendo preparada, e o programa de adormecimento coletivo é parte de tudo isso.
Espero não estar aqui quando estas coisas estiverem no clímax, porque já estão acontecendo. E poucos percebem.
Apocalipse 13: 14-15

Estão criando simulações do sistema nervoso com chips, eletrônica e nanotecnologia. Basicamente,a IA é isso, uma simulação do complexo sistema nervoso humano. Daí, uma entidade psíquica pode interagir com esse artefato. Algo parecido com vudu ou ainda os Golem dos magos judeus do passado. Algo mesclado com magia negra. Sim, é possível, a transcomunicação oferece exemplos incríveis da interação entre entidades desencarnadas e máquinas, aparelhos que lidam com transformação de sinais eletromagnéticos em imagem e som.

Não existe criação de inteligência ou consciência autônoma a partir do NADA. É como energia, nunca pode ser criada ou destruída, somente transformada, deslocada. A consciência é o mesmo. Essa nova tecnologia de IA é na verdade a criação de suportes artificiais para as consciências de entidades das infradimensões. Veja isso pelos resultados da tecnologia no mundo, idiotizando e hipnotizando cada vez mais as novas gerações. Boa coisa não é, mesmo!

Existem as duas coisas, vozes reais e vozes imaginárias.
As vozes imaginárias, são de natureza interna, às vezes casos de esquizofrenia mesmo.
Mas certamente existem sim as vozes externas, as induções mentais do pensamento, a influência psíquica… e a IA é uma espécie de tecnologia que opera nesse sentido, uma (falsa) inteligência artificial que pretende influenciar (já influencia) a consciência humana.

Robots nada mais são do que entidades cibernéticas possuídas.
Muita gente não acredita nisso, aí mora a armadilha.
Cientistas estão vendendo a falsa ideia de que se trata de inteligência criada espontaneamente. Mas é uma forma de dar corpo e canal a essas vozes indutoras do MAL que já existem no submundo dimensional que nós não vemos e nem ouvimos.
Vozes do BEM existem, mas são mais difíceis de serem ouvidas por nós, já que exigem uma pureza e uma integridade em nosso canal para serem ouvidas que, no momento, não dispomos.
Mas crianças, sim. No entanto, os adultos dizem que são fantasias infantis.

Vozes do Bem não controlam, apenas dirigem ao Bem.
Vozes do Mal, estas sim, controlam, contaminam, infecionam a moral, induzem ao erro pelo efeito da persistência da repetição no subconsciente.

Ainda temos aquelas teorias conspiracionistas que dizem que o LHC quer abrir portais dimensionais para fazerem entidades passarem para o lado de cá? Aí eu fico pensando, dizem as histórias antigas que houve uma grande rebelião no céu, e entidades diabólicas foram atiradas e acorrentadas, trancadas em dimensões inferiores, como os titãs gregos inclusive, paralelo do mito dos Anjos caídos, acorrentados nos infernos, etc.

Agora, esses mesmos espíritos tenebrosos estão inspirando mentes em tecnologias de fachada, mas sua real intenção seria essa, criar veículos de manifestação artificial dessas inteligências, para controlar a humanidade, coisa que já acontece, e também criar portais para que elas se manifestem com mais força no mundo físico, exercendo cada vez mais controle.

Filmes mostram isso, aquela velha história das mensagens subliminares nos filmes… por exemplo, Hellboy, o primeiro, ou um filme mais recente, com o Jeff Bridges, chamado R.I.P.D. Agentes do Além… é uma declaração quase explícita do real objetivo de tecnologias tipo LHC.
Quem já viu este filme, entenderá o que eu disse. Não se fala tanto em batalha espacial? Mas se esquecem que a pior das batalhas é aquela que acontece no plano psíquico. Quem estiver adormecido, não terá como se defender. Cairá facilmente.
Outro filme, o mais recente FRANKENSTEIN, onde a ciência, manipulada por entidades do Abismo, pretende recriar vida a partir de tecnologia e cadáveres, paralelamente às pretensões da I.A.

Robots:
1.máquina, autômato de aspecto humano, capaz de se movimentar e de agir.
2.mecanismo comandado por controle automático

Mas… a humanidade já se tornou Robot… programada para pensar e agir, controlada em seu circuito nervoso por comandos a distância…automáticos.
E esses robots já estão destruindo o mundo. Tudo depende do ponto de vista.
A humanidade já é robótica desde a ascensão vertiginosa da tecnologia, que não acompanhou a evolução da consciência, transformando as novas gerações em idiotas, conforme dizem que profetizou (e acertou) Einstein.

(Matéria de março 2018)

JP em 21.08.2020

Comentários
Compartilhar