Templates by BIGtheme NET

O mistério da onda crop circle na França em 2019

 

 

Inglaterra e França, o dipolo de energia da Europa

O grande ocultista francês do século 19, Eliphas Levi, declarou certa vez que a Inglaterra era o “Iod” (o pólo Masculino) da Europa, deixando também claro que a França, a sua pátria, era, por efeito, o “Vav” da Europa (o pólo feminino).

 

Eliphas Levi (1872)

 

Regiões sagradas ao sul da Inglaterra, em Wiltshire, em Stonehenge, em Glastonbury, e tantos outros sítios, repletos de energia telúrica, chakras planetários e tudo mais, se conectam magneticamente com o norte da França (justamente onde a rede de Catedrais góticas foi construída pelos Cavaleiros Templários, como que sabendo de tudo isso).

 

 

Todas estas regiões, do sul da Inglaterra e do norte da França, eram regiões ocupadas pelos celtas, pelos druidas, por todos aqueles povos de grande conhecimento da magia da natureza. Muitos dos monumentos por eles ali erguidos tinham essa intenção, canalizar a força vital e telúrica daqueles sítios sagrados em suas operações mágicas de contato com outras dimensões e seres, os deuses das estrelas.

Temos que considerar todas estas coisas quando estudamos crops circles, como se fossem as pegadas no presente daquela sabedoria toda do passado, que ali ainda repousa em todos os memoriais de pedra.

 

França Notre Dame de France 01.06.2019, o primeiro crop circle que apareceu na França neste ano de 2019

 

 

Na análise daquele ocultista, as forças de um poderoso dipolo magnético, que energizava toda a Europa, brotavam do sul da Inglaterra (o Iod-masculino) e eram atraídas para o norte da França (o Vav-feminino) criando um dipolo de forças natural em conexão com as energias da Terra, criando assim vários portais de interação com as dimensões paralelas, que os sábios antigos, como os druidas, sabiam utilizar em sua magia operacional, dentro dos templos construídos com esta finalidade, a de canalizar toda a força magnética natural daquelas regiões do império celta.

 

 

Teorias defendem que tanto o desenvolvimento como a expansão cultural e política do continente europeu aconteceram a partir da força desse eixo invisível, o que parece estar sendo demonstrado pela imantação crop circle na França, particularmente intensa neste ano de 2019.

 

 

Isso pode ser a chave para compreender por que os cavaleiros templários escolheram a região de cidades do norte da França para edificar todas as suas catedrais Notre Dame, desenhando no mapa aéreo a constelação de Virgem, e fixando na magnífica catedral de Chartres a Alfa-Virgo, a estrela azul Spica, a espiga de trigo nas mãos da Virgem.
Trigo! Crop circles! Círculos no trigo!

Virgem marca o período anual do fim do verão no hemisfério norte (setembro) quando então as colheitas começavam: daí o símbolo de Virgem com a espiga madura na sua mão direita.

 

 

Catedrais em honra a Notre Dame, Nossa Senhora e Virgem Maria das almas colhidas da Terra! Apocalipse 12, signo de Virgem desenhado pelo Sol, pela Lua e doze estrelas sobre sua cabeça, marcando o nascimento profético da Criança que marca a chegada de uma Nova era de luz, o anunciado Reino de Cristo.

 

 

Apocalipse 12 sinalizado em 23.09.2017

 

Tudo soa conectado aqui ao grande mistério dos crops circles que, terminando suas aparições na Inglaterra, migram para a França de uma maneira inesperada este ano.

Para os celtas, a simbologia do Iod (masculino) e do Vav (feminino) estava toda representada por dois objetos: a lança e o cálice, ou seja, a lança que teria furado o flanco direito de Jesus Cristo, e o cálice que foi usado na Última Ceia para pactuar com os apóstolos e a humanidade a nova aliança de redenção.

Dizem as tradições que José de Arimatéia, o fariseu que se converteu ao cristianismo, e se tornou seguidor de Cristo, e ofereceu o sepulcro para o seu corpo, teria levado estes dois objetos sagrados para a Inglaterra. Teorias apontam a Inglaterra como o lugar onde a lança foi escondida, e a França, por sua vez, o local onde o santo cálice foi escondido.

 

A Lança de Longino

 

Até para simbolizar nestes objetos o poder do iod-Masculino na Inglaterra, e o poder do vav-Feminino na França.

 

 

Contudo, esse declínio acentuado dos crops circles na Inglaterra de uns anos para cá, ao mesmo tempo em que uma série de crops circles apareceram inusitadamente na França, me parece uma sinalização extraterrestre da verdade em todas estas teorias e tradições antigas repousando sobre as energias daqueles dois países, que já estiveram em guerra sangrenta no passado.

 

França, Treuzy-Levelay, o último crop circle francês, em 16.07.2019, exatamente no dia do eclipse lunar

 

Há um propósito maior sendo revelado aqui, e ele me soa como sendo o fim do ciclo do fenômeno na Inglaterra, a completar um ciclo de Saturno (29-30 anos) entre 2019 e 2020 (e Saturno rege as colheitas, os ciclos, o tempo, na Astrologia), um propósito que alcança o mistério do Santo Graal na pátria eleita da Virgem Maria, a França, e do renascimento espiritual da humanidade pelas suas mãos, bem como pelas mãos de seu Filho regressando agora ao mundo.

E se a “semente” do fenômeno veio da Inglaterra, desde 1990, o fruto agora brota na França, numa gestação saturniana de tempo (ciclo) de 29-30 anos, subentendendo que todo Filho sempre nasce do corpo da mãe… esse Filho que muitos crops circles tem sugerido desde Horton 2019, em 3 de março, o primeiro crop circle, com o ovo eclodindo nova vida.

 

 

Muitos crops circles, inclusive, mostraram modelos sugerindo campos magnéticos, ondas de energia dipolar, o que se encaixa, entre outras interpretações já vistas, nessa conexão entre os pólos norte e sul da atividade telúrica intensificada então marcados no sul da Inglaterra (polo positivo) e norte da França (polo negativo).

 

 

França  Saulx-Marchais, Nr Beynes, Yvelines 29.06.2019 e as imagens do campo magnético dipolar

 

O próprio tema dos pictogramas de 1990, mostrando uma transmissão de energia entre dois pólos interligados, pode representar, entre outras coisas, essa transmissão do fenômeno, da Inglaterra para a França antes do fim do fenômeno, como um sinal de que realmente “o canal se fechou”.

 

Mapa da França atualizado com os 15 crops circles que apareceram nas cidades marcadas, todas elas, da região central para a região norte, como que imantadas pelo pólo norte da atividade crop circle, o Sul da Inglaterra

 

Não foi o crop circle de Crabwood 2002 decodificado que falava num “canal se fechando”?
Ele declarou isso há 16 anos.
Talvez o declínio das formações na Inglaterra, onde tudo se começou, seja exatamente esse canal se fechando a que a mensagem de 2002 se referia.

 

A constelação de Gemini me pareceu marcada nesse mapa crop circle da França, complemento astrológico da constelação de Virgem, marcada pelas antigas catedrais góticas do norte do país. Gêmeos e Virgem são metades zodiacais, e acredito que, entre outras coisas, esse desenho anuncia o advento das duas testemunhas de Jesus Cristo em muito breve.

 

A mensagem foi enviada e o mundo a recebeu.
Acreditando nela ou não.
Não é papel do carteiro julgar isso.
Seu papel é apenas entregar a mensagem.
E eles o fizeram, e muito bem.

**********************************************

O Declínio do fenômeno crop circle

Eu observo que o declínio do fenômeno desde meados de 2013-2014 indica já um momento que chega em que o fenômeno da parte dos Aliens vai cessar, restando apenas as formações deslocadas e sem propósito dos crop makers, até por um sentido de que elas, as imagens autenticas, deixarão de causar impacto na humanidade por causa justamente da ação contaminante dos fraudadores e do descrédito e desinteresse geral.

Eles então, os alienígenas, terão que pensar em outra coisa para chamar a atenção do mundo.

E de mais a mais, escrevi sobre isso num tópico, o ciclo de 29-30 anos (Saturno, na astrologia) chega.

As mensagens inteligentes começaram em 1990, e ano que vem, fecham o ciclo, este ano já começam a fechar.
Saturno significa a colheita do que se plantou, bem apropriado ao fenômeno em questão.

O declínio das mensagens significa que mensagens não podem ser enviadas eternamente.
Vai ter um momento em que eles terão que passar para a fase B.
E a fase B, depois de toda fase A de notificação, é a ação de tudo o que foi anunciado.

Eu não me importo muito com a confusão lançada pelos fraudadores, porque existe um corpo de mensagens crop circle que se repete desde 1990, e que, a cada temporada, ela reaparece, mudando os símbolos mas preservando o contexto. E como eu sei que os fraudadores desconhecem esse corpo de mensagem, eles podem até tentar jogar lá umas imagens “aleatórias”, as quais soarão estranhas àquele corpo de mensagem construído desde 1990.

Assim que eu olho uma imagem, de pronto eu reconheço se ela faz parte do corpo da mensagem ou não, se é algo aleatório da cabeça de alguns humanos.

Se bem que… os Aliens são tão poderosos que, de repente, não me espantaria se eles controlassem a mente destes fraudadores via telepatia para que eles reproduzissem também nos campos imagens que lhes interessam, fazendo um trabalho inconscientemente manipulado a distância por mentes poderosas, sem que sequer suspeitem disso, como marionetes.

Afinal, nessa esfera de fenômeno, tudo é possível, e os humanos, como sempre, não passam de marionetes.

Apesar destas mensagens ter o claro convite de um contato baseado num despertar sugerido por eles.

 

JP em 24.08.2019

 

Veja também:

 

O código do segundo nascimento nas portas das Catedrais Templárias

 

O Grande Segredo dos Cavaleiros Templários e a conexão com o Apocalipse 12

 

Ciclo de Saturno, crops circles e 2019

 

 

Comentários