Templates by BIGtheme NET

A Mensagem dos crops circles

É triste que o exemplo das fraudes sempre abafe as inúmeras demonstrações dos verdadeiros CROPS CIRCLES, que, mesmo existindo na antiguidade na forma de círculos simples, a partir da precisa data de 1990 evoluíram para uma sistemática e infalível comunicação real com a humanidade.

Só quem estuda desde o começo tem condições de apreciar essa comunicação continuada na forma de símbolos precisamente repetidos dentro de um código rígido que normalmente exalta o planeta VÊNUS nas formações genuínas (além de inúmeras referências ao sistema Sirius 3).

Crops circles falsos são excluídos automaticamente desta coleção de formações verdadeiras pelo simples fato de não conterem o CORPO DE DOUTRINA DA MENSAGEM PROPOSTA a partir de 1990.

São imagens que “não falam” por si, como logotipos comerciais, como símbolos chulos ou caras de ídolos do mundo moderno, e outras até bem elaboradas, mas que não continuam o padrão das mensagens proposto desde 1990 e que em nenhum dos anos seguintes fora interrompido.

Ano passado tivemos muitos modelos maravilhosos dentro da continuidade.


Mas só apreciará devidamente e com a profundidade devida quem estuda o significado de tudo isso.

Para quem não estuda, é fácil chegar aqui e dizer que é fraude, que é montagem de cropmakers, etc, apesar de todas as anomalias verificadas nas formações e ao redor delas e que exclui totalmente a possibilidade de atividade humana.
O mais evidente é o fato de NUNCA HAVEREM RASTROS AO REDOR DAS FORMAÇÕES VERDADEIRAS, o que significa que a imagem foi impressa diretamente do AR, por algo/alguém que VOAVA…
Para apreciar devidamente o fenômeno, é preciso estudá-lo, e como sou estudante antigo do mesmo, geralmente descarto opiniões céticas que não sabem nada sobre aquele corpo doutrinário de mensagens.
Grande parte é verdadeira. A parte que sustenta a escritura da mensagem que começou em 1990.Como os forjadores poderiam fazer crops circles dentro de uma mensagem continuada já há 29 longos anos (1990-2019) que eles nem em sonho sabem que existe?Como disse, fazem figuras aleatórias, e basta um olhar sobre uma imagem para a gente ver que é como uma carta fora do baralho, uma pincelada grosseira que não combina com o tema geral da pintura e nem com a maestria de quem a executa… uma mera imagem qualquer aleatória… e que as vezes até tenta se fazer parecer com as imagens autênticas.

Mas aí tem que ser bom conhecedor, para saber diferenciar o ouro do latão dourado.

Esse é o meu primeiro dado.

O segundo, a análise de campo, e todas aquelas anomalias e impossibilidades na plantação para maquinários pesados e várias pessoas circulando entre as plantas para desenhar o que quer que seja.

Mesmo que hajam estes dispositivos por muitos céticos mencionados, os caules não são encontrados quebrados, mas dobrados, como se submetidos a algum tipo de magnetismo que os reclinasse a partir de suas fibras internas.

Impossivelmente pessoas de média 70 Kg sobre tábuas pisando sobre estes caules fariam tal.
Impossivelmente.
Não precisaria nem altos testes laboratoriais.
Só o bom-senso já as descartaria.

Fora os testemunhos dos fazendeiros, nenhuma câmera de segurança filmou nada,nenhum cachorro latiu, nenhum barulho ou luminosidade vista, já que as imagens costumam ser feitas nas primeiras horas da manhã, ainda escuro.

Por mais que o ceticismo procure por argumentos, o bom senso é implacável aqui.

E como já disse, para quem decifra as mensagens, o sabor é outro.
Realmente o sabor não é deste mundo. 
Uma vez, certa pessoa bateu nessa tecla comigo, e falou que modernos tratores guiados por GPS poderiam fazer complexas figuras… e eu respondi: “Sim, verdade, mas ele tem que deixar as plantas mortas, destruídas, quebradas, e muitos rastros ao redor.
Fora as tantas e tamanhas anomalias magnéticas, anomalias nas plantas, na energia local, nas pessoas, nos aparelhos… enfim..”
E mesmo assim, ela continuou cética.
Ela emudeceu mas continuou cética.
Então, percebi que o ceticismo é como uma religião;
Uma crença negativa de conveniência.Um atalho da inteligência limitada.

Porque negar o que se desconhece é mais fácil do que revelar o que se desconhece, tornando-o conhecido.

Eis a nova religião do ceticismo.

Em muitas pessoas, percebo claramente que elas precisam preservar a todo o custo o STATUS de bem instruídas e cultas, e que crer numa divindade ou num crop circle, ou Extraterrestre, enfim, as exporia ao ridículo perante alguns círculos sociais em que convivem e expõem suas idéias… como este círculo social aqui, onde estamos.

Preferem manter descrença para não parecerem ridículas diante de certos círculos de pessoas, que se ACHAM cultas, bem informadas e que não caem facilmente em fraudes.


Pode até ser que não caiam facilmente em fraudes, mas também não entram facilmente na experiência das coisas extraordinárias com essa postura hipócrita… só pra inglês ver.
Deixo-lhes com essa postura de opiniões politicamente corretas diante da Opinião Pública, sempre formuladas dentro do aceitável quadrado das exigências acadêmicas.

E eu quero é mais falar com ETs, com Anjos, com as forças do Infinito, abrindo a mente para isso.
O resto, deixo pra eles… os adeptos da nova religião: o Ceticismo.
Justamente, o orgulho… o medo de parecerem ridículos e serem alvo de piadinhas e deboches nestes círculos de pavões intelectuais que estão acostumados a frequentar e opinar.
Eles se acham superiores ao fenômeno crop circle, mas o fenômeno crop circle prosseguirá, e está em vias de ser concluído em sua proposta original, acima e além de todo ceticismo reinante e toda zombaria desqualificadora… desafiando a inteligência mediana para encontrar eco nas consciências afinadas com sua sabedoria.

Pena que os pavões não sabem voar… é tanta pena e tanta galhada colorida na ornamentação intelectual… que suas mentes já não sabem voar…
POR QUE A INGLATERRA?

Vários motivos otimizam a Inglaterra, um deles são a extensão dos campos de cereal, e outro, a rica mitologia local. Outro ainda, existe ao Sul, junto ao mar, uma espécie de triangulo das Bermudas, na parte sudoeste da Inglaterra, repleta de fenômenos UFO. E mais, a Inglaterra está posicionada num dos nodos de energia da Terra. E talvez por questões de estratégia. Se aparecessem por exemplo, em países mais pobres, não haveria tanta divulgação da mídia e trabalho de equipes. E se aparecessem talvez nos Estados Unidos, poderiam ser abafados.

Creio eu que os Aliens estudaram a fundo a geopolítica planetária e concluíram, por diversos fatores, que lá seria o lugar ideal para as mensagens principais ao mundo (porque aparecem em outros lugares também, embora com intensidade e conteúdo muito inferiores).

Vamos dizer que, na análise deles, os autores Crops Circles, a Inglaterra se encontra no CENTRO DO MUNDO MODERNO, fazendo a ponte perfeita com o mundo antigo das suas culturas muito ricas, através da qual os Aliens poderiam então operar esse atual Evangelho das Estrelas para o mundo inteiro… porque com os anos, muitas nações (incluindo o Brasil, desde 2008) passaram a receber formações semelhantes em seus campos de cultivo.

Como um evangelho novo que, começando naquele país, deveria se estender a todas as nações, algo que me lembra a própria dinâmica do Cristianismo: de Israel para o mundo!

TELEPATIA, CROPS CIRCLES E A LINGUAGEM BINÁRIA DO UNIVERSO

 

Ciclo de Saturno, crops circles e 2019

 

http://tonocosmos.com.br/o-evangelho-crop-circle/

JP em 01.04.2019

Comentários