Um enorme UFO cilíndrico registrado por astrônomo na constelação de Órion

Durante a imagem do M-42 a grande Nebulosa de Orion, Dennis Recia, um astrônomo amador, foi capaz de registrar o trânsito de um enorme objeto cilíndrico cruzando o espaço nas proximidades da Nebulosa de Orion (M42).

Embora Dennis sugira que era um trem de satélites Starlink, ele não tem certeza se esse é o caso já que os satélites StarLink voam em órbita baixa e não vão para o espaço.

O astrônomo publicou o seguinte em seu canal do Youtube:

Enquanto imaginava o M-42, a GRANDE nebulosa na espada de Órion, percebi uma série do que inicialmente pensei serem satélites SkyLink passando por todas as minhas exposições. Cada exposição tem 15 segundos de duração, então o satélite aparece como uma linha curta. Procure-os passando à esquerda da Nebulosa em NGC-1977. Acontece que eles são satélites fixos geossíncronos. As linhas aparecem porque estou seguindo a nebulosa conforme ela se move pelo céu e os satélites estão fixos no espaço girando na mesma velocidade da Terra.

Então ele também se pergunta se poderia ter sido um OVNI, já que tinha uma forma cilíndrica e grandes proporções.

Não é a primeira vez que objetos tão grandes foram observados perto da Nebulosa de Orion então é inteiramente possível que este objeto fosse uma aeronave interestelar extraterrestre ao invés dos satélites Starlink voando em órbita baixa.

Veja a filmagem no vídeo, quando o objeto passa rapidamente pela referida zona celeste observada (publicado ha cerca de 1 mês, janeiro 2021)

Mas… com certeza, não são satélites StarLink.

Desde que o fenômeno dos Monólitos começou em todo o mundo, eu reparei num aumento significativo de avistamentos e relatos deste tipo de UFO charuto nos céus de todo o mundo.
Coincidência ou… conexão?

JP

Comentários
Compartilhar
Leia também  O Sábio me disse (2)