Serviço Nacional de Meteorologia emite 1º alerta de “tornado de fogo” da história

O Escritório do Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA que fica em Reno alertou a área do norte da Califórnia pra um possível tornado de fogo na região.

Foi a primeira vez na história que o Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA fez um alerta pra um tornado de fogo, embora o raro fenômeno já tenha sido registrado em outros lugares.

O alerta do Serviço Nacional de Meteorologia
Matthew Capucci, um meteorologista, explicou ao Washington Post que foi a primeira vez em que tal alerta foi emitido por lá, e qual a diferença do tornado de fogo pro turbilhão de fogo. Este segundo é muito mais comum, e ocorre quando o tornado movimenta uma grande quantidade de fogo que já estava ali antes do tornado chegar.
Já o tornado de fogo precisa de mais condições pra ser formado: primeiro, uma pyrocumulonimbus deve ser formada a partir de fumaça de alguma queimada. Mais especificamente, a Cumulonimbus flammagenitus. Essa nuvem é quente e grande, e são raras: em 2002, por exemplo, foram detectadas apenas 17 delas durante todo o ano.

Então um tornado deve ser formado a partir dessa nuvem, e aquela fumaça quente começa a girar rapidamente. Agora, basta um raio, e tudo começará a pegar fogo. Ou seja, são três as condições: a nuvem rara, o tornado a partir dela e algum raio.
O Serviço de Meteorologia detectou as duas primeiras condições no norte da Califórnia e fez o alerta: a qualquer momento aquilo poderia pegar fogo e matar muitos. Isso aconteceu na Austrália em 2003: uma dessas nuvens formou uma tempestade supercelular, que formou o tornado, e com muitos raios, um mega tornado de fogo feriu quase 500 pessoas e matou algumas.

Fonte

Comentários
Compartilhar