Espiritualidade

Os dois tipos complementares de Espiritualidade

(conforme os argumentos da sabedoria astrológica hermética)

O grande regente planetário da espiritualidade, como um todo, considerando que cada planeta (e seu Anjo ativo) é um construtor de elementos que conspiram para gerar consciência espiritual em todos os seres), este regente é o planeta Júpiter.

Onde ele estiver, no seu mapa, ele trará fortuna, abundância, sorte e proteção divina, e a partir do setor que ele ocupar, ali se encontrará a sua porta de melhor acesso para a construção de consciência espiritual na sua vida.

Júpiter tem dois signos de regência, os quais manifestam sua polarização, ativa e passiva: Sagitário e Peixes.

Sagitário é a casa diurna (Yang) de Júpiter, e Peixes, a casa noturna (Yin).
E comportam as duas formas de espiritualidade assinaladas no mapa, e as duas formas de se CONSTRUIR ESPIRITUALIDADE.

Análogas aos valores das casas IX e XII.

A forma ativa de se construir espiritualidade É IR ATRÁS DELA, ou seja, buscar fontes de conhecimento e doutrinas que nos façam passar por todos os estágios da transformação da mente que nos preparem, então, para os níveis cada vez mais altos da consciência espiritual, e essa disposição de coisas exige deslocamentos, grandes viagens de corpo e alma, incluindo aqui meditações, viagens astrais e toda forma de contato superior com outros seres e suas consciências que nos forneçam elementos para, então, construir espiritualidade consciente e objetiva.

Tanto que a casa IX é chamada de Peregrinações.

Quando essa forma esbarra em doutrinas equivocadas ou se nutre apenas de crenças, ela tende ao fanatismo cego.

A forma ativa se relaciona ao signo de Sagitário e aos argumentos da casa IX no mapa.

A forma passiva de se construir espiritualidade está nos caminhos da paranormalidade, quando então a alma se prepara para que o contato venha até ela, e o atraia, como um radar sintonizado com determinada frequência.

Essa forma é um tanto arriscada porque, numa abordagem muito generalizada da Mediunidade, pode assumir contato com os dois lados do plano oculto, a luz e as trevas, quando então o canal sensível pode se tornar vítima de manipulação da consciência, sendo enganado por espíritos disfarçados.

Tanto que a casa XII é chamada de INIMIGOS OCULTOS.

É uma casa marcada por dores e penitências, da mesma forma que o destino do Signo de Peixes, que tende a se iludir facilmente com tudo e todos, especialmente com assuntos de natureza espiritual, e ao cair em situações arriscadas, e mesmo em tendências ao escapismo através de álcool, drogas, vícios sexuais e outros, se torna prisioneiro do próprio Subconsciente manipulado pelos seus demônios internos.

Quando os inimigos ocultos não estão somente fora dele, mas também, dentro, e cada inimigo oculto da sua própria mente inconsciente se torna uma porta de acesso para aqueles inimigos ocultos do lado de fora.

Por isso, toda Paranormalidade sadia e pura deve passar por muitas expiações e purificações do canal, removendo dele todas as suas ilusões, seus desejos, suas mentiras pessoais e seus auto-enganos que poderiam contaminar a recepção dos sinais de contato do Universo espiritual, quando então a pessoa, canal despreparado e impuro, mescla suas impressões com as mensagens vindas da Fonte, e deturpa tudo.

Ou então, nem sequer recebe mensagem alguma, mas imagina fortemente que isso acontece, e então, transforma seus sonhos ativos em canalização imaginária.

E então, essa pessoa vai atrair muito sofrimento e confusão, podendo se tornar perdida dentro dos próprios caminhos manipulados do subconsciente e viver uma vida dupla, de fantasias e escapismos perigosos para o seu corpo e para a sua alma, prisioneira da própria loucura.

A manipulação da alma que se abriu ao mundo espiritual (de fora para dentro) por entidades tenebrosas, que facilmente enganam as pessoas com seus disfarces de luz e bondade, é a pior coisa que pode acontecer aqui, gerando um estado tão cegante de alma quanto o fanatismo daquele outro modo de busca espiritual (de dentro para fora).

Vão se ocupar desse veículo para difundir mentiras no mundo dos vivos e, enquanto fazem isso, incorporam no veículo para sugar suas energias vitais, como vampiros astrais que são.

Muito cuidado a todos os que lidam com esse tipo de abordagem espiritual, porque na maioria das vezes, as coisas não são como parecem.
Se estamos inconscientes das coisas e pessoas aqui no plano físico 3D, o que nos faria pensar que estaríamos conscientes das coisas e pessoas dos planos ocultos?

Não faz o menor sentido.

Essa segunda forma de se construir espiritualidade é muito mais complexa porque, diferentemente da primeira forma, lida com estados do Subconsciente sensível e influenciável pelo meio espiritual ao redor, e esse meio assume polarização de luz e trevas em suas entidades presentes, da mesma forma que as doutrinas espirituais que o modo ativo aborda podem abrigar verdades e mentiras, conduzindo o buscador à Iluminação ou ao Fanatismo.

O ideal é unir as duas formas de construção, e empregar de muito estudo, meditação e preparo nas fontes verdadeiras da luz espiritual para não cair nem em fanatismo cego e nem em mediunidade manipulada por demônios disfarçados.

E todo conhecimento legítimo, e toda sabedoria de fonte confiável, que já foi escrita para nos prevenir contra tudo isso, é que ajudará a alma a aprender a discernir entre o Bem e o Mal no jogo das aparências, que podem ser tão sutis a ponto de confundir as mentes mais atentas!

Um equilíbrio, portanto, entre as duas formas de se construir espiritualidade é preciso.
Sob a força da dupla polarização de Júpiter (a segunda forma também regida por Netuno, o astro das grandes ilusões e enganos da mente).

No Yang-Yin da Luz, a Luz que entra deve ser igual a Luz que sai, e a Luz que você recebe nas antenas de sua mente deve ser tão pura, legítima e confiável quanto a Luz que voce procura ingerir nas fontes doutrinárias a disposição do seu nível de inteligência e intuição espiritual.

No final, tudo é somente uma Luz em circulação pelo Universo dos fenômenos paranormais, procurando construir consciência em todos os seres criados por Deus, empurrando assim o seu aprendizado em escalas ascendentes dentro da Espiral da Evolução Infinita.

Porque a Luz pode ser cada vez mais intensa e brilhante.
Sem deixar de ser Luz.
A mesma Luz que começou tímida e fraca no princípio.

A Luz que sempre foi a mesma Luz no Universo de Deus, mas que precisa construir em nossa consciência os canais mentais que possam captá-la cada vez mais brilhante e intensa.
Para nos guiar nos propósitos da Eternidade em sua marcha infinita rumo a perfeição.

JP em 07.05.2022

Comentários

Botão Voltar ao topo