Meteorologistas acreditam que um tornado atingiu Santa Catarina

A tempestade com ventos intensos que atingiu municípios do oeste de Santa Catarina no final da tarde da última quarta-feira provocou enormes estragos. As cidades de Descanso e Belmonte foram as mais atingidas e o rastro de destruição é compatível com a passagem de um tornado. A Defesa Civil ainda faz o levantamento dos estragos.

Destruição em Descanso após provável tornado ter atingido o município na última quarta-feira. Crédito: Defesa Civil de SC.Destruição em Descanso após provável tornado ter atingido o município na última quarta-feira. Crédito: Defesa Civil de SC.

Diversas imagens divulgadas pela Defesa Civil de Santa Catarina mostram a destruição completa ou quase completa de telhados e casas, móveis lançados e destruídos, caminhões virados e estruturas de alumínio retorcidas nos municípios de Descanso e Belmonte. A distância entre as duas cidades é de apenas 7 quilômetros.Caminhão tombado pela força dos ventos na quarta-feira, dia 10. Crédito: Defesa CivilCaminhão tombado pela força dos ventos na quarta-feira, dia 10. Crédito: Defesa CivilCrédito: Defesa Civil de Santa Catarina Crédito: Defesa Civil de Santa CatarinaCrédito: Defesa Civil de Santa CatarinaCrédito: Defesa Civil de Santa CatarinaCrédito: Defesa Civil de Santa Catarina Crédito: Defesa Civil de Santa CatarinaCrédito: Defesa Civil de Santa CatarinaCrédito: Defesa Civil de Santa Catarina

São essas evidências analisadas por técnicos e profissionais que indicam a passagem de um tornado. Havia a hipótese de outro fenômeno meteorológico, uma micro-explosão, ter provocado os danos, mas observações mais detalhadas dos estragos e de imagens de radar momentos antes do ocorrido levam a crer que o evento tenha sido um tornado. Meteorologistas da MetSul acreditam nesta hipótese.

Além de mais de cem casas, escolas, galpões, ginásios, os ventos derrubaram também árvores e postes de energia elétrica. Baseado nos estragos estima-se que os ventos possam ter ultrapassado os 150 km/h, declarou a empresa MetSul. A Defesa Civil estadual estima ventos acima dos 130 km/h.

A força dos ventos
A força dos ventos de um tornado EF-1 varia entre 138 km/h e 177 km/h na Escala Fujita e é capaz de provocar danos semelhantes aos que ocorreram em Descanso e Belmonte na última quarta-feira. Quando não há registro de imagens da passagem de um tornado, serão os estragos que irão indicar qual a potência do fenômeno e permitir estimar a velocidade dos ventos.

Os danos provocados por tornados em geral são pontuais e deixam uma faixa de destruição. É possível ter dezenas de casas destruídas num raio de um quilômetro, por exemplo, e ao lado casas intactas.

Os moradores de Descanso relatam que o rastro de destruição é inacreditável com casas completamente no chão. O estado de Santa Catarina já teve seis eventos de tornados nos últimos anos.

Fonte

Comentários
Compartilhar