“Furacão Espacial” é detectado na Terra

Uma equipe internacional de cientistas, liderada pela Universidade de Shandong na China, detectou pela primeira vez na história um furacão espacial.

O fenômeno aconteceu na atmosfera superior do polo norte da Terra. Até então, apenas furacões na baixa atmosfera haviam sido registrados.PUBLICIDADE

De acordo com o estudo publicado no Nature Communications no último dia 22 de fevereiro, o furacão espacial que aconteceu no dia 20 de agosto de 2014 durou quase 8 horas. Ele foi registrado por quatro satélites do Defense Meteorological Satellite Program, um programa de monitoramento do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

O furacão era invisível a olho nu e tinha a forma de um funil com um “olho” silencioso no centro, cercado por vários braços espirais de plasma girando no sentido anti-horário. Em vez de chover água, o furacão espacial fez chover elétrons diretamente na alta atmosfera da Terra.

“Plasma e campos magnéticos na atmosfera dos planetas existem em todo o universo, então as descobertas sugerem que os furacões espaciais devem ser um fenômeno generalizado”, disse Lockwood.

Você deve temer o furacão espacial? Provavelmente não. O fenômeno da alta atmosfera representa pouca ameaça ao nosso planeta, observaram os pesquisadores, mas pode impactar os efeitos do clima espacial existente, por exemplo, aumentando o arrasto sobre os satélites ou interrompendo os sistemas de GPS e comunicações de rádio.

Fonte

Comentários
Compartilhar
Leia também  O Mistério da molécula crop circle - segredo dos UFOs, DNA estelar e viagens no hiperespaço!