Famoso relógio em NY passa a mostrar o tempo que temos contra o aquecimento global

Após 20 anos relatando horas, minutos, segundos e frações, o imponente relógio digital Metronome, na fachada de um arranha-céu de frente para a Union Square na Ilha de Manhattan, Nova York, EUA, foi reprogramado para mostrar uma contagem regressiva indicando quando o mundo entraria em colapso. O objetivo dos criadores é conscientizar sobre a necessidade de redução da emissão de gases de efeito estufa, que contribuem para o aquecimento global.

Às 15h20 do sábado, dia 19, apareceram no aparelho números que se referiam a 7 anos, 103 dias, 15 horas, 40 minutos e 7 segundos, marcando quanto tempo demoraria para que os efeitos do aquecimento global se tornassem irreversíveis. . A frase “A Terra tem um prazo” também foi exibida na tela.

De acordo com o New York Times, os artistas Gan Golan e Andrew Boyd, responsáveis ​​pelo projeto, disseram que o cálculo do relógio foi baseado em dados do Instituto de Pesquisa Mercator sobre Global Commons e Mudança Climática de Berlim, Alemanha.

“Este é de longe o número mais importante do mundo”, disse Boyd.

“O ClimateClock mostra dois números. O primeiro, em vermelho, é um cronômetro, que conta quanto tempo levará, nas taxas de emissão atuais, para queimar nosso ‘orçamento de carbono’, a quantidade de dióxido de carbono que ainda pode ser liberada para o da atmosfera enquanto limita o aquecimento global a 1,5 ° C acima dos níveis pré-industriais. Este é o nosso prazo, o tempo que nos resta para tomar medidas decisivas para manter o aquecimento abaixo do limite de 1,5 ° C “, esclarecem. os criadores. “O segundo número, em verde, rastreia o percentual crescente da energia mundial atualmente fornecida por fontes renováveis. Esta é a nossa corda de salvamento. Em suma, precisamos ter nossa linha de vida em 100% antes que nosso prazo chegue a zero.

Fonte

Comentários
Compartilhar