CiênciaMistérios

Enorme Rocha com 500 Toneladas desafia as leis da Física – parece pairar no ar!

Nem os arqueólogos japoneses nem os historiadores deram qualquer pista sobre esta enorme rocha. Ishi-no-Hoden é um dos monumentos mais misteriosos do Japão. Esta é uma estrutura de pedra gigante no formato de uma velha TV de quase 6 metros de altura e pesa 500 toneladas. À distância a pedra parece flutuar sobre um lago na cidade de Takasago, província de Hyogo.

O Ishi-no-Hoden (literalmente “Stone Treasure Hall”) é um dos maiores e mais antigos quebra-cabeças da história e da arqueologia japonesas. É um megálito gigante localizado na região de Kansai, no bairro Amidacho, na cidade de Takasago, Prefeitura de Hyogo.

O caminho que leva ao topo da pequena montanha tem Ishi-no-Hoden.
Imagem: Setouchi Finder

A rocha é esculpida em hialoclastita, uma rocha hidratada rica em vidro que se formou durante erupções vulcânicas subaquáticas ou sob gelo há 70 milhões de anos. Ishi-no-Hoden é uma das três rochas mais misteriosas e estranhas do Japão.

É ainda maior do que os blocos usados ​​para construir a Grande Pirâmide de Gizé.

Ishi-no-Hoden é cercado por uma corda shimenawa, na religião japonesa, esta corda é usada para marcar coisas sagradas. Imagem: Claudio Suenaga

A área montanhosa onde a pedra está localizada é chamada de Hodenyama. Há uma antiga pedreira que foi extraída por séculos. A pedra foi usada como material para caixões e para construir pontes. Em outubro de 2014, a pedreira de Yongsan foi designada um local histórico e um Tesouro Nacional do Japão.

Em uma época em que a pandemia Covid-19 ainda é complicada e as pessoas são aconselhadas a limitar suas viagens, Ishi-no-Hoden ainda atrai muitos peregrinos.

Artigos relacionados

Isso porque diz a lenda que, há mais de 2.000 anos houve uma epidemia violenta no Japão. Então Ookuninushi e Sukunabikona (dois Deuses da cultura japonesa) deram um sonho ao Imperador Sujin: “Se você dedicar a nós o país estará protegido”.

Antes disso o imperador havia aprendido que havia um deus residindo na rocha Ishi-no-Hoden. O rei imediatamente obedeceu e a pandemia desapareceu.

A história incomum da Rocha Estranha
O mistério do Ishi-no-Hoden reside em sua criação, bem como em seu propósito. Até agora, os especialistas não conseguiram encontrar as ferramentas para cortar a rocha, nem quaisquer inscrições ou esculturas que indiquem o processo, quem o fez e seu significado.

A existência da pedra está registrada no Harima Fudoki (um antigo registro histórico da província de Harima, compilado de 713 em diante). No entanto, em registros reais os detalhes exatos de Ishi-no-Hoden não foram confirmados nem documentados quanto ao motivo da criação da pedra

Close de Ishi-no-Hoden ‘flutuando’ na água com fatias perfeitas.
Imagem: Claudio Suenaga

Os registros da história da cidade de Takasago confirmam apenas que Ishi-no-Hoden era um local popular durante o período Nara (710 – 794). Philipp Franz von Siebold (1796 – 1866), médico, botânico, naturalista e explorador alemão parou na rocha durante sua jornada de Nagasaki a Edo (agora chamada de Tóquio). Em 1826.

A rocha é inteligentemente projetada e parece que está flutuando na água. Portanto, também é conhecido como Uki-Ishi (Floating Rock). De acordo com os registros do templo o reservatório de rocha nunca secou, ​​mesmo durante períodos de seca prolongada.

A Câmara Municipal de Takasago, juntamente com o Laboratório de História da Universidade Otemae, conduziram estudos em Ishi-no-Hoden em 2005 – 2006. Medições tridimensionais foram feitas e as características das rochas ao redor também foram analisadas. No entanto os arqueólogos e historiadores tradicionais não conseguiram encontrar nenhuma outra pista sobre a ferramenta de escultura e por que ela foi criada.

Os especialistas só podem ter certeza de que Ishi-no-Hoden foi criado por uma civilização desenvolvida e avançada. O criador da rocha criou uma obra-prima que dura milhares de anos.

Comentários

Botão Voltar ao topo