Crops Circles 2020 IV

O novo crop circle, registrado em 31 de maio de 2020, no campo de Dorset, Inglaterra, um disco com doze raios em códigos geométricos com muitos sentidos ocultos, a serem interpretados com a devida profundidade que eles merecem…



Seguem as interpretações

************************

Um novo astro na quinta órbita do Sol

Um novo e inesperado crop circle no final de maio, dia 31, Dorset UK.
Como sempre, modelos astronômicos são revelados em muitos destes crops circles.
O modelo de círculo de doze setores sempre nos remete ao Zodíaco, considerando que temos um Sol central bem destacado, cercado por cinco órbitas ( este crop circle foi construído em cinco círculos concêntricos em doze setores, a representação do Zodíaco até o espaço de Júpiter).

Mercúrio – Vênus – Terra – Marte – Júpiter

E na quinta órbita, que corresponde a Júpiter, vemos um semi-círculo inserido em todos os doze setores, como que entrando no sistema solar a partir dessa órbita.

Essa imagem corresponde com precisão a atual posição do astro invasor, Nêmesis P 7X, já entrando na órbita de Júpiter e se aproximando do periélio solar, conforme os apontamentos de muitos astrônomos do mundo inteiro.

Aliás, entre as órbitas de Júpiter e Marte está o cinturão de asteroides, que já vem sendo afetado pelo astro invasor, um efeito bilhar revelado nos muitos asteroides e meteoros cruzando os céus de todo o mundo de maneira crescente nos últimos meses.

Existe um símbolo de origem nazista conhecido como Sol Negro.E esse termo é também dado ao segundo Sol do sistema solar binário.
Ele tem doze setores em um vórtice geométrico que representa uma expansão da suástica alemã.
Sol Negro, vórtice, projetado sobre o crop circle, vemos que existe simetrias entre as figuras.

Qualquer um pode visualizar, na geometria deste crop circle, a existência de um vórtice, que dá um sentido de movimento a todo o sistema. O movimento acelerado do 12° planeta, tal como NÊMESIS, o segundo Sol, era chamado pelos sumerianos.
O vulgarizado Nibiru de nosso tempo.

Eu sabia que, logo logo, eles nos falariam do Segundo Sol, que já está causando muitos processos de transformação planetária e caos generalizado, não somente climáticos ou geológicos, mas também, distúrbios sociais, ódios, terrorismos e movimentos polarizados de violência, como temos visto.
O que se conecta à assinatura nazista do símbolo, numa análise dos efeitos psicológicos do segundo Sol sobre a massa adormecida e manipulada por forças que ignora…

Agradecimentos a Lucas Berri pela arte.

Mensagens reiteradas

Em 2011, dia 7 de agosto, na Inglaterra, um crop circle com este padrão apareceu: há algumas mudanças entre ambos, 9 anos depois. Mas a estrutura central foi repetida. Daí, mensagens (urgentes) reiteradas.

Naquele primeiro crop circle, foi disposto um código angular que permanece indecifrado, mas acredito que a retomada deste crop circle no novo modelo está sugerindo a solução daquele que ficou para trás.

Generalidades
O Zodíaco tem doze setores definidos por constelações, que servem de posicionamento de planetas e estrelas desde a antiguidade. E se o Zodíaco aparece, é porque essa sua finalidade (marcar algum novo objeto no céu) é sugerida (conforme as coordenadas da postagem anterior, Sol central, cinco órbitas e um astro entrando naquele espaço, o espaço da quinta órbita do Sol, Júpiter, o que corresponde ao atual e monitorado objeto P 7X, na constelação de Capricórnio.

Este zodíaco modificado nos foi apresentado com 24 faixas segmentadas, com cortes alternados em 1 e 2 setores, totalizando 3×12 = 36 setores em escala de retângulos sobrepostos.
Mas considerando as unidades quadriláteras totais, temos 5×12 = 60 unidades quadriláteras.

Pensei num número de 36 dias daqui (da data do crop circle) em diante: isso cairá entre 5 e 6 de julho.
Se forem 60 dias, a contar de 31 de maio, isso cairá no final de julho, entre 30 e 31 do mês.
Vamos anotar eventos significativos até lá.
Seria um anúncio de efeitos sensíveis do astro para esse tempo na Terra?

Esses setores, na forma como as faixas do crop circle foram dispostas, parecem também criar uma imagem de escadaria. Ou edificações.
São muitas as possibilidades cruzadas de interpretação, dada a vastidão de símbolos associados.

Zodíacos, além de marcadores siderais, eram considerados relógios, onde os ciclos planetários, solares, lunares e estelares serviam para os antigos como marcadores de tempo – costume que continua até hoje.
Sendo assim, na sua categoria de relógio, o Zodíaco sempre pretende definir datas com base em ciclos.
E havendo um segundo Sol lá fora, o seu ciclo é o mais longo entre os objetos do sistema solar.

De maneira direta, o círculo central com doze raios externos projetados é sempre um simbolo solar.
Este é um símbolo solar e zodiacal estilizado, também conhecidos como rodas cósmicas que giram em ciclos regulares, como relógios.
Importante tomar estes números indicados nesta geometria, 12, 24, 36 e 60, além dos outros detalhes.

A Roda da Fatalidade

“O sol negro (Alemão: schwarze Sonne), também conhecido como “Black Sun” (em inglês) é um símbolo esotérico e ocultista. Uma representação desse símbolo antigo se encontra incorporada em um mosaico de um piso no castelo Wewelsburg durante a era nazista. Hoje também é utilizado por correntes do Neopaganismo Germânico e outros esoterismos inspirados, mas não necessariamente em um contexto racial ou neonazista.”

O sol negro é um símbolo em forma de sol roda com doze raios. O símbolo contém três suásticas ou doze runas de Sig inversas. O sol negro na versão mostrada não é símbolo histórico. A SS embutida é um ornamento semelhante em forma de mosaico verde escuro no andar de mármore do antigo “Obergruppenführersaal” (literalmente: hall do Obergruppenführer) ao norte da torre do castelo de Wewelsburg, perto da cidade de Paderborn.

Originalmente um disco dourado foi colocado no meio do ornamento. O castelo de Wewelsburg foi ampliado, para que após a guerra o centro planejado da SS, mais especificamente a torre norte, se tornasse o “centro do mundo”. Como amostra para o ornamento, provavelmente broches de bronze, desde o período merovíngio, eram usadas, que são interpretados como representação do sol visível ou a sua passagem através dos meses do ano. O termo sol negro para a roda solar do Castelo de Wewelsburg se tornou popular após a Segunda Guerra Mundial. Normalmente, a sala onde está o ornamento pode ser vista a partir do exterior através de uma grade-porta. Devido às condições da luz o mosaico no chão parece negro.”
Wikipédia

Como dissemos antes, o símbolo do Sol com doze raios é muito difundido em todas as culturas a partir do modelo do ciclo anual solar, que comporta doze meses, o que foi demarcado então nas doze constelações.
No caso do Sol negro, combinado a Suástica, é um símbolo de poder (a runa Sig, raio, poder, arma, força).

O símbolo do Sol negro está embutido dentro deste crop circle, por ambos os lados.
O que combina com a definição para Nêmesis, segundo Sol, também conhecida por SOL NEGRO (por estar oculta, por enquanto, no céu).

A sugestão também é a de que este astro que se aproxima influencia o psiquismo da humanidade, negativamente, além de influenciar a parte física e geológica/energética da Terra.
Lendo o apocalipse 9, lá diz que uma estrela cairia na Terra e abriria o poço do abismo, e de lá de dentro sairiam seres malignos, semelhantes a gafanhotos, que induziriam uma guerra no planeta.
Sabendo da ideologia nazista por trás deste símbolo, essa pode ser outra informação: a onda de violências no mundo, culminado inclusive em guerras de larga escala, pode e já está sendo estimulada pela energia do astro que se aproxima.
E quando ele entrar no espaço orbital de Marte… o pior poderá acontecer nesse sentido.
Porque já estamos vendo a humanidade cada vez mais disposta ao ódio e a violência.
Então, tudo o que está acontecendo no mundo não é acaso, mas sim, o resultado da Roda da Fatalidade ou Destino, que se torna cada vez mais conhecida nas esferas planetárias onde ela começa a girar cada vez mais depressa, trazendo todas estas coisas sobre um mundo em escalada crescente de CAOS…

(Colaboração de Lucas Berri)

Em breve, ele será visivel no céu de todas as cidades…

Vimos que a geometria do Sol Negro se esconde nesse novo crop circle, e se eu traçar o Sol Negro dentro dele, noto que as pontas da roda solar “suástica” tocam exatamente aquele “astro invasor” que já está entrando na órbita de Jupiter, conforme os prognósticos mais recentes dos astrônomos envolvidos com o estudo do objeto P 7X.

A associação entre este objeto e o símbolo nazista revela seu poder destruidor.

E outra coisa.
Se você “planificar” o crop circle, verá que aquela geometria dos quadriláteros enfileirados lembra muito a linha dos edifícios, numa perspectiva urbanística.

E considerando aquele círculo entrando ou aparecendo por cima destas linhas urbanas, em todos os ângulos, pensei que isso também quer dizer:
“Em breve, o Astro invasor será visto no céu todas as cidades…”
Entende essa perspectiva? Consegue ver?

Consegue visualizar o objeto circular que chega, por cima, se mostrando sobre as cidades, em todas as direções da roda, que é o mundo, a Terra?

Acredito que os números deste crop circle, mais do que isso, apontem a época em que esse objeto comece a ser visto a olho nu no céu das cidades, em todos os ângulos do Zodíaco observável.

O Relógio Cósmico

Final do mês de junho e dois crops circles que me pareceram relacionados ao famoso relógio astronômico de Praga, República Tcheca, aliás, um país onde sempre aparecem crops circles importantes.

Construído em etapas no século XV, esse fabuloso relógio, certamente uma obra de arte, mostra a visão cosmológica da época: Sol, Lua e estrelas se movendo contra as estrelas do Zodíaco e marcando as 24 horas do dia, e também os dias do mês, e os meses do ano.

Nas laterais, na parte mais alta do mostrador do relógio, existem as seguintes estátuas:

Do lado esquerdo:
A vaidade, com um espelho na mão; e A avareza, com um judeu segurando um saco de dinheiro na mão.
Do lado direito:
A morte, com a ampulheta na mão e um sino na outra; e a invasão pagã.
Abaixo do relógio existe um modelo de Zodíaco com a imagem dos doze apóstolos, e um grande Anjo dourado com espada, como que vigilante do Destino.

As figuras em torno do calendário são, da esquerda para a direita, um cronista, um anjo, um astrônomo e um filósofo.
Essas figuras representam ideias e concepções culturais da época medieval.

Temos o Anjo que apareceu no primeiro crop circle, e no final do mês de maio, a roda com 24 faixas.
Dois elementos ali presentes, no maquinário de Praga.
E notei que o design do Anjo crop circle faz relação com o Sol, a Lua e o eclipse da Lua em 5 de junho adiante, alinhado com Vênus do lado do Sol.

Muitos crops circles são RELÓGIOS ASTRONÔMICOS, declarando informações importantes sobre os planetas, eclipses, estrelas e… o astro que chega, que também é parte fundamental da engrenagem do relógio cósmico.

A Morte é sempre o alinhamento final de qualquer relógio, significando fim do ciclo e renovação no ciclo seguinte.
Como estamos vivendo um grande final de ciclo, talvez muitos crops circles, também construídos sob alegorias astronômicas, representem que a Ampulheta da Morte está perto de girar.

E considerando que estamos completando 30 anos de mensagens nos campos, com diretrizes espirituais ao mundo, é certo que, em breve, tudo isso será colhido.

Porque ninguém ensina ou passa mensagens sem um propósito adiante… um propósito de lição e aprendizado a ser resgatado no exame final. Se engana quem acha que essas imagens são apenas distração passageira sobre temas ornamentais sem que haja um futuro compromisso com a humanidade.

Ps: existem muitas lendas sobre um suposto propósito e mensagem oculta deste relógio medieval.
Quem sabe, o anúncio do Anjo e a sentença da Morte se refiram justamente a chegada da décima segunda estrela do círculo solar?

A Tecnologia da Suástica

Outra perspectiva de interpretação do recente crop circle de Dorset, 31 de maio de 2020, pela semelhança com outro crop circle, de 2015, que expressou o símbolo do Sol Negro de forma direta, aparece na relação com a tecnologia da suástica e a conexão com os UFOs.

Nazistas criaram protótipos de UFOs no tempo da II Grande Guerra.
O Haunebu (termo alemão para UFO Nazista) apresenta diferentes modelos: a série Haunebu, a série que era um aperfeiçoamento do Haunebu, chamado de Vril, uma série chamada Rundflugzeug (“avião redondo”, cuja sigla é RFZ) e por fim uma versão curiosamente familiar para cientistas Nazistas, o Sino Nazista (em alemão “Die Glocke”).

A tecnologia do Haunebu é muitas vezes identificada como Tesla, fazendo uso de um eletromagnetismo gerado pelo motor do Haunebu (localizado abaixo dele) tornando-o capaz de cavalgar à velocidade da luz (de acordo com a teoria das linhas de força do campo elétrico e linhas de força do campo magnético) e impossibilitando qualquer contra-ataque inimigo. Para não alterar o tempo-espaço, ele comprime o tempo-espaço frontalmente e expande-o pela traseira.

Outra coisa mais específica e mais prática, apesar de ainda ser bastante difícil, é anular os efeitos gravitacionais fazendo com que viaje a uma velocidade muito inferior à luz: 15 000 quilômetros por hora.


Vril, Suástika e o quinto elemento, e quem conquistasse o quinto elemento, teria a tecnologia UFO em suas mãos.
Logicamente que Hitler esbarrou com os segredos do Quinto Elemento, representados pela suástica de origem venusiana, símbolo universal da cruz dinâmica e não diferente da mensagem oculta da Cruz de Cristo, INRI, o fogo ou o Quinto Elemento que faz girar a roda cósmica em seu eixo.
Em busca da raça perfeita e sua ideologia ariana, Hitler teve acesso a esses conhecimentos, e soube que essa tecnologia era real. E procurou por ela para elevar a Alemanha a uma potência global, invencível.

Assim sendo, este novo crop circle, que traz o símbolo do Sol negro oculto em suas linhas, pode representar também a visão de um UFO por baixo, seus mecanismos e modelos, baseados na Suástica, genericamente falando, que seria a chave de controle dos quatro elementos e estados da matéria a partir do quinto elemento, o ponto de intersecção das quatro barras da Cruz que a fazem girar. UM UFO seria a expressão tecnológica deste enunciado, com poder de controle e movimento no hiperespaço, onde todas as leis da Física são abolidas.

Uma fonte de energia limpa e inesgotável em todo o Universo atravessa os UFOs, que manipulam a gravidade no deslocamento pelo hiperespaço. O Sol Negro, suástica com doze raios, é um desdobramento da suástica clássica de quatro raios, que genericamente, simboliza PODER.
E Poder era tudo o que Hitler queria…

Muitos crops circles, na forma de mandalas circulares, em semelhança com cruzes dinâmicas em vórtices, também são alusão a UFOs e seus mecanismos secretos… numa forma de apresentar a identidade daqueles que estão por trás das mensagens enviadas. E como eles aqui chegaram, e como eles imprimem tais formas perfeitas nos campos, usando o mesmo VRIL… que muitos místicos interpretaram como energia sexual, redondamente enganados… porque Vril e o controle do quinto elemento só pode ser conquistado de uma forma:
O Conhecimento dos segredos do Som, das cordas e das frequências universais.
Energia Sônica é a chave de ativação do Vril…

O Código 168 + 1

Não é o primeiro crop circle ond notifico este código, que se escreve 168 + 1 porque ele traz, no crop circle, uma distribuição de 168 pontos ou unidades de algum símbolo (geralmente círculos) ao redor do centro, de forma simétrica, e o centro, então, se posiciona como o 169° elemento do conjunto.

Transformando essas vinte e quatro faixas em códigos de barra com padrão binário simples (na série 1, 2, 4, 8, 16, etc),
uma das barras registrará uma marca, valendo 4.
A outra barra registra duas marcas, valendo 2+8 = 10.
E verifica-se o total final em S = 12 x 14 = 168 (e com o centro, 169).
Na Cabala, este número é muito significativo.
As sefirotes ou eons Netuno-Sol-Lua, que ficam no eixo central da Árvore da Vida, ocupam as posições 1, 6 e 9 respectivamente.
E a soma cabalística dos nomes das duas colunas do Templo de Salomão, Jakin-Booz, vale 169
(IKIN + BHwZ = 90 + 79 = 169)

Um dos crops circles onde esse código apareceu foi o modelo de Turim, Itália, em 2010.

Nas seis pétalas, em código ASCII tirado dos números, formou-se a equação de Einstein, E = mc2.
E nas bordas das pétalas, 12 vezes repetidos, 14 círculos em linha, o que produz 12 x 14 = 168.

Sabendo que 13×13 = 169, temos nesse número um código de transformação da matéria (morte, arcano 13), o que pode se ajustar bem com a imagem de um disco voador visto por baixo (no crop circle) em pleno funcionamento.
Aliás, o tema TELETRANSPORTE foi evocado em modelos crop circle do ano passado, 2019.

E olhando para essas barras numa visão perspectiva, elas podem também significar a matéria sendo sugada para dentro de um UFO, passando antes por um processo de desfragmentação, algo tipico do fenômeno do teletransporte, que muda a coordenada dimensional da matéria para poder teletransportá-la.

O que representa a conquista do hiperespaço pela tecnologia extraterrestre.
Porque tanto os movimentos das naves como os teletransportes são realizados na quarta coordenada dimensional da Física.

JP em 02.06.2020

Lucas Berri Arte
Lucas Berri Arte

JP em 01.06.2020

Uma mensagem de vida destruida por humanos

Muito se questiona se humanos, quais e quantos humanos estariam por trás de todas estas formações, e apesar de todas as pesquisas e investigações de campo indicando sinais e características destas imagens impossíveis de serem reproduzidas por humanos com tábuas e cordas, muita gente não acredita.
Coisas do ceticismo crônico da era da máquina.

A grande ironia é que, geralmente, humanos estão mais dispostos a destruir crops circles do que fabricá-los, como foi o caso desse belo modelo recente do dia 12 de julho, em West Knoyle, Witshire, Inglaterra.

Uma Flor da Vida em duplo padrão, tanto o modelo FLOR (de seis pétalas) como os seis gomos internos, conhecido selo da Flor da Vida, como é chamada na geometria sagrada.
A ironia está em que muitos fazendeiros detestam crops circles em suas terras, e já tivemos notícias de muitos deles que foram destruidos por fazendeiros.

Que humanos criem crops circles? é possível, sim, mas que destruam, isso está mais do que confirmado.

Um magnífico crop circle falando em VIDA, que apareceu no mesmo dia da Merkabah do Lord T, em 12 de Julho.
Ambos, saídos do modelo hexagonal, mas com simbolismos distintos.

No diagrama daquele crop circle, as faixas em azul claro representam as partes destruídas pelos fazendeiros.
Isso pelo menos é o que foi reportado na mídia… a menos que o crop circle foi feito originalmente dessa maneira, para mandar ao mundo o recado de que o mundo está mesmo destruindo toda a vida que há na Terra.

O que é uma verdade inquestionável dentro do crop circle, seja lá como ele tenha chegado a esse padrão final.

Observação:
um modelo crop circle anterior, pouco divulgado, do dia 25 de Junho, também Inglaterra, retratou esse mesmo modelo Flor da Vida de 12 de julho. Este modelo anterior trazia uma grande Flor da Vida abraçada por uma Lua crescente, magnífica associação entre os luminares (Sol e Lua) unidos na concepção da vida.

Trata-se praticamente do mesmo modelo, que os autores repetiram em 12 de julho, 18 dias depois (9-9 código).
Por ele, podemos ter uma noção do que havia naquele campo do fazendeiro intolerante… que tinha um tesouro no seu quintal mas não soube dar o devido valor… porque o lucro das colheitas é o que mais lhe interessa.
Essas coisas explicam o porque do afastamento dos Alienígenas desta nossa raça que só pensa em dinheiro.

JP em 17.07.2020

Postagem do dia 28.07.2020

Mais um crop circle previsto que aparece
Ontem, dia 29, a formação 11-11 dos números da data ensejava um novo crop circle.

E ele veio, modelo simples, hexagrama de círculos,
3 claros e 3 escuros, o que sugere um binário elementar,
0 1 0 1 0 1 ou 1 0 1 0 1 0
Valendo, cada qual, 42 e 21,
somando 63 = 9 x 7 = 64 – 1 (2^6 -1)

De qualquer forma, contato!

Mais contatos sobre 11-11 no novo crop circle

Uma interpretação simples me leva a um possível novo dia ou data marcada de contato, entre os dias 3 e 4 de agosto, data muito significativa nas temporadas.

Um crop circle simples, um hexagrama com seis círculos e um circulo central, com interpretações genéricas demais para serem abordadas. Porém, pensei comigo:
Onde está o código 11-11 no crop circle, já que a base da conexão foi o padrão 11-11 na data exposta antes, 29 de julho de 2020?
E ele aparece da forma mais simples possível… três círculos claros, três círculos escuros, forma o padrão 33, um dos múltiplos de 11 (3 x 11) mais expressivos na Numerologia e Cabala.

E fui além: se somar 6 dias (número de círculos) à data 29.07, isso me leva ao dia 3 de agosto, outra data a formar códigos envolvendo o número 11: 03.08.2020 = 38.22 = 11.22 = 33!
E se eu considerar o círculo central, sétimo, então terei também o dia 4 de agosto, 29.07 + 7 dias!

Portanto, já vamos marcando na nossa agenda estes dois dias a frente, 3 e 4 de agosto.
E que venham mais respostas, tudo, claro, conforme o desejo deles.
E não o meu!

JP em 30.07.2020

O Sol e a alegoria da árvore morta

Outro crop circle no dia previsto do 11-11 que me chamou a atenção.
Ele é simples, apesar de muito bem feito. Um circulo central e um anel.
Símbolo solar clássico.

O que chama a atenção é que os autores alienígenas o colocaram bem ao lado de uma formação natural, ou melhor, criada pelo fazendeiro, uma espécie de pequena cultura verde separada mas com uma grande carcaça de árvore morta sobre ela.

Não sei porque razão o fazendeiro colocaria esse tronco de árvore morta sobre uma pequena horta (é o que parece esse retângulo de área verde dentro da cultura de trigo). Talvez para espantar pássaros.
O fato é que os alienígenas captaram essa cena para incorporar a mensagem deste crop circle solar, e imediatamente me veio à cabeça a simples equação proposta:
Do mesmo Sol que sai a vida, sai a morte.
E sai a renovação!

Outro detalhe perturbador:
O nome do local onde o crop circle apareceu, Bury Hill, que traduzido, significa:

“COLINA DA SEPULTURA” (referente a cemitérios e campos de enterrar os mortos!)

Isso tudo é bem elegante e expressivo, por isso, e eles costumam mesmo fazer isso, aliens aproveitam a moldura do entorno para projetar crops circles, incorporando esta moldura ao conjunto da mensagem.

E isso funcionou bem aqui. Bem no 11-11 previsto.

Afinal, nas antigas cosmologias pré-colombianas, a morte e a renovação vinham sempre do mesmo Sol.
Estamos no final do quinto Sol, e o calendário maia diz que o fim virá com o Sol de terremotos.
E o recomeço virá com o Sol das Águias, já na Sexta Era em conta da Terra.

De qualquer forma, este crop circle, como muitos outros, estão apontando a nossa direção para o Sol, e para tudo o que venha do sistema solar, incluindo um “segundo”…o que também perfaz um 11-11.

Novas coordenadas do segundo Sol no 11-11

Falamos nos crops circles que poderiam aparecer no dia 29.07.2020 por causa do padrão 11-11 na data, e somando a própria data, chegamos em 2+9+7+2+2 = 22, o que ficou bem marcado com a aparição não somente de um, mas dois crops circles (até o presente momento).

Então, reuni os dois crops circles à luz do 11-11 como extensão de mensagem.
Temos, marcadamente, dois símbolos solares.
Primeiro, o círculo com anel é clássico símbolo solar, desde a Astrologia antiga.

E segundo, hexagrama com seis pontos marcados por seis círculos iguais nos vértices, alternando porém, a coloração (claro/escuro), formando assim o padrão visual 33, outro múltiplo de 11, que soma 6.

E Seis é o número de ordem do Sol na Árvore da Vida, cujo nome, segundo a Cabala, é Thipereth, Beleza, Harmonia.
Sol no centro da criação, ou seja, a visão criacionista e cosmológica dos antigos nunca foi geocêntrica.
Sempre foi heliocêntrica, muito antes de Copérnico e Galileu derrubarem o geocentrismo defendido pela Igreja Católica na Idade Média.

Pois bem, estamos diante de um duplo símbolo solar no
11-11.
Dois sóis?
Sim, e por que?
Repare no círculo maior com seis círculos menores.
Por que alterna claro e escuro?
Um sol aceso e um sol “apagado” ou oculto?
E também, pode ser que o Sol maior (Bury Hill) seja referência ao nosso Sol.
E o “Sol menor”, (Derbyshire), o Sol oculto, Nêmesis, com seu próprio sistema planetário (com mais de 4 ou 5 objetos, segundo se especula).

Também procurei por uma configuração astronômica que arranjasse os planetas no céu num hexágono aproximado, e o que eu encontrei mais próximo vai acontecer no dia 24 de agosto próximo.
Eis a legenda:

1. Júpiter-Saturno-Plutão (Capricórnio e o P 7X está nessa região)
2. Lua (Escorpião)
3. Sol-Mercúrio (Virgem)
4. Vênus (Câncer)
5. Marte (Áries) e Urano (Touro)
6. Netuno (Peixes)

Pode ser uma referência ao término dos crops circles em 2020, já que agosto é o tempo das colheitas na Inglaterra.
De qualquer forma, não se compara ao hexágono mais perfeito que já apareceu no céu com planetas alinhados, e ele aconteceu no dia 21 de julho de 1995, há 25 anos.

No slide, o primeiro crop circle com mensagem da Inglaterra, mostrando um eixo simples, dois objetos ligados e ladeados pelo primeiro “11-11” numa plantação, no dia 23 de maio de 1990.
E isso sempre significou, de forma muito elementar, um marcador astronômico, mostrando dois objetos em conexão binária de energia.
Ou seja, eles sempre tentaram nos avisar sobre esse status binário do nosso sistema solar.
E continuam até hoje, como parece terem feito neste novo 11-11 do duplo crop circle 29.07.2020

JP em 31.07.2020

Vida, morte e renascimento na mensagem do Sol crop circle 11-11

Lembram-se das análises do crop circle solar, no dia de ontem?

O Símbolo do Sol, que apareceu bem do lado de uma pequena horta com uma carcaça de árvore morta sobre ela?
Pois bem, o pesquisador Horace Drew conseguiu melhores imagens da região, e notou que, na pequena horta, bem do lado da árvore morta, existe uma pequena muda de árvore sendo cultivada.
Mesmo sem ter visto essa imagem, eu falei ontem sobre a mensagem do crop circle (mensagem que Horace Drew viu também), a de que o Sol é fator de vida, morte e renascimento.
A intuição me guiou antes dos meus olhos!

Então, esse slide do pesquisador, que eu compartilho com vocês, demonstrou a minha análise de ontem.
O quinto Sol da raça atual, Sol de terremoto, é como esta árvore morta, mas de suas cinzas já está nascendo o Sexto Sol, o Sol das Águias, fecundado pelas experiências deste ciclo chegando ao fim em passos acelerados!

Agenda crop circle dos próximos dias

Dias 2, 3 e 4 de agosto
Preparações para novas imagens nos campos da Inglaterra (e outros)

Eu já tinha falado no dia 3 de agosto de 2020, que se reduz numerologicamente a 11-22 (33), outra coordenada relacionada ao padrão numeral 11 que sempre aparece em crops circles.

E que o dia 4 de agosto também é uma data especial em várias temporadas.
Poderemos ter crops circles muito especiais nestes dois dias, preparando o mundo para as mensagens finais, mais conclusivas, que costumam aparecer na segunda metade do mês de agosto dos anos, tempo de colheita do trigo na Inglaterra.

Mas amanhã é domingo, dia 2 de agosto, e como o Lord T aprecia muito enviar lindas mensagens nos domingos, porque é o Dia do Sol e dia do Nosso Senhor Jesus ressuscitado (Lorr T está a serviço de sua Majestade, o Cristo, da Inglaterra para o mundo)…. então podemos também colocar o dia 2 de agosto na agenda.

Se aparecerem nos três dias, excelente!
Mas apenas com um eu me satisfaço.

Que venha como eles quiserem. A gente apenas espera aqui e tenta interpretar depois.
Como sempre temos feito!

JP em 01.08.2020

Telegramas no domingo…

Hoje, domingo, dia 2 de agosto, um dia interessante para novas formas crop circle.
Porque os nossos irmãos gostam de enviar mensagens nos domingos.
E estamos na reta final das mensagens que antecedem as colheitas.

Um mapa celeste singular hoje.
Vênus se despede da constelação de Touro, ocupando a ponta de um dos chifres.
Mercúrio se despede de Gêmeos, posicionado nas mãos de um dos gêmeos.
Sol passeia na constelação de Câncer.
E do outro lado do hemisfério celeste, Lua se encontra com Júpiter, Saturno e o misterioso objeto P 7X.
Enquanto Marte está dentro do espaço dos peixes celestes.

Lembrando que crops circles em grande parte são marcadores astronômicos, o que tem total relação de conteúdo com Extraterrestres, monitorando as coordenadas do céu, como dados de bordo e de navegação.
E para nos lembrar que eles monitoram nossos espaços, sempre, e sempre fizeram isso.
Por isso, nos falam, entre outras coisas, sobre um sistema solar binário.

Vamos ver o que possa vir hoje, pegadas de estrelas nos virgens campos de trigo da terra da magia e do mistério… lembrando por último que os dias de 3 e 4 de agosto, amanhã e depois de amanhã, também tem uma conectividade especial de mensagens em várias temporadas crop circle.

JP em 02.08.2020

Potterne Fields 04.08.2020 UK Contato!

Agenda crop circle 2020, dias 8 e 9 de agosto

Estamos nos aproximando dos dias onde possíveis crops circles muito importantes poderão aparecer, repetindo mais um estágio do CONTATO que nós, da página Tônocosmos, temos realizado de forma inédita e exclusiva em todo o mundo dentro deste fenômeno respondido em nossas solicitações e estendido em nossas pesquisas.

Isso porque eu sempre defendi dois pontos fundamentais em meu estudo:

  1. o fenômeno é realmente de origem alienígena
  2. o fenômeno insere um propósito oculto de contato e encontro marcado por “baixo” das instruções expostas em cada símbolo, e todos eles reunidos formam uma corrente de mensagens que, devidamente abordada e decifrada, conduzirão então a esse contato e encontro marcado em breve, muito em breve, como objetivo final disposto dentro do fenômeno desde o começo.

O dia 8 de agosto de cada ano sempre foi uma data especial, por várias razões.
Sol em Leão, portal anual de Leão. E o número oito duplicado, porque oito, no código do fenômeno, representa estrela, porque as estrelas, na antiguidade, eram representadas por octógonos (alem do pentagrama, representação usada no Egito antigo).

E quando o ano forma também o número 8, por soma ou dígito final, as mensagens são praticamente certas.
Exemplos, o dia 08.08.2008 (formou o padrão 888) e dia 08.08.2015 (2+1+5 = 8) foram duas datas marcantes, com importantes mensagens para o mundo.
E 08.08.2008 somou 26, que soma 8 (26 = YHWH)

Separei aqui uma das mais fantásticas formações, como era de se esperar, do dia 8.08.2008, Inglaterra.

Um enorme OITO com derivadas incríveis, já demonstrando, à primeira vista, que o número 8, bem como os arranjos numéricos envolvendo 888 e 11-11, entre outros exemplos, são realmente importantes para os Aliens envolvidos com estas mensagens.

O Oito, também chamado signo do Infinito, quando deitado, representa a fita, o laço, a lei que une todas as coisas.
Arcano 8 do Taro é chamado Justiça por isso. A Grande Lei do Universo é a Harmonia e o equilíbrio entre todas as coisas ligadas, e a Justiça são todas as medidas reparadoras quando este equilibrio é ferido.
Porque todas as ações tem reações, tem repercussões, tem efeitos. Esse é o sentido do OITO.

Este crop circle tem 22+22 círculos em progressão de tamanho, somando 44, que soma 8.
E no centro, vemos um círculo com oito pontos circulares ao seu redor.
Então, numericamente e graficamente falando, ele compôs o padrão 888.

Além disso, vemos o mesmo número (44) de objetos como asteroides entrando e saindo do corpo do Oito.
A primeira vista, diríamos que são representações de asteroides.

Mas também, conforme outros paralelos, representam UFOS entrando e saindo do sistema central de três estrelas alinhadas (no centro do crop circle), sistema esse que é representado justamente por 888, ou seja, o sistema Sirius.

Neste caso, o grande OITO representaria o espaço-tempo distorcido, através do qual os UFOs, com sua alta tecnologia, percorrem os atalhos do hiperespaço, viajando do Sol a Sirius e vice-versa, o que justifica o duplo sentido do movimento dos objetos, entrando e saindo do sistema.

De variadas formas, esse sistema estelar vem sendo representado nas comunicações crop circle.
Por isso, temos feito tantas publicações em torno de Sirius e os verdadeiros Anunnaki, claro, além dos muitos padrões de referência aos Venusianos num primeiro plano.

Assim sendo, o dia 8 de agosto pode nos trazer importantes mensagens, bem como o dia 9 de agosto, quando se formará o céu o arranjo planetário em forma de T, exatamente como outros crops circles manifestaram, e isso justamente no domingo do dia dos pais e no dia internacional dos povos indígenas… porque Quetzalcoatl era o deus protetor de todos os índios das Américas antes, muito antes de Colombo.

Talvez aquele grande OITO de 8.8.2008 sempre quis dizer … será num agosto!
Vamos aguardar com emoção e fé sincera!

JP em 07.08.2020

Comentários
Compartilhar