Apocalipse a olho nu e em tempo real

Todo mundo já percebeu que, neste ano de 2020, o mundo entrou para o status de Apocalipse em face aos eventos globais acontecendo aceleradamente.
Mas todo mundo preferindo acreditar em teorias da conspiração, desviando o foco da questão.

Todo mundo fingindo que não está vendo o Apocalipse em ação, e que todas as coisas acontecendo, incluindo estas e outras doenças, não são guerras criadas de laboratório, mas apenas a Natureza criando mecanismos de defesa contra uma humanidade mais e mais terrível, debochada e arrogante, materialista, sem Deus, sem amor no coração, zombeteira, cheia de ódio no coração, violência não só nas ruas mas na internet e em toda parte.

Querem agora encontrar um bode expiatório para o coronavírus, que não é o resultado das ações malignas da humanidade, mas que é manobra da China para enriquecimento.

A gripe espanhola foi uma pandemia sem precedentes na Europa nos tempos da I Guerra Mundial, num tempo em que não havia tecnologia para manipular doença alguma.
Doenças virais são cíclicas e obedecem ciclos na natureza conforme entrem em mutação.

E como o clima está totalmente alterado, está perfeitamente claro que essas alterações permitem que a biologia também entre em processos de alteração drástica, a exemplo das terríveis doenças veiculadas por mosquitos nos países tropicais. Ou vão dizer o que?
Que os governos usaram também os mosquitos para nos matar?

Esse coronavírus já existe desde 1960, e ele é cíclico, já houveram epidemias nos anos anteriores, não como esta, mas já houveram. E que o abalo da natureza e do clima propicia o aumento de doenças e pragas, como a infestação dos gafanhotos na África e Ásia.

Ou vão dizer também que a China colocou os gafanhotos na África para aumentar sua lucratividade?

Não conseguem ver o quadro todo em seu conjunto?
Não percebem que as teorias da conspiração falham em diversos pontos quando contrastadas com a imagem do conjunto?

A pergunta é: qual o argumento central do conjunto?
Qual o agente que está abalando tudo e propiciando o caos crescente na Terra, tanto em nível físico quanto psicológico das massas afetadas pelo “Horóscopo” igualmente alterado?

Sempre fomos avisados que os dias do Apocalipse viriam e que não só doenças, mas a fome, a guerra e as catástrofes naturais viriam cedo ou tarde pra purificar o mundo de gerações humanas cada vez mais perversas, arrogantes e cheias de uma insuportável presunção e sensação de auto-suficiência.

Que estas novas páginas do Apocalipse neste ano 2020 em que o Grande Julgamento começou (conforme anunciei em 2019) ensinem mais humildade ao mundo, e que ninguém controla a própria vida ou o destino.

Só quero ver quando o grande agente secreto de tudo isso, Nêmesis, aparecer no céu, talvez neste ano mesmo, aquele que os antigos anunciaram que viria para purificar o mundo de suas maldades.

Vai ser o grande divisor das águas… porque ninguém poderá dizer que foi a China ou a NaSa que colocou o astro purificador do Apocalipse nos céus… ele vem das entranhas do Universo e sua chegada foi calculada pelos Senhores do tempo e do Destino para encontrar a Terra quando ela estivesse mais impura, mais coberta de maldade, ódio e podridão. Deuses ajustam o tempo e os eventos cósmicos como nós ajustamos nossos relógios para darem o alarme em tempos determinados.

Quanto mais rapidamente a humanidade aceitar que os tempos que estamos vivendo são a resposta da Natureza e do próprio Criador diante das nossas maldades acumuladas há séculos, mais fácil será aprendermos aquela lição que o Universo está tentando nos ensinar, com tudo isso, e poucos estão notando:
a lição da humildade perante o Criador de tudo.

Ou seja, o ser humano, ainda fazendo o eterno papel de vítima, está procurando bodes expiatórios para tudo o que acontece de ruim no mundo, sempre fugindo de olhar para si mesmo e de lembrar que só existe um culpado em toda essa história: o próprio ego.

E que esse ego maldito que nunca morre ou desce do palco, é que está atraindo tudo ao redor, até por uma simples questão de Karma (Ação e Reação, Causa e Efeito).

A hora pede conscientização, e não imaturidade, para que não percamos tempo com teorias da conspiração sem provas e que apenas consolam o nosso medo e desviam a nossa culpa de tudo o que está acontecendo…
e do que ainda está por vir.
Porque virá.

Jesus Cristo, na profecias de Mateus 24 e 25, foi tremendamente claro e direto quando disse que, quando a geração da figueira (Israel) completasse 70 anos, tudo o que ele anunciou começaria a acontecer no planeta.

E também foi claro o bastante para anunciar um SINAL no céu que indicaria o começo das dores… e esse sinal, semelhante a um COMETA, cobriria com seu rastro o leste até o oeste, como um relâmpago brilhante…

A figueira completou 70 anos em 14 de Maio de 2018, e a maldade humana só cresceu.
E eu nunca testemunhei tantos ataques diretos contra a Verdade Cristã como de uns tempos para cá.

Como mudar o curso das profecias se o causador delas, o grande protagonista de tudo isso, o EGO HUMANO, não mudou, mas só piorou em maldades, deboche contra o Sagrado e Materialismo?

Ao menos, parece que agora ninguém mais debocha das profecias do Apocalipse como antigamente.
Menos mal.

Quem não acreditou em Deus pelo chamado do Amor, agora terá que acreditar pelos alertas da dor.
Uma coisa é certa: todos foram avisados.
Abençoado o coração que se colocar com humildade diante de seu Criador, fazendo seu MEA CULPA.

Esse irá poupar muito sofrimento, diferente daquele que continuar preferindo que seu orgulho esmurre a faca da negação da Providência divina em tudo isso desde o começo… e desde sempre.

Poucos encontram a resposta em si mesmos.
Quem encontra sua própria culpa, encontra a cura.
Mas quem desafia o Altíssimo com suas desonras e palavras arrogantes, apontando a culpa de tudo no Sistema, menos em si mesmo, este só acelera a sua extinção sobre a Terra.

Vigiar e orar significa obedecer a Voz da Consciência que brota da Instrução divina em tempos de aflição, e não fechar olhos e ouvidos para a realidade dos fatos num eterno jogo de cabra-cega e esconde-esconde da própria consciência que se recusa ao MEA CULPA… para este, mil cairão à sua esquerda, e dez mil á sua direita, sem que ele seja atingido!

JP em 15.03.2020

Comentários
Compartilhar